Uma viagem pelos países que não existem

Uma viagem pelos países que não existem Guilherme Canever




Resenhas - Uma viagem pelos Países que não existem


24 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


aleeateixeira 16/03/2021

Explorador
Um livro cheio de explorações e uma mostra de culturas esquecidas. Recheado de detalhes sobre lugares que tentam manter sua independência e identidade.

?Linhas imaginárias, talvez este seja um dos grandes problemas de tantos conflitos. Também chamamos de ?fronteiras?. Decide-se que a partir de certo ponto termina uma cultura, um povo ou qualquer coisa, e se inicia outro. Como se num passe de mágica houvesse uma mudança, omitindo que mudanças possam ser graduais. Definindo preto e branco, esquecendo-se das diversas outras cores e tonalidades.? - p. 118
comentários(0)comente



Jonathas 15/04/2020

Descobertas
Sou apaixonado por lugares, culturas, mas confesso que muitos lugares citados nos livros eram estranhos para mim, aguçou minha curiosidade e me comoveu profundamente a situação desses países que lutam apenas para existir.
Alice 21/12/2020minha estante
Recomenda a leitura?


Jonathas 02/01/2021minha estante
Demais! Alguns países eu nem sabia que existiam! Recomendo muito!




jonatas 22/03/2021

Interessante!
Excelente para conhecermos culturas e entendermos a luta de nações que querem seu reconhecimento e independência.
comentários(0)comente



Paulo Vitor 18/12/2020

Curioso
É um tipo de livro que me prendeu tão fácil que li em um dia. Muitos países que nunca ouvir falar, e é bem interessante a história e cultura que o autor vivenciou em cada um. Vemos que desde o início das civilizações que a disputa territorial é o problema da humanidade.
comentários(0)comente



@larissacarlota 21/04/2021

Curioso
O livro não pretende aprofundar questões históricas e etc, mas incute profundamente a curiosidade em pesquisar os locais, marcar no mapa, atiça demais! Foi surpreendente descobrir um pouco de tantas culturas e locais desconhecidos e improváveis até então.
comentários(0)comente



Alassë 19/08/2020

Textos rasos que NÃO constituem um verdadeiro livro reportagem
O tema é interessantíssimo uma vez que pouquíssimas pessoas terão a mesma oportunidade de desbravar esses locais. Como viajante e jornalista, fiquei completamente decepcionada e chocada com o conteúdo raso apresentado.

A narrativa do autor soa boa para um blog de dicas, no entanto, para um livro de experiência de viagem são esdrúxulas. Ele cita conversas tidas com moradores locais, mas a gente não tem acesso a esse discurso, as paisagens são descritas como "as mais belas" e alguns trajetos como "bem legais".

As informações políticas parecem ter sido tiradas da Wikipédia, sem nenhuma contextualização com vivência das pessoas ou outros viajantes. Portanto, não é ético execrar o árduo trabalho documental e apurativo de um livro-reportagem para comparar com esta obra. Se o objetivo era apenas transmitir uma experiência, faltou criatividade para descrever os locais, as pessoas, os costumes e mesmo a culinária.

O livro propõe ao final de cada capítulo uma lista de coisas a fazer no país, mas o autor nem mesmo as menciona no texto ou justifica as suas escolhas, por vezes. Ou seja, um blogueiro que não conseguiu mudar a linguagem superficial da internet de listas e dicas rápidas para uma publicação mais encorpada. O aprendizado foi uma lista de países, os quais eu vou pesquisar melhor para saber realmente como são e como é o turismo e suas questões internas, conteúdo mais relevante do que aonde eu preciso ir para conseguir meu visto, já que esta informação é disponível nos sites federais.
comentários(0)comente



Henrique 13/01/2021

Interessante, mas tinha potencial para ser melhor
Soube da existência do livro "Uma viagem pelos países que não existem" por conta de uma pesquisa sobre Países Comunistas para um trabalho de faculdade, em que estava pesquisando mais sobre a Transnístria. Confesso que a premissa do livro me pareceu mais interessante que o livro em si. Senti falta de mais profundidade nos textos, tudo me pareceu raso e rápido. Mesmo os relatos das viagens do autor me pareceram apressados, como se tivesse um número máximo de páginas que não poderiam ser extrapolados. No final, se torna um livro interessante, mas que poderia ter sido melhor desenvolvido.
comentários(0)comente



Neylane Naually 08/04/2021

Indico muito!
“O Ocidente acha que precisamos do reconhecimento deles, mas não precisamos, não estamos nem aí. Nossa vida não mudaria nada (…)"

O livro é não-ficção. Nele o autor conta a experiência que foi visitar, como um viajante mesmo, vários países que não são reconhecidos internacionalmente. É um tema muitíssimo interessante pra mim e eu achei a leitura bastante agradável e instigante, com certeza me deu vontade de conhecer vários desses países, e além da viagem o autor também situa o leitor na história do não país e porque ele não é reconhecido.

Alguns não países podem surpreender, como a Palestina, Tibete, Taiwan e Kosovo, que muita gente acha que são reconhecidos. Eu sabia, mas meus irmãos não haha e alguns são totalmente desconhecidos, como a Somalilândia, Transnístria, Abecássia e Nagorno Karabakh. Além desses, o autor também fala sobre o Saara Oriental, Chipre do norte, Ossétia do Sul e as repúblicas russas (Karakalpak, Caxemira, Turquistão oriental e Curdistão).

O livro é rápido de ler e está disponível no Kindle Unlimited.

site: https://www.instagram.com/p/CLudkaZDZHv/
comentários(0)comente



Jack 10/02/2021

Neste livro o autor fala sua experiência com países que não são reconhecidos pela ONU ou outras organizações, ou seja, países que não existem.
O autor deixa bem claro que neste livro ele mostra a SUA experiência no país, como jornalista ele descreve a cultura dos países, seus povos e o quão são acolhedores.
É interessante para mim conhecer outras culturas, a nível de conhecimento é legal, fiz algumas pesquisas relacionadas, enquanto lia. E o autor deixa claro o cenário de guerra em que a maioria desses países estão, para garantir sua independência.
E é uma verdadeira aventura para ele, correndo risco de vida ou ser preso.
Pra quem é curioso e gosta de conhecer outras culturas sem muita formalidade, vale a leitura.
comentários(0)comente



ALadyBridgerton 14/02/2021

Esperava mais
Fiquei empolgada com a proposta, parecia algo inovador, iniciei com o máximo de empolgação e... murchei.
Gostaria de me imaginar nos destinos citados, mas o autor não os descreve bem, utiliza apenas adjetivos vagos como "bonito", "fantástico" e outros.
Tudo parece meio corrido, acho que isso se deve pela falta de detalhes descritivos dos "não países".
Ele usa a todo momento "de facto", as vezes nem fazia sentido, me irritou.
Se busca uma leitura para passar o tempo e/ou saber da existência de lugares pouco conhecidos, sem se aprofundar muito, vale a leitura. Uma pena tantas viagens e uma ideia tão boa não ter sido melhor aproveitada.
comentários(0)comente



Bebel.Aroeira 30/09/2021

Um livro bem interessante que conta sobre países não reconhecidos internacionalmente e os conflitos envolvidos. Traz um pequeno roteiro sobre o que conhecer em destino como Transnítria, Tibet e Abecásia. Recomendo!
comentários(0)comente



Glauber Vieira 09/02/2017

Original
O livro se diferencia das obras sobre viagens por relatar experiências em lugares que almejam a independência, como Kosovo, Caxemira e Palestina.
Há algumas dicas de viagem, informações sobre vistos, pequena história de cada lugar e fotografias e mapas.
Um ponto negativo é que as legendas das fotos são minúsculas, a ponto de eu só ter percebido que existiam quando já tinha lido um terço da obra.
Marta Skoober 04/08/2019minha estante
? um livro reportagem?


Glauber Vieira 04/08/2019minha estante
Sim.


Marta Skoober 04/08/2019minha estante
Obrigada, Glauber. Gostei da resenha!




Comenta Livros 09/03/2020

Uma viagem sem sair de casa
Muito legal esse livro, com dicas e rápido de ler.

site: https://comentalivros.com/uma-viagem-pelos-paises-que-nao-existem-guilherme-canever/#more-3747
comentários(0)comente



Vinícius 14/06/2020

Leitura com o auxílio da internet.
Muito bom poder ler e consultar a internet pra ver fotos e mapas. A leitura fica mais interessante assim.

Quanto ao livro, vale destacar que tem boas informações históricas sobre os países, mas vai deixar a desejar a quem esperar por relatos de viagens mais completos.
comentários(0)comente



Marina 18/10/2020

O livro é bastante interessante e desperta a curiosidade de conhecer e explorar países independentes, porém sem grande ou nenhum reconhecimento internacional. Trata-se de uma leitura curta, possível de ser feita em apenas um dia e traz também parte da história de cada local, o que gostei muito! Só não ganhou uma nota máxima, pois poderia trazer mais detalhes da viagem do autor e das conversas que teve com as populações locais por onde passou.
comentários(0)comente



24 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR