Pó de Lua nas noites em claro

Pó de Lua nas noites em claro Clarice Freire




Resenhas - Pó de lua nas noites em claro


12 encontrados | exibindo 1 a 12


Laura Brand 13/09/2016

Sabe aqueles livros simplesmente inspiradores? Clarice Freire conquistou as prateleiras em 2014 com Pó de Lua, agora, Pó de Lua nas Noites em Claro vai fazer todo mundo suspirar de novo.
Pó de Lua nas Noites em Claro, assim com o primeiro, é um livro pequenino, pra levar na bolsa nos momentos em que faltar a inspiração. O livro é dividido em seis partes, ou capítulos, como se fossem as horas da madrugada, de 00h às 05h. Cada um dos capítulos começa com uma pequena história em que a autora situa o leitor e, a partir daí, deixa as palavras e desenhos tomarem conta das páginas.
É difícil encontrar pessoas que escrevam com tamanha simplicidade e carinho como Clarice compõe seus versos em Pó de lua nas noites em claro. É impossível conter o sorriso em diversos momentos. A maneira envolvente com que Clarice faz você passar as páginas é deliciosa. Como disse na minha primeira resenha, é quase uma inocência a forma tão bela como ela enxerga as minúcias do mundo.
Todas as páginas são compostas por ilustrações adoráveis feitas pela própria autora e não são meramente ilustrativos. Desde ilustrações mais coloridas e espaçosas até sutis contornos das letras, cada detalhe faz a diferença na composição do livro. Por diversas vezes seus rabiscos apaixonantes não só fazem parte das poesias, como são essenciais.
As palavras, ora compondo poesias, ora formando um texto, são deliciosas de se ler. Clarice brinca com sons e sinônimos o tempo inteiro. É um livro inclusive para ler em voz alta, as palavras parecem brincar com a língua. São diversas metáforas, versos e pensamentos que parecem criar vida em cada uma das páginas.
Pó de lua nas noites em claro me encantou pela identificação. Assim como Clarice, tenho fascínio pela noite, pelo mistério inquietante, pela calmaria imposta pela escuridão. Pelas almas adormecidas e amantes despertos. Ela deixa claro sua paixão pelas estrelas, pelas luzes da cidade, pelos transeuntes solitários. É um livro sobre detalhes feito em detalhes. Cada desenho, cada rabisco, cada vírgula e acento tem um significado diferente, uma intenção específica. É um livro feito com carinho, dá pra perceber em cada página a paixão de Clarice pela poesia.
É um livro encantador, para aquelas noites solitárias ou tardes chuvosas, para quem está sempre procurando palavras apaixonantes e se apaixonando por minúcias. É um presente para aquela pessoa sensível e para si mesmo.
Para os amantes de poesia, versos, frases inspiradoras ou mesmo para aqueles que só estavam precisando de uma corzinha a mais no cotidiano, Pó de lua nas noites em claro é um aconchego muito bem vindo.

site: http://nostalgiacinza.blogspot.com.br/2016/09/resenha-po-de-lua-nas-noites-em-claro.html
Apenas uma leitora 09/04/2017minha estante
Quero muito ler este livro!Gosto bastante de poesias,e pela sua resenha parece ser muito bom...




Rafael 02/09/2016

ZaaKar.com Resenha - Pó de Lua nas noites em claro
Cuidado, pode ter alguns Spoilers!!! Mas leia mesmo assim!

Sinopse: "Quando a noite fica mais escura e as ruas se calam, a maior parte das pessoas dorme e sonha. Algumas, porém, preferem o silêncio para sonhar acordadas. Clarice Freire, autora do best-seller Pó de lua, faz parte desse grupo. É nessa hora que costuma criar suas poesias e seus desenhos. Em seu segundo livro, Pó de lua nas noites em claro, ela vira a madrugada ao avesso em palavras e imagens, dedicando uma hora a cada capítulo, da meia-noite ao amanhecer. Além dos versos que conquistam o público desde 2013, quando foi criada a página Pó de lua no Facebook, Clarice alterna passagens em prosa e poesia, acompanhando sua personagem durante um longo e mágico passeio pela cidade quase deserta.
Com um humor delicado e muita sensibilidade, a autora desvenda a angústia e a alegria daqueles que preferem a noite ao dia. Sua personagem insone se rende ao desejo de sair da cama e andar pelas ruas em busca de si mesma. Descobre que não está sozinha. Os sentimentos e as lembranças ganham vida, e ela esbarra em personagens como um homem que vaga por viadutos, um vigia noturno e até um misterioso carteiro que lhe entrega correspondências às três da manhã. Com lápis de cor e tinta nanquim, Clarice ilumina a escuridão e continua fiel à missão de Pó de lua: diminuir a gravidade das coisas".


***

"E cá estou, falando de novo sobre o amor. Mas que assunto repetitivo, manjado, cansativo. Fazer o quê, meu Deus, se para falar de amor basta estar vivo?" - Pag. 84

Sobre a autora
Publicitária. Redatora. Pernambucana. Recifense com chiado e tudo, menos o bronzeado. Viciada em coca-cola, para o seu mal e nas palavras - para o seu bem. Apaixonada por Alfredo - seu violão velho - e por tudo que é esquecido. Clarisse Freire é daquelas que perde o amigo mas não perde a piada e que deixaria todas as coisas por amor. Como não pode, deixa amor em todas as coisas que faz. Freire nasceu no Recife, em 1988, e desde muito cedo aprendeu a usar as palavras para acalmar suas inquietações. Cresceu admirando os desenhos em lápis de cor da mãe, Lúcia, e os versos do pai, Wilson. Uma noite, ouviu falar que a lua era bela porque, mesmo sendo só areia, deixava refletir a luz de outro, e por isso as noites não são escuras. Daí veio a inspiração para o nome de sua página no Facebook, Pó de lua, criada em 2011.

"Não te dei meus pedaços.
Nem minhas partidas.
Eu quis partir com você por inteiro" - Pag. 131.

Sobre o livro e o que esperar dele
Não há duvidas de que eu me apaixonei pela proposta do primeiro volume e assim que pude corri atrás do segundo volume. Mas eu não esperava me surpreender tanto. Neste segundo volume Clarisse Freire nos trás uma nova proposta de temática. Suas poesias, frases e ilustrações – como de costume – com um adicional: Um novo tema e uma pequena e sutil história.
As ilustrações e poesias se juntam neste volume para contar a história de uma garota que gosta tanto das noites, que decide andar por sua cidade assim que a noite cai. Sua inspiração vem da noite e da brisa calma e refrescante que só a madrugada proporciona. E nesse contexto, a autora nos leva por vários caminhos e personagens para passar sua mensagem.
Além disso, gostei bastante também da parte dedicada aos diálogos. Achei uma graça. Acho que é isso que o leitor espera de uma continuação. Não só mais da mesma coisa, mas algo diferente, um diferencial que faça você olhar para a obra de uma forma diferente mas ainda assim apaixonada.
A essência continua a mesma. A delicadeza é o que mais chama a atenção. Desta vez, os capítulos são separados por horários, conforme a noite e a aventura da menina vai acontecendo, até que o sol por fim começa a soltar seus primeiors raios e tudo volta a loucura do dia a dia.
Muito bonitinho sim! Amei a ultima ilustração, do céu recebendo a chegada do sol... Um livrinho apaixonante gente. Vale a pena a leitura!
42/55

site: http://zaakarcom.blogspot.com/2016/10/resenha-po-de-lua-nas-noites-em-claro.html
Jaina 01/09/2017minha estante
Melhor resenha desta obra que encontrei por aqui. Parabéns!




Maria Simone 11/10/2016

Encantador!
Pó de Lua nas noites em claro é o segundo livro da autora Clarice Freire. Repleto de prosas, versos e ilustrações, o livro tem o formato de um Moleskine. Transbordando sonhos e afeto, Pó de lua nas noites em claro é um daqueles livros que inspiram e que não pode falta na sua estante ou na sua cabeceira.
De forma impactante, os textos da Clarice são fáceis de se conectar. A gente se sente parte das suas frases. Do sentimento apaixonado pela noite. Pelo silêncio.

O livro contem um sumário e é dividido em horas, começando de meia noite às cinco da manhã. O livro todo conta uma pequena história sobre a noite. Mas mais que isso, nos conta uma história sobre conhecer a si mesmo naquele silêncio que antecede os primeiros raios de sol. Sobe sabe apreciar nossa própria companhia em uma noite cheia de beleza e fantasia. Algumas ilustrações cobrem mais que apenas uma página.

Eu sempre fui uma pessoa muito noturna. Meus trabalhos de faculdade eram feitos de madrugada. Os do colegial também. Sempre achei que o silêncio, a tranquilidade e o brilho da lua pela janela eram confortadores. Inspiradores. Hoje quase não consigo mais trabalhar de madrugada. Mas quando dá, alguns dos posts aqui do blog ainda são feitos nesse horário. E é sempre um prazer enorme ♥

Por conta disso, me vi em várias dessas páginas. Me senti abraçada pelas imagens e pelos pequenos textos. Carregados de sentimentos, eles são um pouco daquilo que, no dia a dia, não percebemos. Que na correria, passam despercebidos.

Pó de lua nas noites em claro é um livro inspirador que nos enche de um sentimento gostoso durante toda a leitura. É impossível não sorrir, vez ou outra, enquanto se lê. Além de ser um livro lindo e maravilhoso pra presentear quem a gente ama. ♥

site: www.crescendoemflor.com
comentários(0)comente



Bruna 01/03/2017

Uma brisa fresca numa noite quente de verão
Com seus versos simples e lindamente elaborados, me senti sentada na guia da calçada, o som de uma rodovia ao longe, algumas pessoas conversando por perto, um cachorro latindo... em uma noite quente de verão, uma brisa fresca na nuca a cada página virada, a cada capítulo lido.

Todo problema ou perturbação desapareceram no momento em que abri a capa, foi um momento de leitura e reflexão que eu não tinha com um livro há muito tempo, uma sensação de paz interior e acolhimento.

A autora brinca com as palavras, suas formas, suas imagens, tornando suas poesias mais acessíveis e próximas do leitor (lindo!) e aborda temas universais de uma maneira jovial e solidária, como se te conhecesse e te dissesse "você não está sozinho, já pensou nisso?".
comentários(0)comente



Bruna.Paiva 22/02/2017

Inspirador
O segundo livro da autora Clarice Freire é simplesmente lindo, as cores e imagens te remetem a um universo simples e leve!
comentários(0)comente



Elanne 03/12/2016

Apaixonante
Um livro gostoso de ler, que conta a história de uma menina que perdeu o sono e resolveu pular da cama e conhecer a cidade.
[esperei anoitecer, até as paredes dormirem, pra sair... corri como quem ama. Pág. 13]
Na noite escura ela viu vagalumes, pessoas e em algum momento se viu sozinha; estando sozinha começou a se questionar sobre seus medos, seus sonhos... começou a se questionar sobre si mesma.
[Alguém sabe dizer o que os sonhos gostam de comer?
Eles gostam de passados bem passados, de presentes (ao ponto de partida) e uma pitada de futuro para dar sabor as despedidas. Pág. 109]
O livro é todo contado em versos e poemas. Pra quem gosta desse tipo de leitura, é uma delicia de livro.
comentários(0)comente



Ju 09/03/2017

"Sempre amanheço."
Clarice foi meu "olá literário" para 2017! Gratidão a essa mulher inspiradora que também tive a felicidade de conhecer, conversar e trocar e-mail! Gratidão ao Universo pela experiência incrível de conhecê-la e da leitura de seus livros. Clarice escreve poesia com maestria e luz pra iluminar a consciência e clarear os pensamentos...
comentários(0)comente



Geane.Gouvea 14/10/2017

Para os fãs de poesia!
Pra quem gosta de poesia na sua simplicidade, vai amar, se identificar, e realizar essa leitura em pouco tempo. Sua inspiração encanta, e tive a oportunidade de conhecer sua autora na Bienal do livro em SP em 2016, e não poderia ser diferente, ela é o livro, que se revela na humildade e verdade, e vontade de ter uma tarde de prosa sem fim.
comentários(0)comente



Keth 01/07/2017

Que amor de livro.
Resenha/Opinião:
A obra Pó de Lua nas Noites em Claro segue a mesma linha do primeiro livro "Pó de Lua", além da arte linda que compõe o livro a escrita da Clarice ganhou mais espaço, tomou mais páginas e se tornou um pouquinho mais longa... Isso para mim foi ótimo.
Me encantei rapidamente pelo enredo que foi enchendo o meu coração com diversos sentimentos.
É uma pena ser uma leitura rápida, queria passar horas e horas lendo.
A autora tem uma escrita maravilhosa, os desenhos são um encanto, a arte da capa me agradou bastante... A qualidade da obra em geral me deixou bem contente.
Recomendo para quem gosta de uma leitura leve e inspiradora.
Minha resenha/opinião ficou bem curtinha... Não tem como falar muito sobre esse livro, ele é tão pequeno dá para ler em minutos, mas apesar disso é uma boa obra que me deixou feliz por ter lido.
É o tipo de livro que a gente lê em uma tarde e fica suspirando.

site: https://parbataibooks.blogspot.com.br/2017/06/resenha-po-de-lua-nas-noites-em-claro.html
comentários(0)comente



thaythaycool 01/01/2017

Lindo
Livro inspirador, rápido e lindo!
comentários(0)comente



Camila Márcia 30/01/2017

Bonzinho
Pó de Lua nas Noites em Claro é o segundo livro da pernambucana Clarice Freire, cujo primeiro livro foi Pó de Lua. Neste segundo livro encontramos um projeto gráfico que segue o padrão do primeiro volume e que enche os olhos de tanta beleza.

Neste segundo livro temos um pequeno diferencial: aqui encontramos pequenos versos/textos poéticos. Além disso aqui vemos poesias ilustradas e criativas que acontecem durante toda a noite, passando pela madrugada e terminando ao raiar dos primeiros raios de sol, é um livro que considero para se sentir.

No entanto, apesar de reconhecer que Pó de Lua nas Noites em Claro é um livro rico em detalhes, cores e sensações, não consegui perceber um crescimento/evolução do trabalho de Clarice Freire, pelo contrário, chego até a considerar o primeiro livro melhor do que este.

Não estou buscando ser A Crítica Literária, mas acredito que todo trabalho artístico deve apresentar uma evolução em relação ao trabalho anterior e eu simplesmente não consegui ver isto aqui. É claro que gostei de Pó de Lua nas Noites em Claro, mas esperei mais, alguma novidade, algo diferente de seu projeto inicial, frases ou textos com mais profundidade. Não encontrei isso. Na verdade aqui encontramos mais do mesmo.

O projeto é lindo, fofo até. É uma leitura fácil e muito rápida, mas não é transcendente. Sabe aquele livro presente? Do tipo que é fofo para presentear uma amiga ou um affair? Pó de Lua nas Noites em Claro é esse tipo de livro, ou seja, não faz muito sentido você comprar para si mesmo, porque vai carecer de significado e você encontra coisa melhor no mercado editorial, mas é uma boa opção de presente porque aí carregaria um significado fofo de carinho e são frases e pequenos textos que agradam independente do gênero ou tipo de livro que qualquer pessoa curta. É uma ótima opção de presente.

No mais, quero dizer que sempre vou estar perdidamente apaixonada pelas edições dos dois livros da Clarice Freire, sobretudo com a lateral das folhas coloridas (azul e amarelo) e o próprio formato (tipo moleskine) e as folhas grossinhas e mimosas. A edição, sem dúvida alguma é primorosa! Um livro bonito para ter na estante.

site: www.delivroemlivro.com.br
comentários(0)comente



Vanessa França 30/01/2017

Mais um livro diferente do que estamos acostumados a ler, além de descontrair neste livro temos até mesmo que para um pouco e ler de novo ...rs

O primeiro livro eu achei muito fofinho e de leitura bem rápida, já esse em muitas páginas tive que ler duas vezes para ter certeza do sentido, ou seja, ela não quer que nós só passemos pelas páginas como também prestemos a atenção, senão o sentido é perdido.

site: https://geeklivroseresenhas.blogspot.com.br/2016/10/po-de-lua-nas-noite-em-claro-de-clarice.html
comentários(0)comente



12 encontrados | exibindo 1 a 12