Zane - Volume 1

Zane - Volume 1 Patrícia Rossi




Resenhas -


6 encontrados | exibindo 1 a 6


Atitude Literária 29/10/2016

Apaixonada por esse Grandão.
Apesar de me sentir envergonhada, preciso ser totalmente honesta e admitir que fiz um pré-julgamento da obra e que iniciei a leitura com certo receio. E agora preciso confessar que levei uma baita rasteira, que fui surpreendida e terminei essa leitura totalmente APAIXONADA, com sentimento de saudade, querendo muito mais.

Zane é um cara grande, todo musculoso, tatuado, motoqueiro, músico, ou seja, sexy como o pecado. Um homem de coração marcado, que já enfrentou grandes perrengues na vida e que precisou lutar muito para conseguir sobreviver e seguir em frente. Inteligente, espirituoso e dono de uma personalidade linda, ele é um romântico, um cara doce, que ao contrário da imagem que tenta passar de durão, foda-se o mundo, ele só quer ser feliz e quem sabe encontrar um amor, de preferência descomplicado e com alguém que não lembre em nada sua ex-maluca.

Quinn é uma mulher rica, independente, que está lutando para viver sua vida longe das garras controladoras da sua mãe. Dona de uma personalidade forte, ela é linda, determinada, sabe o que quer e não tem medo de correr atrás. Magoada após o termino do seu noivado, ela quer distância de compromissos, talvez por medo de voltar a se machucar, mas sabe como o cupido é... ele não costuma nos dar muita atenção.

Bastou um olhar para o belo exemplar sentado em um banco de bar para seu coração dar uma pequena acelerada. Atração total, o cara era absurdamente intrigante, todo grande e intenso. Do outro lado, ele sabia que a linda mulher refinada estava muito longe de casa, contrastando com o ambiente, mas ele não poderia negar o quanto sua presença o deixava ligado. Diante de algumas circunstancias, eles acabam se apresentado, mas cada um segue seu rumo. Dias depois inesperadamente eles voltam a se reencontrar e ai... Caros leitores, segura firme é o início de uma bela viagem.

"Sim, era fato. Estava se apegando rápido demais a ela e uma vozinha lá em seu interior lhe advertia par que se preservasse."

Poderia ser apenas mais um livro de romance erótico? Poderia, mas não foi. Muito pelo contrário, foi uma leitura deliciosa, envolvente, viciante e dosada na medida perfeita - romance, drama, diálogos divertidos, cenários bem explorados, sensualidade e intensidade -. O que mais gostei foi à construção do romance, Zane e Quinn são opostos, eles sabem que não se encaixam um no mundo do outro, mas ainda assim são teimosos demais para se manterem longe. Tudo começa de maneira despretensiosa, ambos focados no desejo cru, na atração irresistível que sentem, e quando se dão conta os sentimentos já estão em conflito e tornou-se algo muito mais poderoso. Zane é um grandão maravilhoso. Todo possessivo, atrevido, cheio da pegada, com um detalhe a mais que olha... suspiros. Ele não esconde o que sente, Zane é intenso, ele se joga, se entrega, vive cada momento. A maneira como ele trata a Quinn, como ele se preocupa e cuida dela é tão lindo. Já Quinn, apesar de ser uma mulher de posses e refinada, se mostra muito mais que aparência. Ela é forte, determinada, companheira e divertida. Ela não fica de frescura, fugindo, é isso e pronto, então vamos ser feliz.

“O que estava sentindo por aquele homem era muito forte, de uma intensidade com a qual não sabia lidar. Ele estava possuindo não só seu corpo. Sua alma e seu coração estavam indo juntos no processo.”

ZANE é o tipo de livro que te prende do início ao fim, ele desperta em você curiosidade, necessidade de acompanhar mais sobre cada personagem e saber de que maneira a autora irá desenrolar a história. Falando sobre amizade, recomeços, aceitação, perdão e amor, essa leitura foi uma grata surpresa e me deixou com aquele gostinho de quero mais.

“Quinn sentiu todo o ar desaparecer de seus pulmões. Era só um beijo, mas parecia que lhe estava tirando os pés do chão. Zane tinha uma mão em sua nuca, emaranhando os dedos nos cabelos, e a outra alcançava a cintura, puxando-a de encontro ao seu corpo. Parecia tão desesperado por aquele beijo quanto ela. Era voraz e faminto.”

Patrícia Rossi possui uma escrita fluída, uma narrativa envolvente e um timing perfeito para as cenas sensuais. Amei que a autora tenha optado por focar mais no romance do que nos dramas, o que tornou a leitura rápida, doce e fofa. Ansiosa pela sequencia.

Quanto a Editora Charme, parabéns! Que trabalho lindo que fizeram com o livro, diagramação impecável, amei a cor das páginas, os detalhes na abertura de cada capítulo e a capa esta linda.

Não preciso nem dizer que super RECOMENDO, mas de qualquer forma o farei. É amante de um bom romance hot, cheio de reviravoltas e cenas de roubar o fôlego? Então corre, Zane é a escolha certa para você. Mas, já vou avisar, tira o olho que o GRANDÃO é meu.

site: http://www.atitudeliteraria.com.br/2016/10/resenha-zane-patricia-rossi-editora.html#.WBUL4_krK00
Andreza 02/07/2017minha estante
A Sequência é com o mesmo casal ou com outro?


Atitude Literária 02/07/2017minha estante
Acredito que com outro.




Daisy 12/12/2017

Maravilhosooooo
Livro magnífico. Prende do início ao fim.
comentários(0)comente



Debora.Fonseca 19/04/2017

Amo Zane e Quinn Bee!!!
Havia lido pela plataforma do wattpad e amei. Tê-lo em físico é uma honra!
comentários(0)comente



Rose 09/09/2016

Ela é Quinn Armentrouth, uma delicada patricinha, nascida e criada na alta sociedade de New York, que terminou a pouco tempo um noivado com o "homem ideal", segundo sua mãe.
Ele é Zane Hudson, um motoqueiro tatuado que há dois anos deixou para trás o vício das drogas e do álcool e uma mulher que o deixou no fundo do poço. O que estes dois tem em comum além da atração instantânea que sentiram um pelo outro? Nada!
Depois que rompeu o noivado Quinn decidiu morar sozinha e assim cuidar da própria vida a seu modo. Ela que herdou o antiquário de sua avó, trabalha com prazer para se sustentar, e tem em Júlia e em sua assistente Gwen, aliadas para qualquer hora.
Zane adora motos e carros e trabalha da oficina de Jake, o homem que lhe tirou do fundo do poço e que lhe deve a vida. Sem Jake ele não imagina onde estaria agora, principalmente depois que Camille o trocou para casar com um mauricinho do seu meio.
Camille foi a responsável por levar Zane para o mundo das drogas e álcool. Completamente apaixonado, ele não percebia o quão nocivo era este relacionamento, até ser internado para desintoxicação contra sua vontade. Hoje ele se mantem limpo e distante daqueles dias de loucura.
Quinn e Zane se encontram por um acaso em um bar, mas apesar da rápida troca de gentilezas, ambos ficaram marcados pela presença um do outro, sabendo que nunca mais se veriam. Como não se pode dizer nunca, ambos acabam se reencontrando por conta de um cliente de Quinn. Era a chance que Zane queria para conhecer melhor a mulher que estava dominando seus pensamentos. Quinn não se fez de rogada, e deixou claro que o interesse era mútuo.
Sem frescuras eles engataram um pseudo relacionamento, que preferiram não rotularem. E tudo estava indo muito bem até que, por conta do acaso, Zane dá de cara com Camille na loja de Quinn. Todos aqueles dias de transtorno vieram em sua mente e a única coisa que ele queria era distância daquela mulher.
Camille ao contrário, deixou claro que ainda o queria, e exigiu que Quinn se afastasse de Zane, ou sofresse as consequências. Sem saber onde estava se metendo, Quinn avisa que só se afastará se Zane pedir, para fúria da ruiva maligna-psicopata.

"-Mas não é justo que ela ainda tenha algum efeito sobre mim - ele remoeu. - Não depois de tudo o que ela fez, não depois de... tudo o que eu fiz a mim mesmo por causa dela."

Para complicar um pouco mais, o ex-noivo de Quinn, Ashton, não estava aceitando muito bem o término do noivado, e exigia uma segunda chance dela. Ele tinha todo o apoio de Valentine, mãe de Quinn, que o tinha na mais alta cotação, sem imaginar os motivos que levaram Quinn a terminar o noivado.
Valentine nem imaginava que Quinn estava de "namoro" com um motoqueiro pé de chinelo. Quando ela descobrisse, Quinn seria bombardeada por todos os lados.
Zane também tinha que lidar com a volta de sua mãe, a mulher que abandonou ele e a irmã para ficar com outro homem. São vinte anos de abandono que precisam passar a limpo.
Com tantas coisas contra e um mundo de diferenças entre eles, Zane e Quinn queriam apenas um ao outro. Mas, para isso acontecer, eles iam precisar confiar um no outro e juntos lutarem pelo direito de serem felizes. De tudo o que tinha para enfrentarem, sem dúvida o problema Camille era o mais grave de todos, colocando a vida de ambos em risco.

"-Own. Que lindo. você quase me convenceu, queridinha. - A ruiva voltou para a poltrona e pegou o celular. - Mas preciso ver a cara dele quando eu atirar em você. - Sorriu de forma perversa. - Tenho certeza que será uma cena bem divertida. - Discou os números."

Com altas doses de erotismo e muitos graus de complicação, o leitor se apaixona por Zane e Camille. Engana-se redondamente que pensa que Camille é uma socialite metida a besta e cheia de frescura. Totalmente pé no chão e ciente do que quer, ela parte para luta e em duas ótimas cenas, deixa bem claro para Camille que não tem medo dela. Nestas cenas em questão posso dizer que me senti vingada! Apenas em um momento ela deu uma derrapada, mas rapidamente se recuperou. Ela não tem nada daquela mocinha indecisa que não entende porquê um deus grego possa lhe desejar. Adorei isso!
Zane é um deus grego... Apesar dos músculos e do seu tamanho, ele na verdade é um doce, e trata Camille com todo o cuidado que uma mulher merece, sem claro, perder sua pegada quente..

site: http://fabricadosconvites.blogspot.com.br
Ana Carolina 09/09/2016minha estante
Por Zane e Quinn. Camille é a bicha má doida kkkkk.




Raquel 29/06/2017

Na verdade não gostei muito deste livro, achei muito sexo pra pouca história, pouco conteúdo não tive muita paciência pra ele, tive pular boa parte ...enfim é isso.
comentários(0)comente



Dai 11/08/2017

Gostei do livro , Zane muitos sexy ,adorei a relação dos dois mais acabou seguindo os famosos "clichês".Um livro mais pra descontrair
comentários(0)comente



6 encontrados | exibindo 1 a 6