Colégio Interno

Colégio Interno Márcia Carolina




Resenhas - Colégio Interno


4 encontrados | exibindo 1 a 4


Cami @leiturizar 25/04/2020

Um livro leve e de leitura rápida e fluida. Os personagens são cativantes e me lembrou um pouco rebelde. A escrita é um pouco amadora mas a autora te cativa do início ao fim. Recomendo para quem procura livros leves.
comentários(0)comente



Um Rascunho a Mais 03/01/2017

Um livro encantador sobre a adolescência
Alguns livros simplesmente precisam ser lidos. Para relembrar um tempo que passou, para variar um pouco as leituras ou simplesmente para te surpreender. Eu poderia escolher qualquer um desses motivos, mas fico com os três. Colégio Interno é um daqueles livros que você vai ler não só para reviver um momento que deixou saudade, mas também para se deixar levar pela leveza e criatividade da autora. Um amor adolescente, um novo colégio e novas amizades. Um livro para te relembrar dos momentos mais especiais que você viveu.
Depois dos diretores da escola em que Camila Bastos estudava deixarem claro para os seus pais que não queria a garota lá, ela estava de castigo e só podia contar com a amizade da empregada da casa Matilde. Ela não sabia onde ia estudar e após insistir com os pais que eles finalmente contassem, decidiram que a mandaria para o colégio interno Brusquet Boarding School. Apesar de resistir inicialmente, Camila parte nessa jornada que será uma grande mudança em sua vida.
Ao chegar ao colégio ela conhece a sua colega de quarto, Larissa e também Felipe Freitas, o melhor amigo da sua colega de quarto que não teve um primeiro encontro agradável com ela. Porém, a situação entre os dois muda quando Camila finge ser a namorada de Felipe e aos poucos, ambos começam a aproximar-se, até que Larissa passa a demonstrar o amor que sente por Felipe. Além disso, Camila conhece Lucas na educação física, um garoto com quem cria uma grande amizade. Durante o ano, Camila passará por grandes mudanças e o ano em que a adolescente imaginava ser um dos mais difíceis da sua vida, poderá também ser inesquecível.
Colégio Interno foi um livro que me fez retornar mais uma vez a época da adolescência. Narrado em primeira pessoa pela Camila, o livro é intercalado entre os outros personagens da trama e é possível conhecer bem cada um deles. Cada adolescente que fez parte da vida de Camila não foi em vão. A autora deu voz a cada um deles e podemos conhecer os seus sentimentos, medos e anseios. Dentre os personagens secundários Gabriel e Larissa se destacam na narrativa, sendo Gabriel o amigo sincero e Larissa, a garota apaixonada por Felipe desde que entrou no colégio interno, mas jamais conseguiu chamar a atenção dele para que a olhasse de outra forma.
Apesar da narrativa adolescente, o livro é completo em termos de bem e mal. Assim como os personagens bonzinhos, tem também os vilões e ao longo da narrativa, vamos descobrindo um pouco mais sobre cada um deles. Apesar da narrativa se passar em um colégio interno, a maior parte dela acontece fora das aulas e nos finais de semana.
Camila é uma adolescente com seus problemas, mas também é sincera e faz de tudo para não decepcionar com ninguém. Ela sabe como valorizar uma amizade e a prova disso é o carinho pela Matilde, que trabalha há muitos anos na sua casa e sempre cuidou da garota quando seus pais estavam ausentes.
Felipe é um garoto encantador. Apesar de estar em um momento difícil, procura sempre transparecer para os seus amigos que está tudo bem e evita encrencas ou qualquer problemas no colégio, procurando sempre manter calma mesmo nos momentos difíceis.
Em relação à diagramação, as folhas são amareladas, a fonte é de um bom tamanho e a edição é simples, com algumas ilustrações para separar os textos do capítulo.
Colégio Interno é um livro encantador que fala sobre adolescência, medos, amizades, amor e sobre ter que lidar com a mudança, mesmo quando ela é tão inesperada. É um livro para todos aqueles que procuram uma leitura rápida e mais leve cheia de surpresas. Caso esteja procurando uma leitura assim, recomendo Colégio Interno sem dúvidas.

site: http://umrascunhoamais.blogspot.com.br/2016/10/resenha-colegio-interno.html
comentários(0)comente



Morgana Brunner 20/12/2016

Colégio Interno - Márcia Carolina
Oiii gente, tudo bem?
Hoje venho trazer a resenha deste livro lindo que recebi em parceria com a Editora Autografia, estava ansiosa demais para realizar a leitura por causa da edição que está um arraso e por se tratar de um gênero infantojuvenil, uns do que mais aprecio atualmente.

A editora se tornou uma das minhas favoritas, por possuir uma variedade e quantidade incrível de obras, agradando a todos os gostos, vamos ver se gostam desse livro!



Colégio Interno é um livro de superações de Camila Bastos, uma garota que assim com apenas dezessete anos, consegue fazer todas as encrencas possíveis do mundo, odiar seus professores e debochar é sua principal arte, sem contar sobre a relação com seus pais, nada agradável. Ela não tinha jeito de nenhuma maneira e precisariam tomar alguma atitude.

"Olhar para aquela imensidão do céu azul - que ficava ainda mais lindo visto de perto - desejava-me emocionada." Pág. 16

Com isso, Camila conhecia uma pessoa muito importante em seu lar, Matilde, era uma empregada doméstica, mas assim poderia ter sido considerada e é como uma das melhores amigas de Camila, uma segunda mãe, que se importava com ela e a entendia, mesmo diante de suas crises, apenas essa mulher conseguia a acalmar e a fazer parar de chorar. Era com ela que seus segredos mais secretos eram compartilhados.



Mas, seus pais tomaram uma iniciante drástica aos olhos de Camila, iriam leva-la para um colégio interno, mesmo que fosse contra suas vontades, quem sabe assim a garota não se ajeitava na vida e suas notas melhorassem, sem falar na falta de educação que ela tinha com outras pessoas, naquele colégio tudo era diferente e mais rígido, teria que aprender a se comportar melhor a todo custo.

"Como já havia dito várias vezes, uma das coisas que mais me deixa irritada era o fato de ter que falar sozinha." Pág. 57
Ela esperneou, chorou para Matilde, mas a decisão estava tomada e ela partiria assim quanto antes. Quem sabe até seria melhor viver longe de seus pais, pois não pareciam que tinham tamanho amor por Camila, apenas tinham uma filha por sobrenome, pois todo o carinho que uma adolescente precisava não recebia, apenas de Matilde, que essa sim poderia ser sua mãe, mas de coração.



E assim o caminho estava traçado e Camila frequentou o tal colégio, era lindo de se ver e cada aluno possuía uma colega de quarto, ela por si estava ansiosa para saber com quem conviveria o resto do ensino médio e até quem sabe fazer uma amizade para a vida. Mas, quando chegou preferiu não chamar tanto atenção, apesar dos esbarrões que tomara.

"Tomar uma decisão nunca havia sido tão difícil, por que eu? Estava tudo indo tão bem até agora." Pág. 122

Era assim, chegou e conheceu a sua nova colega de quarto, Larissa, meio birrenta, mas bem atenciosa e prestativa, gostava de falar tanto quanto Camila e assim as duas seriam grandes amigas no colégio, apesar do que estava a acontecer logo em sua chegada, a vida lhe propunha grandes revelações.

"Como eu poderia ser tão boba? Quando tudo está tão bom nós devemos sempre desconfiar de que algo ruim poderá acontecer." Pág. 143

Com o tempo as cosias foram se ajeitando, mas Camila conhecera um rapaz chamado Felipe, por quem tivera tamanho carinho só de olhar seus olhos, na verdade se conheceram em uma situação engraçada, porém realista que poderia modificar todos os seus dias a partir daquele primeiro contato que tiveram, era surpreendente em tão pouco tempo as coisas aconteceram dessa maneira, tão rápidas.

"Quando você machuca uma pessoa, normalmente pretende aproximar-se dela para ser perdoado. Mas, no meu caso, não funcionava assim. O melhor a se fazer era se afastar e deixar as coisas se acertarem aos poucos. Não via a hora de isso acontecer e todo o peso que estava sentindo desaparecer." Pág. 211
Camila estava a se envolver com um rapaz diferente do que conhecia fora da escola, respeitador e carinhoso, mas tantas barreiras ainda estavam a enfrentar, Larissa será que seria uma? Eis que uma nova surpresa fica para vocês leitores, colégio interno não foi tão ruim para ela como imaginava, quem sabe tenha sido sua salvação.



Colégio Interno foi uma leitura gostosa que adorei fazer, li em pouquíssimos dias diante da quantidade de páginas, as letras são legíveis e os capítulos são lindos, cada folha é amarelada e bem grossa.

A escrita da Márcia é encantadora mesmo, só senti um pouco de falta dos pais no final do livro, pois assim desde o início se tratava de um relacionamento não muito agradável e o final foi surpreendente, mas como ela menor de idade, creio que deveria ter uma opinião dos pais ou algumas palavras que encerrassem as decisões de Camila. O resto o livro foi maravilhoso, chorei e ri diversas vezes, espero que a autora continue a escrever.

A editora autografia está de parabéns pela edição e pelos seus livros, o capricho é notável em cada edição.

site: http://segredosliterarios-oficial.blogspot.com.br/2016/12/colegio-interno-marcia-carolina.html
comentários(0)comente



Blog De Bem Com a Leitura 05/11/2016

Camila Bastos é uma jovem problemática, com uma personalidade extremamente forte ela é difícil de lidar e compreender. Seus pais já não sabiam mais o que fazer e na última esperança de alguma melhora, resolveram mandá-la para um colégio interno. Ela não ficou nada satisfeita com a notícia mas não podia fazer nada, ela iria e pronto, eles já haviam decidido. Mas o que ela ainda não sabia, é que mudar para esse colégio seria uma das melhores coisas que aconteceriam em sua vida.

Sem conhecer ninguém no novo colégio, Camila chega com um pouco de desconforto mas aos poucos vai se habituando ao ritmo do lugar e a primeira pessoa que ela conhece é Larissa, sua colega de quarto. Larissa é uma jovem dramática e intensa com seus sentimentos, deixa claro suas emoções e é bem querida pelos seus colegas. Mas o único que não percebe sou modo diferente de agir com ele é o Felipe Freitas, são amigos desde o primeiro ano e ele a trata com um enorme carinho. Mas carinho não é só o que ela espera dele.

Felipe é um garoto muito bonito, atencioso, amigo fiel, dedicado... não faltam elogios para ele. Felipe, Larissa e Gabriel estão sempre juntos, são amigos inseparáveis (hum, será?) e aprenderam a conviver dentro do internato. Quando Camila chega, acaba bagunçando um pouco com a amizade entre eles e com mais algumas coisas no colégio, afinal, ela gosta de se meter em confusões e até causar algumas.

Assim que Felipe vê a Camila, já fica interessado nela e ela não dá a menor confiança. Só que tem uma garota correndo atrás dele e para ajudá-lo a afastar a menina, Camila finge ser sua namorada. Só que esse fingimento tem um fundo de verdade, Felipe quer mesmo ficar com a Camila mas ela já tinha percebido que a Larissa gostava dele, então não deixa o namoro se firmar de verdade, vão levando na mentira e ela avisa para a amiga que é só para afastar a garota grudenta.

Nesse mesmo período, Camila conhece o Lucas, ele e seu amigo Thomas, são meio que rivais do Felipe. Camila e Lucas começam a ficar muito próximos e um clima vai nascendo entre eles, o que deixa Larissa muito empolgada, já que ela fica na expectativa de que eles namorem para Felipe não ficar correndo atrás da Camila e ela ter alguma chance com ele. Mas as coisas vão ficando cada vez mais complicadas e... Bem, não dá para falar mais sobre a história! Para saber o que acontece, só lendo o livro.

Leia mais no link > http://vocedebemcomaleitura.blogspot.com.br/2016/11/resenha-colegio-interno.html

site: www.vocedebemcomaleitura.blogspot.com.br
comentários(0)comente



4 encontrados | exibindo 1 a 4