Sérgio Moro

Sérgio Moro Joice Hasselmann




Resenhas - Sérgio Moro


7 encontrados | exibindo 1 a 7


Wellington 15/01/2019

Biografia bem resumida!
Eu decidi começar a ler esse livro, pela a admiração que construí por esse ministro da Justiça que é o Sério Moro. No livro, deixa bem claro que seria uma biografia dele, porém, conforme você vai lendo, chegam em pontos que realmente passam pela vida de quando era criança, a forma que foi criado, a educação dele desde então, mostra a base sólido que ele construiu conforme os anos até chegar no momento de hoje. Mas no contexto geral, a “Biografia dele é bem resumida”, eu não posso dizer que é de fato, uma biografia. É bom para os leitores que não ficaram sabendo com detalhes sobre todo o esquema de corrupção que o Moro esteve resolvendo e principalmente sobre a Lava Jato. Fora isso, não é uma biografia, apenas uma descrição detalhada de todo o processo que o então Ministro fez até chegar aos principais bandidos e colocá-los na cadeia.
Camila Motta 22/01/2019minha estante
Esse é o cara! Pena que não é bem a biografia dele, quem sabe em breve!


Wellington 25/01/2019minha estante
Mas ainda vale a pena ler. Sempre têm algo que podemos absorver dos livros.




Suellen.Montenegro 28/12/2018

Pouca profundidade
Apesar de eu ser uma admiradora do juiz Sérgio Fernando Moro, considero que o livro foi muito superficial e deu mais ênfase aos entraves da autora em todo o processo político do que ao próprio biografado. Fatos comuns e vistos diariamente na imprensa estavam transcritos. Esperava mais da biografia, se é que podemos chamar de biografia.
comentários(0)comente



Kleiton 11/04/2018

Coerente, porém aquém da expectativa
O livro é bem coerente com os discursos que a Joice faz em seu canal do Youtube. Mas me incomodou bastante a tentativa de alçar Moro em todo o tempo, o tempo todo, a Salvador da Pátria!!!! Chega a ser insuportável! ?. Admiro muito o trabalho do Moro e sei que é um grande exemplo para o país no que tange ao combate incessante à Corrupção. Entretanto, Moro trabalha em conjunto com diversos órgãos, ideia essa que só pode ser vista na obra de forma muito frágil. Embora a figura principal seja notadamente Moro (mesmo porque o livro é sobre ele), ele chega a ser ? excessivamente principal?, quem já leu vai enteder o que digo. No mais foi interessante revisitar alguns pontos da Operação Lava Jato que já não lembrava. Mesmo assim vale o tempo...claro que com muitas ressalvas. Dá para ler em um dia
comentários(0)comente



Alex 20/02/2018

Muito longe de ser uma biografia de Sergio Moro
Terminada a leitura, a primeira coisa que fiz foi verificar a capa e confirmar o nome do livro: "Sérgio Moro - A história do homem por trás da operação que mudou o Brasil". Escrito pela conhecida jornalista Joice Hasselmann, o livro tem singelas 209 páginas, levando o leitor a perguntar-se que raio de biografia é essa, tão resumida. O que vem a seguir é ainda mais desanimador: nos deparamos com uma narrativa confusa, onde a história de vida do juiz federal Sergio Fernando Moro fica quase em segundo plano, para que a autora desfile sua ideologia pessoal.

Confesso que tenho certa simpatia às ideologias de Hasselmann, mas não com a jornalista em si. Apesar de acompanhá-la desde os tempos em que era apresentadora da TVeja, canal online da revista Veja, via suas opiniões sempre muito rasas, repetindo sensos comuns, tentando misturar um pouco de Olavo de Carvalho com Marco Villa e, se possível, ainda fazia um agrado à Reinaldo Azevedo. No fim, a Veja se reformulou, Hasselmann se viu obrigada a tornar-se jornalista independente (o que, de certo modo, é louvável) e ainda foi obrigada a assistir seu antigo companheiro de bancada, Reinaldo Azevedo, bombardeá-la publicamente.

É importante conhecermos um pouco da história do autor de um livro como esse, afinal, seu viés ideológico pode prejudicar a qualidade do conteúdo. Apesar de esperarmos uma biografia de Moro, encontramos passagens da operação Lava Jato, referências ao fato da autora ser conterrânea do biografado, entrevista com pessoas aleatórias que se dizem parentes de Moro, uma infinidade de ataques à sujeirada da esquerda, causando no leitor uma sensação de que está perdendo tempo com a leitura.

Eu não sei se Sérgio Moro foi favorável à publicação desta 'biografia' ou se foi pego desavisado. Provavelmente não ficou muito satisfeito com o resultado final. Hasselmann não conseguiu imprimir em seus capítulos a mesma simpatia que transmite em seus vídeos. Apesar de não ser grande fã da jornalista, tentei de todas formas, entender a proposta do livro. Ao final da leitura, chego a conclusão que nem a autora deve saber qual era o real objetivo com essa publicação.
Letícia 20/02/2018minha estante
tenho muitas ressalvas à biografias de pessoas vivas, exceto, quando a própria pessoa escreve uma autobiografia.




Cleucimar 20/06/2017

Sérgio Moro A história do homem por trás da operação que mudou o Brasil
Realmente é algo inesperado o que está acontecendo em nosso país, quem poderia imaginar em um passado recente que a classe política fosse exposta em sua pior face a corrupção, e muito menos que tudo isso aconteceria em uma operação liderada por um magistrado de primeira instância, é algo louvável mesmo. Porém faltou imparcialidade nessa obra pois transformar um partido em ícone da corrupção brasileira não retrata toda a fidelidade dos fatos pois, a cada fase da operação lava jato descobrimos que os partidos e os políticos em suas devidas proporções fazem parte de um sistema corrompido. E transformar um juiz em herói e um partido em vilão não é a melhor direção a se tomar pois precisamos sim de homens no judiciário como Moro mas, que desempenhem os seus papéis de forma reconhecida sim, mas sem esse ufanismo de salvador da pátria, precisamos também de instituições que desempenhem seus papéis de acordo com as suas atribuições, com políticos que façam valer o real significado de política como o instrumento de estudo do interesse coletivo e não de uns e outros. E para terminar não sou PT, PSDB, PMDB, mas sim sou RFB( república federativa do Brasil) essa sim é a legenda que eu defendo. Mas recomendo que leiam este livro, porém tendo cada um seu senso crítico desenvolvido para analisá-lo.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Bruno T. 28/03/2017minha estante
Gosto do trabalho da Joice e sigo seu canal no Youtube, mas não pretendo ler o livro pois a operação Lava Jato está muito longe de seu final. Além disso, pelo fato da Joice ser fã de carteirinha do juiz Sérgio Moro, certamente não é um livro isento.


Júnior 31/12/2017minha estante
Não concordo com você Bruno T. (sem querer desmerecê-lo) sobre o livro não ser isento, uma vez que a Joice é fá do Sergio Moro.
Como ela mesmo já disse em vários vídeos, não existe jornalismo imparcial. Ou seja, mesmo que busquemos, não encontraremos um trabalho que fale de qualquer assunto que for sem querer puxar para algum lado (esquerda ou direita rsrs).
Ela é fã do Moro e acredito que nesse livro, buscou defendê-lo e mostrar o porquê de ser fá do cara. Acho que cabe mais a nós, leitores, buscar livros que defendam e que critiquem algum assunto (nesse caso o Moro) e posteriormente, refletir e julgar qual a visão é mais apropriada.
Ainda não li o livro, mas creio que seria uma boa vê qual a posição dela em relação ao Sérgio Moro presente na obra.




Marcos 05/07/2016

Bom resumo sobre a luta quase solitária de um juiz contra o crime
Principalmente para quem não acompanhou de perto os desdobramentos da Lava-Jato e os destinos de seus personagens, a autora descreve, em linguagem jornalística rápida, o cenário de dilapidação e desmonte do patrimônio público brasileiro e a forma inteligente, meticulosa e tecnicamente correta com que o já famoso juiz revolucionou as investigações de crimes cometidos pelos políticos brasileiros.

Como o título do livro sugere, o juiz Sérgio Moro é o centro das atenções. Os leitores que já vêm acompanhando todo esse processo, sobretudo nos vídeos da própria autora e de outros divulgadores, terão no livro uma rápida oportunidade de conhecer um pouco da intimidade, do perfil e da carreira do Juiz Moro. Incomodou-me um pouco um certo tom de tietagem que me pareceu descabido em se tratando de assunto de óbvia gravidade, ainda sem qualquer garantia de vitória. Afinal, como fica claro no livro, o destino de centenas de milhões de pessoas depende de poucas, bem poucas, pessoas corajosas.

Nas páginas finais, uma lista enorme com os nomes dos criminosos e suas condenações, válida até a data da publicação do livro, obviamente.

Vale a leitura.
comentários(0)comente



7 encontrados | exibindo 1 a 7