Gen - Pés Descalços #10

Gen - Pés Descalços #10 Keiji Nakazawa




Resenhas - GEN Pés Descalços #10


4 encontrados | exibindo 1 a 4


Luca Coelho 16/07/2016

Coleção que devia ser leitura obrigatória!
comentários(0)comente



29/11/2017

Nesse volume você sente que já estava na hora de encerrar a série porque ela estava começando a ficar um pouco repetitiva.

O último volume começa em 1953 e cada vez mais vai se distanciando da bomba de Hiroshima. Claro que ela continua deixando suas sequelas, mas os personagens passam a ser mais otimistas em relação ao futuro. Gen chega a se apaixonar pela primeira vez e decide investir na carreira de ilustrador.

Ótimo encerramento para uma série extremamente relevante.
comentários(0)comente



Lary.Souza 21/09/2018

Obra apaixonante
Eu senti na história a relação de amor e ódio, onde odiava a realidade de uma tragédia, mas admirava e amava como o protagonista da história gen nakaoka reage com toda essa historia de sofrimento e tristeza. Ele tira a força na lembrança e no amor que ele sentia por aqueles que se foram por causa da bomba ou por causa da radiação da mesma.
A história da guerra é tão cruel e devastadora que se não houve a esperança de gen e suas lições de moral provavelmente não terminaria a serie de 10 volumes.
A obra é brilhante, estratégicamente não tão pesada (pensando que estamos falando de uma bomba que acabou com a cidades Hiroshima e Nagasaki), divertida ( há momentos bem engraçados no decorrer da história entre os 10 vol) e que tem Romance (especificamente neste volume).
Recomendo e confesso que a obra me fez ser mais humana, percebendo quão desastrosas pode ser uma guerra, mas também mostrou como o amor e um conselho de pai de gen, poderia ser tão forte para suportar toda essa dor, e mostrar a esperança de um mundo melhor.
Gen pés descalços conquistou minha admiração.
Que pena que esse é o ultimo volume.
comentários(0)comente



Gláucia 19/01/2018

Gen Pés Descalços #10 - Keiji Nakazawa
Esse volume encerra a saga de Gen e seus amigos.
Foi ótimo conhecer essa trágica história (não me interpretem mal rss) através de uma forma de expressão bastante fluida que é o mangá e pelo olhar de alguém que sofreu as consequências da bomba. Tem algumas coisas um pouco estranhas na forma de expressão que tornam alguns acontecimentos um tanto quanto inverossímeis mas o saldo foi bastante positivo e estou certa que assimilei essa parte da História de forma definitiva.
comentários(0)comente



4 encontrados | exibindo 1 a 4