Loney

Loney Andrew Michael Hurley




Resenhas - Loney


128 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Lucas Poliseli 04/01/2020

Bom
Acho que fui um dos únicos que gostou do livro, fiquei surpreso com a avaliação geral
comentários(0)comente



Belladona 18/12/2019

A sinopse é mentirosa
O livro é um nada. Os personagens são sem graça, a estória é sem sentindo, o mistério é inexistente. E que lentidão, MEU DEUS, vc ler e parece que não sai do lugar. Detestei todos os personagens desse livro. Mas a escrita é boa, tanto que eu levei a leitura ate o fim.
Dei 3 estrelas pela escrita e capa. Estória horrivel e sem sentindo.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Wardson 14/10/2019

?
Drama psicológico. Traz o tema "religiosidade" de uma forma desconcertante, que te faz rever preceitos e confirmar outros. Faz crer no sobrenatural desacreditando dogmas religiosos e apresentando o ser humano como um "lugar" agourento, nostálgico que transpira segredos e pecados em uma sensação de ignorância - o não saber o por vir -, onde a única certeza nele são as dúvidas (mudanças constantes) e os questionamentos sem fim.
É uma obra com o desenrolar lento, como a maré que sobe e desce em seu próprio ritmo, brincado pela praia em suas infinitas ondas sem precisar da permissão de ninguém, não se importando com o que leva ou traz das entranhas do mar.
Ótima reflexão existencialista. E, ao menos a mim, trouxe um Deus mais sensato, Aquele que bate na porta antes de entrar, que pede licença para ajudar, que toma suas dores se permitires.

Pegue sua culpa e pare de jogá-la sobre Ele dando a desculpa que Deus não existe ou não está perto.
Porque a escuridão sobre teus olhos não é culpa dEle, já que tu escolhes não levá-Lo contigo!
comentários(0)comente



Emanuely.Felipelli 14/10/2019

Livro não tem ritmo bom
Por mais que você vá avançando no livro, parece que nunca sai do mesmo lugar, não tem um ritmo gostoso, apesar das palavras escolhidas serem de fácil entendimento.
comentários(0)comente



Garimpando Sebos 06/10/2019

Como anda a sua fé?
Vamos lá,
Já falei em algumas épocas e em alguns posts que este não é meu livro favorito.
Na verdade, posso falar que é um livro que me deixou bem revoltada com o final.
.
A sinopse não entrega o que promete. Na verdade, digo que não tem nada a ver.
O que temos no livro é a negação de uma mãe aos problemas (reais ou não) do filho. Se esquecendo do filho mais velho e do marido, para cuidar e curar o filho mais novo.
.
No feriado de Páscoa ela sai em caravana com o padre novo da paróquia e mais alguns fiéis para um lugar antigo, onde havia antes peregrinações, mas que já não é mais usado.
.
Nesta viagem, fica claro o desejo desesperado da mãe em ser perfeita, em curar o filho e provar sua fé. E para que tudo seja perfeito, ela regula todos, até mesmo o padre.
.
O lugar para o "milagre" tão esperado possui um mar revolto e mortal, além de aguçar a curiosidade das crianças, que passam a explorar o local.
.
Loney tinha tudo para ser muito bom, tinha mesmo.
Mas o enredo é confuso, perdido e hoje, com mais maturidade entendo que pode ser uma leitura agradável para outras pessoas.
Subi até uma ⭐. Mas a ausência de informações e o desfecho me fazem querer distância deste livro.
.
O bom ir em Sebos é que a gente acha tesouros assim. Esta edição é especial da @intrinseca os parceiros da época de lançamento receberam em casa.
Não gosto do livro, mas peguei para mim está edição. Foi no dia que fiz aquela compra enooorme!
.
Se já leu, me conta!

site: https://www.instagram.com/p/B3KTASwjcDt/
Carolina Del Corso 09/12/2019minha estante
Acabei de terminar o livro e seu comentário não poderia ser mais perfeito. Tive a mesma visão que você, a leitura até que flui, mas por mais que avancemos na leitura as perguntas continuam sem respostas, acreditei que no final tudo seria respondido, mas não, nenhuma pergunta foi respondida, todo o suspense do livro continua mesmo apóso fim da história, não explicam o que aconteceu ao Andrew, não explicam quem era Leonard, Parkinson,Collier, Clement. Não explica a morte do padre Wildfred. Todas as perguntas que fiz o livro inteiro não foram respondidas.




Pipoca Nerd 03/10/2019

Resenha do livro Loney de Andrew Michael Hurley
Loney é uma praia da costa da Inglaterra e é esse lugar insólito que causa tanta expectativa na vida dos personagens, ora a redenção, ora o terror.

Há um grupo católico, excêntrico e demasiadamente fervoroso, que costumavam ir na Páscoa para Moorings e após alguns anos esse mesmo grupo resolve retornar ao lugar com uma intensa expectativa de que o lugar ajudaria na concepção de um milagre.

A história é narrada por Smith quando ele era um jovem garoto. Na oportunidade da visita de Smith ao Loney, ele é acompanhado por seus pais e seu irmão Hanny (Andrew), outros dois casais e o Padre Bernard que é o substituto do antigo pároco que morreu recentemente.

O grande milagre que os religiosos esperam é que Hanny volte a falar. Para muitos, Hanny é considerado um retardado e precipuamente sua mãe crê que seguindo todos os rituais da Semana Santa e com muita oração no santuário Hanny cura-se-á da mudez.

O problema é que o lugar é muito apático. É um lugar frio, assombroso, decrépito que só piora com a rivalidade entre os visitantes e os moradores do lugar.

A religião é o ponto central da trama, com a efervescência da crença e as contradições humanas, onde as próprias atitudes terrenas são contraditórias com as orações pronunciadas. Toda a complexidade religiosa é frequentemente pano de fundo para discórdia entre o grupo.

A priori, gostaria de esclarecer que a história não é um terror psicológico. A capa do livro e os comentários iniciais no livro fazem crer que é uma história de terror. Isso é um tremendo equívoco, pois a história tem aspecto de um drama mesmo, com conflitos religiosos e familiares. Talvez tenha sido imputado como gênero de terror por conter personagens estranhos e a história ser revelada em um lugar hostil como o Loney.

Vale a pena ler a história por causa do afeto entre os irmãos Hanny e Smith que perdura por toda a vida. Smith simboliza o amor e o zelo fraternal com todo o cuidado despendido com Hanny.

Em contrapartida, o enredo deixa muito a desejar por que quando parece que as coisas vão finalmente acontecer e a história vai engrenar, é brutalmente cortada por um capítulo sobre religião. O livro é uma constante promessa que não se cumpre, o que é muito lamentável, pois Andrew tinha tudo para escrever uma história fantástica. Os elementos estavam todos ali, mas os fatos não sobrevieram e a trama ficou incompleta. A sensação que fica, é que Andrew apresentou o Loney e em seguida irá de fato apresentar a história.

site: http://pipocanerd.com/livros/resenha-do-livro-loney-de-andrew-michael-hurley/
comentários(0)comente



Victor.Santos 05/09/2019

Meia boca
Terminei o livro hoje e fui conferir críticas/resenhas. Realmente foi vendido de maneira errada, é drama com suspense psicológico, e não o terror que aparenta. Não gostei da conclusão e achei bem moroso, porém bem escrito. Se você leu caixa de pássaros e o demonologista e não se impressionou, nem tente esse.
comentários(0)comente



Thay 01/09/2019

Tinha bruxa ou não tinha?
O livro em si não é ruim, porém eu esperava mais da história
comentários(0)comente



Jubiii 12/08/2019

nao.
enrolação, enrolação, e nada acontece. muito chato.
comentários(0)comente



Kakito 16/07/2019

Loney
Olha , pra quem gosta de uma historia que mecha com o psicologico , leiam esse livro , sensacional sem contar que a escrita do Andrews é maravilhosa
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Caroline.Weber 24/06/2019

Quando o corpo de uma criança é encontrado soterrado após um deslizamento em um local que costumava fazer parte da infância de dois irmãos, as sombra do passado voltam para contar como eles eram diferentes naquela época e de como sua relação mudou ao longo do anos.

Durante muito tempo quem comandou a paróquia foi o Padre Wilfred, um conservador da igreja que conduzia os súditos com pulso firme. ?Tonto?, apenas um garoto na época, era seu coroinha. Porém, algo mudou ao longo dos anos com esse padre e ele acabou morrendo em uma situação um tanto duvidosa. Um novo padre chega a comunidade para tomar as rédeas da congregação. Com um pensamento mais moderno e jovem ele vai ter que encarar o conservadorismo de Laura, a mãe de Tonto.

?No Loney as coisas viviam como deveriam viver. O vento, a chuva, o mar existiam em seu estado bruto, sempre recém-nascidos e ferozes. A natureza se revigorava. Seus processos de morte e reabastecimento aconteciam sem que ninguém percebesse, exceto Hanny e eu.?

20160910_154555

Esse garoto que nos conta sua história tem um irmão, Hanny, e logo sabemos que há algo de errado com ele. Sua mãe vê nisso uma grande vergonha para a família e, como o garoto se comunica com dificuldade, fica a cargo de Tonto tomar conta do irmão. Com a desculpa de que seria ótimo voltar às origens, Laura sugere ao novo padre que eles retornem a Moorings, uma casa enorme e sombria onde eles costumavam passar os feriados com o padre Wilfred antes de ele ficar introspectivo.

Tentando agradar a congregação, o novo padre topa e eles partem em direção ao Loney, um estranho pedaço entre lugar nenhum entre dois rios. Lá, além do pretexto de voltar às origens, Laura também está em busca de um milagre que ?conserte? seu filho Hanny. Para Tonto e o irmão é só mais uma viagem a um lugar já conhecido que guarda várias lembranças de viagens passadas, porém, eles vão acabar de metendo em algumas encrencas enquanto passam os dias por lá, e também entram na mira de pessoas da comunidade que não estão felizes em ter esses ?forasteiros? em sua região. Será que o corpo encontrado atualmente, 30 anos depois da última vez que estiveram em Coldbarrow, tem algo a ver com eles?
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Heliene.Maia 26/05/2019

Chato... mas de um jeito estranho
É uma livro chato, mas a forma que o autor conduziu a narrativa me prendeu até o decepcionante fim.
comentários(0)comente



128 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |