Outra Cor para o Amor

Outra Cor para o Amor Mateus Melo




Resenhas - Outra Cor para o Amor


1 encontrados | exibindo 1 a 1


@obibliomaniaco 26/09/2016

Outro Cor para o Amor
Sinopse: Jovens e com muitos comprováveis futuros, Felipe e Pedro se envolvem e descobrem que o amor pode levá-los por um caminho de muitos conflitos. Enquanto conhecem um ao outro, conhecem muito mais a si próprios e se veem indecisos entre liberdade e cautela.

Muito mais que uma história de amor, Outra Cor para o Amor é um convite a repensá-lo.

Minha humilde opinião:

ESSA É UMA DAQUELAS RARAS SITUAÇÕES, PEÇA QUE A VIDA NOS PREGA, ONDE NOS ENCONTRAMOS COM UM ATÉ ENTÃO ESTRANHO E SENTIMOS QUE NOS CONHECEMOS HÁ ANOS. ONDE EM QUESTÃO DE HORAS SUA MENTE NEUTRA SE TORNA PREENCHIDA POR EXCITAÇÃO E ANSIEDADE. É COMO UM MERGULHO ONDE VOCÊ NÃO RESPIRA PARA IR MAIS LONGE.

Outra Cor para o Amor, conta a história de Felipe e Pedro. Jovens lindos que descobrem um sentimento até então, não sentiam e não conheciam. A forma que se conhecem é muito legal, é uma em um milhão pode acontecer (vou da uma pista só, pq se não perde a graça contar tudo. Rsrsrs). Envolve hora e um celular descarregado, depois desse dia eles começam a sair, conversar, se conhecer. E nessas saídas, conversas, começar a surgir um então sentimento adormecido, que nenhum já tenha setindo algum dia na vida. E ainda bem eles não reprimem esse sentimento, Pedro toma atitude e beija Felipe (felicidade tão grande pra quem gosta desse gênero, quando isso acontece. Kkkk). E assim eles deixam rolar, por dias seus dias são os melhores da vida. Mas como nem tudo são floresssss...

Existem perdas em cada direção que eu possa olhar e talvez eu não saiba como escolher. Estou assustado.

Pedro começa a ter duvidas, sobre tudo. Sobre o que senti, sobre o que a família vai achar, sobre o que as pessoas vão achar. Fica com medo de perder a vida que tem, de a família empusa-ló de casa, e lembra do que houve com o primo Vitor, lembra de como foi a reação da família quando ele contou que era gay (vão ler o livro e saber mais de Vítor). Até então Pedro não era gay. E com essas duvidas, com esses medos lhe assolando, ele resolve tomar uma decisão que afetará tanto ele como Felipe.

Então é isso. Diferente do modo como eu sempre imaginei que seria, e sem estar preparado. Talvez a vida seja exatamente sobre isso, não ter controle sobre nada e driblar as inconveniências do melhor modo possível.

Enquanto Felipe, também não conhecia nada disso, descobriu depois que conheceu Pedro. Mas Felipe é mais seguro de si, não reprimi o que ele é, não tem medo do sentimento que cresci dentro dele. Felipe não tem muitos conflitos como Pedro. Mas não que esse seguro de si, não o deixe sem medo da família, do que vão pensar.

O livro é fofo, lindo, história me surpreendeu. A única coisa que me incomodou, e achei chatinho, foi a repetição de café da manhã, almoço e jantar. Fora isso o livro é ótimo, leitura leve e gostosa. Recomendo esse livro principalmente pra quem estar se descobrindo, se conhecendo de verdade, garotos confusos, com dúvidas. Esse é sim um ótimo livro. E pra quem gosta dessa temática vai ama esse livro também. E vou deixar duas frase que AMEI:

Se existi algo que eu tenho certeza é de que eu nunca vou estar sem uma luta por perto.

As pessoas vão continuar a negar a nossa existência e o nosso amor, mais este é a maior marca da nossa passagem e ninguém pode tirar isso de nós.


1 encontrados | exibindo 1 a 1