A Batalha do Labirinto

A Batalha do Labirinto Rick Riordan




Resenhas - A Batalha do Labirinto


494 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Jow 23/11/2010

Que caminho tomar para encontrar as respostas?
Em meio a tantos caminhos e escolhas, é preciso ajuda pra enxergar o que não se vê. É preciso coragem para se aprofundar nas entranhas do destino em busca de respostas pessoais, que nem sempre trazem alívio a nossa busca. É preciso amar para entender que o amor ainda existe.

A Batalha do Labirinto é um verdadeiro emaranhado de emoções, onde as buscas pessoais se confundem com os desejos coletivos. Percy busca formas de impedir que Cronus possa se rebelar novamente, mas também busca entender pq Luke se deixou levar pelo mal, pq Annabeth ainda se sente apaixonada por esse traidor, tenta trazer Nico para seu lado e fazê-lo entender que sua irmã se sacrificou por uma causa nobre, e tenta trazer pra sí a responsabilidade da profecia apocaliptica.

Na metáfora do labirinto, as ilusões foram realçadas! E mesmo aqueles que pensavam encontrar nos seus heróis redenção e coragem, encontraram medo e insegurança. O que falar de Tyson e Briareu, Annabeth e Dédalo, Grover e Pã?? Não foram os mitos vivos que impuseram o ritmo da história, mas os aspirantes a lendas.

E em meio a tantos caminhos e desencontros, foi preciso se agarrar em algo pra manter a chama da esperança com vida. Como seria cômodo a Percy se isolar eternamente na Ilha de Gígio com Calypso e fugir de seu destino... Mas, o desejo de reponder os seus anseios o leva de volta, e o faz perceber(por mais lento que ele seja) que o seu destino estará ligado ao amor, que se confunde em Rachel mas se personifica em Annabeth. Se para ela foi difícil perceber do que se tratava a ultima linha da profecia, para Percy foi seguramente complicado buscar uma resposta para entender por que?!

E agora só resta um ultimo capítulo dessa saga, uma ultima chance de se entender o destino e agir sobre ele. É preciso mais que o Fio de Ariadne, para se guiar neste imenso jogo de destinos, pois só aqueles que realmente enxergarem as suas escolhas com o coração, terão algo com que se agarrar quando o fim começar.

Entre desejo por respostas, lutas frenéticas, lugares exóticos, amores incompreendidos, fantasmas e monstros, A Batalha do Labirinto abre as portas para o fim de uma saga que tem tudo para se tornar inesquecível!
Luh Costa 19/11/2010minha estante
Já falei que vc escreve super bem?
xD
rsrs
Adoro suas resenhas!
Não vejo a hora de ler todos os livros dessa série! Já se tornou minha favorita!
Noosa, da vontade de ler tudo de uma vez!


Alan Ventura 21/11/2010minha estante
Suas resenhas estão cada vez mais fantásticas e meus comentários cada vez mais surpérfluos,fica difícil falar sobre a magnitude de suas resenhas sem parecer repetitivo!


Saulo 23/11/2010minha estante
Bom só vou comentar, como prova de que li.. vc já sabe o que penso: "tu é o cara"
o/\o


Mi Pieroni 21/04/2011minha estante
Uau, adorei a sua resenha, parabéns! Concordo com tudo o que você diz, incrível. Parabéns novamente.


Tassiane 03/06/2011minha estante
adorei a sua resenha, estás de parabéns.


Giovanna 28/12/2011minha estante
Vou morrer de curiosidade ! Eu estou terminando o " A Maldição do Titã" mas já ví muitos spoilers sobre "A Batalha do Labirinto" .-.
Em alguns dias acho que vou poder ler sua resenha sem pular partes :)


Janaina 19/01/2012minha estante
Que linda sua resenha,exatamente o que o livro propõe ;D


Vivi 09/10/2012minha estante
Parabéns pela bela resenha, fiquei com mais vontade de ler o próximo.


Vinicius 31/03/2013minha estante
Muito bom sua resenha é marabvilhosa.
Tenho apenas 11 anos e ja estou quase no ultimo livro da SERIE.
Parabens!!


Thainara 02/06/2013minha estante
"... e o faz perceber (por mais lento que ele seja)" hahaha amei a parte do lento.
Resenha perfeita,é exatamente o que o livro propõe


Ana 12/06/2013minha estante
Resenha perfeita ! Realmente essa saga é inesquecível !


mary 10/12/2013minha estante
Perfeito!




Rafael Palone 06/03/2010

Uma palavra: morri.
Esse livro me deixou sem palavras, sorte que ainda tenho meus dedos para poder digitar essa resenha. UAU! Aí sim, fui surpreendido novamente. Sabe o que eu tanto gosto em Percy Jackson & Os Olimpianos? Estou aprendendo na escola sobre mitologia grega e TUDO o que eu professor explica, eu tenho uma forma muito melhor e mais intrigante de aprender. Lendo esses livros tão perfeitos!

E esse, é claro, não poderia ficar para trás. Mas devo dizer que esse foi um dos que mais me surpreendeu. A forma como tudo acontecia, não era nada do que eu tinha imaginado. Amei demais, fiquei sem fôlego, uma aventura atrás da outra... Eu juro que se fosse escritor conseguiria escrever uma trama tão bem pensada que nem Percy Jackson. Pois, além do leitor aventurar-se, acaba aprendendo de uma forma bem melhor.

As partes que mais gostei foram a da Esfinge e a da Calipso. Mas tenho que dar uma reclamada sobre esse livro... seria Annabeth bipolar? Sério, cada hora ela está de um jeito, fiquei um pouco decepcionado com ela nesse livro. Gosto tanto dela e nesse livro ela está muito revoltada. Mas é o amor né... Faz parte.

No quarto volume da trama, Percy Jackson começa o ano em uma escola nova, mais uma vez se metendo em problemas com monstros. Ao voltar para o acampamento, descobre que as coisas não está nada bem, o exército de Cronos está planejando uma forma de entrar no acampamento através do labirinto de Dédalo, mas a única forma de encontrar o caminho certo é através do fio de Ariadne. A missão de Percy, Annabeth, Grover e Tyson é chegar à oficina de Dédalo através do labirinto e impedí-lo de entregar à Luke o fio de Ariadne. Mas o problema é... como caminhar sem enlouquecer por aquele labirinto?

A série Percy Jackson, definitivamente já faz parte do meu dia-a-dia, amo demais cada livro e garanto que quem ler vai achar o mesmo. Recomendo para todos!
nessacardoso 20/05/2011minha estante
Uma palavra: morri :B
Muito, muito, muito (...) perfeito!


Rebecca Germano 16/07/2011minha estante
sabe eu até entendo a "revolta" da Annabeth?KKK Percy é um lerdo! Em a batalha do labirinto todos já percebem que o destino de percy e annabeth é ficarem juntos, mas parece que ele se nega a essa possibilidade, sem falar que a Rachel ainda complicou um pouquinho as coisas hahahaha




-Shadowcat- 28/05/2011

Eh...
A boa notícia: "A Batalha do Labirinto" é o melhor livro da saga "Percy Jackson" até agora. Não se pode negar que Riordan melhorou muito a narrativa e finalmente não vemos Percy cometendo OS MESMOS erros estúpidos que ele cometia em TODOS os livros da série. A cenas de batalha estão cada vez melhores. Outro ponto positivo é que Riordan parece que planejou a série meticulosamente. Cada evento tem um porquê e uma consequência. Talvez tenhamos ainda alguns mistérios quando a série acabar, mas pontas soltas não vamos ter.

A má notícia: É incrível como Riordan é capaz de ter uma grande imaginação mas, ao mesmo tempo, ter uma tremenda falta de criatividade. Sabe aquele livro como uma ótima premissa mas uma fraca execução de idéias? Temos aqui um típico exemplo disso. Riordan teve uma idéia fantástica para os livros de "Percy Jackson": mitologia grega no mundo atual. Porém, falhou em criar seu próprio universo.

O grande trunfo de Riordan é o personagem principal. Não se pode negar que o garoto Percy Jackson é incrivelmente carismático. Mas o ambiente que o cerca, o mundo concebido por Jackson, o modo como ele encaixa elementos da mitologia grega no século 21, não consegue cativar a imaginação leitor de maneira plena. Sei que muita gente não gosta da comparação com "Harry Potter", mas vamos se sinceros pessoal! É difícil não comparar. Profecias? Uma grande ameaça, capaz de acabar com o mundo que conhecemos? Um grande e poderoso inimigo que parece estar morto mas não está? Três amigos, sendo um deles o líder nato, a outra uma garota inteligente e um amigo com pouca confiança em si próprio e atrapalhado? Não são histórias idênticas, mas como não comparar?

A narrativa de Rowling é fluída o mundo concebido por ela impregna a imaginação do leitor, você tem vontade de conhecer esse mundo, você tenta imaginar o que mais de fantástico pode existir nele e sempre nos surpreendemos quando algo novo é apresentados a nós. Não que os livros de Rowling sejam perfeitos, mas não se pode negar a criatividade dela. Isso fica claro quando os Labirintos são comparados. O labirinto criado por Rowling só ocupa um capítulo de um dos livros dela, e é melhor concebido que o labirinto de Riordan, que ocupa quase todo o livro. O pouco apresentado alimenta a imaginação do leitor de um modo que o livro de Riordan não consegue fazer. Rowling não desperdiça os eventos que são apresentados em seu labirinto. Riordan faz isso para apresentar dúvidas desnecessárias entre os personagens ou situações engraçadinhas. Como pode se explicar o que acontece com Janus e a Esfígie, que são COMPLETAMENTE desperdiçados? O resultado é um mundo estéril, onde pouca coisa nos surpreende e acaba no previsível. O encontro com um personagem importante lá perto do final é incrivelmente anticlimático, apesar de ser uma reviravolta. Não sei se pode culpar a pressa em que os livros são escritos ou se é falha de Riordan em descrever ambientes ou situacões. Eu ficaria satisfeita com isso, se fosse proposital, mas não é. Pode-se perceber o esforço de Riordan quanto à isso quando Percy é levado à uma ilha (em uma das melhores passagens de todos os livros até agora). Nessa momento percebemos que "Percy Jackson" poderia ser bem mais do que é, mas infelizmente não é.

Outro problema com a narrativa de Riordan é que é episódica. Ele faz valer do velho "gancho" para nos levar ao próximo capítulo. Porém, as passagens de um evento para outro melhoraram, que soavam artificiais nos primeiro livros (Percy em um jardim de estátuas, Percy em um cassino, Percy em uma loja de colchões, Percy no deserto, Percy em uma represa, etc).

Outra coisa é que não sinto nenhum senso de urgência com a ameaça à vista. Cronos não consegue inspirar em mim tanta ameaça ou medo quanto outro grandes vilões já apresentados na literatura ou cinema. Talvez porque não consigo me importar com o destino dos deuses olimpianos. Que sumam esses deuses egoístas! Embora o livro diga que os deuses são os pilares da civilização, sem eles a civilização chegaria ao fim, etc. Mas como um deus disse ao final do livro, temos que caminhar com as próprias pernas, não precisamos deles. Outro momento que percebi que Riordan pode fazer melhor do que anda fazendo. Sei que essa mensagem vai ficar por aí.

A saga "Percy Jackson" é legalzinha. Diverte e passa o tempo. Mas é isso.

Michelly 11/06/2013minha estante
Amei! Você disse tudo que eu penso em relação a esse livro, parece até que a resenha foi escrita por mim!


-Shadowcat- 14/07/2013minha estante
Obrigada, Michelly!




CaioMeloW 14/02/2010

O melhor até agora!
(Essa resenha está livre de revelações sobre o livro, ou seja, se você não leu o livro ainda, pode ler a resenha sem medo nenhum)

A Batalha do Labirinto é, sem a MENOR dúvida, o melhor livro da série "Percy Jackson e os Olimpianos" até agora!!

A história começa com Percy indo visitar a Goode High School, onde ele pretende estudar após as férias. O que ele não contava era que ia encontrar uma antiga conhecida e líderes de torcida sedentas por sangue de semideuses.

É comum muitas séries ficarem obsolentas com o tempo... Isso não acontece, de maneira nenhuma, com A Batalha do Labirinto. Pelo que parece, Rick Riordan continua escrevendo com a mesma maestria que eu li em "O Ladrão de Raios" (OFF: Que, aliás, eu vi o filme e é MUITO BOM!! )

Eu recomendo e MUITO a leitura dessa deliciosa sequência. Agora é só esperar pelo spin-off "The Demigod Files" (Os Arquivos dos Semideuses) e pelo quinto e último livro da série, "O Último Olimpiano".
comentários(0)comente

Raphaella 16/02/2010minha estante
Gostei do seu aviso de que não tem revelações sobre o livro! XD Ultimamente está sendo bem difícil encontrar resenhas sem elas, tanto que eu tinha até parado de lê-las, o que é uma pena, já que parte da "graça" do skoob pra mim são as resenhas.





pedromaziero 06/12/2010

Uau!
Quando eu li O Ladrão de Raios, me apaixonei. Quando li O Mar de Monstros e A Maldição do Titã eu pensei: "É, é melhor eu aceitar que LdR é o melhor livro de PJ&O, e que os outros, apesar de ótimos, não são ou serão tão bons quanto!" Ledo engano.

A Batalha do Labirinto ainda não tem uma posição definida no meu ranking de PJ&O. Não decidi se é melhor, se é tão bom quanto ou se é um pouquinhozinho inferior a LdR.

Mas não tenho dúvidas de que agora eu realmente sei que o Riordan é um dos meus escritores prediletos. Acho que só percebi agora que os personagens da série são parte da mitologia grega. Isso porque o Rick os usa tão bem que nós pensamos que são seus próprios personagens, que ele os criou e moldou a seu gosto. Mas não, ele teve de seguir a risca, fazendo-os do modo que eles são na mitologia. E ele faz isso brilhantemente.

Agora, deixando o autor de lado, falemos da história em si. Ela tem momentos que fazem seus pêlos eriçarem-se por emoção — o capítulo de Calipso, o capítulo de Pã, entre outros — e tem momentos que te fazem perder o fôlego, comer palavras e frases, te deixam louco por chegar à conclusão do que está acontecendo. O enredo é resumidamente o seguinte:

Annabeth, Percy, Grover, Tyson e Rachel têm de encontrar Dédalo para buscar ajuda e impedir que o exército de Cronos invada o Acampamento Meio-Sangue através do Labirinto de Dédalo.

A história é tão bem amarrada, tão bem construída, que não te deixa com dúvidas. Tudo faz o maior sentido, sem ser previsível. Há surpresas surpreendentes (OH!). Eu devorei o livro para saber a última linha da profecia. E valeu a pena.

Super recomendado. Sem dúvida, o segundo melhor da saga (senão o melhor).

BeijosMeMandemUmaMensagemDeÍris:*
redomingos 06/12/2010minha estante
Suas resenhas são muito boas Pedro. Parabéns você escreve muito bem. Eu também gostei muito desse livro. Pra mim é o melhor da série.


Rebecca Germano 16/07/2011minha estante
"[..]e tem momentos que te fazem perder o fôlego, comer palavras e frases, te deixam louco por chegar à conclusão do que está acontecendo." Sou a prova viva disso!KKKK Várias vezes tive que voltar algumas frases para absorver o que tinha acabado de acontecer com mais calma haha




Thall 20/07/2012

A batalha do labirinto
Provavelmente é o meu favorito da série até agora, neste volume Riordan dosou melhor a aventura e o ritmo ficou melhor do que no anterior que tinha sido um tanto quanto sobrecarregado.
Percy enfrentando os dilemas amorosos de adolescente no meio de todo o caos que está a iminente guerra entre Cronos e os olimpianos também é um ponto bacana do livro, o autor conseguiu mostrar isso de forma bem sutil, de modo a não incomodar, to torcendo para a Rachel nessa parada rs.
De resto a "fórmula" é bem parecida com os outros, Percy tem algo ou alguém para encontrar/recuperar e se envolve em várias aventuras, enfrentando os mais diversos monstros e perigos, e Rick mais uma vez nos presenteia com uma leitura agradável e divertida.
comentários(0)comente



Mateus 28/06/2010

A Batalha do Labirinto tem a estranha característica de fazer com que todas as minhas palavras fujam da minha boca enquanto estou escrevendo essa resenha. O que eu posso dizer? Simplesmente, que este é o melhor livro da série Percy Jackson e os Olimpianos até agora. Se bem que é difícil dizer isso, pois cada livro é melhor do que o outro nessa série.

Percy está crescendo. Ele não apenas está se tornando um grande herói, mas romances estão surgindo em sua vida. E é bom que ninguém reclame disso, dizendo coisas como: "Lá vem um romancezinho nada a ver para estragar o livro". Pois saibam que todo herói tem sua amada, aquela que ele deixaria tudo para defendê-la, aquela que ele lutaria com todos os deuses para salvá-la. E por que com Percy seria diferente?

Nesse livro, como em todos os outros, surgem cada vez mais monstrons e seres mitológicos. Calipso, a feiticeira que aprisionou Ulisses em sua ilha; a Esfinge, com seus enigmas, porém muito mais modernizada usando até mesmo uma máquina de corrigir provas; os cavalos gigantes; Hera, a deusa do casamento e que fará uma inimiga; Hefesto, o deus das forjas; Pã, o deus do mundo selvagem, que Grover procura a tanto tempo; dentre diversos outros monstros. Além disso, Percy, Annabeth, Grover, Tyson, Dédalo, Quíron, Clarisse, antigos amigos e novos aliados se juntam para combater o titã Cronos, que a cada vez mais se fortalece e ameaça destruir o monte Olimpo.

A mitologia grega está presente em cada página, e Rick Riordan continua a encaixando nos dias de hoje de uma forma surpreendente. Enfim, um livro é arrazador, e com certeza é o melhor de todos até agora. Aventuras, batalhas, o desenrolar está incrível e realmente não falta nada. Sem sombra de dúvidas, Percy Jackson é a melhor série de todos os tempos já escrita. É um livro que sempre será lembrado por mim.

"Seu sorriso voltou lentamente, bem mais feliz dessa vez.
- Até mais então, Percy Jackson. Vá salvar o mundo por mim, ok?"
Arc 19/03/2010minha estante
Kalypso uma feiticeira? Posso estar errado mas que eu saiba ela era somente uma ninfa...


Douglas 02/04/2010minha estante
Sim verdade é uma excelente obra e eu tenho.


Mateus 28/06/2010minha estante
Calipso é si uma feiticeira. Se vc ler Odisséia verá muito bem isso.




Dani 12/04/2013

Resenha.
Fiz a resenha em formato de vídeo.

http://www.youtube.com/watch?v=58AfNxZNLas
comentários(0)comente



Mr. Exorcist 20/12/2010

RESENHA: Percy Jackson e os Olimpianos - A Batalha do Labirinto
Não é a toa que a série de Riordan tem conquistado o mundo inteiro. A narrativa peculiar, misturada com a trama que a história apresenta torna cada livro da série Percy Jackson, insaciável. É impossível você parar de ler depois que começa. E é claro, em a batalha do labirinto, as coisas não podiam ser diferentes.
-
-
Dessa vez nosso personagem, Percy Jackson, tem de adentrar ao labirinto de Dédalo e impedir que o exército do titã Cronos arranje um meio de atacar o acampamento meio sangue usando as passagens secretas do labirinto. Nesse meio tempo Percy acaba aprendendo sobre o real valor da Amizade, tendo por muitas vezes de fazer escolhas díficeis durante o decorrer da história.
-
Com a ajuda de seus amigos: Annabeth, Grover, Tyson e a mortal Rachel, a emoção é garantida a cada página do livro.
-
-
“… - Seja forte – disse Pã. – Você me encontrou. E agora precisa me libertar. Tem de levar adiante meu espírito. Ele não pode mais ser carregado por um deus. Deve ser assumido por todos vocês.
-
Pã olhou-me diretamente com seus olhos azul-claros, e percebi que ele não estava falando apenas dos sátiros. Referia-se também aos meio-sangues e aos humanos. Todos.”
-
-
Particularmente, A Batalha do labirinto foi o livro que mais me emocionou. As batalhas travadas dentro do Labirinto de Dédalo, o mistério por trás de Cronos juntamente com o mistério que rodeava Luke, o encontro com o deus Pã - que faz com que seja impossível com que você não chore…
-
Cada palavra lida te passa uma apreensão e uma ansiedade para saber o que vai acontecer e te deixa com o suspense preso na garganta até o final.
-
Definitivamente, A Batalha do Labirinto é sem dúvida o livro mais digno da série de Riordan.
-
Se você ainda não teve a oportunidade de ler a série, não perca mais tempo. Percy Jackson e Os Olimpianos substitui o conceito de bruxos e vampiros e te traz um novo universo.
-
O universo dos deuses Olimpianos.
Dan 02/10/2010minha estante
Gosteei , bem simples. teve a preocupaçao de não entregar aos spoilers *--*

e me despertou a curiosidade de ler a série. principalmente porque sempre achei labirintos na mitologia muita intrigante. E tambem admiro muito a cultura grega clássica


Shofiis 03/10/2010minha estante
Muito boa a resenha, à la profissa :DD
Já li o livro e a resenha o representa muito bem. Concordo com cada palavra ;]




Arthur 04/11/2011

A batalha começa aqui
Já virou clichê: cada novo volume da série Percy Jackson & the Olympians é melhor que o anterior. Sem sombra de dúvidas, The Battle of the Labyrinth é o melhor até aqui. E é o que tem mais ação até agora.

O Monte Olimpo está em perigo. Cronos, o perverso titã que foi destronado e feito em pedaços pelos doze deuses olimpianos, prepara um retorno triunfal. O primeiro passo de suas tropas será atacar e destruir o campo de treinamento dos heróis, filhos de deuses com mortais, que desde a Grécia Antiga combatem na linha de frente em defesa dos olimpianos. Para assegurar que o refúgio de semideuses, o Acampamento Meio-Sangue, não seja invadido, Percy Jackson, Tyson, Annabeth e Grover são destacados para uma importante missão: deter as forças de Cronos antes que se aproximem do acampamento, no emaranhado de corredores do temido Labirinto de Dédalo - um interminável universo subterrâneo que, a cada curva, revela as mais aterrorizantes surpresas.

Neste quarto e penúltimo livro, Percy, Annabeth, Grover e até Tyson, Clarisse e Nico se mostram mais amadurecidos. Os sentimentos estão cada menos escondidos. A batalha contra Cronos e seu exército começa agora. As profecias se revelam e os mistérios começam a se desvendar.

Sem dúvida alguma, The Last Olympian tem tudo para encerrar a série de maneira digna e grandiosa.
comentários(0)comente



Doug Tods 15/01/2011

Com este livro, Rick Riordam tornou-se merecedor de habitar o olimpo!

Sabe, quando leio Percy Jackson uma alegria inexplicável toma conta do meu ser. Eu fico meio ofendido com as comparações entre o herói e o bruxo Harry Potter. Cresci lendo a saga de J.K. Rowling, e achei que não encontraria nada tão fantástico como o mundo bruxo. Mas eu estava enganado!
A coisa mais fantástica que eu poderia conhecer já existia há três mil anos antes de mim, eu só precisava que Rick me provasse isso. Sim, eu amo a mitologia grega!
Percy Jackson é melhor que Harry Potter?! Sou incapaz de responder isso, pois diferente do que muitos dizem, eles são completamente diferentes e vivem em mundos distintos, deixando-me em duvida profunda. Eu adoraria voar em uma vassoura, assim como adoraria voar nas assas criadas por Dédalo. É torturante só pensar.
A única coisa que posso garantir é que o labirinto de Rick é muito mais emocionante do que o de J.K., eu nunca poderia imaginar que algo como isso pudesse ser imaginado, um labirinto perfeito! Isso acaba tornando A BATALHA DO LABIRINTO infinitamente melhor do que O CÁLICE DE FOGO.

De todos os livros da saga PERCY JACKSON e OS OLIMPIANOS, o que mais me agradou foi este (o quarto). Novos personagens surpreendentes, uma trama perfeita, e o ritmo original de Rick, que faz com que seus livros sejam devorados ao ivés de lidos.

Percy desta vez terá que vagar na companhia de seus amigos por um infinito e submerso labirinto. Ele está sendo torturado por sonhos intrigantes; Cronos está prestes a se reerguer; Annabeth recebeu sua primeira missão e primeira profecia; Grover precisa descobrir o paradeiro de Pã o quanto antes; Tyson está de volta, mais forte e prestativo; Rachel terá uma importância indiscutível; Nico trama algo macabro que envolve invocar espíritos; Clarisse está mudada; Os deuses pressentem que a guerra está próxima; E o acampamento nunca esteve tão ameaçado!

O livro também trás um belo incentivo ecológico!

Com este livro, Rick Riordam tornou-se merecedor de habitar o olimpo!

Espero que o último livro da série não seja como o de Rowling (sem esclarecer todas as dúvidas). Mas sei que sim, será melhor ainda do que este quarto, depois de ler O ÚLTIMO OLIMPIANO, acho que serei capaz de responder se prefiro o semi-deus ou o menino bruxo.
comentários(0)comente



Anderson Brito 04/05/2010

...
Eu comecei a ler o Quarto livro da saga Percy Jackson e os Olimpianos vendo praticamente o que eu vi no terceiro. Isso frustrou, mas bastaram algumas páginas após, para mais uma vez o autor mergulhar a gente de cabeça em uma nova aventura desta vez com altas doses de Mitologia grega e rustica.

O forte de Rick Riordan (O autor) não é fazer a Mitologia Grega ser facilmente digerida em um ou dois paragrafos. O forte dele é criar personagens que ao se despedir a gente sente maior saudade e pensa "Será que no próximo ele vai voltar?". Bem, o próximo é o ULTIMO LIVRO DA SAGA (OMG , sentirei muita falta =/). Espero que neste Tyson (O ciclope mais engraçado da saga), Nico di Angelo (Filho de Hades e poderoso aliado de Percy), Annabeth (Filha de Athena), Rachel Dare (Mortal com Claraevidencia), Clarisse (Filha de Ares, Deus da Guerra) e Thalia (Filha de Zeus) e Grover (O Sátiro quase Pã) estejam juntos na aventura final do livro. Pois todos protagonizaram durante a saga, reversando de livro em livro, fantasticas aventuras ao lado de Percy Jackson.

Falando em protagonista, neste A BATALHA DO LABIRINTO, Percy foi ofuscado por Nico Di Angelo que é o verdadeiro resposável pelos momentos de euforia ao ler. Duvido muito que ninguem tenha arfado ao ler as partes em que o filho de Hades ressucita um exercito de mortos para acabar com o ataque de Luke/Cronos ao Acampamento meio-sangue.

Que venha o ultimo livro, "O ultimo Olimpiano". =(
comentários(0)comente



Lu 16/12/2010

Sensacional!

Eu sempre quis estudar em Hogwarts, mas eu passaria as minhas férias de verão no Acampamento Meio Sangue feliz da vida. A não ser que eu fosse convidada para passar as férias com os Weasley, é claro.

Como isso não é possível, o jeito é me contentar em perder horas de sono para acompanhar Percy, Annabeth, Grover, Rachel e o ciclope mais fofo da Literatura, Tyson, em mais uma aventura. O quarto volume da série é claustrofóbico, sombrio e encantador - como uma história que tem como base os mitos gregos deve ser.

Isso não é novidade para aqueles que leram os outros volumes da série. O que eu achei mais legal foi o desenvolvimento do trio de protagonista e a forma como eles estão crescendo e seus relacionamentos estão se tornando mais complicados. Percy e Annabeth, especialmente.Mas também o Grover. Sempre o achei carismático e adorável, mas o sátiro simplesmente arrasou no final.

Enfim, acho que dava pra escrever uma monografia sobre o quanto eu gosto da série e o quanto adorei "A Batalha do Labirinto". Mas deixa pra lá.

Super recomendado!
Nii. 19/12/2010minha estante
Adorei a resenha Lu!
Tbém acamparia com Percy e CIA! HAHA
Livro maravilhoso!


Glenda 29/05/2011minha estante
Gosto muito de mitologia grega e adoro personagens infantis. Então não tinha como não amar essa série com esses pequenos semideuses corajosos, inteligentes, companheiros e leais.
Gostei muito da sua resenha. Sempre tive exatamente os mesmos desejos sobre o Acampamento Meio Sangue, Hogwarts e A Toca. Hehe!




Pedro 03/03/2010

A saga é desmasiada boa, e o livro em si é muito bom, também. Mas me decepcionou MUITO o final. Quem espera por um grande confronto, com fins trágicos e muitas perdas, está enganado, e o livro criou uma falsa espectativa, quanto à gravidade da batalha. O livro não deixa de ser bom, obviamente, mas perde sim vários pontos.
Pedro 27/07/2010minha estante
Quem votou em "não gostei", certamente é um fã. Pois quem é leitor realmente, e lê tudo, não só sagas juvenis (e essa saga é realmente muito boa), teria a mesma opinião que a minha.


Pedro Borges 18/09/2010minha estante
Eu acho que as pessoas têm que avaliar uma resenha, não apenas se a opinião vai do outro vai de encontro com a sua, mas sim, se apresenta um ponto de vista baseado em argumentos.Por isso, se você fizer uma resenha de Crepúsculo, com uma opinião negativa, chove "não gostei" em você, porque as pessoas não respeitam a opinião dos outros.




Isadora 28/03/2011

Apenas uma palavra: surpreendente. De longe, o melhor livro de Percy Jackson até agora. Não teve um momento sequer que eu tivesse parado de ler pelo livro estar em uma "parte chata", é emoção a todo instante, Riordan fez um trabalho mais que perfeito. Me vi chorando, prendendo a respiração, gargalhando com as piadinhas toscas do Cabeça de Alga... Enfim. Terminei de ler faz mais de 1 hora e minha respiração ainda está acelerada! Super vale a pena ler. Eu amei
comentários(0)comente



494 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |