A Vila dos Pecados

A Vila dos Pecados Soraya Abuchaim


Compartilhe


Resenhas - A Vila dos Pecados


26 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Syl Streit Tobaldini 22/01/2019

Uma vila de mistérios
Este é um livro para quem gosta de longas descrições e amplas caracterizações dos personagens. É muito bem escrito, e acho que com elementos que trouxessem um ritmo mais acelerado aos acontecimentos poderia ser um excelente thriller. Gostei muito da premissa e da forma como foi trabalhada a ambientação da história. Um bom livro de mistério que envolve religião e política no comando de uma pequena vila.
comentários(0)comente



Marcos Mateus 03/12/2018

até quando os dogmas religiosos são benéficos?
Esse livro é um livro que tem uma história muito bacana para refletirmos sobre esse ponto, é claro que a religião tem seus benefícios e é direito de cada um acreditar no que quiser e viver a vida como acredita, porém até que ponto os dogmas, ideologias das religiões podem ser saudáveis ou perigosos, esse é um livro que vale apena ser lido, é uma estória fictícia que se passa em outrora,mas que se encaixa perfeitamente a sociedade atual?
comentários(0)comente



Gisele Alves 10/11/2018

Surpreendente
Por que digo que esse livro é Surpreendente? Porque comecei sem grandes expectativas e de repente me senti envolvida na trama e parecia que estava lendo um daqueles clássicos nacionais que éramos obrigados a ler no ensino médio. Não digo que o desenrolar da história me surpreendeu, mas fiquei fascinada com a escrita. Parabéns ao autor.
comentários(0)comente



Gustavo Barberá 27/10/2018

Uma vila de segredos.
Imagine uma vila onde segredos estão prestes a ser revelados e no decorrer dessas descobertas, assassinatos e eventos sobrenaturais acontecem simultaneamente. É o que se passa em "A vila dos pecados", de Soraya Abuchaim, uma obra que irá te despertar a curiosidade e o interesse em saber qual será o destino de cada personagem e o que trouxe essa maldição para esse povoado tão religioso e com esperanças de um dia se livrar de todos esses demônios. Confira a resenha completa, acessando o blog do Leitura Enigmática. O link é: http://www.leituraenigmatica.com

site: http://www.leituraenigmatica.com
comentários(0)comente



Cintya Plem 24/10/2018

Pecadores
Eu li a sinopse desse livro e logo fiquei animada para conhecer a história, já ia criando varias imagens de terror que poderia ocorrer nessa vila o que acabou não acontecendo e se encaminhando para um rumo bem diferente, apenas focando no suspense. Então não se engane com a capa bem sugestiva e a sinopse, essa trama é bem leve.
Alfonso é um padre dedicado que por má conduta de outrem teve de seguir a ordem de assumir a igreja de Ponta Poente, uma vila infestada de pecados, onde antes o antigo padre Bento aceitava e até participava desse antro de perdição, ao lado do prefeito Dr, Pina que levava a vida plenamente se beneficiando de todos os jeitos. A vila tem sua história, ninguém liga realmente para as boas maneiras, há desonestidade, há mentiras, há traições e quando o novo padre chega à vila é capaz de sentir todo mal dela.
Assassinatos começam a ocorrer e todos ficam perplexos, porem é tão obvio quem é o assassino que não me surpreendeu em nada. Os personagens não encantam, não é possível criar uma ligação com eles que tem pensamentos tão limitados e preconceituosos, respeito a época da história, mas em todo caso não me convenceu e não me agradou.
A escrita da autora é maravilhosa o que deixou a leitura bem fluida, porem essa história não me encantou, uma oportunidade bacana para passar o tempo e só, além de tudo o desfecho do caso não poderia ser menos sem graça, insatisfatório e bem previsível.
comentários(0)comente



Caderno da Lua 04/10/2018

Eu estou encantada por essa escrita! Que livro!
Eu estou encantada por essa escrita desde que comecei pela primeira página!

A experiência da leitura torna-se muito mais agradável quando podemos mergulhar de corpo e alma ao livro, sendo enredados pelas ideias ágeis do autor a nos envolver a mente e as emoções

site: https://cadernodalua.com/2018/09/15/resenha-vila-dos-pecados/
comentários(0)comente



Bruno.Goncalves 23/09/2018

Um livro com personagens bem construídos e uma história muito interessante, porém não me agradou pois me causou suspense para saber o que acontecia por de trás da vila poente, não é característico como terror apesar de muitas mortes, mas possui um final excelente.
comentários(0)comente



Mari M. 30/08/2018

Vila da chatisse
Queria tanto ter gostado desta leitura! Insisti até os 70% com muito esforço e após isso fui pulando até concluir oq eu já sabia: quem era o tal assasino.Muito óbvio.Personagens chatos, explicações longas do passado deles totalmente desnecesarias apenas para "engrossar" o livro.
Pra mim não passou de um livro policial chato e previsivel, de terror, suspense, mistério como prometido, nada!
Me incomodou demais afirmações que eram repetidas sobre a vila, todo o tempo, e sinceramente, a vila era como qualquer lugar comum do mundo! Não tinha nada demais, bizarro ou amedrontador! Não sei como este livro entrou em algumas categorias...detesto resenha negativa mas não deu p ser diferente.
comentários(0)comente



Nasa 11/08/2018

A Vila dos Pecados - Soraya Abuchaim #2 Leituras de Julho
O livro A Vila dos Pecados trata de uma vila onde a corrupção das pessoas que ali vivem se tornou rotina. O livro ao meu ver tenta traçar o cenário de um mundo limpo, justo e sem pecados. Não estou aceitando ou perdoando nenhum dos personagens ou seus crimes. Só achei estranho que o Padre e alguns habitantes quisessem fazer disso uma cruzada pessoal visto que estamos falando de pessoas.

Ambientada no século 18 a Vila de Ponta Poente é um lugar simples, pequeno onde todos se conhecem e frequentam a igreja. Mas que nada absorvem e seguem suas vidas como bem entendem. O pecado aqui é tratado como o ponto central, ele é o vilão, o que destrói vidas, que traz as tempestades repentinas, o mal agouro, o que deixa algumas inférteis, o que faz a vida não mudar ou melhorar. Mas nada dito é dito ou comprovado, os moradores da vilã são supersticiosos e tudo veem como mal agouro.

O antigo padre compactuava com a prostituição, o poder resumido e duvidoso do prefeito, a fofoqueira e serviçal do padre e a mulher que também dava cabo dos bebês não desejados.

Não se deve culpar o invisível quando o real existe e pode ser alterado. Ninguém pode colocar a responsabilidade de tudo que acontece no sobrenatural, ou porque a vila tem prostitutas.

O que vi foi muita hipocrisia e falta de iniciativa. As mulheres sabiam que seus maridos as traíam, a resposta delas foi suicídio e pagar na mesma moeda. Vale ressaltar aqui, que a presença dos garotos de programa na vila soou fora do tom, do século, de pessoas acostumadas a uma vida simples. Sem falar no chicote que a primeira dama usou num dos garotos de programa.

Todas adultas, conscientes de seus pecados e crimes contra si mesmas e sua moral. Por que um padre precisa ser o salvador de todos? Eles poderiam ter se salvado a muito tempo. Pois sabiam que seus atos eram reprováveis.

A podridão deles é real e poderia ter sido evitada. O que move o mundo são atos, eles nos engrandecem ou rebaixam.

Achei em alguns momentos o livro cansativo por expor certos temas sem uma justificativa mais legitima. O homossexualismo do Padre Bento, o exagero na avaliação do novo padre ao seu jovem ajudante da igreja. Ele não era heterossexual? Por que ficaria tão atraído pelo jovem? Achei desnecessário visto que ele era o representante do bem e que era isento de máculas. No fim apenas um homem despreparado para a responsabilidade que assumiu.

É notório que a igreja católica tem oculta em suas paredes padres que tem a inclinação, que cometeram abusos, mas isso ocorre em muitas outras instituições.

A narrativa tem qualidade, mas poderia ter sido melhor aproveitada. Achei todos meio que nervo exposto, predispostos ao crime, a traição por falta de caráter. Nenhum personagem me tocou, todos me pareceram fracos, forçados, sem bons motivos, levados por sua própria incompetência de atos e força para vencer a si mesmos e ao assassino.

O assassino não me convenceu, mas cumpriu sua função dar ação a trama e fazer o carro andar, porque simplesmente não havia muito assunto.

Os dramas pessoais dos personagens como o do padre Afonso não me convenceram. Abandonou o irmão com problemas mentais para seguir sua carreira. Bem, ele ficou seguro, com a família. Ele não poderia deixar de viver sua vida para cuidar do irmão, que não ficou ao leu. Sabe isso me soou tão superficial. Achei que encontraria nele um homem de ação, quando decidiu ir até a taverna confrontar o prefeito, eu pensei, agora ele vai mostrar a que veio. Terminou sendo envergonhado pelo prefeito e voltou para casa com o rabo entre as pernas. Faltou a profundidade, o drama real.

Maldade, corrupção, luxuria, pecado e assassinatos é tudo bem comum quando tratamos de humanidade. Tais assuntos ganham peso quando são mostrados com o seu oposto, o bem, e o bem com uma argumentação e representantes a altura de envergar a luz. Caso contrário as sombras vencem.

Enfim, minha nota, dois beijos mordidos!

site: http://www.nazarethfonseca.com.br/2018/08/15/a-vila-dos-pecados-soraya-abuchaim-2-leituras-de-junho/
Carol B1996 28/08/2018minha estante
Naza, você falou muito do que eu pensei lendo o livro. Achei a premissa muito interessante, porém a história morna me desanimou muito e terminei de ler com bastante dificuldade.
Vou dar uma olhada no seu site ;)


Cibela 27/10/2018minha estante
pelo jeito uma chatice tá dificil achar livro bom




Rafael @makaibooks 01/08/2018

Causador de pensamentos assustadores
Em uma mistura de sobrenatural com policial e mistério o livro irá reservar surpresas do começo ao fim fazendo o leitor ficar vidrado em cada página ou não querer destrancar a porta do quarto enquanto lê.

site: http://makaibooks.blogspot.com/
comentários(0)comente



Anderson 17/07/2018

Bom livro, mas as resenhas aqui exageram demais
Não tem muita coisa sobrenatural, é mais psicológico e policial com final muito surpreendente, mas vale muito a pena a leitura.
comentários(0)comente



Prih 30/06/2018

Um livro de tirar o folego
O pecado é algo que todo ser humano já cometeu e certamente ainda comete em nossa falha e mera existência. Há sempre algo a se esconder,talvez sejam delitos pequenos ou até mesmo graves, talvez sejam apenas segredos dos quais tenhamos vergonha de dizer que cometemos, ou talvez apenas mantemos algumas coisas em sigilo por ser algo que consideramos desnecessário ser dito a alguém.

E mesmo sabendo destas falhas e tendo conhecimento dos nossos próprios pecados, parece que o ser humano só gosta de apontar o erro do outro, como se ele próprio fosse um santo que não cometeu nenhum pecado atirando pedras no seu próximo. Infelizmente esta é a natureza humana, desde que o primeiro pecado entrou no meio de nós, vale lembrar que Adão após pecar quis jogar a culpa somente em Eva, como se só ela fosse culpada, sendo que ele também não resistiu a tentação e comeu do fruto proibido.

E é exatamente isso que o livro a vila dos Pecados nos faz pensar, pelo menos comigo foi assim, por este motivo apresento a vocês uma Vila fictícia do século XIX, chamada Ponta Poente, onde os mais diversos pecados correm a solta sem nenhuma restrição de seus governantes, exeto é claro por apenas um que não ocorria,as mortes.

Mas o que aquele povo não sabia era que tudo isso mudaria drasticamente com a chegada de um novo Padre, o Padre Afonso, que além de ser muito bonito era um homem respeitável, amoroso, bondoso e fiel a Deus.

Seu único objetivo naquele fim de mundo, era manter a ordem e a decência daquele lugar pecaminoso,onde o orgulho e a luxúria fez seu ninho, onde um antro de maldades fez sua morada e ali habitava no meio daquelas pessoas.

Assim que o Padre Afonso iniciou a sua tentativa de banir o mal que ali se encontrava, coisas estranhas e misteriosas começaram a acontecer de uma forma que ele não previa, então um sentimento de temor invadiu os pensamentos do Padre que não queria que as coisas saíssem mais ainda do controle.

Para o desgosto do Padre as coisas não saíram como ele planejou, agora um assassino está entre os habitantes de Ponta Poente, e todos são colocados como suspeitos até mesmo o Padre, a desconfiança e as acusações começaram a mostrar sua forma, das mais diversas maneiras possíveis,aquele inimigo oculto deixou todos apavorados, as ruas da vila se tornaram desertas, ninguém mais se sentia seguro, nem mesmo em suas próprias casas.

Todos se olhavam com um certo medo,como se o assassino estivesse em qualquer lugar, ou fosse qualquer uma daquelas pessoas, certamente aquele assassino conseguiu instalar o caos na vida daqueles pobres pecadores, trazendo consigo uma nuvem negra que pairava sobre o ar, cobrindo a todos com sua escuridão.

Será que eles não poderão encontrar a luz no fim do túnel, para se livrar aquela vila da escuridão do pecado? Ou todas aquelas provações seriam apenas o fruto do que eles próprios plantaram?
Será que o Padre Afonso conseguirá estiguir todo o mal que existe em Ponta Poente? Fazendo aquele povo se redime e se purifiquem de seus pecados?
E o assassino que está a solta? Ele será encontrado para pagar por seus pecados? Ou induzirá mais alguém a pecar?
Descubram tudo isso lendo o livro Hehe.

MINHA OPINIÃO SOBRE O LIVRO:
Eu gostei muito do modo que a autora desenvolveu os acontecimentos descritos no livro, ela conseguiu fazer com que eu pudesse viver na pele de cada personagem fazendo-me compreender melhor cada pensamento deles, e me fez eu refletir até mesmo na minha própria vida, como eu descrevi lá nas primeiras linhas desta resenha hehe. Sua escrita fluída me deixava mais curiosa para saber o que poderia acontecer e como seria aquele desfecho. Certamente é um bom livro de suspense que recomendo o todos vocês.
comentários(0)comente



@ale_raposo 30/06/2018

Você tem coragem de desenterrar os mistérios dessa vila?
Bem-Vindos a Ponta Poente,uma pequena vila distante,com moradores bem peculiares.
Após a morte do Padre Bento,um novo Padre é designado para ser o líder espiritual da vila,o que deixa o Prefeito e outros moradores muito incomodados.
Conforme o novo padre vai tentando organizar toda a bagunça deixada por Padre Bento,segredos,planos e coisas sobrenaturais começam a ser desentocados.
comentários(0)comente



resenhandopormarina 16/04/2018

Dá medo, mas vicia!
Foi uma das melhores leituras que já fiz na vida e eu recomendo tanto, que tenho até vontade de gritar! ? A escrita é coisa de outro mundo, o enredo é tão bem elaborado. É sombrio, assustador na medida certa e o final é muito bem estruturado. Foi um presente viajar por essas páginas e me perder imaginando as consequências dos meus próprios pecados! Não é apenas um livro, é uma explosão de talento, em um material de extrema qualidade.
comentários(0)comente



Silvia.Souza 15/04/2018

Esperava mais...
Honestamente eu esperava bem mais desse livro depois de ler tantos comentários... Uma história longa que chega a ser maçante... Nada acontece em boa parte do livro e mesmo quando começa a acontecer, é de uma forma tão lenta que continua maçante... Achei o padre Alfonso uma pessoa muito fraca e em nada contribuiu para melhorar a história... Isso sem falar que o criminoso foi totalmente previsível e matei a charada logo que as mortes começaram a acontecer...
comentários(0)comente



26 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2