O Arcano Nove

O Arcano Nove Meg Cabot




Resenhas - O Arcano Nove


152 encontrados | exibindo 76 a 91
1 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11


Vanessa Vieira 13/01/2012

O Arcano Nove_Meg Cabot
Em O Arcano Nove, segundo volume da série A Mediadora, de Meg Cabot, Suzannah está se adaptando a sua nova vida na Califórnia, por sinal bem ensolarada perto de Nova York. Ela começa a fazer novas amizades e frequentar as festas estudantis. E é em uma destas festas que ela passa a flertar com Tad Beaumont, um dos garotos mais bonitos e ricos da cidade, herdeiro das famosas Indústrias Beaumont. Porém, nem só de alegrias e diversão é composta a vida de nossa heroína: o seu dom como mediadora não a afasta dos fantasmas.


E um fantasma em especial não sai do seu pé, ou melhor, do seu quarto: Jesse. Jesse é um verdadeiro colírio, com seu peitoral atraente e seu jeito galanteador. E é claro que ele acaba mexendo com Suzannah profundamente, que tenta relutar, mas se vê perdidinha por ele. Porém, Jesse é um cubo de gelo e não demonstra nenhum sentimento a mais por Suzannah, ao contrário de Tad que a trata com muito carinho e afeição.

Devido a atenção que Tad lhe destina, Suzannah fica entusiasmada e acaba saindo várias vezes com o rapaz para jantar. Sua mãe fica extremamente feliz com a possibilidade de sua filha "desencalhar" e faz de tudo para que o relacionamento do jovem casal dê certo. Porém, como nem tudo são flores, uma fantasma chorona e persistente não desgruda de Suzannah, pedindo o seu auxílio. Ela não revela o seu nome e nem quem é o seu assassino, mas passa a suplicar a ajuda de nossa mediadora, de forma insistente.

Com a ajuda de seus novos amigos Cee Cee e Adam, ela passa a investigar quem assassinou a fantasma que a assola, tendo como única pista que um tal de Red não é o culpado. E é claro que o seu "pequeno segredo sobrenatural" permanece ocultado de seus amigos, que a ajudam sem nem ao menos imaginar o verdadeiro motivo. As pistas revelam que o crime em questão envolve a família Beaumont. E o que poderia ser um lindo romance, corre o risco de se tornar um perigo de vida...

Meg Cabot consegue envolver o leitor do início ao fim, de uma forma misteriosa , e ao mesmo tempo, engraçada. Suzannah passa por situações perigosas e inusitadas, mas não perde o seu humor e deboche. Jesse é um personagem maravilhoso! Além de fofo e gato, não tem como não se derreter ao som de sua voz aveludada pronunciando "hermosa."

As cenas em que Suzannah acaba tocando em um sumagre venenoso são hilárias! Surge um gato na trama, o Spike, que rende boas risadas também. O final do livro é uma verdadeira caixinha de surpresas e nos deixa ansiosos pela continuação, Reunião. A autora está conduzindo a série com a mesma magia do volume anterior e a estória consegue ser ainda melhor! Recomendo, com certeza!

http://newsnessa.blogspot.com/
comentários(0)comente

Laís 16/01/2012minha estante
Eu também adorei o final desse livro.
É incrível como a Meg consegue encaixar tudo, sem deixar nenhuma ponta solta, e ainda deixa um "Q" de quero mais pro próximo livro.

Será que ainda teremos mais de Tad nessa trama da Suze? Espero, eu realmente gostei dele.

Beijo.




MENINA LY 29/12/2011

Melhorou,,,,
Como comentei no primeiro (livro bobinho demais), este da uma senhora melhorada....A historia te prende do inicio ao fim, li rapidinho...dei muitas risadas com a protagonista...Espero que o proximo livro da serie mantenha o nivel....
comentários(0)comente



Mara 30/11/2011

Como a capa do livro demonstra o clima vai esquentar...amei esse livro,o mistério,o Tad,o Jesse mais presente rola um ciúme,empolgante mesmo recomendo para todos, tudo de bom.Fiquei presa nele só larguei quando terminei!!!!
comentários(0)comente



neli 09/10/2011


Suzannah é uma mediadora, uma pessoa capaz de se comunicar com os mortos e resolver as pendências deles na Terra.
Mais uma vez está envolvida com fantasmas doidos, que deixaram problemas a resolver, aqui na terra e que não querem ir embora..
O problema é que ela(parece que virou regra), faz algumas coisas cada vez mais estúpidas. Ô menina sem noção.
Jesse continua lindo e com seu tanquinho cada vez mais definido(ui!) e Suze cada dia mais apaixonada.
Um ótimo livro para ler e se divertir, como todos da série. Meg Cabot, como sempre, arrasou. Adoro a forma como ela escreve.
Recomendo demais, esse e todos os outros da série.
comentários(0)comente



Cristine 06/10/2011

Mais uma vez Susanah confundiu tudo e criou a maior confusão
sorte que ele tem o tudo de bom do Jesse para ajuda-la
comentários(0)comente



Vivi 19/09/2011

O Arcano Nove - Meg Cabot

03/02/2011

Sinopse

“Para uma adolescente, trocar de cidade pode ser um trauma. Para Suzannah, a mudança de Nova York para Califórnia está sendo ótima: novos amigos, muitas festas e dois caras bonitões e muito interessantes. Só que um deles é um fantasma. E o outro pode matá-la. Suzannah é uma mediadora, uma pessoa capaz de se comunicar com os mortos e resolver as pendências deles na Terra. A velha casa para onde se mudou com a mãe e o padrasto é assombrada por Jesse, um fantasma jovem e gentil. Como Jesse não liga muito para ela (e, além do mais, está morto), Suzannah se entusiasma com o interesse de Tad Beaumont, o garoto mais cobiçado da cidade. Mas o fantasma de uma mulher, cujo assassinato pode ter relação com um mistério no passado de Tad, a atormenta. E a vida de Suzannah pode estar ameaçada. Ser adolescente é complicado. O que dizer de uma garota que precisa dividir sua atenção entre a própria vida e a morte dos outros? No segundo livro da série “A Mediadora”, Meg Cabot, autora de “O Diário da Princesa”, volta a juntar ação, romance e suspense sobrenatural a esta já conturbada fase da vida.”

Minha opinião sobre a série até agora não mudou, estou curtindo muito. Particularmente adoro os livros da Meg, só achei que os livros são muito curtinhos. A parte boa é que se você tiver todos em mão dá pra matar a curiosidade bem rápido : )
No livro 2 a autora repete muitas coisas do primeiro livro, fica um pouco cansativo pra quem for ler um livro atrás do outro, mais pra quem espaça um pouco as leituras é interessante.

Bem!!!! Vamos ver a continuidade daqui a algum tempinho. (Quando a grana der!!!!)
comentários(0)comente



Marina *-* 17/09/2011

O Arcano Nove, a Suze nesse livro só faz merda, só ela pra conseguir se meter numa encrenca tão grande, sendo que a resposta era muito fácil pra ela, mas a Meg não deixa a história perder o ritmo, tem várias cenas engraçadas e muito boas, eu simplesmente amo quando o Jesse aparece no carro quando a Suze tá com o Tad, enfim o livro é muito bom e eu super recomendo *-*
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Mandy 08/08/2011

Muitas festas, vários amigos e dois rapazes. Jesse é o fantasma do quarto de Suzannah. Suzannah faz amizade com Tad Beautmont, o rapaz mais rico da cidade. Porém, o fantasma de uma mulher assassinada, que pode ter a ver com o passado de Tad, a atormenta.
comentários(0)comente



RenataSara 14/07/2011

Li há um bom tempo, mas mesmo assim é um dos meus favoritos, pois me encantei pela série em geral ... Perfeito ... Jesse my hermoso ...
comentários(0)comente



EmmyBS 28/06/2011

Irritante
Irritante. No primeiro livro é possível relevar um pouco o comportamento da protagonista, Suzannah Simon, mas no segundo é irritante. Eu sei que existe um complexo que toda protagonista tem que fazer coisas estúpidas, mas Suzannah passa dos limites aceitáveis mais parecendo uma infantil garota de onze anos e do que uma adolescente de dezesseis, e olha que conheço protagonistas de onze que são mais maduras. E ela não é irritante do estilo fazer coisas precipitadas em momentos extremos ou ser melosa demais, mas de imatura mesmo. Gritar, mentir, dizer coisas desnecessárias com raivinha... Atitudes de criança que fazem você querer que ela se ferre para aprender. Nem dá pra torcer por algum romance no livro. Dá pena dos dois parceiros de cena dela, mesmo com toda a falta de carisma deles. Jesse é apagado e certinho demais para dar vida ao fantasma principal da vida dela, até mesmo o pai ou o padrasto tem mais carisma que ele. Volto a dizer que o Soneca e o padre são os melhores e mesmo assim mal aparecem na trama. Talvez eu leia as continuações, talvez não, mas realmente não foi um livro que me deixou com gostinho de quero mais.

Falem mal de Isabella Swan e Zoe Redbird, mas que ela são bem mais interessantes que Suzannah Simon, eu não tenho a menor duvida.
Jéssica RJ 20/10/2012minha estante
Concordo com você. Pena que eu já comprei a série completa :-(




Nanawtf 01/05/2011

Muito bom!!
Eu disse a mim mesma que se esse livro fosse como o primeiro, eu simplesmente iria desistir. O primeiro livro de A Mediadora, A Terra das Sombras, não me cativou e tampouco me prendeu. Como eu tinha comprado a versão ''Gira-gira Saraiva'' eu não podia deixar de ler o 2° livro, e fui com uma certa esperança que esse seria diferente. E foi!!
Apesar da edição ser péssima - com muitos erros e com as linhas tortas! - o livro é muito legal, com muito sarcasmo, e neuras adolescentes, que são exclusivas a mim! haha
Dessa vez, a coisa é um tanto mais seria e Suzannah deve não só tomar cuidado como pedir a ajuda de Jesse, o fantasma LINDO morador do quarto dela. As coisas vão se complicando, até Suze se ver em uma encruzilhada. O final é digno e engraçado, e nos da esperança de que Jesse e Suze ainda vão muito longe do esperado.
Estou ansiosa por comprar a continuação, porque dizer que, agora sim, a serie foi boa de se ler, e que não vou parar até ter um desfecho. Meg Cabot esta de parabéns.
comentários(0)comente



Gabi 02/04/2011

O arcano nove
Suzannah esta literalmente apaixonada por Jesse o fantasma que mora no seu quarto, mais sua aventura começa quando uma mulher entra no seu quarto gritando para ela dizer que não era culpa dele pela sua morte, assim Suzannah parti para tentar descobre essa pessoa e acabar entrando numa verdadeira enrascada. E nessa confusão ela conhecer Tad e começa um namoro deixando Jesse com ciúmes...
Hum ótimo livro para ler e se divertir
Essa resenha esta no meu blog: http://umbaudeaventuras.blogspot.com/2011/04/o-arcano-nove.html passar la e deixe seu comentário ficarei muito grata
comentários(0)comente



Júlia da Mata 28/03/2011

Ok, Suzannah, você ganhou o titulo de teimosa do ano.
Se tem uma coisa que eu sei com toda certeza que eu sou, é impaciente. Eu raramente consigo esperar. Até que eu tentei, mas não deu para mim esperar o dinheiro para poder comprar O Arcano Nove. Eu já tinha o ebook, então foi só abri-lo e mãos a obra.

Esse já é o meu 4º livro da Meg Cabot que eu leio, e ela a cada dia me surpreende mais. Assumo que fiquei um pouco frustrada por ela repetir tanto fatos que ela deixou bem claro em Terra de Sombras, mas depois do inicio, o livro seguiu perfeito.

Outra coisa que me decepcionou muito é a teimosia da Suzannah. Ela fica tentando negar coisas que estão na sua cara. E também a sua falta de experiência com os garotos é irritante. Até eu que não sou a melhor pessoa quando se trata de garotos saberia agir melhor que Suzannah, desculpe querida.

Em o Arcano Nove, o fantasma de uma mulher está aparecendo para Suzannah pedindo que ela lhe dê a mensagem que Red não a matou. E Suzannah querendo ser uma boa Mediadora está atrás desse Red, que tudo indica ser o pai do seu novo interesse amoroso, Tad Beaumont. E com a ajuda de CeeCee e Adam, ela descobre que Tad Beaumont (o pai) é o suspeito de vários assassinatos.

O livro em primeira pessoa continua com aquela leveza que só Meg Cabot consegue dar. Com muitas paginas do humor leve de Suzannah e as seções super protetoras de Jesse. E Jesse é um personagem a parte, sempre irresistível, sempre com aquele ar antiquado que me faz suspirar.

Agora estou ansiosa para começar Reunião, mas tenho que terminar alguns outros livros antes.
comentários(0)comente



deniseayres 18/03/2011

Realmente era certo, essa série não pode ser desprezada.
É deliciosa de se ler.
Você lê 100 páginas sem sentir e quando tem que interromper a leitura é com muito pesar.
Suzannah está bem adaptada a nova vida que leva.
Sua popularidade está em alta e ela tem um "super parceiro" na prestação de serviço de mediadora, padre Dom.
Durante uma festa, na casa de uma das meninas mais populares da escola, Suzannah conhece o rico e charmoso Tad Beaumont, com quem tem oportunidade dançar pela primeira vez.
Eu explico!
Suzannah sempre foi vista como uma menina estranha, pouco popular e encrenqueira. Tudo devido seu dom de mediação.

Ver, falar e orientar mortos pode parecer muito estranho aos olhos dos outros.
Sem contar que esses mortos adoram aprontar.
Como explicar o que só Suzannah vê?
Com isso, Suzannah sempre desfrutou só da amizade de Gina, nunca saiu com garotos e conseqüentemente nunca foi beijada também.
Assim, podemos imaginar como essa inocente dança mexe com os nervos da moça.
Ao mesmo tempo, Su continua dividindo quarto com o fantasma do "caliente" espanhol Jesse, que mexe mais ainda com o coração dela.
Ela sabe que não pode se envolver com ele (ele ESTÁ morto!!!) mas o coração nem sempre é obediente e ele bate mais forte quando Jesse está por perto.
Nada é fácil na vida dessa menina.
Numa bela noite, surge o fantasma de uma mulher em seu quarto chorando desesperadamente, pedindo que Su transmita um recado importante para um tal de Red.
Mesmo querendo, ela não poderá ignorar esse apelo.

Suas investigações para saber quem é Red, a elevam a família de Tad e a um serial killer, a colocando em enorme perigo.
Meg não perde a linha, continua com o mesmo humor satírico do primeiro livro e a história só evolui.
Suzannah é a encrenqueira, mau humorada mais charmosa que já acompanhei e Jesse, ainnnn Jesse, quem me dera ser assombrada por um bom moço desses...

Terra das sombras
Arcano nove
Reunião
A hora mais sombria
Assombrado
Crepúsculo

http://mybookis.blogspot.com/
comentários(0)comente



152 encontrados | exibindo 76 a 91
1 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11