A Redenção

A Redenção Lisa Kleypas




Resenhas - A Redenção


57 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4


spoiler visualizar
comentários(0)comente



Lizzy 15/05/2020

Perfeito! {Eu não acreditava mais na ideia de almas gêmeas, ou em amor à primeira vista. Mas eu começava a acreditar que, algumas vezes na vida, se você tiver sorte, pode encontrar alguém que é perfeito para você. Não que ele é perfeito, ou você, mas porque as falhas dos dois, combinadas, estão dispostas de um modo que permitem que dois seres separados se encaixem.} Cinco maravilhosas estrelas!
comentários(0)comente



Pâmela 16/04/2020

aaaaaahhhhh livro quente como o Texas, eu li o primeiro e achei legal... mas me apaixonei por esse. Mocinhos legais
comentários(0)comente



Thai Zavadzki (@meowbooksblog) 02/04/2020

Um livro extremamente necessário.
Haven, a única filha da família Travis, foi contra toda a sua família ao se casar com Nick. Com pouco tempo de casamento, ela logo descobriu porquê a oposição, Nick era abusivo, extremamente controlador e, por amor, ela foi levando esse casamento, mesmo com todo abuso envolvido nisso. Dois anos se passaram até ela chegar em seu estopim e voltar para a família, decidida a nunca mais se envolver com homem nenhum, mas aí aparece Hardy. O antigo amigo de sua cunhada, Liberty, que lhe prendeu atenção desde o primeiro instante em que eles se conheceram.
Esse livro é tão necessário, tão real e pesado... A princípio achei 255 páginas muito pouco, mas se tivesse mais cenas de abuso, eu certamente entraria em colapso, porque fiquei muito agoniada com a forma machista e abusiva de Nick, que tirou Haven de sua família, tomou sua autonomia, sua identidade, até seu nome (!) e a agrediu de todas as formas imagináveis. Pelo menos Haven teve para quem fugir quando tudo chegou no limite, há muitas mulheres que não tem. Muitas mulheres morrem, por causa de homens que se acham donos delas. E isso que mais me pegou durante a leitura, deixando o coração pesado. É uma história crua e muito real que a gente torce pela vitória da mulher em questão, mesmo sabendo que ela dificilmente é a realidade das Havens existentes no nosso mundo.
Agora, partindo para os pontos técnicos, não há reclamações. Escrita fluida, enredo envolvente e viciante, casal com química, personagens carismáticos... Achei legal que agora conseguimos ter uma visão diferenciada da família Travis, especialmente do patriarca, que pareceu bondoso demais no livro anterior. Todos tiveram uma ótima exploração e reafirmo o que falei na resenha de A Protegida, nos contemporâneos a Lisa de mostra muito mais madura na escrita.
Claramente é uma série de mulheres fortes. Liberty e Haven são dois estilos diferentes de mulher forte, e eu amo essas representações. A primeira pessoa se encaixa muito bem com as narrativas dessa série e dessas mulheres.
Um livro cruel, porém totalmente verdadeiro e necessário pra nos tocar o coração e lembrar que pode ter uma mulher sofrendo na porta ao lado... Não teria como não favoritar essa obra que me tocou no âmago.

Mais resenhas em: meowbookblog.com
comentários(0)comente



Andy.moncorvo 01/04/2020

amei muito
haa amei demais esse livro , o segundo da serie , e outra vez me identifiquei
o abuso que a personagem sofreu me fez chorar , muito triste e pesado.
o trauma é explicado de uma forma bem tocante. e a paixão arrebatadora mais do que foi o suficiente pra esse trauma ser superado. muito bom. deu vontade ate de ler de novo.
comentários(0)comente



Aniekr 28/03/2020

Merece todo o reconhecimento do mundo
Nao é o primeiro livro q aborda o tema de violência doméstica q eu leio, e eu digo com toda certeza q a autora soube trabalhar com ele perfeitamente.

Estou apaixonada pelos personagens principais, os sentimentos q eles transmitem sao tão grandes q nos faz sentir junto. ... Só leiam, sério. Não vão se arrepender.
comentários(0)comente



Larissa 25/03/2020

Gostei por desenrolar a história a partir de uma mulher que vive agressões constantes pelo marido
comentários(0)comente



Claudia 24/03/2020

Muito bom
O segundo livro a escritora já vem com uma história mais fluida, e dando importância para os detalhes necessários, fazendo a história ficar maravilhosa e bem construída. É colocado nesse segundo livro dois personagens que foram muito citados no primeiro, mas que a exploração do mesmo não ocorreu. Achei super valido a superação de uma mulher após sair de um relacionamento abusivo e sempre deixando claro A CULPA NUNCA É DA VITIMA.
comentários(0)comente



cris.leal.12 24/03/2020

Faz o coração palpitar...
Depois de um breve encontro inusitado e arrebatador, Haven Travis e Hardy Cates nunca mais se viram. Haven se casou com um homem narcisista e violento; e Hardy continuou tentando escapar de um passado miserável trabalhando muito, ficando cada vez mais rico, não se importando em colecionar inimigos pelo caminho.

Quando voltam a se encontrar, dois anos depois, Haven é uma uma mulher divorciada, que luta para sobreviver às consequências de um relacionamento abusivo, e Hardy, que nunca se esqueceu dela, insiste em protegê-la e pacientemente cria uma convivência repleta de momentos ternos e sexy.

É muito legal acompanhar o crescimento do casal. A moça sofrida e insegura, e o bad boy ambicioso e indiferente, se complementam e são perfeitos juntos. Hardy dá à Haven força e coragem. Por outro lado, Haven traz à tona o lado compassivo de Hardy, devolvendo a paz que ele tanto precisava.

Lisa Kleypas definitivamente sabe como escrever uma história de amor, daquelas que faz o nosso coração se agitar.

site: https://www.newsdacris.com.br/2020/03/resenha-redencao-de-lisa-kleypas.html
comentários(0)comente



Luana | @leitorademundos 06/03/2020

Comecei esse livro de uma maneira insegura, pois o primeiro volume da série não conseguiu me conquistar, e não foi pouca a minha surpresa ao me deparar com uma história que aperfeiçoou a maior parte dos pontos negativos de seu antecessor.

Esse livro é muito mais cruel e realista que o primeiro, e a personagem principal sofre de uma maneira que nos dá vontade de entrar na história, lhe dar um abraço e dizer "vai ficar tudo bem".

A autora conseguiu passar de uma maneira mais satisfatória todas as inseguranças e medos da protagonista, que acaba sendo mais realista e verídica do que a personagem do livro anterior.

Não sei se por tratar de um tema difícil, mas a Lisa aprofundou mais os sentimentos e as cicatrizes, fazendo com que a aproximação do leitor fosse mais verdadeira.

Com certeza houve uma melhoria em relação ao livro um, uma melhoria que deixa o leitor muito mais satisfeito e feliz com a obra.
comentários(0)comente



Lanny 29/02/2020

Seguindo o ritmo
Adorei o primeiro livro, esse desceu o nível um pouquinho. Talvez pelo fato do homem a ser envolvido com a irmã de Gage, seja aquele que sua esposa amou desde a adolescência. Ou talvez seja o comportamento doentio do ex marido de Haven. Ou talvez seja a passagem de tempo acelerado, que funcionou bem no primeiro livro porque a protagonista era quase uma criança, mas aqui com os personagens já no fim da casa dos 20, essa passagem de tempo me parece um desperdício. Não sei apontar diretamente o que fez que esse livro não me conquistou do mesmo modo que o primeiro, mas de forma nenhuma é um livro que não valha a pena ler. Vale sim.
comentários(0)comente



Célia 17/02/2020

Cheio de dramas, porém bem melhor q o vol 1
O livro mostra o comportamento abusivo do primeiro casamento de Haven e a dificuldade da vitima de abuso se ver como vitima. Alem disso no trabalho ela tb tem uma chefe abusadora e como ela vem de um término de casamento conturbado da para notar como ela sente dificildade em se resolver com a "chefe" (eu não duraria meia hora com um fdp dessas!). Quanto a Hardy Cates da toda a pinta de ser um sujeito manipulador e sem escrúpulos para subir na vida, porém ainda existe o bom moço dos tempos de adolescente de quando conheceu Liberty.
O livro é cheio de dramas e muitas vezes me enchia de raiva mostrando como certas pessoas são umas filhas da puta, mas no fim vale a pena a leitura. Aliás muito esclarecedora para pessoas que estão nesss tipo de relacionamento.
comentários(0)comente



Keli 13/02/2020

Eu juro que no primeiro livro da série The Travis Family eu achei o Hardy um babaca pelo que fez com a Liberty, mas no segundo livro eu realmente conheci o Hardy, apesar de não fazer meu tipo de homem ( extremamente enorme como descreve a Haven ) ele me cativou e vi uma pessoa perdida que precisava ser salvo.
Já a Haven, se enfiou naquela merda ( desculpem a linguagem ) de casamento abusivo, repleto de ganância e opressão dominanativa.
A autora abordou o tema de violência doméstica de forma sutil e mesmo assim me senti impactada.
É um ótimo livro, aguardo ansiosamente a leitura do número 3 da série. ?
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



maria 24/10/2019

melhor do que eu esperava
as primeiras paginas desse livro me deram um nó na garganta tão grande que por mais que eu não quisesse parar de jeito nem um eu precisava de um ar.Uma das coisas que mais me pegou depois desse ponto foram as cicatrizes internas que um relacionamento abusivo deixa,a protagonista não suportava ser tocada por homens(até mesmo os irmãos) de tão marcada pelo ex que ela ficou,é uma leitura dificil,você vai sentir vontade de entrar no livro e falar pra ela " PARA a culpa NÃO e sua" e "NÃO faça isso" mais não dá mais para ignorar a realidade que muitas mulheres vivem em todos os lugares do mundo.
comentários(0)comente



57 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4