O Egoísmo de Vanessa

O Egoísmo de Vanessa Géssica Marques




Resenhas - O Egoísmo de Vanessa


4 encontrados | exibindo 1 a 4


AB 24/12/2017

O conto vai retratar a história de Vanessa, uma jovem que mora com sua irmã gêmea e sua avó numa região distante devido o fato de sua avó ser considerada uma bruxa por ser, vamos dizer, uma curandeira.

Um certo dia, Vanessa entregou a uma mulher um remédio, o Padre da região descobriu e foi a casa para prender a moça e levá-la para ser queimada por fazer bruxaria. Porém ao chegar na casa viram a irmã gêmea de Vanessa, Verônica, a mulher afirmou ser ela quem a entregou o remédio devido o fato de as duas serem muito parecidas, e Vanessa não conseguiu dizer que tinha sido ela e não a irmã, deixou que sua irmã fosse queimada viva.

Na fogueira a irmã de Verônica a amaldiçoa dizendo que todos que ela amar irá morrer e depois desse episódio a vida de Vanessa nunca mais foi a mesma, além do remorso que ela sente por ter deixado sua irmã morrer no seu lugar, ela leva muito a sério a maldição, fica perdida e com medo constante.

Tudo na vida de Vanessa a leva a fazer escolhas e ela sempre opta por escolhas egoístas que a levam por caminhos dolorosos, viver cercada pelo medo a torna fria e solitária.

O conto tem muitas reviravoltas e é bem dramático, mas tem aquele tom sombrio que não nos deixa muito sensibilizados e sim alertas.

No final tudo faz sentindo e nos faz entender a ligação dos contos da série. Confesso, o final me deixou muito curiosa para ler os próximos contos.


site: http://www.abobrinhacomchocolate.com.br/2016/06/resenha-o-egoismo-de-vanessa.html
comentários(0)comente



Jéssica 09/05/2017

O Egoísmo de Vanessa - Géssica Marques
"Um arrependimento tomou conta do meu corpo, mas o que eu deveria fazer? Morrer no lugar dela? Sim, era isso o que deveria ser feito, porém não havia coragem em mim, minha boca não se abria meus pés não se moviam."

Vanessa e Verônica são duas jovens irmãs gêmeas que vivem um tanto afastada da cidade por conta de sua avó, com quem moram, fazer poções para tratar algumas doenças, o que era considerado bruxaria na época pela igreja. Um dia Vanessa entregar uma poção a uma moça desconhecida que veio em busca de ajuda e logo depois o padre da região vem até sua casa atrás da bruxa que fez a poção, porem ele confundi Vanessa com sua irmã Verônica que é condena a ser queimada viva, em um ato egoísta Vanessa não consegue admitir sua culpa e vê sua irmã ser consumida pelo fogo e a partir deste momento é amaldiçoada pela mesma.

"À minha querida irmã, que me deixaste morrer queimada na fogueira eu amaldiçoo, você pagará o preço da vida e tudo e a todos que amares irá de morrer."

Apesar de ser um conto curto conseguimos acompanhar toda a vida de Vanessa que é moldada pela sua culpa pela morte de sua irmã querida, mesmo conseguindo momentos de felicidade ela vê a maldição destruir tudo que ama. A narrativa se torna dramática e angustiante e aos poucos vemos a protagonista perder a esperança e junto com o fim temos a ligação com o conto anterior.

"Eu já havia aprendido a lição: à aquela que não deu valor à vida de um ente próximo, uma maldição, a maldição do amor. Quando souberes o que é amar irá perde-lo por causa deste amor."

Então se você esta em busca de um conto curto porem com uma grande carga emocional e uma personagem marcada pelo seu passado este sem duvida é uma ótima dica.

site: http://meumundo-meuestilo.blogspot.com.br/2017/04/resenha-o-egoismo-de-vanessa-gessica.html
comentários(0)comente



Jhenna 14/08/2016

O conto vai retratar a história de Vanessa, uma jovem que mora com sua irmã gêmea e sua avó numa região distante devido o fato de sua avó ser considerada uma bruxa por ser, vamos dizer, uma curandeira.

Um certo dia, Vanessa entregou a uma mulher um remédio, o Padre da região descobriu e foi a casa para prender a moça e levá-la para ser queimada por fazer bruxaria. Porém ao chegar na casa viram a irmã gêmea de Vanessa, Verônica, a mulher afirmou ser ela quem a entregou o remédio devido o fato de as duas serem muito parecidas, e Vanessa não conseguiu dizer que tinha sido ela e não a irmã, deixou que sua irmã fosse queimada viva.

Na fogueira a irmã de Verônica a amaldiçoa dizendo que todos que ela amar irá morrer e depois desse episódio a vida de Vanessa nunca mais foi a mesma, além do remorso que ela sente por ter deixado sua irmã morrer no seu lugar, ela leva muito a sério a maldição, fica perdida e com medo constante.

Tudo na vida de Vanessa a leva a fazer escolhas e ela sempre opta por escolhas egoístas que a levam por caminhos dolorosos, viver cercada pelo medo a torna fria e solitária.

O conto tem muitas reviravoltas e é bem dramático, mas tem aquele tom sombrio que não nos deixa muito sensibilizados e sim alertas.

No final tudo faz sentindo e nos faz entender a ligação dos contos da série. Confesso, o final me deixou muito curiosa para ler os próximos contos.

site: http://www.abobrinhacomchocolate.com.br/2016/06/resenha-o-egoismo-de-vanessa.html
comentários(0)comente



Lilian 30/06/2016

Me partiu o coração, mas adorei mesmoooo!
Meu Deus, que tristeza em ler esse conto! Me partiu o coração, mas adorei mesmoooo! Para quem ainda não conhece, essa coleção escrita pela Géssica são vários contos referentes ao pecado original de Eva, o primeiro conto é justamente intitulado 'O Pecado de Eva'.

Mas vamos lá! Esse conto foi um pouco mais longo que o volume anterior, começamos com a avó de Vanessa explicando a história de Eva. Ocorreu que, após ser persuadida pela cobra a comer o fruto proibido, os pecados de Eva originaram vários objetos, o Orgulho sendo um espelho, a Preguiça sendo um fantoche azul, a Ira virou uma adaga com um cabo rubro, a Inveja era uma agulha de cor verde e o sexto pecado, a Luxúria transformou-se em uma gargantilha de cor vermelha. Por fim, o último pecado, a Avareza tornou-se uma coroa dourada.

Vanessa tinha uma irmã gêmea chamada Verônica, elas começam no conto se indagando se a história de sua avó era verdade e juram que nunca irão deixar um pecado dominar seus corpos. Ah, a inocência de duas crianças! Nesta cena Vanessa encontra um colar com duas flores refletidas ao sair da floresta, esse colar será uma peça essencial para a história.

A partir daí somos apresentados aos pecados de Vanessa. Mas antes conhecemos a realidade da época em que Vanessa e sua irmã vivem. Elas ajudam pessoas secretamente, Vanessa foi ensinada pela sua avó a aproveitar ervas e criar remédios e afins. Mas devem manter isso em sigilo, caso contrário serão condenadas por bruxaria e queimadas vivas. As pessoas que eram ajudadas por elas não podiam revelar também, pois se a igreja descobrisse, seriam enforcados juntos por estarem aceitando ajuda do diabo. Vanessa menciona ainda que seus pais foram acusados também de bruxaria por terem tido filhas idênticas e por isso ela nunca os conheceu.

Ocorre que uma das pessoas ajudadas por Vanessa é descoberta, logo a igreja vem atrás delas. Todavia, por Vanessa e Verônica serem gêmeas, Verônica é quem é acusada. Desesperada para não morrer, Verônica implora para que Vanessa diga a verdade, mas o medo de Vanessa é maior e o egoísmo lhe vence, ela pensa só em si, em não querer morrer. E deixa sua irmã ser queimada viva. Esse é seu primeiro pecado.

"O olhar desesperado dela mudou para raiva e ódio, vi em seu olhar todo o amor que sentia por mim se esvair e se tornar em algo negro."

Dilacerada com a culpa, Vanessa tenta se matar, mas é impedida por sua própria irmã, mas não por uma coisa boa. Verônica revela que Lúcifer lhe deu um presente e atendeu seu pedido, jogando assim uma maldição em Vanessa.

"À minha querida irmã, que me deixaste morrer queimada na fogueira eu amaldiçoo, você pagará o preço da vida e tudo e a todos que amares irá morrer."

Vanessa é encontrada por um homem chamado Pietro. Ela instintivamente se sente atraída por ele e, infelizmente, ele a encantada de todas as formas. Digo infelizmente, pois Vanessa agora sabe que não pode amar ninguém ou a morte virá. Mas contrário a todas as suas forças, Pietro e Vanessa se amam. E com isso, a morte lhe encontra.

"A pequena casa estava em chamas consumindo tudo assim como o corpo de meu amado, eu já havia aprendido a lição: à aquela que não deu valor à vida de um ente próximo, uma maldição, a maldição do amor. Quando souberes o que é amar irá perde-lo por causa deste amor."

Sozinha e sem rumo, Vanessa vai para a cidade que Pietro lhe mandou, Salem. Mas como uma mulher sozinha e com muitos bens (deixados por Pietro) pode viver nesse mundo? Então Vanessa é obrigada a se casar. Aí começa sua tortura. Ela é obrigada a ter um filho, mas Vanessa acaba amando esse pequeno em seu ventre e o pior acontece, ele acaba morto.

"Chorei esvaziando toda aquela amargura dentro de mim, sabia que era verdade, mas eu me negava a acreditar. Eu nunca deveria ter amado o meu filho, não, o problema real não era esse, eu jamais deveria ter deixado Verônica morrer no meu lugar, o meu destino era queimar naquela fogueira e não ela. Esse foi o meu erro."

Mas o sofrimento de Vanessa não acabou por aí, seu marido queria um filho e a fez tentar mais e mais vezes e a cada morte, um pedaço de Vanessa também morria. Ao final, o destino lhe pregou uma peça e ela se foi da mesma forma que sua irmã, acusada de bruxaria, mas ela porque teve um filho sem alma, segundo o que acusaram.

"Sendo amarrada ao tronco, eu observei Margaret com lágrimas nos olhos, só ela dentre todos sabia que eu não era uma bruxa, era apenas uma mulher amedrontada por seus pecados e que não conseguia ter filhos. Porém ela jamais saberia que tudo isso era minha culpa, por meu egoísmo."

Tudo isto ocorreu por conta do pecado de Vanessa, mas ao final entendemos que não é somente uma maldição que condena uma pessoa, mas sim o que ela guarda em seu coração, a culpa de seus atos errados que lhe faz acreditar no que quer ver.

"Podia ver muito bem que ela alucinava com algum tipo de maldição, provavelmente se sentia culpada por seus pecados e via os infortúnios que a vida à acometia como maldição."

No epílogo nos reencontramos com Eva, é quando somos apresentados a mais uma de suas missões, ela está resgatando os pecados que foram lançados na terra e consertando seu erro. Ela conseguirá?

"Sabia que o mundo caíra em sofrimento por minha causa e agora eu deveria concertar o meu erro. Eva, a pecadora, tinha de se redimir."

Admito que fiquei um tiquinho confusa no final, mas a autora sempre prestativa e perfeita em suas obras, nos explicou os fatos por meio de uma pequena nota. Ali meu mundo se abriu e eu vi que, de fato, as coisas podem acontecer simplesmente porque você acredita.

Como sempre adorei a narrativa, muito bem construída e desenvolvida. Os personagens foram bem trabalhados, as descrições bem feitas e perfeitas. A história toda ocorreu sob o ponto de vista de Vanessa, por isso foi muito fácil acreditar no que ela acreditava, me envolvi realmente nisso. A diagramação também ficou ótima, sem espaçamentos desnecessários, sem erros de gramática e uma formatação excelente. Nem preciso comentar dessa capa né, diva demais! Totalmente entendi a relação da imagem com a história e espero que entendam também!

Fiquei muito ansiosa também pela continuação. Qual será o próximo pecado? Quem será atingido? O que acontecerá com Eva? Como será sua trajetória até conseguir resgatar todos os pecados? Gente, tenho uma infinidade de perguntas, então, Géssica, nos salve dessa angústia!!

Recomendo a leitura desses contos, é super diferente do que já vi por aí e muito instigante. Me envolvi completamente na história e estou louca pela continuação. Para quem quiser entrar num mundo diferente, cheio de mistério, essa é certamente uma ótima escolha.

site: http://www.leitorasvorazes.com.br/2016/06/resenha-50-o-egoismo-de-vanessa.html
comentários(0)comente



4 encontrados | exibindo 1 a 4