Se Eu Ficar

Se Eu Ficar Gayle Forman




Resenhas - Se Eu Ficar


700 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Phenricke 17/10/2017

Se eu ficar...
Simplesmente incrivel, composto por pitadas de drama que dão todo um ar ao livro, apaixonante.
comentários(0)comente



gabi 05/10/2017

me apeguei muito a história desse livro, adorei, sem sombra de dúvidas.
comentários(0)comente



Biaaa. 02/10/2017

Tedioso
Sem sombra de dúvida um dos piores livros que já li. A premissa é interessante, acompanhar os flashbacks da vida da Mia, contudo a leitura não flui e o livro de torna massante.
comentários(0)comente



Mauricio.Peneluca 31/08/2017

Se eu ficar (resenha)
Esse é um tipo de livro que faz você pensar sobre sua vida, família, amigos, relacionamentos.
A leitura é fluida e mistura drama e suspense. A autora tem uma forma envolvente que faz com que o leitor queira ir aos próximos capítulos.

Com um final trágico, o livro desde o início provoca reflexões sobre a vida.
Gabi 02/09/2017minha estante
É muito bom mesmo!




Livros e Diversas Ideias 25/08/2017

Resenha Livro Se eu Ficar - Gayle Forman
O livro conta a história de Mia, uma adolescente que vive com seus pais e seu irmão mais novo Teddy, em Oregon (EUA).

Mia adora tocar violoncelo e namora Adam, que toca em uma banda de rock que está começando a fazer sucesso.

Parecia uma manhã comum, a não ser pela neve que impediu toda a cidade de sair para trabalhar, estudar e cumprir suas tarefas diárias. Foi então que Mia e sua família decidem sair para um passeio e um terrível acidente acontece. O veículo em que Mia estava com sua família sofreu um impacto com um caminhão.

Seus pais morreram na hora, seu irmão chegou a ser levado para o hospital assim como mia, porém não resistiu aos ferimentos. Mia está em coma, mas consegue ver tudo o que está acontecendo fora de seu corpo.

O livro alterna entre os acontecimentos no hospital, onde Mia vê seus avós, seu namorado, sua melhor amiga, e outros familiares e amigos torcendo pela sua recuperação, e as lembranças do passado, como quando se apaixonou e começou a namorar Adam, sua paixão pela música, sua infância ao lado da família e o início de sua amizade com Kim, sua atual melhor amiga.

Mia foi cresceu em uma família que lhe deu muito amor. Quando seu irmão nasceu, ela ajudou a mãe a cuidar dele como se fosse seu. Seus pais e irmão, sempre gostaram de rock, enquanto ela era apaixonada por música clássica e tocar violoncelo, mas sempre teve o apoio deles para tomar suas decisões e seguir em frente com suas escolhas.
Seu namorado Adam, também a apoiava, apesar das dificuldades que estavam tendo para se encontrarem, já que sua banda estava fazendo sucesso, tendo que viajar muito e talvez as coisas fossem se tornar ainda mais difíceis, caso Mia fosse aceita Juilliard (onde iria estudar música), já que teria que se mudar para Nova York.

O mais interessante do livro, o que tornou também a leitura agradável, é que não conta apenas a história de uma garota que sofre um acidente e perde toda a sua família. Vai muito além disso. É uma história de superação, que nos faz pensar em todos os momentos, o que faríamos se estivéssemos no lugar dela, em um hospital, fora de nosso corpo, acompanhando tudo o que acontece. Tendo o poder de decidir, entre viver uma vida com a dor de perder a família criando coragem para seguir em frente a cada dia, ou simplesmente desistir de tudo.

Em cada página, a incerteza, a angústia, o que irá acontecer para que Mia decida se quer ficar ou simplesmente ir?

Recomendo muitíssimo este livro. Tenho certeza que todas as pessoas apaixonadas por livros de romance vão amar.
Estou ansiosa para ler a continuação do livro, que se chama Para onde ela foi.

site: https://livrosediversasideias.blogspot.com.br/2017/08/resenha-se-eu-ficar-gayle-forman.html
comentários(0)comente



Biblioteca Mágica 08/08/2017

Meu primeiro Livro da Gayle
Esse livro narra o presente e o passado de uma adolescente chamada Mia.
Mia tem uma vida boa em familia, com pais super descolados, roqueiros e um irmãozinho chamado Teddy que adora tocar bateria.
Mia se sente deslocada por ser a unica diferente da casa, na verdade ela ama musica clássica e desde criança toca violoncelo, sonhando um dia ser aprovada para estudar na Juliard School.
Mia passa a conhecer a vida, a amadurecer atravez dos olhos de Adam, seu novo namorado.
Porém nem sempre as coisas continuam andando nos trilhos e algo acontece e muda a vida de Mia e Adam para sempre.
Esse livro narra uma história de sonho, foco, ganhos e perdas, alegrias e tristezas. E além de tudo, superação.
comentários(0)comente



Mi 07/08/2017

"Adam começa a murmurar alguma coisa. Com voz bem baixa. Ele não para de repetir: por favor. Por favor, por favor (...). Por fim, ele para e olha bem para o meu rosto: - Por favor, Mia - Implora - Não me faça escrever uma música"
Mia, uma violoncelista em ascensão, tem uma vida não perfeita, porém muito feliz.
Uma família amorosa, um namorado músico ,que está cada vez mais ganhando reconhecimento pelo seu trabalho , e uma admissão, praticamente certa, para
Juilliard.
A vida de Mia sofre uma grande reviravolta, quando num passeio a família o carro em que estavam sofre um grande impacto com um caminhão.

"E há muito barulho. Uma sinfonia estridente, um coro de estalos, uma ária de explosões, e por fim, a triste ovação do metal pesado sobre as árvores macias. E então, o silêncio, exceto por uma coisa: a Sonata para violoncelo nº 3 de Beethoven continua tocando. De alguma maneira, o rádio do carro continua ligado, então, Beethoven ainda toca nesta manhã agora novamente tranquila de fevereiro. "

Depois do acidente, algo estranho acontece com Mia. Ela vê seus pais recebendo cuidados médicos, vê tudo em sua volta nitidamente, todavia ela não consegue se comunicar com ninguém.
Seu corpo mesmo, esta na sua frente, num estado lastimável.
Era como se ela fosse espectadora de um filme Terror.

"Começo a desviar a minha atenção e a me questionar sobre qual é o meu estado. Se não estou morta - e o monitor que acompanha os batimentos cardíaco continua apitando, então suponho que não morri - ,mas não sou eu quem está no meu corpo, então, será que posso ir para outro lugar? Sou um fantasma?"

A partir do resgate de Mia, a história se desenvolve dessa forma: Ora se passa no presente, ora no passado - os famosos flashes da vida de Mia - mostrando sua relação com seus pais, o Adam, como conheceu Kim, o nascimento de seu irmão mais novo, enfim...os momentos importantes da vida dela.
Por mais que seja um livro pequeno, e não seja muito longo os momentos, eu meio que ficava entediada com esses flashebacks ( vamos ser sinceros, eu achava chato mesmo kkkk no começo nem tanto, só que uma eu fique de saco cheio kkkkk )
Porém, os momentos dela com o Adam ( tanto no passado e presente ), fizeram que a leitura desse livro não tenha sido uma perda de tempo.
E nas últimas páginas, admito que derramei uma lágrima ( ou talvez duas kkk ).

"Se você ficar, vou fazer tudo o que você quiser. Vou sair da banda e vou para Nova York com você. Mas se quiser que eu saia da sua vida, vou fazer isso também. Estava conversando com a Liz e ela disse que, talvez, voltar para a sua antiga vida fosse doloroso demais, e que talvez seja mais fácil para você simplesmente apagar todos nós da sua vida. Vai ser uma barra pesada para mim, mas posso aguentar. Aceito perder você desse jeito, se eu não perdê-la hoje. Vou deixá-la livre. Se você ficar. "
Fabi 07/08/2017minha estante
vai ler a continuaçao?


Mi 07/08/2017minha estante
ai....é outros quinhentos kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Tu sabe como eu sou kkk nunca sei se vou ler ou não kkkkkkkkkkk


Fabi 09/08/2017minha estante
hahaha o tempo dirá =)


Mi 10/08/2017minha estante
kkkk né ? kkkkkkkk




ThaAs.VytAria 24/07/2017

Se eu ficar
Um livro lindo!!,ela mostra a história de mia que sofreu um grave acidente com sua familia, e acorda em forma de "espírito",tem que decidir se quer viver ou morrer,o livro mostra suas lembranças com sua família,amigos e namorado,mostra que eles vem de uma família de rockeiros e namora um e gosta de música clássica(ela até toca violaocelo) (bom os opostos se atraem),ela tem que enfrentar a dor da perda e tals,bom não tem muito oque falar sobre ele,mais ele te dá mais um pouco de compaixão e vários outros sentimentos,um livro completamente maravilhoso!.
comentários(0)comente



Carol 17/07/2017

Lindo!!
O que faria se você sofresse um acidente e tivesse que escolher entre viver ou morrer? Se as pessoas que você mais ama morreu, mas ainda há aquelas pessoas que você não quer deixar para trás? Se a escolha da sua vida estivesse em suas mãos?

Isso que aconteceu com Mia, uma violinista de grande talento. Ela e a sua família sofre um acidente de carro em uma manhã, que estava nevando e cabe à ela fazer a escolha de sua vida, enquanto está em coma. O livro passa-se em 24 horas depois do acidente, fazendo toda a sua vida ter uma reviravolta e agora tudo o que resta para ela é a escolha de viver, e sentir a dor de perder os seus pais e tornar-se órfã, ou morrer e abandonar aqueles que a amam e fugir de toda essa dor.

“Se eu ficar. Se eu viver. A escolha é minha.[…]
Sou eu que devo decidir. Agora sei.
E isso me aterroriza mais de qualquer coisa que aconteceu hoje.”

Finalmente consegui ler Se Eu Ficar, de Gayle Forman. Eu conheci a história quando assisti o trailer do filme, interpretado por Chloe Moretz, e não consegui tirar essa história de minha cabeça, pesquisei sobre o filme e descobri que ele era uma adaptação do livro e a partir disso esse livro tornou-se o primeiro de minha lista de desejados. Como a Bienal estava chegando, decidi comprá-lo no mais evento literário do Brasil. Comecei a lê-lo ontem a noite e terminei de ler hoje. Vim correndo escrever essa resenhas pois as minhas emoções estavam tão misturadas e precisava contar à alguém sobre a opinião dessa trama comovente.

“Algumas vezes você faz escolhas e algumas vezes escolhas fazem você.”

O livro é contado por Mia e junto com ela acabamos rindo, chorando e tendo diversas emoções. A história passa em 24 horas aproximadamente e o próprio livro é rápido de ler. E uma dica: Peguem seus lencinhos por que as lágrimas sairão involuntariamente.

Já no início do livro nossas emoções ficam abaladas, o acidente acontece. No decorrer da história rimos e nos emocionamos com os flashbacks de sua vida e choramos com os momentos em que ela está vendo o que se passa no hospital e seus pensamentos sobre essa difícil escolha.

“- Por favor, Mia – implora. – Não me faça escrever uma música.”

O principal relacionamento que tem o livro é com o Adam, o namorado de Mia. Ambos tem gostos musicais diferentes, ele é mais roqueiro e ela é mais clássica. Apesar de seus gostos serem diferentes, o que os unem é a música, um fator muito importante em todo o enredo do livro. No livro, conhecemos como iniciou o relacionamento dos dois e como Adam reage com esse acontecimento, fazendo com que choremos de soluçar em alguns momentos no hospital.

Além de Adam, há outros personagens que se destacam, como o avô de Mia, Teddy, Kim, Willow e a enfermeira Ramirez.

O livro tem cenas bem pesadas e a linguagem é simples, mas havendo palavras de baixo calão. A descrição dos fatos e do local era bem descrito, além da descrição de cada personagem.

“Percebi agora que morrer é fácil. Viver é difícil.”

E acredito que o mais marcante desse livro é que no meio da trama você começa a pensar em você: O que você faria se estivesse no lugar da Mia? Ou no lugar do Adam? Além de mostrar a importância do amor da família, fazendo analisar coisas que você não dá muito valor na vida.

site: http://uniaodefandoms.com/?p=702
comentários(0)comente



cris.leal.12 02/07/2017

Uma história ao mesmo tempo triste e bonita...
Mia, uma adolescente de 17 anos, sai em uma manhã de nevasca para um passeio de carro com a família: mãe, pai e irmão; e, em um instante tudo muda. O carro é destruído pelo impacto de algumas toneladas de um caminhão que a cem quilômetros por hora choca-se com o automóvel onde a família está. Todos morrem, menos Mia.

No hospital, em coma, Mia relembra o passado. E é através desses flashbacks que ficamos sabendo sobre a sua vida, seus anseios, paixões e dúvidas. Ela é uma violoncelista talentosa que treina bastante para ser reconhecida. Tem um namorado dedicado, Adam, que também é músico, e uma amiga fiel, chamada Kim. Sua família era muito unida e a jovem sabe que será difícil e doloroso seguir a vida sem ela.

Mia precisa tomar a decisão que vai mudar sua vida. Ela tem que escolher se sobrevive ou se vai embora. Seus avós, sua melhor amiga e, principalmente, Adam, querem que ela fique. Mas e ela?

Caberá a Mia decidir o que fazer: voltar à vida e seguir em frente, encarando a devastação causada pela perda dos entes queridos ou desistir de viver, fazer a passagem, algo que parece ser mais fácil e indolor.

"Se Eu Ficar" é uma história ao mesmo tempo triste e bonita. Recomendo.

site: http://www.newsdacris.com.br/2014/09/eu-li-se-eu-ficar.html
comentários(0)comente



Vorspier 15/06/2017

Sem graça
Ganhei o ebook por conta de uma compra na Livraria Cultura. Ainda bem que foi assim, porque se eu tivesse comprado a versão física teria gasto dinheiro e espaço na estante para um livro ruim.
O enredo me parece muito aqueles filmes adolescentes da Sessão da Tarde, com a ressalva de que a Sessão da Tarde ainda consegue trazer alguns filmes razoáveis ou clássicos. A história não avança depois do acidente, porque é só a protagonista relembrando como era sua família em determinada ocasião, como ela conheceu fulano de tal, como seus amigos e parentes estão agindo enquanto estão no hospital. Não acontece nada de novo e nem de interessante depois da tragédia.

Demorei meses para terminar o ebook porque achei o enredo bem arrastado. Aí neste feriado retomei a leitura, mas vi que não perdi muito.
comentários(0)comente



Erika 10/06/2017

Mediano
O livro é parado como um lago.
Não fluiu para mim. Concluí apenas para não abandonar e tirar minhas próprias conclusões.
Mia sofre un acidente de carro e fica mal na UTI. O corpo está parado no leito. Mas a mente e o espírito estão em plena atividade. Entre um procedimento e outro ela lembra de flashes de sua vida, perambula pelo hospital, percebe o estado em que se encontra e vê e ouve amigos e familiares intercedendo pela sua vida à sua volta.
Sou sensível, mas não consegui me conectar de verdade com esta leitura.
comentários(0)comente



Thainara.Bianchi 29/05/2017

Se eu ficar
A incrivel história de um muicista chamada Mia cuja seu sonho é seguir a carreira como violinista e decide entra em uma escala famosa como Juliard, mas a jovem mia mau sabia oque viria pela frente sua vida de um dia para outro vira de ponta cabeça.
comentários(0)comente



multiversonews 21/05/2017

Eu Li: Se Eu Ficar – Por Gayle Forman
TÍTULO: SE EU FICAR
AUTORA: GAYLE FORMAN
EDITORA: NOVO CONCEITO
ANO: 2014
PÁGINAS: 224
CLASSIFICAÇÃO: 5/5

A ÚLTIMA COISA DE QUE MIA SE LEMBRA É A MÚSICA. DEPOIS DO ACIDENTE, ELA AINDA CONSEGUE OUVIR A MÚSICA. ELA VÊ O SEU CORPO SENDO TIRADO DOS DESTROÇOS DO CARRO DE SEUS PAIS MAS NÃO SENTE NADA. TUDO O QUE ELA PODE FAZER É ASSISTIR AO ESFORÇO DOS MÉDICOS PARA SALVAR SUA VIDA, ENQUANTO SEUS AMIGOS E PARENTES AGUARDAM NA SALA DE ESPERA… E O SEU AMOR LUTA PARA FICAR PERTO DELA. PELAS PRÓXIMAS 24 HORAS, MIA PRECISA COMPREENDER O QUE ACONTECEU ANTES DO ACIDENTE E TAMBÉM O QUE ACONTECEU DEPOIS. ELA SABE QUE PRECISA FAZER A ESCOLHA MAIS DIFÍCIL DE TODAS.

Comecei essa leitura meio com o pé atrás porque andei lendo muito sobre o livro e não conseguia uma descrição muito favorável. Sempre ouvia ou lia que o livro deixava a desejar, que não era bom, e nem tão intenso; mas as primeiras páginas já foram suficientes para me deixar muito curiosa para ler as próximas
.
Eu tenho uma mania muito doida de ir lá na última página e ler o final. Sei que isso não é legal, pois o final é a parte mais emocionante e tal, mas nunca me senti tentada a abandonar as minhas leituras só por fazer isso. Muito pelo contrário, isso sempre me deixa mais curiosa, me incentiva a continuar, e mais que depressa a terminar.

Gostei de muitas coisas no livro: a própria Mia parecia ser um amor de pessoa, com sua timidez, e sua sensibilidade. Sua amizade com a Kim é linda, o que me lembrou a amizade eterna que quero ter com as minhas amigas. O grande amor que sempre tem pela sua família, é muito lindo ela descrevendo seu irmão Teddy. E a maneira como se sente ligada ao seu namorado Adam.


Adaptação lançada esse ano!
Quando percebi que a Mia começa a narrar sua vida estando num estado vegetativo, eu fiquei meio pé atrás com o livro, porém lembrei da minha graduação técnica em saúde e que isso é totalmente possível por que Mia não teve morte cerebral. Esse fato me motivou ainda mais. Coisas da mente me fascinam e observar isso de um lado literário é melhor ainda. Não queria ler nada sobre algo além da vida, ou tipo assim. Achei a narrativa totalmente leve e de uma sensibilidade eterna. Se o livro tivesse mais páginas com certeza eu passaria horas agarrada nele.

Uma das coisas que achei diferente no livro é que ele não tem capítulos, e sim marcações das horas que a Mia passa dentro do hospital, e como a sua vida passa em seus olhos como uma recordação do passado e de uma decisão que precisa tomar. Outra fator muito atrativo é a relação da Mia com a música. No começo achei meio estranho ela ter escolhido um instrumento tão peculiar como seu favorito, no entanto, gostei muito e diferente sempre é bom. O amor que ela tem pela música é tão intenso que me deu muita vontade de chorar; me sinto como ela, a música é um deleite que poucas pessoas tem a capacidade de sentir. Minha vida seria muito diferente e vazia sem uma voz que dê personalidade a melodia e sem os acordes dos instrumentos.



site: https://multiversonews.com/se-eu-ficar-por-gayle-forman/
comentários(0)comente



Nina 17/05/2017

Legalzinho
Leitura simples, fluída, mansa .... apesar do tema ser triste não chega a ser um dramalhão.
comentários(0)comente



700 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |