O Arcano Nove

O Arcano Nove Meg Cabot




Resenhas - O Arcano Nove


152 encontrados | exibindo 76 a 91
1 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11


Morsesrom 19/11/2014

leitura "mamão com açúcar", mesmo sendo sobre mortos
Li em uma tarde, livro de linguagem fácil e que vai direto ao ponto. infanto-juvenil
comentários(0)comente



Jules 02/01/2009

YAY!
infinitamente melhor que o primeiro da série. Suzannah ficou extremamente engraçada e muito mais humana. tô louca pra ler o próximo!
comentários(0)comente



Lanny 26/03/2016

Legal
É uma história bem simples, mas bem elaborada. A Susannah ao mesmo tempo que é atrapalhada e entra em confusões que até Deus duvida, sabe se virar muito bem sozinha. É claro que ela sempre tem ajuda, mas como ela mesma diz, ela tem a situação sob controle. Esse controle é debatível, mas tem. kkkk O que tá cansando é essa situação indefinida com Jesse, eu não sei se ele realmente queria beijar ela, ou se é coisa da cabeça dela.
comentários(0)comente



Nathália 19/04/2014

Resenha:O Arcano Nove
Como eu estava ansiosa para continuar a Mediadora.Das histórias que envolvem fantasmas essa é a melhor(ainda mas com o Jesse,Meu Deus)
Eu gostei muito desse livro;foi uma leitura bem fácil.Eu amo a escrita da Meg Cabot,ela tem o poder de deixar o livro leve,romântico e ligeiramente divertido(Eu amo o humor da Suze e principalmente quando ela se mete em brigas)
Vemos que Suze e Jesse se aproximam mais nesse livro e eu quero muito que eles fiquem juntos.É realmente engraçado quando Jesse vê Suze e Tad se beijando;Tad trouxe Suze na casa dela,pois ela tinha ido "fazer uma matéria para o jornal da escola"
E depois a discussão deles;ficou bem claro o ciúmes.
O fantasma da vez,pede a ela pra dizer a Red que ele não a matou.Porém não foi uma tarefa fácil,além de não ter a miníma ideia de quem é esse Red,ela acaba se metendo em outros assuntos,descobre segredos sujos e sua vida entra em risco.
Todos sabem que eu não gosto muito de romance,porém eu amo mais as partes de Suze e Jesse,quero muito que eles fiquem juntos. Estou ansiosa para isso.


site: http://livros-infinitos.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Só Sobre Livros 07/06/2013

Uma mediadora muito louca
Confira resenha no blog http://sosobrelivros.blogspot.com.br/2013/06/uma-mediadora-muito-louca-aline-basilio.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



paros28 13/01/2011

"Está tudo sob controle..."
A nossa personagem continua sua vida, família nova, já que a mudança foi porque a mãe dela casou novamente, e ela arranjou alguns irmãozinhos emprestados, um deles é uma figura, que ela apelida de Mestre (já que tem 12 anos é um nerdizinho, que parece um Wikipédia ambulante, e praticamente sócio do Google), os outros... são chamados carinhosamente por Susan de Dunga e Soneca, já dei informação demais.

Se quiser ler mais da resenha acessem o blog -> http://guardiadameianoite.blogspot.com/2011/01/resenha-serie-mediadora-terra-de.html
comentários(0)comente



Thaís 11/07/2012

Perfeito 2
A cada livro parece que a história melhora. Quando eu acho que não tem como melhorar a autora realmente consegue nos surpreender.

Apaixonada pela saga ♥
comentários(0)comente



su 31/07/2010

Poxa eu pensei q o 1º beijo da Suze ia ser com o Jesse,mas fazer o q.
Ela tbm só arranja cara complicado, ex-namorado de uma fantasma louca e esse é filho de 1 aspirante a vampiro. Mas o Jesse foi fofo salvando ela outa vez.
comentários(0)comente



Pati 29/09/2009

Nesse segundo livro, Suze tem que encontrar uma pessoa para passar um recado de um fantasma, só que nesse meio coisas estranhas acontecem, além de muita confusão como sempre esta em volta dela, para piorar durante isso tudo Suze esta recebendo a visita de sua melhor amiga de Nova York, Gina.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



WoW Books 23/08/2012

O arcano nove
Livro: O arcano nove
Série: A mediadora (Composto por 6 livros)
Volume: 2
Páginas: 269
Autora: Meg Cabot
Editora: Galera Record

Ao contrário do que imaginava, Suzannah está amando sua nova vida, mesmo tendo que aguentar os fantasmas enchendo a paciência, ela é uma mediadora e fala com mortos.

Além de estar sendo popular na escola, possui um pretendente, o Tad Beaumont, muito cobiçado pela meninada da escola, não apenas pelo fato de ser o mais rico da cidade como também um dos mais bonitos.

Mesmo com sua queda enorme por Jesse – fantasma que vive em seu quarto resolve deixa-lo de lado, já que ele não demonstra o mínimo de interesse nela e não lhe contou ainda sobre seu passado.

Como não está tão apta a escolher muito, resolveu aceitar o convite de Tad para seu primeiro encontro e posteriormente o primeiro beijo!!!

E isso faz com que Jesse tenha uma atitude inesperada, que soou como um ciúmes, aumentando as esperanças de Suze em ter o seu verdadeiro amor correspondido!

Tudo caminha muito bem, na escola, no amor, em casa... até que puft! O maldito fantasma de uma mulher surge para assombrar sua vida.

O pior é que ao que tudo indica, a morte dela está diretamente relacionada ao assombroso passado do pai de Tad. Ou seja, o que era conto de fadas passou a ser um pesadelo.


Marinara Ferreira.

Equipe WoW Books

Acesse nosso blog: http://worldofwords2012.blogspot.com.br
comentários(0)comente



Nanawtf 01/05/2011

Muito bom!!
Eu disse a mim mesma que se esse livro fosse como o primeiro, eu simplesmente iria desistir. O primeiro livro de A Mediadora, A Terra das Sombras, não me cativou e tampouco me prendeu. Como eu tinha comprado a versão ''Gira-gira Saraiva'' eu não podia deixar de ler o 2° livro, e fui com uma certa esperança que esse seria diferente. E foi!!
Apesar da edição ser péssima - com muitos erros e com as linhas tortas! - o livro é muito legal, com muito sarcasmo, e neuras adolescentes, que são exclusivas a mim! haha
Dessa vez, a coisa é um tanto mais seria e Suzannah deve não só tomar cuidado como pedir a ajuda de Jesse, o fantasma LINDO morador do quarto dela. As coisas vão se complicando, até Suze se ver em uma encruzilhada. O final é digno e engraçado, e nos da esperança de que Jesse e Suze ainda vão muito longe do esperado.
Estou ansiosa por comprar a continuação, porque dizer que, agora sim, a serie foi boa de se ler, e que não vou parar até ter um desfecho. Meg Cabot esta de parabéns.
comentários(0)comente



13/10/2012

Suzannah está adorando sua vida nova na ensolarada Califórnia. Uma festa atrás da outra, amigos e um potencial namorado – nada menos que Tad Beaumont, o garoto mais bonito e rico da cidade. Mas, como toda adolescente, Suzannah enfrenta muitos problemas. Um em especial é só seu: os fantasmas não a deixam em paz. E ela tem até uma queda por um deles.


Suzannah é uma mediadora, uma pessoa capaz de se comunicar com os mortos, resolver as pendências deles na terra e ajuda-los a descansar no além. É o caso de Jesse, a assombração de plantão na casa onde Suzannah mora com a família.
Jesse é um fantasma jovem, bondoso e, acima de tudo, um gato. Mas é inatingível. Não apenas por estar morto. Aparentemente, ele não sente qualquer atração por Suzannah – ao contrário de Tad, que a convida para o seu primeiro programa a dois.
O fato de Tad não ser Jesse é compensado por ele ser de carne e osso. E Suzannah se entusiasma com as possibilidades que o convite do rapaz representará para sua vida amorosa. Até que o mundo dos mortos se manifesta e complica tudo outra vez. O fantasma de uma mulher assassinada não larga do pé de Suzannah, que não tem como ignorá-la. Pior ainda, tudo indica que a morte dela tem relação com um misterioso passado de Tad. Para Suzannah, o que era uma chance de amor pode significar risco de vida.

Da leitura: Este segundo volume continua em primeira pessoa, também de fácil entendimento, simples.

Pontos positivos: A família de Suzannah é hilária, e seu modo de trata-los é muito bom, divertidíssimo. Outro ponto vai para outros personagens secundários, ou seja, os amigos da Suze, fiéis, simpáticos e divertidos, com diálogos pra lá de bons.

Trechinho:

"- Então boa noite, Suzannah – disse Jesse naquela voz profunda e sedosa.
- Boa noite. – minha voz não é profunda nem sedosa. Naquele momento, de fato, ela saiu meio esganiçada. Geralmente é assim quando estou falando com Jesse. Com mais ninguém. Só com o Jesse.
O que é fantástico. No único momento em que eu quero parecer sensual e sofisticada, fico esganiçada. Fantástico.
Rolei, puxando as cobertas sobre o rosto, que dava pra perceber que estava ruborizado. Quando espiei por baixo delas um estante depois vi que ele tinha sumido.
Esse é o estilo Jesse. Ele aparece quando eu menos espero e desaparece quando menos quero. É assim que os fantasmas agem."

Minha opinião: O segundo volume é muito bom, mais certas coisas acabam se tornando um pouco repetitivas.
comentários(0)comente



152 encontrados | exibindo 76 a 91
1 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11