O Arcano Nove

O Arcano Nove Meg Cabot




Resenhas - O Arcano Nove


178 encontrados | exibindo 46 a 61
4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 |


Bia Himeragui 16/02/2016

A mediadora /Meg Cabot - Resenha múltipla

Basicamente, a série conta a história de Suzannah Simon, uma garota de 16 anos que está se mudando para Califórnia . Suze, perdeu o pai muito nova, aos seis anos de idade, e sua mãe, uma repórter local, casou-se com Andy, u viúvo, pai de três filhos : David, Brad e Jake que Suze ''carinhosamente'' os apelidou de Mestre, Dunga e soneca. A única coisa que Suze realmente lamenta por ter que se mudar, é ter que ficar longe da sua única e melhor amiga ,Gina! Apesar de parecer uma adolescente normal, como todos os outros, ela tem algo especial. Isso mesmo, um dom ! ELA É UMA MEDIADORA! Isso significa que além de ver fantasmas, ela os escuta e ainda fala com eles! Em Terra das sombras ela percebe que terá alguns muitos problemas, pois além de se mudar, terá que aprender a conviver com Jesse, um fantasma que mora em seu quarto a muito e muitos anos! Mas não basta morar com um fantasma, nãããão. Jesse ainda por cima, é lindo, cheio de charme, cavalheiro, protetor e altruísta! Mas esse é um dos menores problemas de Suzannah, em sua nova escola, ela descobre que seu diretor , Padre Dominic, tem seu mesmo dom, e ela começa a desenvolver alguns problemas com Heather, uma fantasma ex-aluna do seu atual colégio!
Arcano nove: Uma fantasma, acorda Suze no meio de seu sono! Gritando para que ela avisasse a um tal Red que ela o avisasse que ele não é o culpado. Mas Suzannah acaba fazendo uma confusão, e encontrando o cara errado, em meio a essa situação ela esbarra em um monte de segredos e perigos que nem deveria ter entrado!
Reunião : apesar da boa notícia que sua amiga Gina, vá passar uma semana com Suze, ele percebe que durante esse tempo não poderá ficar tão perto de Jesse , sem falar no fato de que agora seus irmãos estão disputando a atenção de Gina. Dessa vez, ela é atormentada por 4 adolescentes (mortos é claro) , que morreram num acidente de carro, indo para a formatura. O quarteto, denominado ''Anjos da RLS'' estão decididos a matar o motorista que dirigia o outro carro que talvez tenha causado o acidente. O problema é que o garoto ue causou o acidente é um ''bobão'' e agora se vê apaixonado por ela!


A hora mais sombria: Suzannah resolve trabalhar de babá no Hotel Pebble Beach , no emprego ela conhece Jack, um garotinho, que apesar de muito novo é esquisito e anti-social , sem falar que ele esconde um grande segredo. Jack, tem um irmão mais velho, Poul Slater que é super atraente e aparentemente está muito interessado nela. E ela fica feliz por ele estar vivo, já que Jesse , o cara por quem ela tem uma ''queda'' está morto! Esse livro foca na história de Jesse, nos motivos da morte dele, e nele conhecemos Maria de Silva e seu Amante Félix Diego , esses dois farão Suze passar por maus bocados juntamente a Jesse . Suzannah enfrentará a hora mais sombria da sua vida!
Assombrado: Pou Slater,agora se mudou para a sua mesma cidade e como se não bastasse para seu colégio também, e além disso ele está disposto a conquistá-la, Suze e Jesse tem um desentendimento e ele decide abandonar seu quarto e morar na reitoria de seu colégio juntamente ao Padre Dominic . O ponto forte desse livro, são os segredos de Poul e o desentendimento que ele tem com Jesse.
Crepúsculo : O último livro da saga! Poul parece ser expert em absolutamente tudo , e mesmo que ele tenha prometido a Suze que não iria ''matar'' o fantasma Jesse, ele tem outros planos. Ela tem que impedi-lo, e a pessoa com quem poderia contar com ajuda , o Padre Dominic está agora viajando ! Mas depois de seus esforços, Suze acaba fazendo com que as coisas deem certo e até acaba assumindo que ama Jesse!

site: http://pessografia.blogspot.com.br/2016/02/a-mediadora-meg-cabot-resenha-multipla.html
comentários(0)comente



Patricia 26/09/2013

Não tem como não amar a Suzannah!
No segundo livro da série A Mediadora, Suzannah se vê novamente encrencada quando é acordada aos gritos no meio da noite por uma mulher estérica que implora a ela que diga à Red que ele não é culpado por sua morte.

Como desconhece tanto a falecida, quanto o Red ao qual a mulher se refere, depois de pesquisar muito e ainda não ter encontrado nada a respeito, ela pergunta aos seus amigos, se algum deles conhece alguém com esse nome. Cee Cee a informa de que Red é o apelido de Thaddeus Beaumont, um milionário dono de várias empresas e pai de Tad Beaumont, com quem Suze havia dançado em um festa na casa de Kelly Prescott (presidente da turma do segundo ano) alguns dias antes.

Ao descobrir a identidade de Red, resolve contatá-lo, com a desculpa de que está fazendo uma matéria para o jornal da escola sobre as 10 pessoas mais influentes de Carmel. Após isso, ela vai até a casa (mansão) dele e o informa da mensagem que a mulher pediu para lhe dar.

Quando ela conta a respeito dele para o Padre Dom, ele desconfia de que o Sr. Beaumont é um vampiro e ela percebe que devia ter se preocupado mais com os alertas de seu pai e Jesse, já que o homem parece ser meio paranoico Daí em diante, Suzannah se envolve cada vez mais com o caso de Thaddeus e acaba descobrindo muito mais do que esperava.

"O Arcano Nove - dizia a explicação. O eremita, a nona carta do tarô, guia as almas dos mortos para além da tentação das fogueiras ilusórias ao lado da estrada, de modo que possam ir direto ao seu objetivo mais elevado." - pág. 267

O que mais gostei no segundo livro foi a aparição de Jesse, que aumentou relativamente em relação ao primeiro livro, não que o relacionamento entre ele e Suze tenha se desenvolvido mais, mas os dois começam a perceber o sentimento que cresce entre eles.

"Foi quando percebi que, apesar do quanto eu vinha tentando não me apaixonar por Jesse, não estava fazendo um trabalho muito bom." – pág. 193

Além disso, continuo amando a personalidade de Suze, cada vez mais sarcástica e engraçada. Também percebemos o início de uma evolução da personagem em relação ao seu "dom", o que talvez se desenvolverá mais no terceiro livro.
comentários(0)comente



Denise Alves 11/01/2010

Escrevi sobre o primeiro livro da série e como ele é o primeiro óbvio! ele é bem legal. Mas vai vindo o segundo, o terceiro, o quarto... que nao os li ainda... mas o segundo deixa muito a desejar. Porque quando se mantém a fórmulas as coisas passam a ser muito previsiveis.

O senso de humor é legal. A impossibilidade de um romance com um fantasma também... mas se tornou a mesma coisa. POr isso vou dar um tempo na leitura da série e quando eu estiver com saudade de vê fantasmas com negocios mal resolvidos eu volto. Porque deve ser exatamnente a mesma coisa nos demais.
comentários(0)comente



Bia 10/12/2010

onde baixar portugues
http://www.easy-share.com/1912715760/Meg%20Cabot%20-%20A%20Mediadora%2002%20-%20O%20Arcano%20Nove.rev.doc
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



MARCIA MARIA 17/01/2013

Novas Descobertas
Como jovem mediadora e sem experiencias e conhecimento doutrinários Suzannah se depara aos poucos com conhecimentos e elucidações que vão lhe dando mais segurança no seus processos de mediação. Cheia de coragem, ousadia e irreverencia ela resolve mais um caso fazendo a justiça prevalecer.
comentários(0)comente



Marina *-* 17/09/2011

O Arcano Nove, a Suze nesse livro só faz merda, só ela pra conseguir se meter numa encrenca tão grande, sendo que a resposta era muito fácil pra ela, mas a Meg não deixa a história perder o ritmo, tem várias cenas engraçadas e muito boas, eu simplesmente amo quando o Jesse aparece no carro quando a Suze tá com o Tad, enfim o livro é muito bom e eu super recomendo *-*
comentários(0)comente



Blog Amo Livros 28/11/2014

[Resenha] O Arcano Nove - A Mediadora - Vol. 2 - Meg Cabot
Neste segundo livro já se passou um mês desde que Suzannah chegou em Carmel - Califórnia e a vida tem de certa forma melhorado para ela, pois agora ela tem novos amigos, tem a praia, tem a amizade do padre Dom, tem um fantasma bonitão no quarto dela, mas nem tudo são flores, ela está com uma alergia terrível por causo de um tal sumagre venenoso e ainda não encontrou seu tão sonhado namorado, objetivo que parece está bem de se atingir quando ela começa a sair com Tad Beaumont. O que Suzannah não esperava era a visita no meio da noite de um fantasma de uma mulher completamente histérica, o fantasma em meio aos gritos pede a Suzannah que leve um recado, ela deve dizer ao Red que ele não tem culpa pela morte da tal moça fantasma.

Suzannah começa uma busca para encontrar Red, e o encontra, porém tudo indica que as coisas não serão tão fáceis principalmente de ela tiver levado a mensagem ao Red errado.

Esse segundo livro é melhor que o primeiro, Suzannah se mete em uma confusão mais interessante, pois fica no ar até praticamente o fim do livro as perguntas, Quem o fantasma da mulher? E quem é realmente o Red à quem ela se refere?

Por causa de um equivoco Suzannah fala com um Red que lhe trará muita dor de cabeça, mas também uma chance de conhecer melhor Tad Beaumont. Nesse livro também nos deparamos com uma ceninha de ciúmes do Jesse que é bem engraçada. ^^
................................................................................................................................................................................................

O livro ainda traz as mesmas repetições de falas por parte de Suzannah, e isso se repete até o último livro, por outro lado a estória está melhor no segundo volume, tem mais ação e mais momentos engraçados.

site: http://amolivrosdeverdade.blogspot.com.br/2014/09/para-uma-adolescente-trocar-de-cidade.html#.VHi9ULKPXNs
comentários(0)comente



Mih Del Debbio 16/08/2010

Fantasmas e Vampiros...
Gostei bastante do livro, mas não achei melhor que o primeiro.

A relação da Suze com o Padre Dominic cresce bastante e isso traz muitas risadas, ele quer que ela seja bondosa com os fantasmas, mas Suze adora uma boa briga... então voce morre de rir com os dois discutindo a melhor maneira de fazer os fantasmas seguirem em frente.

Já a relação com o Jesse se torna perigosa, pq ele continua morando no quarto dela... e ela continua achando seu peitoral maravilhoso... e está morrendo de medo de se apaixonar por ele, afinal a relação nunca vai dar certo.

O livro é bem divertido, mas tem algumas partes meio exageradas... como o pai do gatinho Tad "ser" vampiro, já bastam os fantasmas neh?

Fora isso vale a pena... Meg Cabot é otima.
comentários(0)comente



Psychobooks 10/05/2010

O segundo livro, O Arkano Nove, foi um dos que mais ri, nuss, cansei de parar de ler esse livro porque não queria que as pessoas à minha volta me chamassem de doida. As 'tiradas' dela são as melhores! E coisa e tal... rs
Aff... Hoje vocês me perdoam? Meus pensamentos estão caindo em gotas para comentar detalhadamente, rs.

Gostou? Quer ler mais? Acesse:

http://psychobooks.blogspot.com/2010/03/meg-cabot-mediadora.html
comentários(0)comente



AnaLú 11/08/2014

Resenha O Arcano Nove - Vol 02 da A Mediadora. [Livre de Spoilers]. Requer leitura do volume 01.
CABOT, Meg. A Mediadora: O Arcano Nove. Volume 02. Rio de Janeiro: Galera Record, 2011.

O Arcano Nove é o segundo livro da série A Mediadora da autora Meg Cabot, onde continuamos a acompanhar as aventuras de Suzannah e a sua luta para manter a vida que conquistou em tão pouco tempo na Califórnia, enquanto esconde fantasma em seu quarto, tentado realizar o seu trabalho de mediadora.

O livro mantém a mesma estrutura do anterior, é narrado em primeira pessoa, pela própria Suze (a mediadora) com capítulos curtos e linguagem simples, facilitando a agilidade da leitura. Meg Cabot apesar de realizar algumas descrições em sua narrativa, não as faz de forma enfadonha, tornando o texto agradável enquanto acompanhamos Suzannah em seu trabalho como mediadora.

Nesse segundo volume, encontramos uma Suze menos durona, que está, milagrosamente, estabelecida como popular na Escola da Missão, recebendo convites para festas. Coisas que não aconteciam na sua vida anterior em Nova York. Contudo, como vida de adolescente em fase de adequação de cidade não é fácil, ao ser convidada para a badala festa, da piscina, de Kelly, Suze se veste ao estilo praiano, cometendo uma gafe social, pois ao que tudo indica, festa da piscina na Califórnia significa festa ao redor da piscina sem o uso da mesma, coisa que ninguém se deu ao trabalho de informar a Suze.

Entre mortos e feridos, todos se salvam, pois a gaze social que a deixou desconfortável, na verdade serviu de motivo para que o garoto mais gato do vale, depois de Bryce, a chamasse para dançar, deixando Kelly nervosa e um fantasma enfurecido. E, como fofoca de festa nunca é pouca, Suze descobre que o seu meio-irmão Dunga, que estava de castigo, estava na festa muito bem acompanhando, ao mesmo tempo que descobre o sumagre venenoso...

Se só fosse o sumagre venenoso, o que Suzannah teria que enfrentar estava ótimo, porém vida de mediador não é fácil não, e o Padre Dominic resolve esclarecer a função de mediador, ao passo que consegue da nossa protagonista uma promessa, de que a mesma iria ser mais gentil com as almas perdidas. Para a surpresa de Jesse, o fantasma com quem ela divide o quarto.

Em pouco tempo, Suze se viu obrigada a aplicar as técnicas do Padre Dom, afinal fantasma não dá férias. O que ela não havia percebido, até então, era que este fantasma a iria trazer alegrias, revelações e caos. Fazendo com que Suzannah abaixe um pouco a sua guarda e aceite a ajuda dos amigos vivos e mortos.

Apesar de Meg Cabot possuir uma grande capacidade para criar histórias intrigantes e bons diálogos, continuo com a opinião, que suas introduções poderiam ser melhores. Somente com o desenrolar do enredo, logos nas primeiras páginas, o leitor é capaz de se situar. Já, os personagens continuam carentes de descrição física o que torna difícil a visualização dos mesmos, pelo leitor.

A história de Suzannah é fascinante, a destacando-a das demais, sem pretensão de ser terror e sim uma história de aventura, suspense e romance. É uma ótima pedida, para aqueles que como eu, amam esse gênero.

Meg Cabot é uma autora americana de livros de romances de amor de paranormalidade para adolescentes e adultos. Trabalhou como ilustradora e usou o pseudônimo Jenny Carroll, para escrever a série A Mediadora.
comentários(0)comente



Lara B. 14/12/2009

Li quando tinha dez anos e adorei. Hoje eu leria novamente sem problemas. É, sim, um romance adolescente, mas para mim, tem muita originalidade e é divertido.
comentários(0)comente



Caroline.Weber 07/07/2019

Em Arcano Nove acompanhamos novamente Suze e suas peripécias como mediadora, agora ela tem que passar uma mensagem de uma fantasma que lhe aparece nas madrugadas gritando e chorando.
Jessie, o fantasma gostosão que mora no quarto de Suze tanta ajudá-la e fazê-la encarar seus dons de uma forma séria, mas Suze é muito cabeça-dura e Jessie tem que ser muito fofo e paciente para aguentar (sério: haja paciência).
Depois, nesse livro tem todo um mistério envolvendo a família multimilionária Beaumount que tem um passado bem tenebroso e claro que Suze vai se meter em apuros e descobrir muita coisa perigosa nesse livro, além disso, Suze se envolve com Tad ? um garoto lindo, gostoso e rico, mas completamente idiota ? e isso deixa tudo mais complicado.
comentários(0)comente



Tata 02/02/2010

Hummm. Acho que a Meg Cabot viajou com essa história da Suzannah enfrentar um empresário assassino sociopata, um empresário esquizofrênico drogado e seus capangas parrudos. Embora a história com fantasmas propriamente dita também não seja tão legal quando a de "Terra das Sombras", "O Arcano Nove" continua bem divertido e engraçado e Suzannah não poderia estar melhor.
comentários(0)comente



Maria Carolina 01/06/2010

Razoável!!
O Livro é bom...a leitura e rapida igual o 1º, nesse Livro eu gostei mais da historia, tem suspense..ação....o ciumes do Jesse é muito bonitinho!! mais mesmo assim não gosto da Suzannah...Ach ela muito sem graça, ela nao foi nesse 2º livro tão bruta como no 1º!! Vou continuar pq quero saber mais sobre a vida do Jesse!!
comentários(0)comente



178 encontrados | exibindo 46 a 61
4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 |