Deuses americanos

Deuses americanos Neil Gaiman




Resenhas - Deuses Americanos


311 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Arthur.Sampaio 10/11/2019

576 páginas de puro filler
Ideia boa. Storytelling fraco que não evolui ao longo do livro. Personagens são apáticos e não trazem conexão nenhuma com o leitor. Neil Gaiman traz um livro que é uma grande divagação entre o dilema da sociedade do país mais poderoso do mundo, mas que esquece sua cultura para idolatrar a tecnologia e a ganância?

Esperava muito mais. Nem tenho coragem de assistir a série, e fico receoso de ler outras obras como Sandman e Oceano no Fim do Caminho.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Rodrigo 27/10/2019

Percy Jackson pra adultos
Achei que seria uma puta crítica social. Era só um livro sobre um personagem desinteressante e mitologias aleatórias.
comentários(0)comente



docinho 25/10/2019

no final deuses sao coisas em que acreditamos, and i think thats beautiful. also a paixao do neil por mitos e historias te faz querer ler todas do universo, da pra sentir pelas paginas, delicinha
comentários(0)comente



Danilo 11/10/2019

Sobre o livro
Ler esse livro me fez pensar que escrever uma história é como mágica: você atrai a atenção para a mão que quer que a pessoa veja enquanto a moeda está na outra. ☕️📖
comentários(0)comente



Pipoca Nerd 09/10/2019

Resenha de Deuses Americanos: Sombras, Editora Intrínseca
Aquele tipo de graphic novel que te leva para outro plano, assim é Deuses Americanos, faz a sua mente produzir as melhores histórias, te faz criar uma continuação, duvidar e ficar eletrizado com cada passo.

Imagine você estar vivendo de um modo e sua vida mudar repentinamente. Shadow estava preso havia 3 anos e por bom comportamento estava pra ser solto. Mas, tudo estava pra mudar como num estar de dedos.

Shadow é chamado 2 dias antes de ser solto para receber uma noticia que o deixou sem chão, mesmo que ainda não acreditasse. Depois disso a vida de Shadow vira de cabeça pra baixo.

Shadow já tinha passagens aéreas pra voltar pra casa, no voo ele é interceptado por alguém que sabia muito sobre ele, Sr. Wednesday é um homem de sorriso assustador que sabe muito sobre o Shadow, mas não explica como sabe disso. Com o passar da conversa Wednesday oferece trabalho afirmando que o trabalho que estava esperando por ele ao sair da prisão já não existia, Shadow não queria creditar nisso, queria imaginar que sua vida estava toda planejada da forma como ele imaginou nos últimos 3 anos atrás das grades.

Como disse no início essa graphic novel de Deuses Americanos te faz mergulhar num mundo totalmente diferente do que vivemos, apesar de tudo acontecer aqui mesmo. Com texto e história por Neil Gaiman, roteiro por P. Craig Russell e artes por Scott Hampton, essa graphic novel te faz ler em poucas horas ou dias e trabalha muito bem a sua imaginação para a seguinte pergunta: será que já encontrei com Odin? Será que deuses existem? E se existem será que são administradores, juízes, taxistas, artistas… Será que eles vivem entre nós?

Li Deuses Americanos: Sombras em 2 dias devido uma pausa, foi preciso, minha mente ficou tão conectada que acabei sonhando com, é isso que Neil Gaiman causa, a escrita dele é perfeita, apenas te carrega para outro lugar. Parece que ela foi feita para ser apresentada em quadrinhos, conseguiu me segurar muito fácil, sou fã do Gaiman, esse graphic novel foi adaptado do livro original e sera publicado em 3 graphics novels, caso contrario ficaria impossível segurar o livro.

site: http://pipocanerd.com/livros/resenha-de-deuses-americanos-sombras-editora-intrinseca/
comentários(0)comente



Thall 24/09/2019

Esperava mais...
Sou fã de Gaiman, adoro Sandman, já li os 2 "Coisas Frágeis", já li o "Oceano no fim do caminho", gostei de tudo, mas esse livro me decepcionou um pouco.
Achei a narrativa um pouco arrastada, confusa (até considerando que é o Gaiman), e os personagens não me cativaram. Shadow, o personagem principal, é praticamente a definição de "blasé".
comentários(0)comente



Joe 19/09/2019

Muito barulho
Creio que esperei demais de uma história que não se mostrou mais que isso. Sim, há uma forte crítica ao moderno estilo de vida e seu desprendimento social e espiritual. Há uma trama Q deveria empolgar. Mas não decola. Vale a leitura, mas não crie expectativas.
Gorette 23/09/2019minha estante
Eu tbm não gostei muito.. o livro vira série aí vc empolga por que os livros sempre são melhores. Ficou faltando alguma coisas, mas não tiro o mérito de quem escreve e cheguei até o final do livro. Provavelmente não lerei mais suas produções. Tem muito livro pra ler antes de morrer. Kkkk


Joe 09/10/2019minha estante
Verdade, Gorete. Mas ele tem outros títulos melhores. Vale a pena conhecer...


Gorette 10/10/2019minha estante
Então não vou descarta-lo. Rsrsr.




JP_Felix 11/09/2019

Ótimo livro
Enrola um pouco aqui e ali, tem uns deuses de mitologias muito desconhecidas para um público geral, mas ainda assim cativa muito o leitor. Gaiman fez uma ótima representação de um ótimo conceito. Simplesmente do começo ao fim tem uma narrativa para culminar em um fina espetacular. Mais que recomendo.
comentários(0)comente



Lucas FC 09/09/2019

Esperava Mais
Confesso que esperava bem mais. Ao ver as críticas sobre a série, optei pelo livro primeiro, mas achei muito monótono e os personagens sem carisma (exceto o Wednesday). Após a leitura, ainda não assisti a série, mas tenho uma impressão que a série Deuses Americanos será melhor que o livro, o que é raro de acontecer. Espero está certo, pois se conseguir ser pior que o livro, vai ser complicado.
comentários(0)comente



Tamires.Figueira 06/09/2019

Penoso
Li aos trancos e barrancos. Personagens muito chatos, monótonos. A única coisa que me levou a ler até o final foi o Wednesday, aquele personagem que vc odeia e ama.
comentários(0)comente



Math 21/08/2019

Velhos Deuses, novas histórias.
O livro te pega de surpresa em diversas ocasiões, mesmo não causando um grande choque, mas sim um ar de "ahhh então é por isso...". A narrativa cativa o leitor e o deixa entretido com as diversas subtramas que acontecem dentro do arco principal. Algo muito interessante de se ver é o crescimento de Shadow ao longo do livro. Essa história te cativa com personagens e trejeitos, e termina de uma forma que você pensa "nossa, já acabou?". Muito recomendado.
comentários(0)comente



Luiza Contino 20/07/2019

Eu confesso que esperava mais. Foi o meu primeiro contato com o autor Neil Gaiman, apesar de falarem que o livro é maravilhoso, a escrita dele deixou a desejar para mim. Tentei de vários jeitos continuar a leitura, mas infelizmente é uma leitura maçante .
comentários(0)comente



Fael Olimpio 12/07/2019

Deuses Americanos mudou para sempre minha visão sobre a literatura !!!
Bom esse é o primeiro livro para um público mais adulto que li do Neil Gaiman, e já posso dizer que foi um dos livros mais impressionantes que já li na minha vida, os personagens até os que aparecem em poucas cenas, são incrivelmente bem desenvolvidos, as referências mitológicas/ religiosas, e "sacadas" feitas pelo Neil, são muito bem feitas e se encaixam perfeitamente na história sendo em algumas horas extremamente cruciais para todo o desenvolvimento do enredo, sem falar que até o final do livro ele amarra todas as pontas soltas que vai surgindo ao longo da narrativa, essa obra é sem sombra de dúvidas um marco na história da literatura, uma obra de arte, e eu posso afirmar que mudou para sempre a minha experiência com a literatura. Na boa esse livro beira a perfeição !!!
E eu não posso deixar de falar do trabalho magnifico que a intrínseca fez nesta edição preferida do autor, contendo vários extras como Nota do tradutor que esclarece muita coisa, e uma entrevista com o Neil Gaiman.
Amei
Gorette 02/09/2019minha estante
Espero entender todas as referências. Já observei que é uma leitura que flui.




bell 28/06/2019

Poder e perda
Deuses americanos e um livro atípico, que pela primeira vez não tive aquela presa para ler,e uma história é contada ao longo da jornada de Shadow Moon, um ex-presidiário de trinta e poucos anos que está prestes a ser libertado e cujo único objetivo e ter uma vida longe de encrencas com a sua esposa. quando ele descobre que Laura morreu e ele será liberado antes para os trâmites legais.
Chegando lá descobre como sua esposa morreu e que nada que programou vai acontecer.
aceitando trabalhar para Wednesday e embarca em uma viagem tumultuada e reveladora por cidades inusitadas dos Estados Unidos, um país tão estranho para Shadow quanto para Gaiman. É nesses encontros e desencontros que o protagonista se depara com os deuses ? os antigos (que chegaram ao Novo Mundo junto dos imigrantes) e os modernos (o dinheiro, a televisão, a tecnologia, as drogas) -, que estão se preparando para uma guerra que ninguém viu, mas que já começou. O motivo? Não ser esquecido
O grande medo de todos nós
comentários(0)comente



311 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |