Sedução da Seda

Sedução da Seda Loretta Chase




Resenhas - Sedução da Seda


124 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Sonali 11/10/2019

A história foi muito boa, gostei dos protagonistas, sua química. Amei Marceline sua querida filha Lúcia e o duque com seu jeito de ser .
Recomendo
comentários(0)comente



Srta. Entediada 23/09/2019

MARAVILHOSO
Eu amo esse livro com todas minhas forças, apenas isso ?.
comentários(0)comente



DaniBooks 22/09/2019

Sedução da Seda
Um romance de época diferente de todos os que li, Sedução da Seda, livro 1 da série As Modistas, nos traz uma protagonista feminina bastante subversiva. Marceline Noirot é uma modista, tem uma loja de vestidos que mantém com as outras duas irmãs - Leonie e Sophia - e tem uma filha de 6 anos, chamada Lucie. A Sra. Noirot é uma sobrevivente e, portanto, não mede esforços para ser a melhor modista do mundo. Para isso, ela precisa que a alta sociedade e a nobreza frequentem sua loja. Ao saber dos planos de casamento do Duque de Clevedon com Lady Clara Fairfax, Marcelline resolve ir atrás de Cleveland para que ele leve sua futura Duquesa para ser vestida por ela. Mas as coisas saem de forma diferente da imaginada.
Uma narrativa fluida, leve, com uma mocinha diferente do que se vê em romances de época: ela não é uma jovem pura, nobre, inexperiente e virgem. Ela toca seu próprio negócio junto com as irmãs com muito suor e alguns dribles nos escrúpulos. E ela já tem uma filha. Um romance entre um Duque e uma lojista seria impensável. A presença de uma personagem infantil dá um toque especial à história, já que Lucie, com apenas 6 anos, rouba a cena sempre. E o duque é aquele homem lindo, sexy, rico e nada afeito às regras sociais. A interação entre os personagens é bastante interessante, os diálogos são bem construídos. O livro é divertido, sensual, fofo e, muitas vezes, tenso.
Enfim, foi uma excelente estreia dessa série, composta por 4 livros. Você não vai querer para de ler!
comentários(0)comente



Estela 27/05/2019

Surpreendente!
Mais um livro da Loretta que foge TOTALMENTE do padrão dos romances de época. Neste, a protagonista é uma lojista que é vista por todos como abaixo dos outros e luta o tempo todo para manter seu negócio e sua família. Ela é incrivelmente honesta sobre suas ambições e motivações, não é pura, não é nem moralmente correta. Ela só pensa nela, na sua loja e na sua família. E a forma como a Loretta joga isso na nossa cara é surpreendente. Eu gostei muito da Marcelinne e de sua força de vontade de fazer as coisas darem certo por mais que tudo aponte para o contrário. Gostei de ver uma protagonista tão fora do padrão. E esse livro me deixou na dúvida até o último minuto sobre se o casal principal realmente terminaria junto, o que não aconteceu com nenhum outro romance de época até agora, na minha opinião. Já estou louca pra ler a sequencia.
comentários(0)comente



Wilza Mary 10/04/2019

Amei
Fazia tempo que estava com ele aqui na estante e não sei porque demorei tanto para começar. Mas enfim... foi uma corrida doida porque não parava de ler.
?
Nesse primeiro livro veremos a história de Sasha. Uma artista assombrada por sonhos que transforma em pinturas maravilhosas, cenas que preveem o futuro.
?
? Sonhos com sangue e batalha, terras estranhas e lunáticas... E em todos esses sonhos também estava presente o homem de cabelos escuros que segurava um raio.? ?
?
A Sasha tem poder, só que ela nunca conseguiu assumir esse dom. Só que seus sonhos estão se tornando real demais e ela não está conseguindo mais rejeitá-lo. Portanto, em um dia ela resolve os seguir e foi aí que ela chegou a ilha grega de Corfu.
?
? Raios e tempestades, sol e mar batendo. Três estrelas tão brilhantes que seus olhos ardiam. Quando se projetaram caindo em torrentes de luz, o mundo tremeu com a força de seu poder. ?

E é aqui em Corfu que Sasha encontra com as pessoas de seus sonhos: um mágico(lindo demais), uma arqueóloga, um viajante, um lutador, um solitário. Todos foram atraídos por uma força inexplicável. Dotados de habilidades sensacionais, cada um terá um papel importante nessa aventura: encontrar as místicas Estrelas da Sorte, que caíram do céu, pondo em risco o destino de todos os mundos.

Nessa fantasia que a diva Nora criou também veremos romance, aventura, companheirismo e muita emoção. Sasha é o elo que os mantém unidos e vê no mágico, Bran Killiam, um homem de imensa compaixão. Mas posso garantir que tem mais sentimentos. E não teria graça na história se não tivesse uma ameaça não é mesmo? Pois bem... apertem seus cintos e boa leitura. Aventurem-se nesse maravilhoso livro.
?
? Eles pagariam por macularem sua beleza. Pagariam por desafia-la. Não importava para qual mundo corressem e qual magia inventassem, ela os seguiria e destruiria. ?
comentários(0)comente



Clara 18/02/2019

Resenha Sedução da Seda
Sabe aquele livro que você nunca se imaginou lendo e veio à calhar de ser bom? Então a coleção As Modistas da Loretta Chase foi uma surpresa boa. Detesto esses livrinhos cheios de nhe nhe. Tipo Christian WHO? Mas eu sempre adorei filmes de época com foco nos figurinos. Todo o glamour, os volumes, anáguas, fitas, laços, chapéus e etc. Afff, AMO! Sou formada em moda né? E essa coleção veio repleta de descrições de indumentária, mostrando mulheres fortes e trabalhadoras que quebraram os paradigmas da época lutando por sua sobrevivência independente da aristocracia Inglesa. Pois era inadmissível, a aceitação social eram para mulheres de berço, beleza tradicional, de criação e comportamentos impecáveis.

Meu ponto fraco é romance de época ambientado no século XVIII, a gente sabe que os enredos são bem parecidos, tem os romances, a mocinha com personalidade forte que se apaixona perdidamente pelo libertino. Sem contar aquela montoeira de títulos: Marquês, Duque e Conde. Tenho vindo de uma longa lista de livros desse estilo.

O primeiro livro da coleção As Modistas chama-se Sedução da Seda e conhecemos as três irmãs Noirot. Por negligencia e irresponsabilidade de seus pais, dois vigaristas, tiveram que morar com a Tia Emma e a partir disso aprenderam o oficio da costura e da criação de moda e tiveram que trabalhar para construir um lar. Apesar de todas divergências, conseguiram com muito esforço e dedicação construir um Maison – ateliê – de moda e rentável.

Marcelline, nossa protagonista, é a irmã mais velha das Noirot. Ela não é nenhuma mocinha indefesa e sim uma mãe solteira responsável que busca dar o melhor para sua filha e uma irmã dedicada e carinhosa. Ela é a alma criadora das roupas, Sophie, a irmã do meio é a vendedora nata e Leonie, a mais nova é a mente das finanças e elas sonham dar cada vez mais notoriedade para a Maison criando roupas exclusivas para a alta sociedade.

O trabalho da modista vai para além de só vestir uma dama. Você precisa conhecer o corpo das suas clientes, valorizar suas curvas e volumes fazendo com que a dama se sinta bonita e que os outros as admire.

Quando as irmãs ficam sabendo que o Duque de Clevedon irá retornar de Paris em breve para pedir oficialmente a mão de sua prometida Lady Clara Fairfax em casamento, elas veem essa oportunidade de trabalhar como modista da futura duquesa como uma porta para mudar o status da Maison Noirot. Por Clara ser uma menina nova e sem o próprio estilo, o trabalho da Marcelline ganharia uma visibilidade e novos clientes. Mas para que o plano desse certo, ela precisaria ir a Paris e convencer o próprio Duque a levar sua prometida ao ateliê e transformá-la em cliente.

Clevedon é um homem inteligente e eles começaram um jogo de conquista, só que o que deveria ser apenas uma relação de negócios acabou se tornando algo mais.

A história é a narrada em terceira pessoa e alterna a narrativa entre os personagens principais. Seu enredo é leve, descontraído e como estamos falando de moda, não só a inglesa como a francesa temos uma profusão de cores, tecidos e rendas. Vemos nascer as tendências de moda. É uma leitura super gostosa, vale muito a pena dar uma conferida.

site: https://nomeumundo.com/2019/02/14/resenha-seducao-da-seda-colecao-as-modistas/
comentários(0)comente



Aninha 24/01/2019

SEDUÇÃO DA SEDA
Nota 5 de 5
Boa Tarde meus amores! Tudo bem com vocês?
Hoje tem o quê? ROMANCE DE ÉPOCAAA S2 e vim compartilhar com vocês o livro Sedução de Seda da Loretta Chase que veio para quebrar os padrões de escrita desse gênero literário.
A magnífica Marcelline vem de uma família de enganadores e aprendeu inúmeros truques durante a sua vida, sua ambição é sem limites e seu maior amor é o seu trabalho como Modista, ela dá o seu sangue pelo trabalho que é o responsável por sustentar suas 2 irmãs mais novas e sua filha de 6 anos. Esse foi um dos poucos livros que li em que as mulheres trabalham e usam a arte da sedução para conseguir o que almejam e nesse caso é vestir e ganhar dinheiro com a futura duquesa de Clevedon, porém o que era para ser um envolvimento profissional com o Duque se torna algo um pouco mais picante rs
O amor surge entre eles de uma forma divertida e inesperada, Marcelline sempre foi muito focada em seus objetivos e não poderia se dar ao luxo de se entregar ao amor, mas bem sabemos que o Amor é um sentimento indomável que nos controla e não o inverso.
Gostei muito da escrita da Loretta é bem envolvente e te faz mergulhar na história aos poucos e tomando conta dos seus pensamentos a ponto de não conseguir fazer mais nada a não ser continuar lendo para saber o desfecho dessa história e o que mais gostei é que a autora não colocou a protagonista como uma mulher frágil ou inocente – muito pelo contrário – ela é mestre na arte da enganação e faz de tudo para conseguir o que quer.
Espero que você tenha gostado dessa pequena palhinha sobre esse livro sensacional e em breve teremos resenha do segundo livro – Escândalo de Cetim.
Grande beijo
comentários(0)comente



Sah 07/01/2019

Então... difícil...
O enredo é ótimo, envolvente! Amei a história. Mas a narrativa? Noooooossa que autora chata....

Só vou ler a série toda pq achei a história muito legal...
comentários(0)comente



Pretenses 28/12/2018

Resenha ~ Sedução de Seda
Ei pessoas lindas!!! Eu sou a Renara e estou fazendo uma resenha aqui para o Pretenses. Comprei Sedução da Seda assim que lançou e por coincidências após ler “O Último dos Canalhas” (ameeei esse livro!), obra também da autora. Sedução foi a terceira leitura que fiz de Lorreta. Confesso para vocês que “O Príncipe dos Canalhas” demorei um pouco para desenvolver toda essa leitura. Mas, depois que acostumei com sua narrativa foi! Lorreta Chase tem um jeitinho todo especial de desenvolver suas histórias. Então, após ler “O Último dos Canalhas” e curtir muito como falei, fiquei mais animada para conhecer a história de Marcelline.
.
.
.
Quer saber mais? Leia no blog Pretenses!

site: http://www.blogpretenses.com.br/2018/09/resenha-seducao-de-seda.html
comentários(0)comente



Regiane.Braga 09/12/2018

Marceline me representa..
Uma mocinha destemida e determinada, com muita responsabilidade.
comentários(0)comente



Amanda Caldeira 05/11/2018

Finalmente uma mocinha interessante!
Eu adoro romances de época, mas vamos combinar uma coisa, pouquíssimas vezes eu gosto da protagonista, seja por ser bobinha demais ou mimada demais ou então palerma demais. Mas então Loretta Chase cria essa coleção com personagens de personalidade diferentes daquilo que estamos acostumadas e eu só pude amar esse livro.
Marcelline Noirot é uma mulher decidida e ambiciosa (sem ser egoísta) e o que ela mais quer é que as pessoas reconheçam sua loja pelo que ela é: a da melhor modista do mundo. A loja vai bem, mas ela precisa de uma cliente de peso, é quando decide investir na futura duquesa de Clevedon. Para isso, ela vai a Paris encontrar o duque, que está fugindo do casório, para convencê-lo que sua noiva se veste mal e precisa da melhor modista do mundo se quiser ser uma duquesa notável. O que ela não contava era conhecer um homem diferente de todos, alto, bonito, elegante e cheiroso, o duque era uma tentação para a modista.
O duque de Clevedon teve uma infância difícil. Seu pai era um bêbado imprestável e quando ele tinha apenas 9 anos, perdeu a mãe e a irmãzinha em um acidente de carruagem. Ele então passou a viver com o marquês de Warldolf que foi como um pai para ele, nada mais justo do que ele se casar com a filha do marquês, a doce Lady Clara, quando esta tivesse idade suficiente, afinal ele a amava desde sempre. Até o fatídico dia em que ele encontrou certa modista e ficou fascinado.
Diferente dos livros que costumamos ver, o duque não se apaixona e deseja se casar imediatamente. Rola aquele período em que ele quer Marcelline como amante e eles ficam numa dança provocativa durante a maior parte do livro, mas longe de ser chato, esse gato e rato deles é uma delícia de se acompanhar. Além disso, temos toda a movimentação da loja, os conhecimentos em moda e a adorável Srta. Lucille Noirot (ou Errowl).
Eu realmente curti esse livro e favoritei, agora estou ansiosa para os próximos e espero que mantenham o mesmo nível desse primeiro. Detalhe: esse livro está bem mais elaborado que a coleção dos canalhas, que eu gostei dos personagens, mas achei a história do primeiro fraca.
Regiane.Braga 01/12/2018minha estante
As mocinhas da Loretta são realmente a frente do seu tempo.. adoro a mocinha do princípe dos canalhas..


Amanda Caldeira 02/12/2018minha estante
Siiim, o único problema de "Príncipe dos Canalhas" para mim é a forma que ela fez a narrativa! Não me cativou =/
Achei "O Último dos Canalhas" bem melhor...




Erikinha 29/10/2018

Envolvente e viciante, com protagonista com personalidades unicas.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Duda Razzera 16/07/2018

Divertido e inteligente!
Loretta Chase é uma autora que eu gosto muito! Suas obras são sempre divertidas e impecáveis nas descrições históricas. Ela publica romances históricos desde 1987 e, inclusive, já ganhou vários prêmios, como o RITA, da Associação Americana de Escritores de Romances, com o livro O Príncipe dos Canalhas.

As modistas de Loretta Chase
Nessa série, intitulada "As modistas", ela conta a história de três irmãs francesas que trabalham com a arte de fazer vestidos. E, o último livro da série conta a história de Clara, que começa sua própria história no primeiro livro. A maneira com Loretta descreve os verstidos, corseletes e bailes é maravilhosa! A gente realmente se sente no século passado. Os condes, marqueses e duques para todo lado... E as ladys e damas com os vestidos criados pelas queridas modistas! Aliás, todas as descrições são reais e tiradas de verdadeiras revistas de moda da época. Demais, né?



As histórias giram em torno das irmãs e dos seus amores. Mas, há muito mais! Apesar de cada livro ter o enfoque em uma das irmãs, também revemos outros personagens e tem algumas histórias paralelas acontecendo. Além disso, as tramas rendes boas risadas, lágrimas, além de suspense com as intrigas e tramas. A maneira engenhosa como Loretta Chase cria o desenrolar do enredo é primorosa.

A escrita de Loretta Chase
A escrita de Lorreta realmente é madura e envolvente. Além disso, ela nunca deixa que a história caia no senso comum. Quando o enredo começa a dar aquela "esfriada" logo somos jogados em mais um conflito com reviravoltas mirabolantes das nossas queridas modistas.

Os personagens masculinos também não ficam para trás. Os diálogos são engraçados, inteligentes e bem próprios para a época (ao menos é o que eu imagino!). E, a personalidade de todos eles são interessante, diferentes e combinam extremamente bem com as modistas, fazendo um contraste interessantíssimo!

Todos os livros são da Editora Arqueiro, famosa por seus romances de época e eventos.

Recomendo muito a leitura dos quatro livros. Vocês já leram algum? Conte para gente!

site: https://www.burnbook.com.br/resenhas/resenha-as-modistas-de-loretta-chase/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



124 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |