Nas Sombras do Estado Islâmico

Nas Sombras do Estado Islâmico Sophie Kasiki




Resenhas - Nas Sombras do Estado Islâmico


40 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3


quel @indicacoes_da_quel 02/05/2021

Quando as escolhas são erradas
O relato impressionante e real de uma mulher que em um momento extremamente fragilizado, tomou uma decisão errada e pagou caro por isso.
Indico a leitura!
comentários(0)comente



Vic @leituralismo 02/05/2021

• A história real de Sophie, mãe e professora em um centro comunitário na França. A vida de Sophie desde a infância é marcada pela depressão, sendo professora no centro ela vislumbra uma perspectiva de ajudar as pessoas e encontrar sentido a sua vida, até o dia em que 3 dos garotos que participavam das atividades daquele local fogem para Síria, unindo-se ao Estado Islâmico. Mas o que Sophie não esperava era que ela seria convencida a ir também para Síria com o seu filho.
ㅤ ㅤㅤㅤ ㅤㅤㅤ ㅤㅤㅤ ㅤㅤㅤ ㅤㅤㅤ
• Como todo livro baseado em uma história real esse não deixa de ser angustiante, após os meninos fugirem para a Síria, eles começaram a contatar Sophie que recentemente tinha se convertido ao Islã. Sentindo um vazio em sua vida, não foi difícil de convencerem-na a ir para a Síria, sendo ludibriada com promessas de que naquele país ela poderia ter um belo apartamento, ajudaria pessoas, além de não existir a guerra, pois tudo era uma invenção do ocidente.
ㅤㅤ ㅤㅤㅤ
• É de fato um livro que choca e emociona, principalmente, pela Sophie contar o seu relato e falar da sua fragilidade, em como o emocional estava abalado e como tudo isso culminou para a sua ida fácil e "secreta" para a Síria, além de retratar o seu arrependimento em ter deixado tudo para trás e ter se colocado junto ao seu filho naquela situação.

site: @leituralismo
comentários(0)comente



Lucas.Mello 25/04/2021

Bom mas poderia ser melhor
É um relato impactante e é incrível pensar que uma historia dessa seja relamente comum.

Achei que poderiam ter mais detalhes para ser mais rico o relato.
comentários(0)comente



Fabi 20/04/2021

Impressionante
Esse livro é bem impressionante, conta a história de como uma mulher abandonou o seu marido e fugiu com o filho para se juntar ao Estado Islâmico. E como conseguiu fugir da "prisão" que encontrou com o grupo.
comentários(0)comente



Rod. 19/04/2021

Um livro necessário!
A leitura desse livro nos proporcionam um mix de sentimentos. Além, de servir como alerta para que possamos compreender um pouco sobre a dinâmica do Estado islâmico.
comentários(0)comente



13/04/2021

Nos faz pensar em como eles são capazes de convencer pessoas a largarem tudo, suas casas e famílias para seguir o desconhecido. Me coloquei no lugar dessas mulheres que não conseguem sair de lá e fiquei angustiada. Que esse livro sirva de alerta pra quem ainda pensa que o EI é um mar de rosas.
comentários(0)comente



Bea 09/04/2021

Um livro sobre esperança
Minha primeira experiência com um livro que retrata a guerra, o que me impressionou mais foi a forma como Sophie não desistiu, teve esperança em nome do amor pelo seu filho. Uma história forte, baseada em fatos reais e que toca nosso coração de uma forma incrível. Recomendo demais!!!!
comentários(0)comente



Annanda 03/04/2021

Criei expectativas e me decepcionei.
Um relato bem mais ou menos. Esperava que o livro tivesse mais detalhes sobre o Estado Islâmico e que fosse emocionante, mas me enganei!

Sophie relata como resolveu fugir com o filho de 4 anos e abandonar o marido para se juntar ao Estado Islâmico, sempre dando ênfase na ?manipulação? que ela sofreu por 3 garotos, e depois como consegue voltar para a França (depois de toda a merda que ela fez). Mas a meu ver, o que a autora realmente tenta passar para o leitor é uma história se vitimizando e tentando se livrar da culpa de seus erros. Não acredito que seja ?confissões de uma arrependida? como diz no livro, acredito que seja ?vou culpar os outros pelos meus erros e me livrar dos meus pecados?. Infelizmente, a história não me convenceu, Sophie! Uma mãe jamais colocaria um filho no meio de uma guerra.


?Nas sombras do Estado Islâmico? um nome tão impactante para o livro, mas, não me comoveu nadinha com a história, mesmo sendo real. Só fiquei com vontade de dar uns tapas na cara de Sophie por abandonar o pai da criança e simplesmente não dar satisfação nenhuma de onde estava, e por colocar o filho em risco. É esta a minha opinião sobre o livro, talvez, ao lê-lo outras pessoas terão outras opiniões. ?
Alberto.Tisbita 04/04/2021minha estante
Mas, se a culpa é dela, ela tem o direito de jogar em quem quiser. Rsrs


Margô 27/04/2021minha estante
Salvo engano, esta obra foi adaptada ao cinema...do contrário é bastante similar. Só uma opinião Amanda, segundo informações, as pessoas quando são recrutadas por "mensageiros" do Estado Islâmico, passam por uma verdadeira lavagem cerebral, e o que é dito pra elas o que irão em encontrar por lá, é só maravilhas!!
Se isso realmente fizer sentindo, a mulher que vai com o filho , se arrepende e FOGE, já está liberada da culpa...afinal com todo perigo que implica em fugir, ainda escreve um livro apresentando o horror que se viveu.
Taí eu me interessei em ler...rsss. Curiosidade em saber como ela se desvencilhou da merda que fez!




Isis.Piasson 10/03/2021

Uma interessante saber o que ela pensou na hora que chegou lá e como foi sua luta para voltar para casa
comentários(0)comente



Felps 25/02/2021

Uma leitura angustiante
Esse relato angustiante da jornada de uma mulher aliciada por jihadistas deveria ser compartilhado e lido por todas e todos. O livro mostra que você não precisa ser radical, não precisa ser violento e não precisa ser extremista para cair na rede de captação do terrorismo. Toda minha solidariedade a autora e sua família.
Lu 25/02/2021minha estante
Livro maravilhoso, todo mundo deveria ler




Elisabete Bastos @betebooks 03/02/2021

Arrependida
Sohphie, vive na França é casada e tem um filho de quatro anos. Ela ajuda em uma escola comunitária para famílias de emigrantes, especialmente Africanos e do Oriente Médio. Ela é natural do Congo. Tem 32 anos e vive insatisfeita, querendo algo mais... Tem a sua conversão religiosa para islâmica. Daqui há pouco, está envolvida com as família de três jovens, que participavam da escola, e foram para Síria. Ela continua mantendo comunicação com os três na Síria e resolve deixar a França, em 2015. Abandona o marido e vai a Síria, em uma região comandada pelo Estado Islâmico. Sim! Chocante! Pois bem, ela começa a conhecer a barbárie in loco. Lá bate o arrependimento e verifica os perigos que rondam a sua vida e do seu filho.
comentários(0)comente



Vanessa 01/02/2021

Chocante
É chocante a forma como a história de Sophie nos mostra como funciona o aliciamento de pessoas com o intuito de mostrar um regime perfeito na Síria.
Histórias como a dela precisam ser lidas pra sabermos que acontece isso e para não serem repetidas.
comentários(0)comente



Vivi 22/01/2021

É um relato realmente angustiante. Tudo que que ela queria é dar um sentido maior na vida. Depois de uma vida de luto e depressão.
Foi em busca da religião e em seguida acreditou que ia fazer o bem e caiu em uma grande armadilha confiando em pessoas que infelizmente eram de seu convívio. Colocou inclusive o filho em risco. E pagou muito caro duplamente por isso. Impressionante!
Empossivel também não sentir toda sua angústia e medo.
Sinopse: O testemunho extraordinário da mulher francesa que se juntou ao Estado Islâmico e conseguiu sobreviver a uma jornada em um verdadeiro inferno. Sophie Kasiki trabalhava como assistente social nos subúrbios de Paris quando três dos jovens que auxiliava abandonaram a França para se juntar ao Estado Islâmico, na Síria. Em pouco tempo, aqueles que ela carinhosamente chamava de "os meninos" voltariam a procurá-la. A princípio, Sophie ingenuamente esperava convencê-los a voltar, mas o que de fato aconteceu foi exatamente o oposto. Em Nas sombras do Estado Islâmico, Sophie Kasiki relata, de forma muito emocionante, todo o terror que passou na cidade de Raqqa, coração do Estado Islâmico na Síria.
comentários(0)comente



San 13/01/2021

Uma história comovente e ao mesmo tempo eletrizante!
Ela teve muita sorte!
comentários(0)comente



Claudia 08/12/2020

É um bom livro, mas nada além disso. Demorei bastante pra terminar. Como eu não tinha nenhum conhecimento sobre o Estado Islâmico, foi uma boa aula sobre o que ocorre com as mulheres de lá, principalmente pelas regras da religião. Porém, a protagonista não tem inocência total, ela colocou a vida de seu próprio filho em risco também. Por mais que ela tenha sofrido um tipo de alienação através daquela doutrina, ela tinha conhecimento acerca do lugar em que estava se metendo, e resolveu ir mesmo assim. Enfim, é um bom livro para obter conhecimento e se esclarecer nesses sentidos.
comentários(0)comente



40 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3