O Arcano Nove

O Arcano Nove Meg Cabot




Resenhas - O Arcano Nove


176 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


melzinharj 17/02/2010

Viciante!!! Não dá para parar de ler!
Lini 12/03/2015minha estante
Concordo e assino embaixo!! Acho que estou apaixonada rs




Diandra 06/02/2013

Um final e tanto!


Em O Arcano Nove Suzannah está se saindo bem melhor do que esperava, fez novos amigos já que no outro colégio ela não era nada popular, foi eleita vice-presidente de turma e o cara mais gato e rico da escola a convida para sair...

Aí ate pode-se dizer que as coisas vão muito bem, embora Suzannah esteja confusa em relação seus sentimentos por Jesse o fantasma SUPERGATO que mora no seu quarto e numa noite ela é acordada aos gritos (serio, literalmente aos gritos!) por uma fantasma que pede ajuda mais não dá muitas pistas de como isso deve ser feito.

No colégio o diretor que também é padre tenta colocar nossa heroína nos eixos, a ensinando a pegar mais leve com os fantasmas (pobre padre Dom!). No meio de conseguir ajudar a fantasma de seu quarto Suzannah se mete em mais confusão, as pistas a levam aonde ele menos espera causando um tremendo rebuliço.

Conhecemos a tia nada convencional de Cee Cee, que da mais uma pista da real funcionalidade do dom de Suze e como ajudar a fantasma.

Nesse 2º livro a história pega ritmo, damos muita risada com o sarcasmo de Suze, nos apaixonamos mais a cada dia por Jesse e o final eu realmente não esperava. (Surpreendente!).
comentários(0)comente



Marina 17/03/2010

Felizmente o segundo volume da série A mediadora é melhor que o primeiro, como eu tinha esperanças que fosse. Bem, Suze continua não sendo, para mim, uma protagonista das mais carismáticas, mas aqui ela está um pouco melhor que antes, e até ri de várias coisas que ela falava/pensava. Jesse, o personagem mais bacana até agora ganhou mais presença. E, o mais importante, a situação que Suze precisa enfrentar como Mediadora em O Arcano Nove é bem mais interessante e desenvolvida que em A terra das Sombras (onde o serviço de Suze era se livrar de uma fantasma adolescente birrenta).

Como pontos negativos:
-continuo achando que David (mestre) é muito forçado e caricato, me dá agonia. Tudo bem se a autora quer colocar um menino super inteligente, pode até ser super dotado. Mas ninguém conversa daquele jeito. TUDO que ele fala parece que está lendo numa enciclopédia, ficou muito robotizado.
-não consigo deixar de pensar nesse tanto de volumes como uma jogada mercenária. Nada justifica ter tantos volumes tão pequenos. A série tem 6, mas bem que poderia ter 3 livros.

Enfim, pra quem leu o primeiro e não achou nada de excepcional, recomendo que continue porque a melhora no segundo livro é bem significativa!
comentários(0)comente

Márcia 27/03/2010minha estante
VocÊ acha que o número de livros da série Desventuras em Série, por exemplo (que são 13, e muito menores que A Mediadora) também é uma jogada mercenária. Talvez a autora apenas tenha pensada nas hitorias separadas. E tbm tem o passo a passo no romance de Jesse e Suze. E alias, porque a Suze não é carismática? Ela é viva, super espirituosa e ri muito com as confusões dela. e foi exatamente o A terra das Sombras que me amarrou à historia. Jesse merece mais espaço mesmo.




Aninha @episodioselivros 28/04/2020

Ótima leitura!
Essa série é muito boa, a protagonista é muito divertida e sarcástica, eu adoro.
comentários(0)comente



Marisjac 10/02/2010

Ótimo!
O Jesse com ciúmes!
Que lindo!
Mas, o maior ciúme qie ele sente é quando o Paul manda flores para a Suze!
No outro livro!
Mas, amo quando ele demonstra seus sentimentos!
Pelo menos alguma coisa. Já que esperamos um bocado por um beijo dos dois!
comentários(0)comente



Celly 12/08/2010

Viver na Califórnia poderia representar uma vida de praia, sol,
muitas festas e principalmente garotos, para qualquer garota de 16 anos, menos para Suze Simon.

Nessa continuação, Suzannah é frequentemente acordada
por um fantasma escandaloso exigindo sua ajuda.
Ao tentar cumprir com seu papel – como mediadora – envolve-se
em mais problemas do que o esperado...

Apaixonar-se por um fantasma, por exemplo, definitivamente
não estava nos planos. Mas o clima com o Jesse aumenta. (Uhuhh!!) *-*
Principalmente por ele estar morrendo de ciúmes do seu mais novo affair.
Apesar de não fazer nada significativo, o que particularmente está me deixando louca!! =P

Conflitos familiares, situações perigosas e algumas até embaraçosas,
formam parte do cotidiano dessa garota forte e destemida que enfrenta
o mundo à sua maneira, mesmo que essa nem sempre seja politicamente correta!! =D
comentários(0)comente



EmmyBS 28/06/2011

Irritante
Irritante. No primeiro livro é possível relevar um pouco o comportamento da protagonista, Suzannah Simon, mas no segundo é irritante. Eu sei que existe um complexo que toda protagonista tem que fazer coisas estúpidas, mas Suzannah passa dos limites aceitáveis mais parecendo uma infantil garota de onze anos e do que uma adolescente de dezesseis, e olha que conheço protagonistas de onze que são mais maduras. E ela não é irritante do estilo fazer coisas precipitadas em momentos extremos ou ser melosa demais, mas de imatura mesmo. Gritar, mentir, dizer coisas desnecessárias com raivinha... Atitudes de criança que fazem você querer que ela se ferre para aprender. Nem dá pra torcer por algum romance no livro. Dá pena dos dois parceiros de cena dela, mesmo com toda a falta de carisma deles. Jesse é apagado e certinho demais para dar vida ao fantasma principal da vida dela, até mesmo o pai ou o padrasto tem mais carisma que ele. Volto a dizer que o Soneca e o padre são os melhores e mesmo assim mal aparecem na trama. Talvez eu leia as continuações, talvez não, mas realmente não foi um livro que me deixou com gostinho de quero mais.

Falem mal de Isabella Swan e Zoe Redbird, mas que ela são bem mais interessantes que Suzannah Simon, eu não tenho a menor duvida.
Jéssica RJ 20/10/2012minha estante
Concordo com você. Pena que eu já comprei a série completa :-(




RUDY 25/03/2020

ANÁLISE CRÍTICA E DA AUTORA
O segundo exemplar da série A Mediadora traz as aventuras de Suzannah, agora já mais adaptada a nova vida e a nova família na Califórnia. Claro que os fantasmas continuam a acompanhá-la por onde quer que vá, inclusive Jesse que continua na mansão, porém não quer aproximação com ela da forma que ela gostaria, afinal, sente-se atraída por ele.
As novas amizades trazem festas e badalações, e, ao mesmo tempo, uma nova paixão... Um rapaz bem nascido e com uma família abastada. Ambos estão encantados um pelo outro. Essa aproximação no entanto, traz mais uma missão para ela. Uma mulher morta não a deixa em paz, quer que ela informe ao filho que ele não é o culpado por sua morte.
Fato é que na casa de Tad, as coisas não são bem como aparentam. A complicação é maior do que ela pensava e dessa vez, ela quase morreu, por ter descoberto um grande segredo. Ela se salva, e, descobre que a mulher que a persegue, não é quem ela imaginava, mas enfim consegue entregar a mensagem que ela desejava, sentindo-se aliviada.
O livro traz muita ação, mistério e suspense, tem momentos que fiquei com a respiração presa de tanta preocupação com ela. Foi uma leitura bem envolvente e dinâmica. Achei melhor do que o anterior e até entendo, porque o primeiro livro geralmente é de apresentações e aqui, já a conhecemos e vamos logo para a parte mais emocionante.
Recomendo a leitura, peço apenas que lembrem que é um livro infanto juvenil e de fantasia, o que traz alguns trechos por vezes inimagináveis.

site: https://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/2020/03/resenha-15-o-arcano-nove-meg-cabot.html
comentários(0)comente



Kaah 24/03/2010

Algum tempo estava para ler a Série A Mediadora da minha autora favorita. Comprei logo de primeira os dois primeiros livros da série - Terra das Sombras e Arcano Nove. Como em todos os lugares sempre ouvi falar muitíssimo bem, fui com toda sede ao pote.

Me decepcionou um pouco Terra das Sombras, parece que o livro todo podia ser resumido em 5 páginas, a história da Heather é muito fraca, termina muito rápido o caso, parece que não tem mais folha para escrever um bom mistério e uma boa história.

Fui ler Arcano Nove e posso dizer que nesse livro começa a tão falada série A Mediadora, uma história cativante e muito bem elaborada. O mistério do 'Red' termina como nem podemos esperar, confesso que chorei no final. A história toda é muito bem escrita e diferente de Terra das Sombras o mistério é bem mais elaborado durante o livro.

Espero ansiosa agora para ler Reunião, tomara que a tendência das histórias seja só melhorar!
comentários(0)comente



Márcia 28/06/2009

Que historia foi aquela de Vampiro!? rsrsr Nada a ver!!
Muito "inventado" mas msm assim muitissimo mais divertido...

O Jesse é MUITO MUITO MUITO fofo!!!
comentários(0)comente

Craig 15/08/2009minha estante
Não entendi oq vc kis dizer, a resenha esta muito curta




Rodox 11/02/2010

Booom!
Com mediadora não tem como ser ruim, mas confesso que esse não é o melhor da série não. Eu gosto quando temos fantasmas irritados, o maior problema dela ali foi com gente viva! HAHUAHUAHUAHU
O final do livro ficou muito legal, tá, ficou lindo. Quando ela finalmente descobre quem a fantasma é e quem Red é, as coisas fazem sentido!
comentários(0)comente



Amanda 07/03/2020

Promissor
Melhor do que o primeiro livro da série. Com mais aventura e emoção.
comentários(0)comente



Analu. 08/03/2010

Tipo assim, eu amo o sarcarsmo da Suzannah *o* . hasuahus. ela é mara (y. e o jesse, perfeito como sempre , eu amo quando me apaixono pelos personagens .-. Q meg cabot, é a melhor escritora sem duvidas s2
comentários(0)comente



Corinne F. 10/04/2010

Esse livro também é simplesmente perfeito, nesse Suzannah se mete numa encrenca danada e Jesse salva a vida dela, é nesse que ela dá o primeiro beijo, e rá Jesse vê e sente ciúmes. Quem ler vai adorar com certeza!
comentários(0)comente



Andy 07/03/2010

A leitura continua simples porém vazia e sem nada de novo na história, a pose de "Bad Girl" que Suzannah faz acho muito forçada,tanto nesse livro quanto foi no primeiro, é até muito bobo... o único personagem interessante na história até o momento tem sido o fantasma Jesse, que tem tido pouca participação até agora. Bora pro "Reunião".
comentários(0)comente

Sah 08/03/2010minha estante
o Jesse é o único personagem interessante da história mesmo Xp.




176 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |