Mensagens para Júlia

Mensagens para Júlia Mônica Aguieiras Cortat




Resenhas - Mensagens para Júlia


3 encontrados | exibindo 1 a 3


Leila 08/12/2016

Nos faz pensar...
É um livro espírita. Esse tipo de leitura não é a minha praia, mas, como sou bem eclética, abri uma exceção. Antes desse livro, já tinha lido dois livros da Zibia Gasparetto, há muito tempo atrás.

Clara conta toda a sua vida para a filha Júlia por meio de cartas escritas após a morte. É isso mesmo. Clara morre jovem em um acidente, deixando a filha Júlia de três anos. Por ser um espírito evoluído, Clara recebe a autorização para visitar Júlia de vez em quando. Clara está em um lugar de paz e alegria, onde pode ajudar outros espíritos. Neste lugar ela escreve as cartas para deixar para Júlia quando ela estiver preparada para ler.

Em vida, Clara foi uma pessoa muito simples, com um bom caráter e sempre disposta a ajudar os outros. Apesar de ter nascido rica, Clara não teve uma vida muito feliz. Seu casamento foi arranjado pelos pais. Ela não amava o marido e foi traída por ele. O marido de Clara não era má pessoa, mas tinha algumas fraquezas. Júlia herdou a bondade da mãe, mas com uma personalidade mais forte. A personagem que mais me cativou foi Nana. Descendente de escravos, sempre trabalhou de graça para a família de Clara e nunca se queixou da sua situação. Ao contrário, sempre foi doce e carinhosa com todos.

Não sou espírita, mas o livro me fez pensar. Será que vou cumprir minha missão aqui na terra? Será que já vivi outras vidas? Como foram minhas outras vidas?

Resenha publicada no Blog Meus Livros e Sonhos. Confira mais resenhas acessando:

site: http://meuslivrosesonhos.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Fernanda @condutaliteraria 11/09/2017

Após um acidente de carro, Clara desencarna muito jovem e deixa sua filhinha Júlia de apenas três anos.

No plano espiritual, Clara não consegue ficar sossegada com sua filha tão pequena sem a mãe por perto.

Devido ao seu merecimento e abnegação, e como Júlia também é um espírito já bastante evoluído, Clara tem a permissão de acompanhar o crescimento de sua filha na Terra e escrever para a mesma.

"A lição que tiro disso, Júlia, é de que o amor que doamos, por maiores que sejam os preconceitos de época, nunca fica em vão."


“Mensagens para Júlia” é um livro de mensagens escritas de uma mãe para sua filha extremamente emocionante e de forma bastante delicada.

Acompanhamos nessas mensagens o crescimento de Júlia na terra ao lado de seu pai, avós e da querida Nana, que nascida filha de escravos, é como se fosse uma segunda mãe para Júlia, assim como foi para Clara. Nana foi uma das personagens que mais me cativou!

"Nisso reside o "não julgais para não serdes julgados" do Cristo. Somos apenas pequenos grãos de areia de uma praia que se estende para muito além de nossas muitas existências. Mas que grãos de areia luminosos podemos ser!"


Temos ainda, a própria vida de Clara sendo contada, onde podemos conhecer mais da personagem e tudo que enfrentou. Além de acompanhar sua adaptação já no plano espiritual.

O livro é diferente, já que é narrado em forma de mensagens, mas achei bastante delicado e singelo, não tem como não se emocionar com Clara e Júlia.

O que me deixou um pouco com raiva foi o comportamento de Carlos, pai de Júlia, dentro do casamento com Clara. Mas penso que pode ser pela época e os costumes, já que a história se passa no início do século 20.

De restante fiquei muito emocionada como todo amor maternal que sentimos durante a leitura, e também com Nana e sua ligação com Clara e Júlia.

"Feliz é o homem que deixa como herança o afeto que plantou, a caridade que fez, o exemplo que construiu. Esse sim é lembrado de forma doce e afetuosa, e caminha por aqui com uma leveza sem par."

Muitos aprendizados são passados e isto eu aprecio muito em livros espíritas, sempre tem algo que acaba se encaixando em alguma parte de nossas vidas e acho que serve mesmo para aqueles que não seguem a doutrina.

A capa achei linda e muito adequada à história. Diagramação perfeita e não encontrei nenhum erro durante a leitura.

"Porém, como é mais fácil culpar o "destino" do que assumir os próprios erros, mutas vezes nos vemos sem assumir nenhuma responsabilidade pelos nossos atos. Assim procede o orgulhoso, Júlia, e nenhum de nós está livre disso."

Recomendo!!!
comentários(0)comente



Arca Literária 13/09/2017

resenha disponivel no link: http://www.arcaliteraria.com.br/mensagens-para-julia-monica-aguieiras-cortat/

site: http://www.arcaliteraria.com.br/mensagens-para-julia-monica-aguieiras-cortat/
comentários(0)comente



3 encontrados | exibindo 1 a 3


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR