Acima do Salto Agulha

Acima do Salto Agulha Aline Cabral




Resenhas - Acima do Salto Agulha


10 encontrados | exibindo 1 a 10


Daya 25/06/2018

Eu passei por uma situação muito difícil em minha vida. Depois de alguns meses postei no meu facebook que ia lutar para sorrir e logo em seguida (não lembro se foram algumas horas ou dias rs) a autora me procurou no meu inbox dizendo que eu estava preparada para ler o seu livro. Claro que aceitei, com um convite desses!

Fui lendo e conhecendo Leila, uma mulher com quase trinta e seis anos, sistemática, famosa estilista, bem sucedida, conhecida por usar somente sapatos salto agulha, que pensava somente em trabalhar e tinha duas amigas. Ela já estava solteira há alguns anos, não pensava em se relacionar com alguém tão cedo. A sua amiga, Dolores, ofereceu um convite para um evento em que ela iria acompanhada por um homem; segundo a sua amiga, um gato. Mesmo nunca tendo saído assim, às escuras, Leila aceita e vai!



Chegando lá, percebe que o carinha não é nada daquilo que pensava. A noite não estava caminhando para o que havia desejado e então ela resolve ir embora. O que nunca imaginou era que a saída repentina poderia mudar a sua vida completamente...

O único pensamento de Leila era ser sócia da empresa em que trabalha, mas nem tudo é como gostaríamos e planejamos. Podemos ser surpreendidos por algo novo; o que a gente pensava que iria acontecer naquela hora ou dia, pode não acontecer e a nossa vida "vira de cabeça para baixo". Foi isso que aconteceu comigo e pude perceber que não devemos deixar nada para amanhã.

A protagonista é uma mulher forte, determinada, inteligente e, mesmo com todas as mudanças que aconteceram em sua vida, percebe que é possível lutar para sorrir e é possível realizar aquilo que não estava planejado.

Se eu indico a leitura? Claro!!!! Só fez confirmar tudo aquilo que pensava sobre a nossa busca pela felicidade.

Beijinhos!!!

site: http://www.conchegodasletras.com.br/2017/03/resenha-acima-do-salto-agulha-aline.html
comentários(0)comente



Renata Maggessi 22/10/2017

Inspirador
O que falar de "Acima do Salto Agulha"? Ele começa despretensioso, com aquela escrita leve e gostosa e vai tomando conta do nosso tempo e da nossa leitura. A gente não quer parar de ler. A gente passa a conhecer tanto a Leila, a Bárbara, a Lola e a Luz que quer entrar naquele mundo e se tornar amiga delas também. Esse livro tem de tudo: amor, drama, risada. Você nunca sabe o que virá na próxima página, no próximo capítulo. Esse é daqueles livros que você suspira durante e após a leitura, que você torce pelos personagens, como torce pelos amigos. É uma leitura maravilhosa e indico para todos.
comentários(0)comente



Giuliana Sperandio 06/12/2018

Ameiiii
Esse livro me fisgou! Com uma escrita envolvente, divertida e fluída, a autora dosa nessa obra romance, comédia e drama em doses perfeitas, onde o resultado é um leitor completamente envolvido e apaixonado pelos personagens e história.
Confesso que sorri, chorei e me apaixonei entre essas páginas e só tenho a dizer... Leiam esse livro agora mesmo!
Ah! Amei tanto que corri para a história da Barbie, aliás uma das minhas personagens preferidas, espero que a autora faça também da Lola e da Liz!
comentários(0)comente



Nu e As 1001 Nuccias 07/05/2019

Divertido e com grandes lições
Esperava uma leitura leve e divertida, mas as grandes lições de vida que a acompanharam me surpreenderam. Gostei muitíssimo como a personagem foi construída, me vi nela em muitos momentos, gostei de como evoluiu ao longo da história. Foi encantador! O final me deixou meio... hum... passada e um tanto aborrecida em um primeiro momento, mas entendi a proposta da autora. Não vejo a hora de ler outro livro da Aline!
comentários(0)comente



Conchego das Letras 27/03/2017

Resenha Completa
Eu passei por uma situação muito difícil em minha vida. Depois de alguns meses postei no meu facebook que ia lutar para sorrir e logo em seguida (não lembro se foram algumas horas ou dias rs) a autora me procurou no meu inbox dizendo que eu estava preparada para ler o seu livro. Claro que aceitei, com um convite desses!

Fui lendo e conhecendo Leila, uma mulher com quase trinta e seis anos, sistemática, famosa estilista, bem sucedida, conhecida por usar somente sapatos salto agulha, que pensava somente em trabalhar e tinha duas amigas. Ela já estava solteira há alguns anos, não pensava em se relacionar com alguém tão cedo. A sua amiga, Dolores, ofereceu um convite para um evento em que ela iria acompanhada por um homem; segundo a sua amiga, um gato. Mesmo nunca tendo saído assim, às escuras, Leila aceita e vai!

Chegando lá, percebe que o carinha não é nada daquilo que pensava. A noite não estava caminhando para o que havia desejado e então ela resolve ir embora. O que nunca imaginou era que a saída repentina poderia mudar a sua vida completamente...

O único pensamento de Leila era ser sócia da empresa em que trabalha, mas nem tudo é como gostaríamos e planejamos. Podemos ser surpreendidos por algo novo; o que a gente pensava que iria acontecer naquela hora ou dia, pode não acontecer e a nossa vida "vira de cabeça para baixo". Foi isso que aconteceu comigo e pude perceber que não devemos deixar nada para amanhã.

A protagonista é uma mulher forte, determinada, inteligente e, mesmo com todas as mudanças que aconteceram em sua vida, percebe que é possível lutar para sorrir e é possível realizar aquilo que não estava planejado.

Se eu indico a leitura? Claro!!!! Só fez confirmar tudo aquilo que pensava sobre a nossa busca pela felicidade.

Beijinhos!!!

site: http://www.conchegodasletras.com.br/2017/03/resenha-acima-do-salto-agulha-aline.html#more
comentários(0)comente



Blog Virando a Página 03/08/2016

Delicioso do começo ao fim - por Mary Reis
Acima do salto agulha é o romance de estréia da gaúcha Aline Cabral, nesse vasto mundo literário. Uma história que me cativou logo nas primeiras páginas, com um enredo leve e ao mesmo tempo emocionante, e não posso deixar de dizer que também é surpreendente. A capa está linda demais, fiquei uns bons minutos namorando essa obra de arte. A Editora Coerência está de parabéns pelo maravilhoso trabalho.

Leila Dias Watson é uma famosa estilista, determinada, audaciosa, perspicaz e totalmente viciada em trabalho. Ela acredita que não precisa viver nenhum romance para se sentir bem, ou melhor, se sentir viva. Para ela, alguns encontros casuais bastam para se sentir satisfeita, além de manter uma relação de amor e ódio com o seu salto agulha. Por ter se empenhado ao máximo para chegar onde está hoje, Leila acabou se tornando uma pessoa prepotente e arrogante, e como consequência, afastando as pessoas ao seu redor, mas, ainda assim, ela tem suas fieis amigas, Lola e Barbie, que vivem aconselhando-a para que desça do salto e aproveite mais a vida.

A noite em que Leila desceu do salto e se permitiu curtir o momento, sem regras e exigências, tinha tudo para terminar em um desastre completo, mas as coisas tomaram um novo rumo, e eis que “a princesa encontrou seu príncipe”. E então, quando sua vida amorosa resolve dar uma guinada, e ela percebe que, enfim, Ryan deu um novo sentido a sua história, vem o destino e dá uma rasteira em sua vida. Agora Leila precisa se reerguer, ajustar seu foco e traçar um novo caminho.

Acima do salto agulha tem uma trama envolvente e muito bem elaborada, e que vai muito além de uma simples história de amor entre um homem e uma mulher, ela retrata também a questão do amor a vida e aos amigos. Um romance que me deixou encantada, e quando terminei a leitura ainda fiquei pensando na história, em tudo que Leila passou, toda a tristeza e a superação, e fiquei torcendo fervorosamente por ela, como se eu a conhecesse e qualquer dia desses fosse encontrá-la em algum lugar e bater um super papo. Sinceramente, no fim, eu sentia que fazia parte da vida da personagem. Impressionante!

Esta é uma história que, acredito eu, retrata a vida de muitas mulheres, profissionalmente falando, porque cada vez mais pensamos e buscamos sucesso profissional (me incluo nessa lista). Isso nos faz pensar sobre esse mundo moderno, a busca constante de nossa igualdade em relação aos homens, a cobrança e a pressão que sentimos da sociedade e muitas vezes a discriminação (não estou dizendo Leila passa por isso, só é um ponto a se pensar, ok?), o que nos faz lutar para sermos reconhecidas em todos os aspectos. Vamos ser sinceros? A mulher tem uma jornada dupla, casa e trabalho, e não é tão fácil assim conciliar as duas “carreiras”, principalmente depois que vem os filhos (ainda não tenho, porém vejo a luta de muitas amigas). Só não podemos deixar de lado o momento de lazer, aproveitar a vida com a família e os amigos. Então, Leila nos ensina que temos sim que andar em cima de um salto agulha, mas também precisamos aprender a descer do salto e aproveitar ao máximo os momentos de descontração, antes que seja tarde demais.

Aah, mas agora quero falar dessa autora linda, Aline Cabral. Esses dias eu li o seguinte trecho em um livro “Bom mesmo é o livro que quando a gente acaba de ler fica querendo ser um grande amigo do autor, para se poder telefonar para ele toda vez que der vontade.” (O apanhador no campo de centeio – J.D. Salinger), e quando terminei a leitura desta obra tive exatamente essa vontade, queria ligar pra autora e falar “Que livro perfeito é esse, mulher!”. Aline chegou com tudo, estreando da melhor maneira possível, e não posso deixar de dar os parabéns a ela por essa obra espetacular. Parabéns Aline, seu livro é um arraso!

Leia a resenha completa no blog: http://www.blogvirandoapagina.com.br/2016/08/resenha-acima-do-salto-agulha-aline.html

site: http://www.blogvirandoapagina.com.br/2016/08/resenha-acima-do-salto-agulha-aline.html
comentários(0)comente



ClauClau 22/06/2016

Acima do Salto Agulha
Essa é uma comédia romântica que mostra o retrato da mulher moderna, charmosa, independente e muito audaciosa que coloca sua armadura e sai para conquistar e vencer a batalha.

Você está preparada para o amor?
E quem está não é mesmo!

Leila Dias Watson tem 36 anos e é aquele tipo de mulher bem resolvida que construiu uma carreira sólida e de muito sucesso como uma grande estilista da empresa Atlas e por muitos era vista como uma tirana, pois ela era demais exigente e não era dada a sorrisos e nem gracejos no trabalho. Ela era objetiva e precisa.
Trabalho era o seu nome. Ela era trabalho, vivia trabalho, respirava trabalho e mantinha um relacionamento de amor e ódio com seus lindos pares de sapatos salto agulha. Ah, aqueles sapatos incômodos, altos e tão necessários!
Leila era viciada no trabalho, mas apesar de toda a austeridade no seu dia-a-dia, mantinha 2 grandes amigas do tempo do colégio, Bárbara e Dolores que se faziam presentes na vida de Leila e eram as únicas que a conheciam totalmente.
As amigas acreditavam que ela precisava se relacionar, mas Leila era uma mulher solteira e feliz com ela mesma e acreditava que ela apenas se bastava, pois não queria e não tinha tempo para os relacionamentos amorosos e acreditava que não precisava se relacionar com alguém para se sentir feliz, pois ela era dona de seus atos e de suas vontades.
Mas algo de diferente e inusitado estava para acontecer. Aquela noite não terminaria do jeito que ela planejou. A noite estava convidativa e propícia para certos pensamentos e atitudes de nossa heroína.
Essa seria a noite em que Leila desceria do seu desconfortável e necessário salto agulha e se deixaria levar, iria se perder, ou melhor, se encontrar naquele par de olhos azuis...
Foi naquele lugar que tudo começou a mudar...
Um esbarrão,
Um sapato no chão,
Um olhar,
Uma química.
E a partir daquele momento o tempo parou. E aquela noite seria diferente, pois até do salto agulha ela desceu...
Quem era ele mesmo?
Ryan era seu nome.

AGORA CHEGA! NÃO FALO MAIS!

Vocês precisam conhecer essa estória e sentir todas as sensações, assim como eu!
Às vezes tem-se a necessidade de deixar certas convenções de lado e permitir a loucura, pular do salto e sentir o chão em contato com os pés, os ventos nos cabelos e entender que aquela é a hora!
É isso, se arriscar, viver e deixar o barco te levar.

Esse livro me balançou, emocionou e me surpreendeu a cada página virada, pude sentir que relatava a vida de várias mulheres, que em muitos momentos tem certa trajetória de contos de fadas, um “Q” de cinderela às avessas.
Com uma escrita clara, forte e contundente Aline Cabral sobe explorar o coração feminino e nos chamar para a realidade. Muitas de nós temos um pouco de Leila. Uma estória bem construída e otimamente amarrada, pois o tema abordado é muito atual, fala da mulher moderna, batalhadora, que ri que chora e que tem que colocar sua armadura e sair para a batalha e mostrar a que veio. Um enredo que fala sobre a amizade, a superação, a cumplicidade, a confiança, a independência, a liberdade e acima de tudo o amor.
Sinceramente eu não podia imaginar para onde a estória ia me levar e eu me deixei levar e não me arrependi.
Não posso deixar de falar sobre essa capa linda ao estilo de filmes antigos, uma diagramação perfeita e encantadora.
Parabéns, Aline por dividir com os leitores essa saborosa estória e parabenizo também a Editora Coerência por acreditar nessa autora maravilhosa que conseguiu mexer com o meu lado Leila de ser.

Agora anotem esse nome, Aline Cabral é o nome dessa autora de valor e qualidade que veio mexer com os nossos sentimentos. Além do mais é brasileiríssima.

Vamos apoiar a literatura nacional!



Recomendadíssimo é isso, beijos e tchau!

Acima do Salto Agulha
Autora Aline Cabral
Editora Coerência
Pag.194
Ano: 2016
ISBN: 978-85-92572-11-2
Capa: Décio Gomes
Diagramação Bruno Lira
Gênero: Literatura Brasileira / Comédia Romântica
Fonte: Boa, com espaçamentos adequados.



site: Fanpage Eu Leio Sim e Dai?
comentários(0)comente



LAPLACE 01/06/2017

Surpreendente e Emocionante
A Atlas é referência nacional quando o assunto são roupas, e tal sucesso se deve, principalmente, por sua dedicada estilista, Leila. Profissional que dá a alma pelo trabalho, ela abriu mão de tudo e sonha com o dia em que será convidada a se tornar sócia da empresa pela qual sempre sacrificou tanto.

Sua forma de viver é constantemente criticada por suas melhores, e únicas, amigas, Bárbara e Dolores, que fazem o possível para que Leila enxergue que existe algo no mundo além do trabalho, inclusive o amor. Elas não obtêm sucesso em suas tentativas, e a estilista parece um caso perdido, até conhecer Ryan.

Com um estilo de vida e personalidade opostos ao de Leila, ele derruba seus pilares e a deixa incerta sobre muitas coisas, inclusive quanto ao fato de que para ser bem sucedida na carreira é preciso renunciar ao amor.

Leila está quebrando alguns paradigmas, contudo toda a sua experiência a frente da Atlas e os anos de executiva não poderiam lhe preparar para a surpresa que o universo lhe aprontaria, e quando ela menos espera, encontra-se diante de um labirinto do qual não faz ideia se será capaz de encontrar uma saída.

Querem saber mais? Então corram para ler o livro!

***
Concluí o livro da Aline Cabral em apenas 3 dias, e não foi porque ele possui poucas páginas, mas sim porque a história é muito boa. A autora arquitetou bem a trama com começo, meio e fim, com personagens cativantes e desenvolvendo o enredo de modo que a leitura nos prende e surpreende.

Apaixonei-me pela Leila, porque ela é cheia de defeitos, chegando até a ser grossa às vezes com as pessoas. Isso não é legal, eu sei, mas quando nos deparamos com uma personagem tão humana, que terá que vencer tais defeitos, já podemos prever que a autora trabalhará bem o amadurecimento e aprofundamento dela, o que gosto muito. E achei bastante criativas as comparações feitas entre a protagonista e sua vida e seus saltos agulhas.

A trama seguiu por um caminho diferente do qual pensei. Quando comecei a leitura estava certo que encontraria a história de uma mulher poderosa que se apaixonou perdidamente e se transformou em uma pessoa melhor. Ledo engano. Aline quebra o paradigma do conto de fadas com uma reviravolta que pode até não agradar muitos leitores, mas eu amei.

Sobre esse desenrolar da trama, é preciso dar destaque à diagramação do Bruno Lira. Todo o seu trabalho ficou ótimo, mas há um detalhe nessa virada na história que me encantou. Existem desenhos na página que antecede o começo de cada capítulo - caso o capítulo anterior tenha terminado em uma página ímpar, porque os desenhos ficam nas páginas pares -, e essa arte segue um padrão contínuo, até que ocorre esse plottwist e nos deparamos com algo novo. O cuidado do diagramador de expressar na arte o que estamos vendo no texto me agradou muito mesmo.

Se o rumo da história me surpreendeu, o final o fez mais ainda. Adorei o desfecho que Aline deu para a obra e para a personagem da Leila. Claro que, como todo bom leitor, eu fui lá reclamar, exigir respostas e brigar com ela, mas no fundo preciso admitir que foi um final inesperado e emocionante.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Mari Siqueira 04/06/2016

Um chick-lit delicioso e apaixonante, Acima do Salto Agulha é bem mais do que uma boa comédia romântica. Em sua estréia no mundo literário, Aline Cabral nos presenteou com um romance inspirador - e divertido - sobre o amor pela vida, por alguém especial e por saltos altos, claro!

A narrativa fluida e gostosa de acompanhar faz com que o livro possa ser lido em poucas horas. O difícil é fazer com que os personagens saiam da sua cabeça após o termino da leitura. Aline constrói personagens que, apesar de distantes da nossa realidade, passam por dramas pelos quais nós já passamos ou iremos passar. É fácil entender seus conflitos e apoiar suas escolhas.

Um dos pontos mais interessantes foi perceber o desenvolvimento da protagonista, seu amadurecimento durante a narrativa. No começo do livro, vemos uma Leila que dedica sua vida ao trabalho e só pensa na aparência. As escolhas da personagem, tão comuns em decorrência da modernidade, priorizam seu sucesso profissional antes de qualquer outra coisa. No entanto, sua dedicação absoluta parece não ser o suficiente para que ela atinja seus objetivos.

Outra consequência dos tempos modernos é a cobrança excessiva pela perfeição. Seja estética, emocional, pessoal ou profissionalmente, sempre nos falta algo. Vivemos buscando algo que nunca iremos alcançar e perdemos nossas vidas no meio do caminho. Leila se percebe envelhecendo enquanto espera o cargo dos seus sonhos e essa epifania da protagonista é o ponto de partida para sua evolução.

Leila é uma estilista famosa, responsável por coleções divinas e looks arrasadores, a moça não pode ser vista fora do salto alto. Sua marca registrada, os tão desconfortáveis saltos agulha são o terror de qualquer mulher e mostram o quão refém da aparência alguém pode ser. Qualquer deslize no visual pode ser percebido como uma fraqueza e em meio a uma vida regrada e dentro dos mais rígidos padrões estéticos, Leila Watson fez sua fama: impecável e intocável.

Seu comportamento, por vezes cruel e obsessivo, fez com que ela afastasse as pessoas. As únicas exceções são suas melhores amigas: Lola e Barbie. Desde os apelidos das melhores amigas até as primeiras atitudes de Leila, tudo é extremamente artificial, como se sua vida fosse perfeita, No decorrer da narrativa, percebemos que toda parede de vidro contém rachaduras e até mesmo a socialite mais famosa do país tem seus problemas.

Numa noite em que nada dá muito certo, no entanto, a vida de Leila começa a mudar. Após uma série de desfortúnios, ela conhece um misterioso homem que lhe faz uma proposta ousada. Sem muito a perder, a estilista aceita e as consequências dessa escolha vão, definitivamente, fazê-la descer do salto e encarar sua própria consciência.

A narrativa de Aline Cabral convence, encanta e emociona na mesma medida. Com uma lição bonita sobre autoconhecimento e mostrando que nunca é tarde para mudar sua vida, a autora me chacoalhou. Somos mais do que parecemos ser. O final do livro me fez desabar, confesso que estava usando salto 15 em uma rua íngreme e em um dia chuvoso. Foi um tombo daqueles que nos fazem rir, chorar e torcer para conseguir levantar.

"Por que não estreitar mais as relações fora do trabalho? Dar mais atenção à amizade de Bárbara e da Dolores. E, quem sabe, achar meu par perfeito...
De sapatos, é claro!" (p. 13)

site: http://sobreamorelivros.blogspot.com
comentários(0)comente



10 encontrados | exibindo 1 a 10