E se...

E se... Giovanna Vaccaro




Resenhas - E se...


19 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Aninha | @pactoliterario 18/05/2019

Após ser baleado por uma garota e logo após roubar um carro, Logan Moore é mandado pelos seus pais para um reformatório.



O garoto não teve culpa nenhuma, apenas fez aquilo para se salvar, mas mesmo assim é obrigado a estar naquele lugar. Depois de um tempo, é a vez de Olívia chegar ao reformatório, e para a surpresa dele, ela é a mesma garota que atirou nele no beco, é o motivo dele estar naquele lugar.


Só que a vida de Logan muda totalmente quando o avisam que sua mãe faleceu em um acidente de carro, depois do enterro da sua mãe seu pai lhe faz uma confissão: ele criou uma pílula que faz a pessoa ir para o futuro ou ir para o passado.

Logan vê nessas pílulas um modo de trazer sua mãe de volta à vida, só que seu pai lhe avisa que quando ele voltar ao presente, as coisas podem estar de um jeito totalmente diferente do que ele espera.

Logan então volta ao passado, primeiro para mudar a noite em que conheceu Olivia e depois para resgatar sua mãe da morte.

Mas com tantas viagens que ele faz para o passado, o seu presente começa a ser completamente diferente do que ele esperava.

“- Eu te amo como nunca imaginei que seria possível. Eu te amo todo dia e toda hora, a cada minuto de cada dia eu te amo mais e, quando acho que seria impossível eu te amar mais, você aparece e faz com que eu me sinta... Segura.”

Quando comecei a ler E Se... não sabia o que esperar, então comecei a lê-lo sem muitas expectativas, mas pelos comentários dava para ter a noção de que era um livro bem emocionante.

Deparei-me com um sentimento lindo que rolava entre Logan e Olivia, independente de passado, presente ou futuro eu tinha certeza de uma coisa: eles se amavam. Independente das barreiras que surgissem o amor dos dois prevalecia, isso foi o que me cativou no livro, o amor.

Eu adorei os personagens, tanto Logan, quanto Olivia. Apesar de que o Logan me irritou por suas escolhas ser sempre bem repetitivas e as partes de voltar no tempo estarem se tornando um pouco maçantes. Os pais de Logan também têm grande participação durante o livro, assim como o melhor amigo dele, Ian, gostei desses três personagens, apesar de que mais para o final do livro o pai de Logan já estava me irritando bastante, assim como Ian, durante uma boa parte do livro.

A Giovanna apesar de ter 15 anos tem uma narrativa maravilhosa, acho que ela tem bastante que amadurecer em relação a escrita e tenho certeza que a autora ainda fará bastante sucesso, tanto pelas histórias, quanto pela narração. Se ela tem 15 anos com esse talento todo, já tenho uma noção de quando será quando estiver mais velha.

O livro me trouxe muitas emoções durante a leitura, em alguns momentos estava aflita para saber o que iria acontecer, outros momentos com bastante raiva, alguns sentindo bastante amor pelo casal. Foi um misto de emoções durante o livro, é como se fosse uma montanha russa, você não sabe para onde os personagens irão te levar, mas mesmo assim embarca na aventura junto com eles.

Essa edição está maravilhosa, a capa é linda, sou apaixonada por ela. A diagramação do livro está impecável, um trabalho muito lindo. No começo do livro temos uma playlist para ouvir enquanto o lemos, confesso utilizei poucas músicas dali, mas adorei a ideia. A cada começo de capítulo tem uma frase diferente e olha, só frases maravilhosas! As páginas são amareladas e a letra está num tamanho maravilhoso para a leitura. Edição impecável!

Resenha postada originalmente no blog Pacto Literário.

www.pactoliterario.blogspot.com.br
www.instagram.com.br/pactoliterario
comentários(0)comente



Milena @albumdeleitura 10/01/2019

E se...
"Dizem que se você chora por ter perdido o sol, nunca verá as estrelas."

E se cada momento de sua vida viesse com uma segunda chance?

O que aparentemente parece impossível, está prestes a se tornar realidade na vida de Logan Moore, um jovem de 17 anos mandado para um reformatório injustamente após ser baleado em um beco escuro enquanto voltava do show de uma de suas bandas favoritas.

Sentindo muita falta de sua casa, dos pais e do melhor amigo, Ian, L conta os dias para que sua pena seja cumprida naquela mini prisão e possa voltar o quanto antes para sua vida normal. Porém, a chegada de uma jovem da mesma idade que ele, chamada Olivia, vai fazer com que sua vida nunca mais seja a mesma.

"Eu nunca tinha conhecido uma pessoa que mudava de humor tão rápido, uma pessoa que fosse tão dramática e extrovertida ao mesmo tempo."

"Fiquei a noite inteira pensando em Olivia, não sei bem o porquê, mas pensar nela me acalmava. Seu jeito, sua risada, seu rosto, suas roupas, aquela tatuagem delicada em seu pulso, o jeito como ela me olhava e sorria... Ela me transmitia paz."

Após um trágico acidente que tirou a vida de sua mãe, Logan acaba voltando para casa e descobre que seu pai, um cientista renomado e professor das principais universidades locais, acabara de desenvolver uma pílula que possibilita viajar no tempo.

"Estas pílulas podem te levar a qualquer data em que você já esteve ou ainda estará."

A fim de salvar a vida da mãe e consertar os erros do passado, apesar de desacreditado em um primeiro momento, Logan acaba embarcando nesta grande aventura e descobre que esta talvez tenha sido a melhor (ou pior) escolha que já fizera em toda a sua vida.

"O passado e o futuro são certos demais. Mas há coisas que fizemos no passado, coisas tristes e erradas, que compõem o futuro. E se quisermos mudar o futuro, temos que começar com o passado."

"Tudo parece fácil quando se tem pílulas que são capazes de fazer com que você possa mudar seu destino. Quando algo de ruim acontece... Ei, não se preocupe, coloque uma dessas pílulas na boca e pense em coisas boas. Pronto, tudo parece funcionar. Mas não é assim. A cada ato que consigo consertar, consigo estragar dois outros."

" - Tudo na vida é temporário, Logan. Então se as coisas estiverem bem, aproveite porque elas não vão durar para sempre, e se as coisas estiverem ruins, não se desespere. Uma hora tudo vai voltar ao normal."

Com uma pegada ao estilo de Efeito Borboleta, E se... é uma mistura surpreendente de romance e ficção científica que foi capaz de superar todas as minhas expectativas e me deixar de queixo caído em relação ao estilo de escrita da autora. Giovanna escreveu esse livro quando tinha apenas 15 anos (pasmem!), no entanto, sua obra nada tem de inconsistente, muito pelo contrário: a linguagem é bem trabalhada e extremamente inteligente e o enredo é incrivelmente envolvente, fazendo o leitor ficar ávido pelo desfecho e não desgrudar do livro enquanto não ler a última página!

Regado com muita emoção e inúmeras viagens entre presente, passado e futuro, E se... nos faz questionar sobre as incertezas da vida, as ciladas do destino e o quanto uma decisão pode mudar radicalmente nosso futuro. Apesar de nós não termos cápsulas que nos permitam viajar no espaço-tempo, assim como Logan, com certeza esse livro vai, de alguma forma, mudar o jeito com que encaramos os fatos e os inúmeros "e se's" que surgem ao longo de nossa jornada.

Os personagens são apaixonantes e bem trabalhados (principalmente o protagonista, que é capaz de tudo por amor - no sentido mais amplo da palavra), a diagramação é belíssima e bem fofinha e, para completar, ainda tem uma playlist marcante que embala vários momentos da narrativa.

site: https://albumdeleitura.blogspot.com/2019/01/dica-de-leitura-200.html
comentários(0)comente



Carol 03/12/2018

Guarde os seus "E se..."
Resenha feita originalmente no blog Virando Amor

Logan é um garoto comum, mas por causa de uma injustiça em que ele leva um tiro durante um assalto e rouba um carro pra fugir de quem atirou nele, acaba num reformatório. Ele odeia a situação, ainda mais que os pais não fazem nada pra tirá-lo dali. Lá ele conhece Olivia, e a cumplicidade entre os dois vai crescendo, até que ele descobre que Liv é a garota que atirou nele, a razão dele estar ali, mas o carinho por ela faz com que ele não se importe mais com isso, pois só quer ajudá-la.

Um tempo depois, Logan recebe uma ligação do pai dizendo que sua mãe acabou de sofrer um acidente e morre. No velório, o pai não parece tão abalado com a morte de sua mulher e logo sabemos o porquê: o pai de Logan desenvolveu uma pílula que se torna possível viajar no tempo, e pretende usar isso pra salvar a sua mulher. Logan não acredita, mas diz que vai fazer isso no lugar dele.

Só que em vez de voltar no tempo para salvar sua mãe, ele volta mais atrás ainda: Logan volta no tempo, quando ele foi assaltado por Olivia e resolve ajudar a garota a fazer uma escolha melhor. Mas o que ele não sabe é que quando se tenta melhorar algo do passado, outra coisa terrível acontece no lugar e piora seu futuro.

Então ele vai tentando concertar as consequências, tanto na vida dele como na vida de seus pais, o que leva ele a decidir algo no final (que não posso contar pois seria spoiler) que me deixou bem apreensiva, e eu já estava prestes a pegar na mão dele e falar: "meu anjo, NÃO FAZ ISSO COMIGO!", mas aí aconteceu algo logo em seguida que me deixou com esperanças, haha.

Esse é um livro que faz MUITO tempo que quero ler, pois a premissa é muito interessante e eu tava super ansiosa pra fazer a leitura, tão ansiosa que acho que isso fez com que minhas expectativas ficassem nas alturas, e acho que por isso não consegui gostar tanto quanto pensei que iria gostar. Não é que seja um livro ruim, longe disso, é uma leitura que te entretém por boas horas e tem as pontas bem amarradas, mas teve algumas coisas que me atrapalharam (que também pode ser algo pessoal), como o fato de todo mundo se chamar pela primeira letra do nome toda hora, como se estivessem num episódio de Gossip Girl. Se fosse uma vez ou outra, até ficaria legal, mas achei isso repetitivo e cansativo demais.

Apesar disso, recomendo muito a história que mostra que devemos guardar nossos "e se..." (a autora autografou isso pra mim, tá bom, meninas??? 😂) e é muito importante você viver sua vida no presente, pois as coisas só vão dar certo (ou não) de acordo com sua atitude no aqui e agora, e às vezes quando algo dá errado, é pra você ter algo melhor no futuro. Achei uma mensagem muito linda, assim como a de aproveitar esses momentos perto de quem você realmente ama. O Logan tentou melhorar a vida dele e daqueles que ama, mas acabou esquecendo de VIVER os momentos (bons e ruins) perto de quem ele ama. Não deixem isso acontecer!

site: https://www.virandoamor.com/2018/11/resenha-e-se-de-giovanna-vaccaro.html
comentários(0)comente



Sr dos Livros 15/11/2018

Jovem, surpreendente e apaixonante
Algumas leituras pedem que a resenha seja imediata, pra não se perder nem uma linha de sentimento 💙 Esse é o caso de E Se… Compartilhei essa resenha no instagram assim que finalizei a leitura, cheia de sentimentos.
Eu esperava uma história jovem, com os altos e baixos da idade e algum “quê” de romance. Mas o que encontrei foram conflitos profundos, amores verdadeiros e decisões que nem mesmo adultos deveriam tomar. Foi uma montanha russa de emoções, risos e lágrimas. E um final profundamente justo, mas totalmente inesperado!

“E se a vida te der outra chance?”

Logan é um jovem bem comum, não pensa muito no futuro, só vive aproveitando o que pode. Até que na saída de um show é assaltado e leva um tiro. Sua vida nunca mais será a mesma a partir desse momento.

Logan é um protagonista bem cativante, porque ele é sincero e tem o frescor da juventude, com toda sua impetuosidade e sonhos. Ele é o centro da história e todas as suas decisões são tomadas para proteger alguém que ele ama, sua mãe, seu pai, Olivia… O problema é que na maioria das vezes o resultado dessas decisões não são o esperado por Logan e ele precisa repensar e tomar novas atitudes

Cada nova atitude gera uma nova consequência e o que lemos é uma enxurrada de consequências que formam uma bola de neve que te sufoca e parece não ter fim… é difícil explicar como eu me indignei e quis socar esse protagonista por cada loucura que ele decidia fazer por quem amava. E apesar dessa raiva eu ainda queria colocar ele em um potinho e proteger do futuro.

Foi uma leitura muito gostosa, mesmo com toda a aflição do final.

A história é fluida, não dá vontade de parar. A diagramação é bem fofa, super confortável de ler, com espaçamento e fonte bem distribuídas.

Para somar, ainda tem uma playlist maravilhosa que te embala e marca muitos momentos.
Recomendo fortemente essa leitura pra quem gosta de reflexões sobre as decisões da vida, é uma escrita bem jovem sim, a autora escreveu a obra quando tinha apenas 14 anos, mas não e boba ou superficial, tem uma linguagem bem trabalhada e inteligente. É uma leitura pra cativar, te fazer chorar e por fim favoritar.

site: osenhordoslivrosblog.wordpress.com
comentários(0)comente



Clara.Pamponet 18/09/2018

Decepção
Esse livro foi uma decepção para mim, não pela história em si apenas pela capa é o título terem me dado uma ideia totalmente diferente do que o livro se tratava.
A capa é linda e tem a ver com um detalhe do livro, a diagramação do mesmo é linda, a Giovanna tem uma maneira de contar o que tem no coração de forma suave e meiga.
O livro conta a história de Logan, um garoto que por um erro cometido acaba indo parar no reformatório e a história de Olívia a garota que roubou o coração do Logan.
Olívia é uma jovem carinhosa e acaba sempre em confusão.
Indico o livro, mesmo tendo achado que o livro era de contos e crônicas, por conta do título e da capa.
comentários(0)comente



Fabi | @psamoleitura 21/05/2018

{resenha feita no blog PS Amo Leitiura}
E se você pudesse voltar ao tempo e mudar coisas da sua vida e de pessoas que você ama: você simplesmente embarcaria nessa aventura, mesmo sabendo que o rumo poderia mudar o seu presente ou teria medo de arriscar? Logan Moore tinha uma escolha em sua mão e ele decidiu que era hora de viver essa aventura.

Logan Moore foi baleado em um beco. O que mais o surpreendeu foi que era uma garota que estava o baleando. Devido suas atitudes naquele momento, Logan acabou indo para um reformatório, mas o que ele não esperava era que essa mesma garota estaria lá, vivendo junto com ele.

Olivia é completamente insegura e não consegue falar abertamente sobre esse momento que arruinou completamente sua vida. Eles são melhores amigos e o reconhecimento do que aconteceu no passado demora muito tempo para acontecer, mas quando acontece, Logan fica completamente curioso em desvendar o que tanto perturbou Olívia naquele momento e o porquê ela agiu daquela forma. Mas como descobrir algo se ela não consegue falar do seu passado?

Após um trágico acidente e que faz Logan voltar para casa, seu pai comenta sobre uma pílula que faz você voltar no tempo. Simplesmente precisa tomar uma, escrever uma data no papel e fixar os olhos na mesma e você irá retornar para essa data. Totalmente desacreditado, afinal, como uma pílula seria capaz de fazer você voltar ao tempo? Porém, ele decide enfrentar todas as barreiras e receios para embarcar neste momento único.

E é quando Logan tem um grande click em sua mente: mesmo que o presente seja alterado, ele precisa voltar para a data de quando ele conheceu Olívia naquele beco e fazer com que sua vida seja melhor e seja completamente diferente. E é onde a aventura começa.

“E se...” é uma ficção científica completamente incrível. Vivemos diversos momentos do passado com o nosso personagem, assim como alguns momentos do futuro, mas é completamente interessante como as mudanças que ele realizou no passado e perceptível como seu presente foi completamente alterado. Afinal, são consequências para fazer com que a vida de quem ele ama seja melhor e sem nenhum sofrimento.

Nessas viagens no tempo é completamente compreensível o porquê Olívia agiu daquela forma e como até mesmo a vida de Logan mudou completamente após essas pequenas mudanças. Também adorei quando Logan viajou para o futuro e mudou completamente o rumo de uma possível tragédia. É realmente arrebatador!

A forma como a Giovanna Vaccaro descreve todos os acontecimentos faz você ficar completamente preso na leitura e ficar torcendo para que essas viagens não compliquem totalmente a linha do tempo do personagem e torce para que tudo acabe bem. Tanto é que li esse livro, de 320 páginas, em menos de 12 horas e é repleto de aventuras e acontecimentos inigualáveis. Eu, fã do seriado Flash, não poderia ter ficado mais encantada do que fiquei por esse livro.

Mas o livro vai além dessas grandes viagens: ele mostra novos rumos que nossa vida poderia tomar se tivéssemos feito outras escolhas; como nossa vida é capaz de cruzar com outra pessoa simplesmente por ser destino e não questão de escolhas; como a vida é cheia de segundas chances, cheia de “e se” e tudo depende apenas de nós para realizar essas escolhas. A vida é, realmente, uma caixinha de surpresa e temos que ficar preparados para cada acontecimento.

Adoro esses livros, pois me faz questionar muito o que eu faria de diferente na minha vida. Sinceramente? Eu não faço ideia do que eu seria capaz de mudar se tivesse esse poder. Talvez deixaria as pessoas que eu amo vivas para não precisar sentir saudade, assim como tiraria todo o sofrimento das pessoas queridas. Por mais que a vida seja feita de altos e baixos, acho que se muitos momentos fossem repletos de alegria seria algo realmente incrível. Mas, na minha vida mesmo, eu mudaria poucas coisas, pois aprendi muito nesses 25 anos.

Se você gosta de ficção científica com um grande romance, leia “e se...”. O livro realmente é marcante e vai te fazer viver uma linha do tempo repleta de aventuras, segundas chances, amor e possibilidades.

site: http://psamoleitura.blogspot.com.br/2018/05/resenha-e-se-de-giovanna-vaccaro.html
comentários(0)comente



Luana Togashi 11/02/2018

Resenha: E se... (Virei a noite lendo!)
O que era para ser um dia normal para Logan, se transformou em algo que mudou a sua vida. Em um dia chuvoso, Logan está voltando de um show quando é assaltado na rua por uma bela garota. Ela está desesperada, pedindo o celular dele e, com uma arma na mão. Logan acaba sendo baleado e rouba um carro para fugir da garota, e assim, é levado injustamente para um reformatório.
Um ano depois, Logan ainda está no reformatório e acaba conhecendo Olívia, uma garota divertida, apesar de frustrada por ter sido mandada para o reformatório.
Os dois acabam criando uma amizade forte, para logo depois se apaixonarem. Porém, tudo muda novamente quando sua mãe falece e ele recebe uma notícia inacreditável de seu pai: ele havia criado uma pílula que tinha o poder de fazer alguém viajar no tempo. Mas como?
Logan, duvidando de seu pai, experimenta a pílula para provar que não funcionava. Funcionou, e Logan foi parar na noite em que foi baleado.
Logan tem a chance de consertar tudo: o dia em que foi baleado, a vida de Olívia, a morte de sua mãe... Entretanto, Logan está prestes a descobrir que o passado, o presente e o futuro são instáveis, e tudo pode mudar.
Em meio a viagens no tempo, Logan tem que enfrentar um grande desafio: conseguir ficar com Olívia e parar de bagunçar a linha do tempo.
?E se...? é um livro divertido, amorzinho e dramático. Se você é movido pelo drama, não irá conseguir parar de ler. Eu virei a noite lendo, querendo descobrir o que iria acontecer, se o Logan iria bagunçar ainda mais a linha do tempo (esse foi pior que o Barry Allen, sério. Quem conhece Flash sabe do que eu estou falando). Logan algumas vezes agia por impulso e acabava com o que tinha arrumado. Soltar esse livro é impossível!
Logan e Olívia são apaixonantes, não tem como não torcer por esses dois! Olívia é meio louquinha, me identifiquei e acabei me apegando muito à ela!
O livro nos ensina que uma hora tudo fica bem e que as pessoas que nasceram para ficarem juntas, irão se encontrar de uma forma ou de outra.
De uma coisa eu sei, aprendi muito com esse livro! Giovanna Vaccaro está mais uma vez de parabéns! Fabulosa!
O final é de cair o queixo, todavia, tudo o que eu pensava sobre o casal se concretizou. O que é? Só lendo para descobrir!
Obs: Antes eu queria um Miles na minha vida (protagonista de Procura-se um coração), agora eu quero um Miles e um Logan! Giovanna e seu talento de criar personagens incríveis!

Blog Fabuloso Mundo Literário
Www.fabulosomundoliterario.blogspot.com.br
IG: fabu_mundo_literario
comentários(0)comente



Kelly Midori @kemiroxtvliterario 08/10/2017

E se... você pudesse viajar no tempo? E se... você lesse um livro incrível?
E se... é sobre um garoto chamado Logan que no início conhece Olivia eles estavam num reformatório ele foi mandado injustamente e queria saber o motivo da Liv estar lá então ela descobre que ela que atirou nele mas ele compreende e se tornam mais do que amigos então d repente a mãe dele falece, o pai dele é físico,químico,matemático,professor e cientista e quer traze-la de volta então ele inventa uma maneira dele viajar no tempo só que o L que viaja então além de romance também sendo ficção... cada coisa ruim que ocorre ele quer concertar mas claro existe a teoria do caos que ela cita no livro.
Assim como viajar no tempo para mudar algo no passado pode interferir muito no futuro
Eu achei o livro excelente eu recomendo
A mensagem que o livro passa em minha opinião sobre que mesmo que e se... você pudesse voltar no tempo poderia não dar tudo certo e ainda no futuro não ser bom ou até pior.
Em breve vou ler Procura se e ir ao evento literário da Giovanna Vaccaro vai ser demais
O que realmente ocorre no livro? Será que o Logan termina bem? Será que ele termina com Liv? Será que ocorre no decorrer da história ?

Leia o livro e descubra!

Ah! Giovanna se você leu esta resenha, eu gostei e me apaixonei pelo L sim! Você escreve incrivelmente bem espero ver muitos livros seus no futuro...beijos

site: http://kemiroxtv.blogspot.com/2017/10/resenha-e-se-voce-pudesse-viajar-no.html
comentários(0)comente



desencaixados 15/09/2017

ADOREEEI
Andando em um beco escuro de baixo da chuva, Logan Moore é abordado por uma pessoa encapuzada tentando assaltá-lo. A pessoa parecia tensa e sabia que sua atitude não era certa, mas não deixou a tentativa ir em vão e o resultado de todo esse evento foi a prisão injustamente de Logan. O destino não prega nada por acaso e após alguns meses o pobre garoto faz amizade com Oliva, uma nova presidiária que faz sua vida tomar rumos diferentes.

Dentro da prisão ambos têm uma relação muito boa, diferente dos outros que preferiam deixar o ódio dominar o corpo e a raiva percorrer pelas veias. Fortes sentimentos começam a brotar dentro dessa amizade e quando menos esperava Logan já estava completamente apaixonado por Olivia, mas os presidiários são separados quando o menino é chamado à direção recebendo uma péssima notícia.

A mãe de Logan Moore acaba de falecer e ele recebeu liberdade somente para ir ao enterro e conversar com pouco com seu pai, assim para saber o motivo da morte e como as coisas andavam enquanto ele estava preso. Durante o enterro era nítido a falta de sentimentos exposta pelo único responsável que ele tinha no momento, e ao chegar em casa recebe uma das melhores ou piores notícias da sua vida.

Durante todo esse tempo, o pai do garoto havia criado remédios capazes de voltar no tempo e estava disposto a usar o primeiro para salvar a sua esposa. Insatisfeito com a ideia, Logan pega um dos remédios para testar e acaba se surpreendendo, tudo havia funcionado perfeitamente e agora ele estava com uma máquina do tempo nas mãos, mas até então não sabe se foi uma boa ou péssima escolha.



E Se… é o segundo livro da autora Giovanna Vaccaro, ele foi publicado pela Editora Coerência em 2016. A obra já fora lida por várias pessoas, mas hoje estou aqui para apontar pontos relevantes da história que até então não encontrei em outras resenhas.

Primeiramente quero deixar bem claro que E Se… não é um simples romance como muito pensam, muito pelo contrário, nessa obra você conhecerá uma mistura de romance e um pouco de ficção científica e, além disso, vai entender que qualquer escolha da vida deve ser bem analisada para futuramente não ser levada como uma decepção e Logan nos demonstra claramente isso.

"Senti-me mal por ela estar daquele jeito. Eu não gostava de vê-la triste, eu amava seu sorriso e sua risada, não suportava ver suas lágrimas caírem. (página 29)"

Ao fazer o uso do remédio com a capacidade de alterar o tempo, inicialmente o nosso protagonista acha o projeto do pai mil maravilhas. Poder reencontrar a mãe, voltar a ter contato com Oliva e realizar inúmeras outras vontades que havia deixado passar foram as primeiras coisas que ele decidiu fazer, mas o mesmo começa a assustar quando consequências surgem demonstrando que nem tudo é tão fácil quanto parece e é sobre isso que o livro fala o tempo inteiro.

Na vida temos várias escolhas, é nos proporcionados inúmeros caminhos e se você não analisar antes de idealizar um para a sua vida, você acaba indo de mal a pior. Giovanna Vaccaro nos ensina claramente que devemos colocar vários “e se...” diante de nossas vontades, “E se eu perder meu dinheiro se eu investir nessa loja e não ter retorno?”, “E se minha namorada não achar legal a forma que trato minha mãe?”, “E se o mundo acabar hoje e eu não ter tempo de fazer um elogio para as pessoas que amo?”, pode ser exemplos fracos, mas é nessa base aí que segue uma das lições que a autora nos ensina.

Destino também pode ser uma palavra-chave para essa obra. Eu não vou dizer em qual parte da história e quais personagens estão incluídos nesse quesito, mas em um determinado momento personagens reencontram após um evento muito chocante. E aí que fica mais uma lição de Giovanna Vaccaro, não faça nada sem pensar no futuro, qualquer atitude de agora pode ser consequência daqui há algumas horas ou alguns anos, e a pessoa que você realizou essa determinada atitude pode retribuir da mesma forma ou não. Essa ideia reforça ainda mais sobre nós colocarmos “e se...” em nossas ações antes de realizá-las.

Quem já leu Procura-se já deve ter uma opinião formada sobre a escrita da autora, mas o que muitos não entendem é que a pequena Vaccaro escreveu o livro quando tinha seus 14 anos de vida e estava começando a desenvolver escrita inteligência, mas é claro, isso não impediu que ela escrevesse uma história excelente, pois a obra é maravilhosa. Só que em E Se… eu consegui desconstruir a imagem de escrita que eu tinha por ela. A autora desenvolveu muito de Procura-se para E Se… a escrita dela evoluiu bastante e colaborou muito para uma história bem elaborada. Fiquei muito feliz por isso, pois encontrei nenhuma ponta solta durante a leitura.

"— O mundo é uma caixa de surpresas — ele gritou rindo orgulhoso. (página 45)"

Os personagens criados em nenhum momento me decepcionaram, todos foram bem descritos e tiveram personalidades próprias, assim demonstrando o quanto a história é original. Além disso, os personagens secundários não estiveram no livro somente para tampar buraco — muitos autores fazem isso —, completamente ao contrário, a autora conseguiu demonstrar a importância de cada elemento que fora utilizado para construir essa história maravilhosa.

Não deve ser novidade para ninguém que segue o Desencaixados, mas mais uma vez a Editora Coerência conseguiu me surpreender no trabalho de designer e ilustração de um livro. A capa da obra é simples e maravilhosa, as cores utilizadas fazem referências a história e a parte de trás têm citações sobre o desempenho da autora, isso é um ponto muito relevante em capas de livros, pois muitos leitores decidem comprar ou não uma obra por essas opiniões.



A diagramação está maravilhosa, o tamanho da fonte é simplesmente do tamanho que me agrada — odeio fontes pequenas, pois atrasam minhas leituras —, as ilustrações que foram utilizadas também são lindas e a divisão de capítulos está impecável. Por falar em capítulos tem outro diferencial maravilhoso em E Se… que algumas pessoas não destacaram em suas resenhas, em cada capítulo tem uma frase maravilhosa e inspiradora que faz referência ao que vai acontecer naquele momento da história. Em minha opinião foi uma ideia muito boa.

Para quem conhece Giovanna Vaccaro já deve saber que em todas as suas obras ela tem o hábito de criar uma playlist para aqueles leitores que gostam de ler ouvindo música. Confesso que a playlist de E Se… está maravilhosa, eu consegui ler o livro em uma madrugada e fiquei o tempo inteiro ouvindo as músicas que se encontram no Spotify da autora, nele vocês vão encontrar Halsey, Zayn, Troye Sivan, Shawn Mendes, Adele, Ariana Grande, The Weeknd e muitos outros ótimos cantores.

Para finalizar essa resenha com chave de ouro, eu indico esse livro para quem deseja conhecer a história de Logan Moore e principalmente você que odeia romance superficiais. A autora foi um dos destaque da Bienal do Livro de 2017 no Rio de Janeiro e espero que vocês levem isso como referência, pois destaque é motivo de qualidade. Recentemente foi divulgado que todos os exemplares da obra foi vendido, mas a editora já está providenciando outra tiragem e em breve chegará nas maiores livrarias do Brasil.

site: http://desencaixados.com/resenhas/resenha-e-se/
comentários(0)comente



Suzane | @memoriasdeumaleitora 21/04/2017

E SE cada momento da sua vida viesse com uma segunda chance?
Em E Se... conhecemos Logan Moore, um jovem garoto que após um contratempo acaba parando no reformatório injustamente. Ele se pergunta todos os dias como sua vida chegou naquele ponto, mas ele se conforma com seu destino e apenas espera pelo dia de sair de lá. Até que Olívia Wolf chega...

Olívia é uma garota linda, de cabelos loiros e determinada. Logan não entende o que uma garota tão incrível estava fazendo naquele lugar, só que Olívia estava ali justamente por tentar fazer algo certo, estando no lugar errado na hora errada.

Um romance começa a surgir entre eles até que uma tragédia acontece na família de Logan e ele precisa voltar para casa. É aí que entra a história principal do livro... O pai de Logan é um cientista e acabou de criar uma pílula do tempo, que pode levá-lo para qualquer lugar do tempo que ele já esteve.
" – Estas pílulas podem te levar para qualquer lugar... Quer dizer, a qualquer data na linha do tempo – disse, com os olhos brilhando. – Bom, é claro que se você ingerir algum não vai poder ir para 1500 a.C. porque você não estava lá. Estas pílulas podem te levar a qualquer data em que já esteve ou ainda estará."
Tudo aquilo era uma loucura e Logan não acreditou, logicamente não era possível voltar no tempo... não era, né?!

Mesmo incrédulo Logan decide testar e toma a pílula para tentar reparar a tragédia que aconteceu, e para sua surpresa, ela funcionou! Mas a coisa toda saiu de seu controle e ele acabou mexendo na linha de espaço tempo, então toda vez que ele consertava alguma coisa, algo ruim acontecia, e ele tentava consertar novamente e tudo estava ficando embaralhado. Voltar para o presente era sempre uma caixinha de surpresas...

O livro é incrível, superou todas as minhas expectativas e me surpreendeu bastante. Imagine uma história toda com viagens no tempo e dramas, e romances, e quando tudo está bem, BUM, não está mais!!! Olívia aparece bastante no livro, praticamente todas as viagens de Logan ela está lá, mas nem sempre da mesma forma... E eu me apaixonei pela personagem, ela é forte e corajosa, muito amor! Outro personagem muito incrível é Ian, o melhor amigo de Logan, e que irá nos surpreender e nos encantar também! O que me incomodou só um pouquinho foi o romance adolescente do casal, as vezes um pouco meloso, mas isso acaba ficando em segundo plano e passando despercebido em alguns momentos da história.

Ah e eu não poderia deixar de falar da edição incrível que a Editora Coerência fez, a capa é linda demais e a diagramação é muito fofa, tornando a leitura ainda mais agradável, é aquela história de comer com os olhos

site: http://www.memoriasdeumaleitora.com.br/2017/03/resenha-e-se-giovanna-vaccaro.html
comentários(0)comente



Jean 01/12/2016

"E Se..."
Olá, tudo bem com vocês? Confesso que já estava com saudades de resenhar um bom livro, ainda mais, quando se trata de um nacional contemporâneo. A minha ausência é justificável, haja vista que estou cheio de afazeres com a faculdade, com o trabalho e afins.
Enfim, peguem seu chá, sentem aí, e vamos falar rapidinho de literatura.
“E Se...”, da autora Giovanna Vaccaro, me surpreendeu muito, e quando digo muito, quero dizer muito mesmo. Foi meu primeiro contato, tanto com a autora, como com a Editora Coerência, que, merece destacar, está se destacando no mercado editorial, face ao seu trabalho fascinante e títulos maravilhosos (não, eles não me pagaram para falar isso, nem sou parceiro deles).
A narrativa da Giovanna é impressionante. Imediatamente, percebemos que estamos diante de uma romancista talentosa e com compromisso visível com a escrita. O que me incomoda nos livros contemporâneos (e isso não é só com a literatura nacional não) é que, em sua maioria, eles parecem ter sido escritos na correria, com pressa, e isso me deixa enervado. Porém, não é o caso do livro aqui evidenciado. Há de notar que, cada adjetivação (obrigado deuses da literatura, por existir uma escritora que não enche o livro de advérbios, amém), cada palavra, expressão, é bem alojada ao texto; notamos que o livro foi bem planejado.
A diagramação do livro é simples, e isso me agrada. Não gosto (é um gosto particular) de livros cheios de “frescuras”, ao meu ver, o menos é mais, e isso vale muito na estética da obra. Nestes últimos dias, tenho percebido (e recebido) livros enfeitados demais e, ao meu ver, isso é desnecessário. De verdade.

A construção das personagens (que é um atribuído fundamental na construção literária) não deixou nada a desejar. Consegui ver os aspectos necessários nelas, como a boa e velha verossimilhança. Não vou me ater a este fato, tendo em vista que você só saberão disso se lerem o livro – e eu espero que o façam logo.

A temática não é a minha preferida porque se trata de um romance romântico, e não, este não é o meu gênero predileto. Não que eu odeie, porque não é o caso. Eu gosto, só não sinto arrepios na alma com o tema (é para expressar o que quero dizer). Porém, queridos amigos leitores, Giovanna foi mais esperta do que a maioria dos escritores, e inseriu alguns aspectos interessantes na trama, tais como: teorias sobre viagem no tempo, conflitos de relacionamentos (não só entre o casal, tá?), e assuntos que se resvalam em preconceitos sociais e estruturais (teve personagem gay sim, sem reclamações).

Como disse, o pano de fundo do livro é sobre viagem no tempo. Logan, conhecido como “L”, é o nosso protagonista, e é filho de um cientista (maluco?) brilhante. O livro inicia quando Logan, saindo de uma festa, é abordado por uma pessoa que anuncia um assalto; acontece algum problemas técnicos, ele leva um tiro e acaba em uma clínica para menores infratores. Nesta clínica, ele conhece uma pessoa maravilhosa, que mexe com os seus sentimentos (essa é a parte que não gosto muito nos livros de romance, mas tá), e que será capaz de mudar sua vida, literalmente. Olívia é linda, porém esconde alguns segredos bem escusos. Após alguns hiatos, Logan e Olívia acabam se apaixonando, e levam uma bela vida como casal, até que um acontecimento abala a vida deles. Logan perde alguém que ama, e começa suas viagens no tempo.

Este breve relato pode parecer supérfluo, e eu sei que é mesmo. Mas, se eu for descrever tudo detalhadamente, acabarei deixando escapar algumas informações que irão desconstruir a beleza da leitura (que é ser surpreendido). Então, só me resta indicar o livro, porque é uma boa história.
Se você gosta de reviravoltas e histórias de amor capazes de arrancar suspiros... E Se, vai te amarra”.

Espero que leem, e vamos fomentar a literatura nacional contemporânea!
comentários(0)comente



Isabela.Luccas 09/10/2016

Refletindo sobre os "e se's" da vida
Logan é um cara azarado (ou sortudo?), depois de ser condenado injustamente e ter ido parar num reformatório... A vida dele vira de cabeça para baixo. Olivia é a garota dos olhos, cabelos loiros e meiga. Foi paixão a primeira vista (até por mim).

“Não sei como havia acontecido, não lembro direito. Numa hora, estava são e salvo, assistindo a um show de uma das minhas bandas preferidas com meu melhor amigo, Ian. Minhas roupas secas não pesavam sobre meu corpo e meu cabelo não derramava gotas em meus olhos. Em outra, tinha as roupas e os cabelos encharcados, estava em perigo e uma arma apontada para minha cabeça.”

Liv é uma garota inteligente e Logan é a pessoa que quer mudar a vida dela. Devido a um problema na família, ele é forçado a voltar para casa. Seu pai é físico e inventou algo incrível, pílulas que fazem você viajar no tempo!

"- Estas pílulas podem te levar para qualquer lugar... Quer dizer, a qualquer data na linha do tempo -
disse, com os olhos brilhando. - Bom, é claro que se você ingerir alguma não vai poder ir para 1500 a.C, porque você não estava lá. Estas pílulas podem te levar a qualquer data em que você já esteve ou ainda estará."


Claro que ele não acreditou muito né? Mas viu com seus próprios olhos. Tentou mudar o passado, mesmo com os avisos de seu pai kk Claro que o futuro mudou muito também.

"- Você não pode mudar tudo para melhor. Sempre, quando você conseguir deixar algo bom, algo estraga. É a lei.
- Quem inventou essa droga de lei? - perguntei, impaciente.
- Não há como saber com certeza o que foi perdido e o que foi salvo, mas as coisas são assim. A
história é uma droga quando se está dentro dela - ele diz com os olhos sinceros. - É a teoria do caos."

Mas será que Logan vai conseguir consertar as coisas? Olivia vai continuar o amando?
A sinopse é bem explicativa, os personagens são ótimos e bem formados. A Giovanna escreve super bem e deixou uma dedicatória fofa demais no meu livro. É uma história surpreendente e o final você fica refletindo sobre a vida que wow...

"Há muitos "e se's" que nos pertencem espalhados por aí, só precisamos correr atrás deles. São chances que não podemos nos dar ao luxo de perder.”

site: http://nuvemdenovembro.blogspot.com.br/2016/10/resenha-15-e-se.html
comentários(0)comente



estantedasuh 12/09/2016

E se... - Blog Estante da Suh
Logan Moore é um rapaz de 17 anos. Sua vida era igual de todos os adolescentes, até o dia que ele conhece uma menina em um beco escuro após ter saído de um show. A menina tenta assalta-lo com uma amar na mão, ele se vê acuado e faz uma coisa que nem pensava em fazer. Depois de toda confusão com a menina, Logan se vê preso em um reformatório e sua vida vira de cabeça para baixo.

Olívia é uma menina inteligente, mas faz as coisas sem pensar. Achando que vai ajudar uma pessoa ela se mete numa confusão sem fim e por isso está no reformatório. Lá ela conhece Logan e se sente muito mal por tê-lo colocado naquele lugar. Mas Logan logo se apaixona por essa menina louca e tímida, que parece um anjo.

A vida de Logan e Olívia não estava nada bem, apesar disso eles tinham um ao outro dentro do reformatório. Um dia Logan recebe uma notícia triste, sua mãe havia falecido e ele foi liberado para ir ao enterro dela. No velório Logan vê seu pai muito sereno e acha estranho, tenta questiona-lo, mas ele diz que não é nada. Ao chegar em casa seu pai lhe conta que criou um jeito de voltar no tempo e que ele salvaria a sua mãe. Logan não acredita e diz que o pai está maluco, mas fica curioso e resolve testar e não é que dá certo. Ele acha que poderá consertar tudo de ruim que já aconteceu em sua vida, mas quanto mais ele ajeita mais coisas ruins acontecem.

Esse foi o meu primeiro contato com a escrita da Giovanna e me surpreendi com a maturidade que ela escreveu o livro. Ela tem uma história sólida cheia de reviravoltas, coerente e emocionante. Apesar dos personagens serem adolescentes, eles são bem maduros e lidam com coisas importantes. Sabem resolver os seus problemas e ainda tentam ajudar os adultos.

Logan narra toda a história, ele é um rapaz bom e que ama a sua família. Pensa em ajudar a todos que estão a sua volta e eu gostei muito dele. Ele ama Olívia loucamente e isso faz bem e mal ao mesmo tempo. Muitos dos seus concertos é feito com relação a ela e mexer na linha do tempo não é nada legal. Como acreditar que uma pílula poderia nos fazer voltar no tempo ou avançar para o futuro.

Além dos personagens principais temos outros que são bem importantes para a história. Austin o pai de Logan e inventor da pílula do tempo, Ian seu melhor amigo, a mãe de Logan. Todos eles foram parte dessa história maravilhosa e cada um acrescenta de forma esplêndida.

O título do livro já nos diz tudo, esse termo “E se” é muito intenso, ele aparece nos momentos de dúvidas e nos faz questionar se fizemos as escolhas certas. Ele as vezes nos corrói e nos faz cometer loucuras as vezes. “E se fossemos por aquela rua? ” “E se fizéssemos daquele jeito? Será que teria dado certo? ” Esse é o ponto central de todo o livro, as vezes nós queremos mudar situações que não podem ser mudadas, estamos predestinados a encontrar pessoas, a sofrer certas coisas. Não podemos deixar que as dúvidas nos façam voltar atrás. E sempre devemos seguir em frente, porque se tiver que acontecer, vai acontecer de uma forma ou de outra.

A capa do livro é linda e contém elementos importantes na história. A diagramação está maravilhosa, foi muito bem elaborada. Os capítulos começam com citações de livros, músicas ou seriados. A revisão está impecável. A fonte é do tamanho bom para leitura, as páginas são amareladas. A editora caprichou na edição.

Recomendo esse livro a todos que gostam de um romance misturado com ficção científica, uma história inovadora e com um final impressionante.


site: http://www.estantedasuh.com.br/2016/09/resenha-e-se-de-giovanna-vaccaro.html
comentários(0)comente



"Ana Paula" 05/09/2016

Confesso que eu comecei a leitura deste livro sem nenhuma expectativa. Este foi meu primeiro contato com a escrita da autora e juro, não esperava me emocionar tanto quanto me emocionei lendo este livro.

"A única regra que eu estava quebrando naquela noite era a de estar no lugar erado e na hora errada. Tudo aconteceu muito rápido e eu mal pude notar. Só percebi quando estava no hospital, com enfermeiros cuidando do meu braço ferido.
Se fosse mais esperto, teria saído daquele lugar na velocidade da luz."

A sinopse é bem explicativa, então não vou me alongar muito na minha descrição: E Se... conta a história de Logan, um garoto normal, do bem - como ele mesmo diz, mas que por ironia do destino, acabou em um reformatório, acusado injustamente. Lá, Logan vê seus dias passarem sem nenhum acréscimo, até Olivia chegar e mudar sua vida. Mas nem tudo são flores, Logan descobre que seu pai criou uma pílula capaz de fazer a pessoa que a ingerir viajar no tempo. Logan não acredita a princípio, mas uma tragédia acontece e ele tem a oportunidade de voltar no tempo e mudar o acontecimento, ou, por mais bobo que seja, provar que seu pai está errado.

É aí que a coisa desanda. Logan volta no tempo para tentar mudar um acontecimento, mas acaba mexendo, involuntariamente, na linha que separa o tempo e espaço. Toda vez que Logan arruma algo, outros tantos acontecimentos mudam no presente. Sempre é uma surpresa quando ele volta para o presente e descobre o que mudou. O que não muda, é o amor que sente por Olivia e a vontade de tê-la sempre ao seu lado.
Logan tentará manter as pessoas que ama a salvo, mas será que ele será capaz de abrir mão da sua felicidade para Olivia ser feliz?

"- Estas pílulas podem te levar para qualquer lugar... Quer dizer, a qualquer data na linha do tempo - disse, com os olhos brilhando. - Bom, é claro que se você ingerir alguma não vai poder ir para 1500 a.C, porque você não estava lá. Estas pílulas podem te levar a qualquer data em que você já esteve ou ainda estará."

Estou até agora tremendo de ansiedade e amor por esse livro. Mesmo com alguns pontos negativos, a história de Giovanna Vaccaro me conquistou tanto, que não consigo dar uma nota menor que 5 estrelas. Eu amei a forma como ela criou Logan, como esse personagem, mesmo sendo um garoto, possui sentimentos tão intensos e sinceros. Sobre Olivia, não tenho muito o que falar, vocês precisam conhecê-la para chegar a uma conclusão de amor ou ódio! rsrsrsrsrs
Também vamos conhecer personagens secundários incríveis e que trazem sua própria carga emocional para o enredo, fazendo assim, o leitor se apaixonar e desejar que o livro nunca acabe.

A escrita da autora é gostosa e cheia de significados. Encontraremos frases marcantes de livros que já lemos e tiradas engraçadas com personagens que já conhecemos em outros livros. Giovanna abusa da simplicidade cativante em seus personagens e faz o leitor torcer para que tudo termine bem. Fiquei encantada com sua narrativa ágil e delicada. Personagens bem construídos e reais, embelezam a trama e nos deixam cada vez mais apaixonados pelo enredo e pela ideia de poder viajar no tempo.

"- Você não pode mudar tudo para melhor. Sempre, quando você conseguir deixar algo bom, algo estraga. É a lei.
- Quem inventou essa droga de lei? - perguntei, impaciente.
- Não há como saber com certeza o que foi perdido e o que foi salvo, mas as coisas são assim. A história é uma droga quando se está dentro dela - ele diz com os olhos sinceros. - É a teoria do caos."

Sobre os pontos negativos: Não gosto de livros que são melosos e com personagens se amam na primeira linha. Aqui, não encontraremos o segundo quesito, mas o romance entre Logan e Olivia é tão doce que chega a ser bobinho. Entretanto, confesso que mesmo com toda a melação, gostei de como a autora passou veracidade nas atitudes dos personagens. Creio que se eles fossem mais velhos, as coisas seriam mais sensatas, mas estamos falando de adolescentes, e nessa fase tudo é muito intenso; então, não creio que seja um ponto negativo para qualquer leitor. É o meu gosto que conta nesta resenha, ok? Tenho certeza que, os adolescentes que lerem, vão se identificar e gostar muito.

Fora isso, não tenho o que reclamar do livro. A narrativa em primeira pessoa, pelo ponto de vista de Logan, é maravilhosa! Conseguimos vê-lo como o garoto sentimental, amigo e companheiro que ela descreve. Entendemos suas atitudes e sofremos junto com ele. Giovanna escreve bem e tem um lindo futuro pela frente. Escrever como um garoto e manter isso durante todo o livro, não é fácil.
Também devo destacar a linda edição que carrega essa história linda: A capa é condizente com o enredo, deixando-nos a pensar... E se...??? Diagramação simples, mas bem feita, torna a leitura mais prazerosa, ainda mais quando não encontramos nenhum erros que prejudique a leitura.
Os capítulos possuem títulos e frases de músicas e séries de TV que dão todo um charme para a trama e condiz com o que acontece no capítulo.

"Há inúmeras chances das quais podemos desfrutar, mas, normalmente, erramos nas tentativas. Essas chances, também podem ser chamadas de "e se"."

Enfim, parei com a babação! Indico este livro de olhos fechados. Preparem-se para passar o livro todo se perguntando "E se..?" e, ao finalizar a leitura, sentir o coração acelerado e ficar querendo mais!

site: http://livrosdeelite.blogspot.com.br/2016/09/resenha-e-se-giovanna-vaccaro.html#.V81W1fnR_Dc
Lilian.Vaccaro 16/09/2016minha estante
Arrasou


Drica 31/10/2016minha estante
Fiquei mais curiosa ainda para ler esse livro! Valeu pela bela resenha!




Maravilhosas Descobertas 04/09/2016

RESENHANDO UM NACIONAL: E Se..., de Giovanna Vaccaro
E se cada momento de sua vida viesse com uma segunda chance?

Logan Moore tem todos os direitos quando reclama de sua vida. Ele foi baleado em um beco escuro e mandado para um reformatório injustamente.

Tudo o que ele quer é cumprir seu tempo naquela mini prisão e, então, sair e viver sua vida normal novamente.

No entanto, Olívia chega para mudar todos os cursos de sua vida, fazendo Logan se apaixonar da pior maneira possível.

O que Logan não sabia era que o destino lhe dera uma chance de consertar seus erros e os erros das pessoas que ama. Em um segundo, ele se vê preso a uma pergunta insistente: Acreditar ou não acreditar quando seu pai diz que há uma maneira de viajar no tempo e evitar que uma grande tragédia aconteça mais para frente?

Logan, desacreditado, no entanto, decide enfrentar as barreiras do espaço-tempo e descobre que essa escolha talvez tenha sido a pior de sua vida. Problemas que traumatizam Olívia, mortes e até amizades desfeitas são algumas das causas pela qual Logan está disposto a arriscar sua vida e... Seu tempo.

E Se..., de Giovanna Vaccaro, já teve Primeiras Impressões aqui, se você não viu, clique aqui e veja antes de prosseguir lendo a resenha. Mas se já leu, bora lá!

Primeiramente: CA-RA-CA! Agora podemos prosseguir! Haha.

Bom, como á havia dito nas Primeiras Impressões, [conteúdo das primeiras impressões] tudo começa quando Logan sofre uma tentativa de assalto, no qual ele leva um tiro e ao sair correndo para "se salvar" do ocorrido, ele rouba um carro. O que faz com que ele seja mandado à um reformatório. No qual, sua mãe dizia que ele ficaria por pouco tempo, mas já passa de um ano sua estadia no mesmo.

No reformatório, Logan frequenta as aulas e tem sua rotina, quando aparece uma nova "delinquente", Olívia. E ao ver que a menina está perdida e com medo, Logan se aproxima mas leva logo uns "coices". Coisas acontecem e a aproximação deles vem após a revelação de como cada um foi parar no reformatório.

As coisas vêm ocorrendo "tudo normalmente" quando Logan recebe a notícia de um falecimento em sua família, e ao ser liberado para ir ao velório, encontra o pai, que vem com a notícia de que descobriu a formula para viajar no tempo. Logan, desacreditado, resolve experimentar a tal pílula de viagem no tempo, e é quando as coisas começam a acontecer [fim do conteúdo principal].

E quando digo que as coisas começam a acontecerem, MUITAS coisas acontecem. Logan faz inúmeras viagens no tempo, mas sem embaralhar a cabeça do leitor. Erra aqui, concerta ali, ferra tudo lá e assim vai. Logan aos poucos vai fazendo com que tudo fique no seu lugar, bom, nem tudo, né.

As experiências que Logan vive, são muito parecidas com algumas situações que os adolescentes passam em suas vidas. Sem contar, que para um menino de 17 anos, viajar no tempo é coisa de louco, e ter que tomar decisões que podem alterar toda a linha do tempo, é uma responsabilidade enorme. Mas ele consegue se sair muito bem e acaba que tudo se ajeita.

Quero dizer que normalmente, quando espero algo de um livro, quase sempre acerto, e dessa vez levei um tapa na cara tão bem dado, que ainda estou no chão. E Se..., surpreende você de maneira inesperada, e ainda te mostra lições que são mais do que importantes. Giovanna caprichou e não foi pouco.

O livro possui várias referências tanto de livros e séries mas também de músicas, uma melhor que a outra, uma mais apaixonante que a outra. Possui autoridade e seriedade, ao mesmo tempo que é leve e que te faz viajar no tempo, literalmente. E ainda por cima, é super rápido, apesar de conter mais de 300 páginas.

E para finalizar, gostaria de deixar uma frase que me tocou bastante aqui:

”Há muitos "e se's" que nos pertencem espalhados por aí, só precisamos correr atrás deles. São chances que não podemos nos dar ao luxo de perder.”

Enfim, se não leu esse livro ainda, leia, se já leu, compartilhe conosco o que achou, e não se esqueça de compartilhar com os amiguinhos. Clique aqui para curtir a página do livro, para adquirir o mesmo, fale com a autora, clicando aqui ou no próprio site da editora, clicando aqui. E é isso. Um beijo e até a próxima postagem!


site: http://www.maraviilhosasdescobertas.com.br/2016/08/resenhando-um-nacional-e-se-de-giovanna.html
comentários(0)comente



19 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2