O Ladrão de Casaca

O Ladrão de Casaca Maurice Leblanc




Resenhas - O Ladrão de Casaca


141 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Cho 16/05/2021

Não vá com a expectativa da série
Eu conheci o ladrão de casaca após assistir à versão da série Lupin, lançada pela Netflix, em 2021. O ladrão, criado sob encomenda para a revista Je Sais Tout, seria para a França o que Sherlock Holmes era para a Inglaterra. Ao contrário do detetive, Arsène Lupin era uma espécie de Robin Hood, não dava nada aos pobres, mas só roubava dos ricos.

Os contos, no entanto, se passam no início do século XX, mas na série a história acontece nos dias atuais, então a narrativa foi totalmente adaptada, ainda que várias das peripécias de Lupin recebam o mesmo título dos contos.

Mesmo não sendo um romance, os contos mantêm uma unidade. Talvez por não ter verossimilhança com os dias atuais, eu não entendi direito algumas situações dos primeiros contos, nem os achei divertidos. Sequer gosto desse gênero.

Sobre a edição, o que eu posso dizer é que a capa imita a versão que aparece na série, fato que me levou a comprá-la, além disso, o livro acompanha um pôster e um marca-página. Por outro lado, alguns erros gramaticais me incomodaram bastante, acho que o livro merece uma nova revisão. Somado a isso, há o fato de que em alguns momentos aparecem trechos com referências (com expoente, por exemplo: ¹), mas sem as notas de rodapé (???). O final do livro traz curiosidades: romances e adaptações de filmes em que o Lupin aparece, inclusive em mangá e anime (!).

Agora seguem os contos que compõem a obra, com breves comentários:

? A captura de Arsène Lupin ?
Arsène Lupin foi preso (ou se deixou prender, melhor dizendo) ao fim de uma viagem em um transatlântico. Contou também com a complacência da mulher que ele cortejava durante a viagem. Ela se desfez das joias que ele roubou. Depois disso, há uma mudança de narrador que eu achei bem confusa e inesperada.

? Arsène Lupin na prisão ?
No conto seguinte, já preso, ninguém esperava que Arsène Lupin pudesse cometer algum crime, mas, contra todas as expectativas, ele consegue executar seu plano. Porém, não vi nada de espetacular na história e em seu desfecho.

? A fuga de Arsène Lupin ?
Conta como Lupin, mestre do disfarce, conseguiu fugir da prisão.

? O viajante misterioso ?
Aqui, Lupin é o narrador e está fugindo da polícia. Daí entra no trem outro homem (um assassino) que rouba Lupin e uma senhora. Para escapar, Lupin faz com que todos acreditem que o assaltante é Arsène Lupin. A essência disso a série pegou e adaptou de uma forma excelente.

? O colar da rainha ? ?
Se eu não me engano esse é o primeiro roubo que acontece na série e que dá início a uma série de acontecimentos: roubar o colar da rainha, espalhar os diamantes, depois devolver o colar. No conto, o roubo do colar da rainha permanecia sem explicação, pois só havia a mera suspeita de uma mulher (a única que teria como ter acesso ao quarto onde o colar estava). Após vários anos, durante uma conversa entre amigos, um sujeito propõe uma explicação para o roubo. Eu gostei muito desse conto.

? O sete de copas ? ?
Conta como o narrador conheceu Lupin. Achei que este foi o melhor dos contos. O autor soube unir suspense e investigação policial muito bem. Qualquer coisa que eu contasse estragaria o plot.

? A caixa-forte da senhora Imbert ?
Primeira e única vez em que Arsène Lupin foi enganado.

? A pérola negra ?
Conta como Arsène Lupin subtraiu do criminoso o benefício de seu crime.

? Herlock Sholmes chega tarde demais ? ?
Isso mesmo que você leu: Herlock Sholmes. Já que Arthur Conan não autorizou a inserção de Sherlock Holmes nas histórias de Lupin, o jeito foi Leblanc mudar o nome do detetive para Herlock Sholmes. Conta como Lupin descobriu a passagem subterrânea do castelo de Thibermesnil para executar seu roubo. Há também o reencontro dele com uma personagem do primeiro conto do livro. E mostra como Herlock Sholmes desvendou o plano executado por Lupin, porém tarde demais.
comentários(0)comente



Gabi Caputo 14/05/2021

Gostei
Acho que o mais legal do livro é tentar adivinhar quem é Arsene Lupin nas histórias e como ele pensou em todos os detalhes do crime.
comentários(0)comente



Gui 13/05/2021

Brilhante.
Arsene Lupin - ou seus quase infinitos outros pseudônimos - é simplesmente brilhante. Talvez, a chave para todo seu sucesso seja o tom simpático com que executa suas peripécias. Não há quem possa com ele, e quando há, é por sua própria vontade. Eu vi primeiro a séria da Netflix e depois li o livro, então já imagina o que iria encontrar. Contudo, mesmo assim me supreendi - e me diverti - com as saídas de mestres engenhosas e simplesmente geniais que sempre fizeram parte dos seus ambiciosos planos.
comentários(0)comente



lauradiasm 13/05/2021

Esperava mais
Vi a série na Netflix antes e esperava que fosse tão empolgante quanto. Os primeiros capítulos são muito bons. Lupin é muito debochado e incrivelmente inteligente, o que acaba trazendo um pouco de comédia.

Já nos últimos capítulos, a leitura vai ficando mais arrastada e não senti que me prendeu tanto quanto no começo.
comentários(0)comente



roninxsan 11/05/2021

As Primeiras Histórias de Arséne Lupin - O Ladrão de Casaca
Brilhante, audacioso, atrevido, sedutor, mestre do disfarce e do jiu-jitsu, Arséne Lupin é a irônica resposta francesa a Sherlock Holmes: um ladrão refinado e anarquista, espécie de Robin Hood da Belle Époque. Nas nove histórias que compõem essas primeiras aventuras, o irresistível anti-herói atormenta seus oponentes, zomba das conversões estabelecidas, ridiculariza a burguesia e ajuda os mais fracos. E ainda enfrenta um grande detetive inglês, não por acaso chamado Sherlock Sholmes.
comentários(0)comente



Paty 09/05/2021

Divertido
Arsène Lupin é daqueles anti-heróis adoráveis: ele planeja golpes, roubos e fugas de forma inteligente, divertida e elaborada e ele é um tanto quanto cínico também. Um rival a altura de Sherlock Holmes, talvez?

Minha impressão sobre o livro é que os primeiros capítulos são mais envolventes e divertidos que os últimos, talvez porque, no começo, a gente ainda esteja descobrindo como é o modo dele agir e tal... no final, quando a gente já sabe do que ele é capaz, fica um pouco sem graça...
Ainda assim, é um livro divertido e relativamente rápido de ler. Com relação à narrativa de mistério e as resoluções de casos, não acho que chegue aos pés de um livro da Agatha Christie, por exemplo, mas não deixou de ser uma leitura bem legal de se fazer.
comentários(0)comente



Ana 08/05/2021

até pra ser ladrão tem que ser inteligente
as tiradas que o escritor tem pra brincar com a aristocracia são geniais, pra mim uma das melhores partes. Lupin era simpático, charmoso, cavalheiro... e ladrão, o que só melhora a história. também acho legal o fato do autor escrever herlock sholmes pra dar umas satirizadas, bom demais.
comentários(0)comente



Morningstar 05/05/2021

Me foi recomendado esse livro a um tempinho, porém só depois de ver a série e que realmente me animei para ler e olha só coisa boa!
O livro é muito bem escrito. No início, notamos que a escrita não segue uma ordem cronológica e parece ficar um pouco confuso, entretanto em nada atrapalha a compreensão do livro.
Por ter sido escrito a boas décadas atrás, pode ser difícil compreender algumas palavras ou locais.
Agora vamos ao personagem, Arséne Lupin é encantador! Tem um ar de arrogância de quem é bom e sabe disso.
Para todo bom detetive existe sempre um ladrão espetacular, e isso Arséne nos mostra algumas vezes no decorrer do livro. Aquele tipo de coisa que você lê e pensa "Eu não estou acreditando na audácia dessa pessoa."

Vale MUITO a pena ler, ainda mais pelo ultimo conto com nosso amigo Herlock Sholmes.
comentários(0)comente



Marta 05/05/2021

"Eu mesmo não sei mais quem sou. Num espelho, não me (...)"
Esse livro é para os amantes de literatura policial, como por exemplo Agatha Christie, o que é meu caso, mas nunca tinha lido nada do autor Maurice Leblanc, meu interesse foi despertado quando vi uma mini série no Netflix que foi inspirada nas aventuras de Arsène Lupin, como gostei muito resolvi ir atrás dos livros. Esse livro em particular reúne nove histórias onde o gentil assaltante é o protagonista. Nesse livro as histórias são curtas e prendem a atenção do leitor. As primeiras aventuras de Arsène Lupin surgiram em 1907 por encomenda para a revista francesa, cujo herói fosse para a França o que eram para a Inglaterra Sherlock Holmes, aí nasceu Arsène Lupin, personagem vivo, audacioso, impertinente, desafiando sem cessar o Inspetor Ganimard, arrastando corações atrás de si, zombando das posições conquistadas e ridicularizando os burgueses e socorrendo os fracos.  A grande questão não é quem roubou, porque isso nós já sabemos desde o início do livro, mas como roubou? 
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Cleto_48 03/05/2021

Eu não diria que a história em si é ruim, muito pelo contrário, ela é extremamente cativante!!! Mas confesso que o fato do livro ser extremamente pequeno deixou a desejar ?
comentários(0)comente



Amanda 02/05/2021

Bom
Nesse livro o autor aborda algumas histórias sobre Arsene Lupin, são histórias interessantes sobre como os roubos aconteciam e toda genialidade de Lupin, que era conhecido como um ?herói nacional?, pois seus roubos não deixavam pistas para os policiais, por isso a genialidade. Minha história preferida com certeza foi a fuga da prisão, toda trama foi muito emocionante e o final surpreendente. Recomendo a leitura.
comentários(0)comente



Edson Camara 30/04/2021

O ladrão de casaca que assolou Paris.
O elegante e astuto ladrão de casaca e cartola foi criado a pedido de uma revista francesa para fazer frente a sua contra parte inglesa Sherlock Holmes.
Este volume contém os 9 primeiros contos de Arsene Lupin e descreve, não em ordem cronológica a sua origem e desenvolvimento.
A linguagem é ingênua e pura, talvez para agradar a todos os públicos. Mas apesar de ser uma leitura despretensiosa é bastante divertida.
comentários(0)comente



Bia Torrezam 30/04/2021

Muito bom
Eu amei o livro, apesar de demorar para pegar o gosto. O último capítulo é incrível e merece ser lido e relido!!
comentários(0)comente



Ri 28/04/2021

O que dizer de Arsène? Cada conto uma surpresa que só fez com que eu me apaixonasse pelas histórias. Ansiosa para ler o segundo livro!
comentários(0)comente



141 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |