O navio das noivas

O navio das noivas Jojo Moyes




Resenhas - O navio das noivas


40 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Rebeca 22/07/2016

Já estou com vontade de reler!
Sempre quando termino um livro da Jojo, vem só elogios na minha cabeça, elogios para a história, elogios para os personagens, elogios para a sua capacidade de nos emocionar e encantar… Elogios e mais elogios!!! Como diz uma das minhas primas, "Para que tá fofo"!!! E o que dizer dessa história magnífica? Bem, me senti transportada no tempo, para uma época pós-guerra, para um navio cheio de mulheres super corajosas, que enfrentaram durante semanas o mar e todos seus obstáculos, abandonando seu porto seguro (família, país, empregos, etc) para reencontrarem seus maridos (militares estrangeiros) que eram praticamente desconhecidos. As "noivas da guerra" como ficaram conhecidas. Mulheres entre 14 e 20 poucos anos que viajaram em busca de um reencontro, de um recomeço e de seus amores (ou de suas projeções sobre o amor). Foi uma verdadeira jornada para o desconhecido. Dentro desse contexto real, somos agraciados com personagens fictícios complexos, com características bastante diferentes umas das outras, tão realistas, que ficamos com a sensação de serem personagens reais! Amei a Frances e a Maggie, duas personagens super marcantes! Do lado masculino, destaco o fuzileiro Nicol e o comandante Highfield. E uma menção honrosa para o porta aviões HMS Victoria que, apesar dos contratempos, conseguiu completar bravamente sua última e mais importante missão!
Mi Monteiro 27/07/2016minha estante
??


adenilza.rodrigues.5 20/10/2016minha estante
Realmente, Jojo M. Provou mais uma vez, ser capaz de emocionar e encantar com sua narrativa. Amei a trajetória dessas esposas loucas e mega corajosas. São personagens fortes e envolventes.




Carolina Durães 01/08/2016

"O navio das noivas" é a nova obra da autora renomada Jojo Moyes. Dividida em prólogo e mais três partes, esse livro faz referência a uma parte importante da história, explicado pela própria autora em uma nota no livro:

"Em 1946, a Marinha Real entrou na última etapa do repatriamento de esposas do pós-guerra, aquelas mulheres e meninas que haviam se casado com oficiais ingleses em serviço no exterior. A maioria seguiu em navios para transporte de tropas ou em embarcações contratadas para essa missão específica. Em 2 de julho de 1946, no entanto, cerca de seiscentas e cinquenta e cinco esposas de guerra australianas embarcaram para uma viagem excepcional: a travessia no porta-aviões HMS Victorius para encontrar seus maridos ingleses. Elas tiveram a companhia de mais de mil e cem homens, além de dezenove aviões, em uma viagem que durou quase seis semanas. A esposa mais jovem tinha quinze anos. Pelo menos uma delas ficou viúva antes de chegar ao destino. Minha avó, Betty McKee, foi uma das felizardas que tiveram sua fé recompensada. Este livro de ficção, inspirado por essa viagem, é dedicado a ela e a todas aquelas esposas que tiveram coragem suficiente para acreditar em um futuro incerto do outro lado do mundo. (Jojo Moyes - Julho de 2004)."

O prólogo é narrado em primeira pessoa e se passa na Índia, no ano de 2002. Uma avó está viajando com a neta e quando se deparam com um estaleiro, ela começa a contar sua história.
A primeira parte começa na Austrália, no ano de 1946, quatro semanas antes do embarque. Maggie é uma jovem que vive em uma fazenda com o pai e seus irmãos. Com a perda recente da mãe, ela e sua tia Letty são as únicas mulheres do local, mas Maggie casou-se com Joe e irá embarcar em breve. A jovem está com receio da viagem, de abandonar tudo o que conhece e sua família, mas também está preocupada com a perspectiva de ser mãe em breve.
Conhecemos também Avice, uma jovem de 21 anos de idade, filha do maior fabricante de rádio de Melbourne. É uma jovem da alta sociedade, ambiciosa e elitista que para realizar os seus caprichos, casou-se rapidamente com Ian Stewart Radley.
Jean é uma jovem de 16 anos de idade e tem uma situação econômica precária. Não teve atenção e amor da mãe, não tem instrução e não sabe se portar de acordo com o que a sociedade espera dela. É jovem, destemida e brutalmente honesta, mas não tem a malícia necessária para sobreviver nesse mundo tão fechado que é o de ser esposa de soldado.
Frances MacKenzie é uma enfermeira que trabalha no Ariadne, o último navio de assistência hospitalar. Quieta, batalhadora e eficiente, existem cochichos nas suas costas que tornam seus dias no Ariadne sufocante. Graças a enfermeira chefe, Audrey Marshall, ela tem uma chance de recomeço ao embarcar no Victorius. Isso se ninguém reconhecê-la...
A segunda parte do livro é o embarque e as semanas que se sucedem a ele. A tripulação do HMS Victoria está coberta por um recente luto, principalmente o comandante Highfield, que não fica nada feliz em ver seu porta-aviões se tornar um navio cheio de frufrus e mulheres. Ainda mais que a sua tripulação está há muito tempo no mar. O receio de confusões a bordo e desrespeito as leis começa no próprio embarque e as quase seis semanas de viagem se tornam inesquecíveis para muitas dessas mulheres.
Maggie, Avice, Jean e Frances acabam dividindo uma cabine e essas quatro mulheres, de origens diferentes e personalidades contrastantes terão que aprender a conviver para passar por essa viagens. Falta de água, calor excessivo, crimes e violência, um médico alcoólatra, uma tripulação problemática e muito mais são abordados nessa parte do livro.
Outros personagens, como o fuzileiro naval Henry Nicol e o mecânico Dennis Tims, ganham destaque. Nicol tem uma bagagem emocional grande e está lidando com o fato de que sua família seguiu em frente. Entorpecido pela guerra, ele está tendo problemas para voltar à civilização.
A terceira e última parte da obra está relacionada ao prólogo, onde temos a revelação da identidade da avó e a conclusão da obra.
"O navio das noivas" é uma ficção, mas com personagens tão reais e uma trama de fundo tão emocionante que é impossível o leitor não imaginar essas mulheres, suas dores, seus temores e suas conquistas.
Em relação à revisão, diagramação e layout, a Editora Intrínseca realizou um ótimo trabalho. A capa é delicada e combina perfeitamente com a trama.


site: http://www.viajenaleitura.com.br/
comentários(0)comente



Karen 26/12/2016

Arrastado
Eu costumo ler 1 livro por semana, mas esse eu demorei 1 mês!
Super arrastado, algumas vezes confuso pois você está numa história e já muda para outra.
Fim nada de espetacular, alguns personagens ficaram inclusive sem desfecho.

Resumindo: Chatinho! Terminei por questāo de honra.
comentários(0)comente



JúAlves 19/04/2017

O navio das noivas
A história é incrível, quatro mulheres com personalidades diferentes embarcam em um porta aviões ao final do período de guerra, para reencontrar seus maridos. Durante as seis semanas em alto mar muita coisa acontece, amizades são criadas, um romance surge é uma beliche na cabine fica vazia.
comentários(0)comente



Raiane 27/12/2016

Vi muitos comentários negativos quanto ao livro. Bom, foi um dos melhores livros que li até hoje! Algumas personagens ficaram sem desfecho final, porém a história se passa no pós guerra - então era comum perder contato com as pessoas que tiveram contato por um breve tempo, e a autora soube transferir isso para os leitores. Quem quer um romance água com açúcar vai se decepcionar, porque o livro tem altos e baixos. Maravilhoso! Recomendo para quem sabe apreciar uma história que nem sempre tem final feliz.
Thaiswo 27/12/2016minha estante
também amei a leitura, só o inicio que demora muito a desenrolar os fatos, mas quando a leitura fluiu me apaixonei.


Tathy Terto 28/12/2016minha estante
JoJo diz de forma indireta em Baía da Esperança o que aconteceu com Jean




Bolsa Viajante 03/01/2017

O Navio das Noivas
Confesso que não foi um dos melhores livros da Jojo, mais como dou fã dela, não tem como não puxar uma sardinha para o lado dela.
A historia foi bem desenvolvida e nos mantém presos em seu conteúdo. Foi interessante acompanhar a viagem dessas 4 mulheres e mais interessante ainda descobrir quem é que contava essa história.
Apesar de achar que houve muita enrolação, foi interessante der o que 4 mulheres podem fazer juntas e ver que o amor que sente pelos seus maridos é capaz de fazê-las mudar completamente de vida.
Eu recomendo a leitura, mais leia quando não tiver pressa para acabar e prepare-se para se surpreender com o final, para mim a melhor parte do livro!!!
Ana P 03/02/2017minha estante
undefined




Thaiswo 30/11/2016

Sensível e envolvente
Confesso que eu só li esse livro porque imaginei essas noivas seis semanas presas em um navio com vários marinheiros e fuzileiro. Simplesmente foi encantador ver como a Jojo escreveu um romance com uma pegada nos tempos atuais, mas que se passa na década de 40.

Muito do começo do livro (acho que as primeiras 100 páginas) é muito da autora “imergindo” o leitor abordo desse navio e realmente partes chatas que quase me fizeram desistir, com todos os seus detalhes e sua trajetória (sem contar que eu nunca tinha lido um livro em que sua história se passava em alto-mar). Em alguns momentos eu me lembrei da história do livro Querido John, porque muito do contexto do livro é justamente sobre esses jovens que se casam e precisam ir para a guerra e voltar meses depois (se voltarem), muitos ainda recém-casados que mal tiveram a chance de ter uma lua de mel, se viram obrigados a retornar para o campo de batalha, confesso que eu achei um tema bem realista e forte.

Logo as personagens vão surgindo e cada uma com sua trajetória e sonhos, e sem saber ao certo o que as espera no final de todo esse percusso, tem certos momentos que achei que realmente estava dentro do navio com aquelas 4 mulheres cheias de sonho, incertezas, medos, problemas e o final surpreendente onde descobrimos se realmente o futuro que as espera, era o que elas imaginavam, super indico e leria novamente se possível pois me envolvi de uma forma, que em alguns momentos chorei junto com os personagens!!!!
comentários(0)comente



09/01/2017

Muito bom
Imagine um navio enorme. Agora imagine esse navio cheio de mulheres. Mulheres que desistiram, que abandonaram tudo em busca da felicidade.

É 1946. Acabou-se a 2ª guerra mundial. Mais de seiscentas mulheres partem da Austrália á Inglaterra para, quem sabe, finalmente encontrar o amor de suas vidas.

Dentre essas seiscentas mulheres, quatro se destacam: Margaret, muito grávida, que desde então a vida se resumira apenas a cuidar dos irmãos e do pai; Avice, moça de alta sociedade e escrava das aparências (chata pra caralho); Jean, uma adolescente alegre e energética de apenas quinze anos; e France, uma enfermeira que claramente esconde algum segredo. Durante essa viagem de seis semanas, amizades serão formadas,segredos serão revelados e destinos serão traçados. Se prepare, pois muita coisa acontecerá nesse enorme navio.




Minha opinião:


O livro é contado em terceira pessoa, e a autora detalha muito bem tudo.
Desde as escotilhas do navio, aos pássaros voando no céu, kkk. Ela também foca muito em cada personagem, o que eu achei legal e chato. Pelo livro ser bem detalhado, teve momentos que eu cansava de ler, mas ainda sim eu amei a leitura.
Talvez seja pelo livro ser rico nos nisso ( detalhes) que eu levei um mês para terminá-lo, rsrs. Vai ter momentos que você vai chorar, outros você irá rir. Se você tiver um coração mole, você provavelmente irá chorar quando descobrir o segredo de Frances. Confesso que chorei com esse livro, e digo que ele vale muito a pena ser lido. Foi a primeira obra de Jojo que eu li, amei e já quero ler outros livros dela.
De uma forma bem simples, ela nos mostra que, não importa o que te aconteceu de ruim no passado, todos merecem uma segunda chance, e que, pelo amor verdadeiro, vale qualquer coisa, até mesmo viajar num navio porta aviões.

Enfim, é isso. Já leram? Gostariam de ler? Gostam da Jojo?

Beijinhos e até breve. ;)


site: http://agrtdalivraria.blogspot.com.br/
Monique.Lima 20/01/2017minha estante
GEEEENTE EU AMEI O LIVRO
són que fiquei com uma dúvida, justamente na ULTIMA frase do livro, sobre o nome. Existe algo "nas entrelinhas"??


Dalila 17/05/2017minha estante
Monique.Lima, eu também fiquei com a mesma DÚVIDAAA!!!!! estou desesperada, pq eu não lembro de ter visto nenhum Henry passar na vida de Frances antes.... O final deu a entender que eles se encontraram antes, em outra ocasião..... Amei o livro, mas essa duvida etá me incomodando....




Prof. Angélica Zanin 17/12/2016

Navegar é preciso
Fim da segunda guerra mundial, o porta aviões Victória parte em direção à Inglaterra levando mais de 600 noivas australianas para encontrarem seu esposos - soldados ingleses - frutos de encontros rápidos durante a vida deles em combate. A história acompanha a trajetória de 6 semanas de Frances, Margareth, Avice e Jean, cada qual com sua história de amor, todas navegando rumo a um futuro incerto, por maridos praticamente desconhecidos, para um país estranho, em tempos de pós-guerra. Esse futuro foi feliz? Você só terá as respostas, se fizer as perguntas, lendo mais esta história de Jojo Moyes. Lindo, real e emocionante. A esperança e a força de jovens mulheres que desejavam mais que tudo serem felizes através do amor. Isso não é regra, mas a avó da escritora comprova que é possível, o que faz renascer em nós a esperança de uma felicidade romântica.
comentários(0)comente



Lais.Melo 24/01/2017

O navio das noivas
A capa do livro faz jus ao conteúdo! Mas o inicio do texto um pouco massante, conta a história de quatro mulheres de personalidade diferente, em plena década de 40. A narrativa melhorando com o passar da leitura. E há cada página descobrirmos coisas do passado e coisas que estão e deverão acontecer. O livro relata coisas reais vivenciadas por marinheiros e passageiras do navio.
comentários(0)comente



Hellen 08/09/2016

MANCHETE:
O Navio das noivas partiu esta manhã

O Porta-aviões Hms Victoria leva em seus conveses adaptados um grupo de seiscentos e cinquenta e cinco noivas que deixaram seus lares, suas famílias em busca do verdadeiro amor. Durante seis semanas, essas mulheres ficarão reclusas em alto mar com ex-combatentes de guerra, fuzileiros navais e marinheiros, que estão voltando para casa ou buscando um novo começo.

Durante este período, entre conveses, cabines e aviões de guerra, um grupo de mulheres nos chama a atenção.

Margaret, Avice, Jean e Frances são mulheres distintas. Nada entre elas poderiam ser definidos como comum. Enquanto Margaret, que está grávida, cresceu em uma pequena fazenda cercada de irmãos, Avice cresceu sendo o centro das atenções. Menina rica e mimada, é escrava das aparências. Já Jean é uma jovem que pouco sabe da vida, em contrapartida, Frances é enfermeira, que guarda um grande segredo.
.
"Abandonamos tudo, todas as pessoas que amamos, nossa casa, nossa segurança. E para quê? [...] Para passar por tudo isso e no fim alguém dizer que não somos bem-vindas? Porque não há garantias, certo? Nada prova que esses homens e suas famílias vão nos aceitar, não é mesmo?"
_

Ah, Jojo, por que você sempre faz isso com a gente, hein?

Mais uma vez, eu me apaixonei, sorri e chorei durante a leitura. Terminei o livro assim: 💟💟💟💟💟💟💟💟💟💟💟💟 .
Como se já não bastasse um enredo lindo, eu simplesmente adoro o jeito como a autora escreve. A sutileza da narrativa, a representatividade feminina, os personagens adoráveis, o romance (suspiros...), tudo no jeito como a autora escreve me encanta.

E o cenário descrito pela autora é simplesmente encantador. A forma como ela ambienta o navio e seus conveses é realmente inusitado. O Victoria, ao compasse que permite a entrada de muitas pessoas, cada uma carregando consigo os sonhos e o desejo de reencontrar seus amadas, também desembarca pessoas pelo caminho que, com sua partida, deixa saudades e uma beliche vazia.

E É UMA HISTÓRIA REAL! Isso mesmo! A autora decidiu escrever o livro, quando descobriu como sua avó chegou à Inglaterra. Existe motivo melhor para você dar logo uma chance a este livro? 💜

site: https://www.instagram.com/sobreumlivro/?hl=pt
comentários(0)comente



Raffafust 14/09/2016

Eu já espero livros da Jojo com um Kleenex em mãos, mas esse não me fez chorar, nem por isso deixou de ser uma leitura prazerosa com uma história marcante e personagens que vão se transformando ao longo do livro.
Passado na primeira parte na Índia, em 2002, a história é narrada por uma avó que não sabemos sua identidade enquanto conta para neta que no ano de 1946 uma história interessante aconteceu em um navio. Ela lembra disso porque estão à frente de um estaleiro e então começa esse livro.
A tal história da avó misteriosa conta que Maggie perdeu sua mãe recentemente, ela se casou e está grávida e irá embarcar em um navio cheia de medos e expectativas, deixando para trás a vida na fazenda que tinha. Outra personagem é Avice, sim com V, a moça de 21 anos é bem insuportável, super mimada pois sabe que tem tudo que quer, já que é filha do maior fabricante de rádios - do aparelho mesmo!- da Austrália. Sim, se ainda não disse a história é passada lá e como 1946 foi enquanto a Segunda Guerra acontecia, todos tinham medo do futuro, menos ela que continuava sendo preconceituosa com todos.
Essas moças e mais um monte delas ( Margaret, a grávida já citada, Avice a chata , Frances a enfermeira da guerra,uma moça adorável mais Jean que é jovem , tem 16 anos e é bem malinha e outras) vão estar no navio de noivas, ou melhor serão uma das 650 mulheres que embarcação no HMS Victoria, um porta aviões da guerra e que se preparam para ir ao encontro de seus maridos. As 4 dividirão um quarto por 6 semanas, o problema é que elas são diferentes demais uma da outra. Tirando Margaret e Frances as outras duas são muito malas, deviam ir em algum bagageiro. Mas brincadeiras à parte, Jojo nos coloca em um mundo que já existiu, é baseado inclusive na história real de sua avó, esse navio com homens e mulheres era levado para Inglaterra para as famílias se reverem, as mulheres estão há semanas sem verem seus maridos, o navio tem muita diversão e brigas, normais quando juntam muitas pessoas diferente em um só local.

Se cada personagem tem sua dor e delícia de ser o que é, imagina o que Jojo nos reserva para uma dessas mulheres? Ah sim, e por último mas não menos importante, a parte final do livro nos traz a resposta de quem é a avó que conta essa história. Maravilhoso, com a marca Jojo de livro indispensável.

site: http://www.meninaquecompravalivros.com.br/2016/09/resenha-o-navio-das-noivas-intrinseca.html
comentários(0)comente



Meg Clarke 12/10/2016

Leitura Inesquecível
Nossa! Esse livro não é apenas um livro qualquer, pois, durante a leitura nós vamos amadurecendo e refletindo... Em meio á essa viagem cheia de expectativas, nós vamos nos divertindo, nos emocionando, nos enraivando e ficamos o coração na mão. Jojo Moyes sabe fazer uma narrativa como ninguém. O navio 🚢 das noivas 👰, é um livro que aprendemos muitas coisas. Essas noivas passam por coisas que nem imaginamos... E genteee, Eu torci o tempo todo por Frances e Nicol (o fuzileiro) E no final... Resumindo Ameiii e acho q não vou consegui tirar ele da minha cabeça! Emocionanteee! Chorei viu...
comentários(0)comente



Kaka Amaro 20/05/2017

Sorte e destino emociantes...
Nesse livro, narra-se a história de mulheres que após a Segunda Guerra Mundial, seguem em busca de seus amores, homens com os quais elas se casaram durante o conflito. Esse livro é totalmente detalhista do início ao fim, fazendo com que vivamos cada sensação dessa viagem. Sem contar que todas as citações não são ficcionais e se referem às experiências de esposas de guerra ou oficiais a serviço do Victorious.
Nessa viagem a bordo do HMS Victorious, um porta-aviões, com armas, aeronaves e mil oficiais da marinha, embarcam 600 noivas de Sidney - Australia, para o encontro de seus maridos ingleses. As regras do navio são extremamente rígidas, mas o destino reuniu a bordo homens, mulheres e um futuro incerto, atravessando mares em busca de se viver um grande amor. Quatro jovens mulheres de personalidades fortes, um fuzileiro, um comandante e o Victorious, acabam após semanas de viagem, vendo-se realmente diante de um destino implacável onde suas jornadas se entrelaçam, e suas vidas se modificam para sempre.
Realmente uma história de sorte e destinos emocionantes...
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



40 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3