Ao Seu Encontro

Ao Seu Encontro Abbi Glines




Resenhas - Ao Seu Encontro


32 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Aline Miguel 25/04/2017

O amor...
Terminei de ler AO SEU ENCONTRO da Abby Glines (Segundo livro do Mase e Reese da série Rosemary Beach)

Esse é o segundo livro desse casal e ao que tudo indica é o último... (Espero que não seja) igual ao primeiro livro... eu simplesmente não conseguia largar ele... li o dia todo, o tempo todo...

Mase e Reese são tão apaixonantes... tem uma historia de vida e de amor linda... mas a confiança será testada... Um amor sólido , intenso, cheio de paixão e quente... será o suficiente para manter esses dois juntos?

Aida e Capitão vão surgir para fazer as estruturas se abalarem... e Mase e Reese terão que passar por essa e mais outras questões para terem a certeza de que o amor que sentem é tudo que precisam...

Esses dois vão sofrer e se incomodar, e eu ficava pensando com meus botões: Alooooou!!!! Conversa com ele... EI EI EI! Para de bobeira e fala com ela... eles se conhecem tão bem que já imaginavam as reações uns dos outros e com isso acabavam tendo problemas maiores...

Mase é tão apaixonante que eu sonhei com ele na noite que estava lendo o livro... (Da pra fazer ele virar realidade?) e a Reese é uma mulher incrível... Que casal!

Nessa leitura super bem escrita, deliciosa, vc vai encontrar amor, confusões, descobertas, redescobertas e reafirmações... Vc vai se apaixonar.

Se eu indico essa leitura? CLARO QUE SIM... (ainda não li os outros livros da série, mas os do Mase e da Reese já ganharam um cantinho no meu coração)
comentários(0)comente



Bruna 18/04/2017

Ao seu encontro é o 11º livro da Saga Rosemary Beach, e o 2º da duologia destinada a Mase e Reese, continuação direta de À sua espera (resenha).

Como já disse na resenha do primeiro livro, À sua espera me surpreendeu positivamente. Abbi retratou temas sérios e importantes, como transtorno de aprendizagem, violência sexual e psicológica, e nos apresentou Mase e Reese como personagens fortes, capazes de evoluir ainda mais. Realmente foi um ótimo livro, com um final que me deixou louca pela continuação. Então imaginem minha decepção ao me deparar com uma continuação tão aquém do esperado.

Em Ao seu encontro, Reese vai morar com Mase no Texas, e é aí que a coisa descambou geral. Aquela menina frágil, mas lutadora, que sofreu demais e amadureceu e se tornou tão forte ao longo do primeiro livro, dá lugar uma mulher passiva ao extremo. Já Mase, vai de 'o homem perfeito', que ajuda, auxilia e apoia, para um homem das cavernas possessivo. E a Reese acha isso fofo! Sei que esse é um padrão nos livros da Abbi, e geralmente não me incomodo, porém, ter os protagonistas apresentados de forma diferente, para então vê-los se encaixar no padrão 'homem possessivo, mulher passiva', foi no mínimo decepcionante.

Além disso, Abbi ainda inventou de colocar possíveis triângulos amorosos. Desnecessário. Temos a insuportável Aida, prima obcecada por Mase, que apesar de já estar na faculdade, se comporta como uma pirralha minana de 10 anos. E temos o Capitão! Lembram dele, o irmão de Blaire Finlay? Então, ele aparece aqui, cheio de mistérios, e consegue confundir um pouco a cabeça de Reese. Vamos apenas dizer que o transplante de personalidade de Mase foi tão grande, que ele me irrigou tanto, que eu torci fortemente pelo Capitão. Aqui é Team Cap! 😅 E ele é o protagonista do próximo livro. Só espero que não seja mais um a cair no perfil "macho alfa possessivo sem causa".

O livro traz alguns mistérios a serem resolvidos, em espcial envolvendo o tal personagem que aparece no finalzinho do anterior. Senti que nem tudo foi falado, ainda há coisas a se revelar, mas creio que se encaixaram melhor no próximo livro. Temos participação dos personagens dos livros anteriores, o que sempre é muito bom, apesar de que senti falta de Tripp e Beth.

Ao seu encontro segue o estilo dos anteriores da série, com uma linguagem dinâmica, que torna a leitura rápida e agradável. Há muitas cenas de sexo, altamente descritivas, então, nada de menores lendo aqui! Em geral, foi um bom passatempo, que finalizei rapidamente.

Esse foi um livro que gostei, mas não amei, e que me irritou em várias partes. Meu problema foi realmente o abismo gritante no comportamento e personalidade dos protagonistas, em relação ao livro anterior.

A capa adotada pela Arqueiro foi a original. A diagramação é simples, mas muito bem feita, com papel amarelado e letra de tamanho agradável. Se havia erros de tradução ou revisão, foram bem pequenos, pois eu realmente não vi.

Beijos


site: http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/2017/02/resenha-ao-seu-encontro-abbi-glines.html
comentários(0)comente



Três Leitoras 18/04/2017

Resenha: Ao seu encontro
Se você leu A Sua Espera sabe bem como a história terminou, se você não leu permanecer na leitura desta resenha é um risco, devido aos spoilers.

Abbi Glines mais uma vez concluiu mais uma história de forma estonteante, eu acho incrível como ela consegue pegar uma trama simples e nos envolve de forma intensa, com uma escrita simples, romântica e cheia de charme... Sem contar que esses meninos de Rosemary Beach e do Texas tem uma pegada daquelas e nós só ficamos de cá, suspirando por cada um deles.

Reese nunca imaginou que a sua vida pudesse mudar em tão poucos meses, agora ela está de mudança para casa do Mase, ela está dando mais um passo nessa sua relação de conto de fadas.

Ela está no Texas, com o apoio da família do Mase e muito feliz com a recém descoberta da sua própria família. Quais os desafios que ela irá enfrentar nessa nova fase da sua vida?

- Bem-vinda ao lar - falei antes de capturar os lábios dela com os meus.

O primeiro obstáculo a ser enfrentado, é a Aída, prima de Mase e uma mulher espetacular e linda. Só o Mase (homens...) não percebe o quanto ela é apaixonada por ele... Como lidar com

site: http://www.tresleitoras.com.br/2017/04/resenha-ao-seu-encontro.html Concluído
comentários(0)comente



LuluhSH 08/04/2017

"Ao Seu Encontro" continua a história de Reese e Mase.
Reese descobre quem é seu pai, ganha uma família nova, e agora está de mudança para o Texas, para viver com Mase.
Aparece em cena Aida, uma prima de Mase, na verdade ela não é exatamente prima, mas eles foram criados como se fossem. Aida, na verdade, é apaixonada por Mase desde criança, e fica com raiva por ele ter conhecido Reese e por levá-la até lá. Vou te contar, ô garota dos infernos, sem noção! E mais, final bem brando pra ela hein? Queria a cara dessa cretina esfregada no asfalto!
E também entra em cena Capitão. Na verdade, ele já havia aparecido antes, em "Amor Sem Limites". Ele é irmão de Blaire por parte de pai. Eita cara folgado viu? Passei um bocado de raiva nas suas cenas, nem quando ele mostrava ser legal me passava confiança. Depois há uma revelação e até se compreendem alguns de seus atos, mas o ranço já estava instalado e quando pega, olha... Bom, ele é o mocinho do próximo volume da série, veremos se minha opinião sobre ele mudará.
Achei bem interessante o enredo, o passado de Reese volta a atormentá-la e, ai, só de pensar já me dá um mix de raiva, tristeza, dor, posso nem imaginar o horror! Mase tem de lidar com seu pai biológico, Kiro. Ainda tem aquelas questões que não me deixam curtir muito, como o dramalhão que os personagens fazem toda vez que há algo errado, ciúme descontrolado, já saem batendo porta, correndo, nem deixam a outra pessoa se explicar. E também achei que faltaram algumas explicações no final, mas nada que comprometa, no geral curti bastante a história.
comentários(0)comente



Bruna 03/04/2017

"Mase era o que havia de mais importante. Mas eu queria outras coisas também. Este era o primeiro passo na direção de ser eu mesma."
.
.
Vocês se lembram que no fim do último livro do nada o pai de Reese aparece né?! Então, não é que a moça tem uma família, mas depois de passar um tempo conhecendo a família por parte de papis, a moça não consegue mais ficar longe do laço do Cowboy e resolve fazer uma surpresa voltando dois dias antes do esperado. Bom, todo mundo já sabe que sempre o surpreendido é o que chega antes né?! Parece que tem alguém tentando se dar bem naquelas terras, Aida Reese se não ficar esperta - entendedores, entenderam.
Porém não é só Reese que precisa ficar esperta, pois tem gente de olho gordo no terreiro onde Mase canta de galo, e o concorrente é um velho conhecido nosso, e já criou uma leve treta com mozão Rush!
O problema, quer dizer oS problemaS, são muitos e de todas as direções: família do Mase, família da Reese, passado do Mase, passado da Reese, sangue novo tentando separar o casal e por aí vai...
Esse foi o menos favorito de toda a série! Achei que os personagens pouco evoluíram, e a trama ficou saltando de um problema para o outro, atrapalhando a fluidez da história, mais uma vez o pecado do excesso, acho que a frase "menos é mais" vale em todos os contextos e não só no mundo da moda.
É aquele epílogo?! Peloamordedeus alguém me diz que houve um erro e meu livro veio faltando um capítulo?! Porque não posso aceitar aquele final no plano simbólico e verbal! Preciso dele concreto! Preciso de encerramentos reais e não de planejamento. SOCORROOO!

site: https://www.instagram.com/naoemprestolivros/
comentários(0)comente



GabiCrivellente 03/04/2017

RESENHA – AO SEU ENCONTRO (ABBI GLINES)
Queridos leitores, este é o décimo primeiro livro da série Rosemary Beach, sendo a continuação da história do Mase e da Reese. Desta forma, se vocês não leram o livro “À sua espera”, sugiro que não leiam esta resenha, pois ela conterá spoiler desse livro.
Como vocês puderam perceber na minha resenha anterior, eu gostei bastante deste casal, e a Abbi Glines conseguiu deixar a continuação ainda melhor. Porém, alguns pontos do livro, ao meu ver, ainda ficaram em aberto. Sendo assim, acredito que pode ocorrer uma continuação da história desse casal.
Um desses pontos foi o pai da Reese, que aparece no final do livro anterior. Pensei que essa nova relação dele com ela seria melhor trabalhada neste livro. Admito que ele teve uma grande importância no desfecho da história, porém, a introdução desse personagem deixou a desejar.
Como um bom romance clichê, a autora nos apresentou, também, a prima do Mase, Aida, que sempre foi apaixonada por ele. Por conta disso, ocorreu uma certa “competição” entre ela e a Reese para ver quem dominaria mais a atenção do nosso cowboy. Admito que achei a Reese bem boazinha com essa prima, se fosse o meu caso eu não teria tanto “sangue de barata”.
Outro personagem que apareceu nesta história foi o irmão da Blaire, River Kipling, mais conhecido como Capitão (ainda não descobri o motivo desse apelido, então, quando eu souber conto aqui para vocês). Esse personagem foi uma figura bastante intrigante. Vi que o próximo livro da série será sobre ele, então vamos torcer para a editora Arqueiro publicá-lo o mais rápido possível. Já adianto, para deixar vocês ainda mais na expectativa, que ele era um assassino de aluguel. Não vou falar mais aqui sobre a importância dele no livro, mas ele causou muito ciúme no Mase. Sim, ele investiu pesado para ficar ao lado da Reese.
A trama se baseia nas novas descobertas que a nossa mocinha faz e a forma como ela deverá lidar com a sua nova vida, além de superar os seus traumas do passado e sua dislexia. Mais uma vez o Mase me arrancou vários suspriros. Em várias momentos foi perceptível como ele sofria ao deixar que a Reese lutasse suas próprias batalhas, haja vista que em todos os momentos ele queria tomar as decisões por ela.
Leitores, queria tanto comentar mais aqui, porém, se eu falar mais alguma coisa, provavelmente, será algum trecho importante. Então, não deixem de ler. Este livro foi muito bom.
A autora, Abbi Glines, nasceu em Birmingham, Alabama. Morou na pequena cidade de Sumiton até os 18 anos, quando seguiu o namorado do colégio até a costa. Atualmente os dois moram com seus três filhos em Fairhope, Alabama. Autora de diversos livros da lista de mais vendidos do The New York Times, Abbi é viciada no Twitter (@abbiglines) e escreve regularmente no seu blog.
O livro foi escrito de forma linear cronológica, em primeira pessoa, pelo ponto de vista da Reese e do Mase. A editora disponibilizou o primeiro capítulo do livro, clique aqui para ler.
Por fim, ressalto que o próximo livro da série, “The Best Goodbye” (tradução livre: “O melhor adeus”), ainda sem previsão para ser lançado aqui no Brasil, contará a história do Capitão. Será que eu estou feliz? Com certeza estou muito!

SAIBA MAIS:

site: http://academialiterariadf.blogspot.com.br/2017/03/resenha-ao-seu-encontro-abbi-glines.html
comentários(0)comente



Biahh da silva 01/04/2017

Eu esperava mais..
Sempre quando eu vou ler um novo livro da Abbi Glines e desta série eu sempre coloco na minha cabeça e tento não ficar comparando com os anteriores que são sensacionais, e principalmente tento na comparar com a historia do Rush e da Blaire e da Harlow e do Grant que são meus personagens favoritos e meus livros favoritos mas confesso que aqui ficou meio impulsivo, eu li o livro anterior a este e a forma como ele acabou eu fiquei de queixo caído, alem da historia ser bem forte no livro anterior tanto que fiquei louca para ler este livro, e logo eu já o adquiri; mas de certa forma eu esperava mais da historia, da Abbi Glines, o final para o Mase e a Reese, por que gosto muito do Mase desde que ele apareceu nos outros livros, e este livro foi meio que mais o menos sabe as minhas expectativas cairão, não foi o pior livro de todos,mas sempre quando a gente tem as expectativas altas e elas caem é meio chato né, mas enfim, vou contar mais detalhes ainda no post do blog!
comentários(0)comente



Pandora 28/03/2017

Já faz um tempo significativo que leio resenhas sobre os livros da Abbi Glines nos blogs, afinal com “Ao seu encontro” a série Rosemary Beach chega ao seu decimo primeiro volume e isso não ocorre com qualquer autora. Mas, em minha eterna vibe “Romances Históricos” vinha deixando a autora passar até que encontrei esse Cowboy maravilhoso chamado Mase estampando a capa de “A sua espera” e não pude mais ignorar essa série.

Meu arrependimento por não ter começado a explorar o mundo da Abbi não conhece limites pois em “A sua espera” encontrei o inicio da história de Mase, um homem sensível, forte e compreensivo, e Reese, uma mulher com um passado sofrido cheia de marcas psicológicas terríveis e muito necessitada de que alguém a ajude a encontrar força suficiente para se abrir para a experiência de amar e ser amada.

O inicio da história de Mase e Reese é envolvente e cativante, a mistura entre as tristezas naturais da vida real com romances dignos de contos de fada produzidas em “A sua espera” me fizeram aguarda ansiosamente por “Ao seu encontro” livro no qual temos o desfecho desse conto de amor e superação.

E, preciso dizer a ansiedade e espera foram bem recompensadas, pois o desfecho da história do nosso Cowboy com a mocinha sofrida foi encantador. Quando nós encontramos Reese pela primeira vez, ela é uma moça fragilizada e insegura, mas depois de se mudar para o Texas para viver com Mase ela precisa encontrar uma forma de se fortalecer como ser humano e de fato consegue isso.

Não é fácil superar nosso passado quando ele é horrível, mas ou nós superamos isso ou vamos continuar sendo vitimas dele e isso é coisa que ninguém quer, portanto aos trancos e barrancos nossa mocinha vai crescendo na história até conseguir ser forte o suficiente. Na outra ponta Mase precisa aprender sobre como equilibrar o afeto que temos por nossos parentes com o tempo que precisa dedicar a sua companheira, o que ele faz muito bem. Mase é aquele herói de conto de fadas - não, ele é melhor - troco qualquer príncipe encantado por ele! #Apaixonada

“Ao seu encontro” é um livro romântico, doce, cheio de sensualidade e muito sonho. Ler ele é como comer algodão doce em um parque de diversão! Abbi Glines me cativou com sua escrita simples, fácil de ler e envolvente, ela é daquelas autoras me fazem ter sonhos maravilhosos como um conto de fadas moderno.

site: http://www.doqueeuleio.com.br/2017/03/ao-seu-encontro-abbi-glines-resenha-arqueiro.html
comentários(0)comente



Atitude Literária 25/03/2017

Que delicia de livro.
*** CONTÉM SPOILER DO LIVRO À SUA ESPERA ***

Como vocês já sabem, eu fiquei completamente apaixonada pelo Mase e a Reese. Demorei para me render a escrita da Abbi e agora já posso me considerar uma viciada, com enredos simples, diretos e cheios de reviravoltas ela sabe como conquistar seus leitores e os deixar sempre querendo mais e mais do universo por ela criado.

Recapitulando um pouquinho do livro anterior, você irá recordar que Reese se deparou com seu pai e agora está tendo a oportunidade de conhecê-lo, descobrindo uma nova família, ao mesmo tempo em que passa a viver com Mase. Ela deixou tudo para trás e foi ao encontro do seu amado, abrindo os braços para uma nova vida. E ela é tão forte, doce e encantadora que o sentimento de proteção que nutri por ela no livro À Sua Espera, voltou com força total. Como sabemos ela foi totalmente negligenciada em sua infância e sofreu muito na vida e cada pequena conquista e momento de felicidade que ela tem, é muito merecido.


“Não deixe sua fraqueza definir você, Reese. Jamais. Sua força é que deve definir você.”

Quando Reese chega à fazenda, logo de cara uma pedrinha aparece em seu caminho, à prima mimada de Mase que insiste em atrapalhar seu relacionamento e deixá-la insegura. Mas engana-se quem acha que os problemas param por ai, eis que surge um novo problema, Capitão, um homem lindo, que aparece do nada e que está sempre presente, e é então que as inseguranças do Mase vêm à tona, ou seja, temos nossos protagonistas precisando lidar com eles mesmos, controlar seus medos, duvidas e tentar firmar a relação. E caros leitores, que lindo, quanto amadurecimento, crescimento e determinação.


“Eu te amo tanto que não consigo respirar quando você não está por perto. Você é a coisa mais importante que eu tenho, Reese. É a minha vida."

Eu amei o livro, amei poder ver a Reese desabrochar, enfrentar cada obstáculo, e lutar por aquilo que quer e ama. Amo sua personalidade e o modo como lida com cada situação. Seu coração é tão grande, a energia que emana dela é tão pura que olha... Queria me tornar sua melhor amiga. Quanto ao Mase, sério que ainda preciso dizer o quanto ele é incrível? Foi impossível não me emocionar com a relação dele com a irmã, o modo como ele é protetor, carinhoso com aqueles que ama e a maneira simples e deliciosa com a qual leva a vida. Esses dois passam por tantas coisas e vê-los crescendo e aprendendo a conviver numa vida a dois é lindo. É abrir mão, é respeitar, apoiar, encorajar, aceitar, cuidar, perdoar é AMAR. E para tacar pimenta e deixar a história ainda mais eletrizante temos o Capitão, que chega cheio de aparições misteriosas, todo marrento, encantador e então... SOCORRO eu não estava preparada para aquilo, foi surpreendente e chocante.


"Ela mudou meu mundo de um jeito que eu nunca imaginei ser possível. Mudou minha vida e me mostrou a verdadeira felicidade."

AO SEU ENCONTRO é um livro lindo sobre o depois do final feliz. Onde temos pessoas aprendendo a conviver, se respeitar, regar o amor e se desvendar. Poder reencontrar os demais personagens da série foi maravilhoso. Sei que não estou fazendo jus à obra, que estou deixando passar algumas informações, a verdade é que está complicado colocar no papel todas as emoções que vivi e o quanto tenho amado e me surpreendido com a escrita da Abbi. Mas se posso deixar uma mensagem para você é: LEIA, esse casal é intenso, merece sua atenção, seu carinho e pode acreditar que você irá amar, se envolver, se sentir sugado para o meio de seus dramas e vitórias. A história vai muito além do que falei aqui, estou tentando controlar os spoilers.

Quanto a capa, diagramação e toda construção do livro não preciso nem mencionar que está impecável não é? Parabéns Editora Arqueiro.


site: http://www.atitudeliteraria.com.br/2017/02/resenha-ao-seu-encontro-abbi-glines.html#.WNcdcfkrLIU
comentários(0)comente



ELB 20/03/2017

Every Little Book
“ Ao seu encontro” é o 11º livro da série Rosemary Beach e o segundo livro do casal Mase e Reese. Depois de se conhecerem e se apaixonarem, ultrapassando muitos obstáculos, vamos acompanhar o rumo que a vida dos dois tomou quando decidiram morar no Texas; ainda vamos ter umas idas a Rosemary Beach e a aparição de todos os personagens que amamos, mas o foco aqui é o Rancho onde o Mase viveu a vida toda.

Reese está se adaptando à vida nova com Mase e ainda tem algumas barras a superar. É incrível como ,sem perder o foco, Abbi Glines continua trabalhando sutil e constantemente a autoconfiança que a Reese tem construindo desde o livro anterior; acompanhamos o novo emprego e como é conhecer o mundo ao qual Mase pertence.

Nos capítulos alternados, em que vemos a história pela perspectiva do Mase e de Reese, temos a prima chata e insuportável, Aida, tentando minar o relacionamento dos dois (e sim, Abbi Glines consegue como ninguém construir uma personagem chata) esse é um dos pontos que mais me incomodou no plot do livro, eu já não sou muito fã de triângulos amorosos, mas triângulos amorosos que só servem para encher linguiça é ainda pior.

Mase agarrou meu rosto e colou a boca a minha [...]. Olhei de volta para Aida e ela deu um sorriso afetado. Apesar de ficar mais tranquila por saber que eles eram parentes, algo no jeito como ela me olhava parecia desafiador.

E como se só isso não bastasse, Mase agora se preocupa com o Capitão, que trabalha na mesma empresa que Reese e parece manter uma atenção especial sobre ela; inclusive temos um capítulo narrado pelo Capitão que faz com que algumas peças sobre o passado de Reese se encaixesse, eu que estava até então odiando-o (sou Team Mase), soltei um “EITA” depois dessa frase:

Quando tudo isso começou, eu não tinha a intenção de me apaixonar por ela. Eu sabia que seu coração já tinha dono.

Nunca vou dizer que um livro da Abbi Glines é desnecessário, mas o ritmo nesse 11º é mais devagar, parece que o livro é mais para nos ambientar e introduzir a próxima história do que acrescentar algo de mais concreto na relação Resse/Mase.

Entre o Texas e alguns voos para Rosemary Beach, matamos a saudade de todos os outros personagens, e Kiro, o pai biológico de Mase, tem uma cena de destaque nesse segundo livro que fiquei satisfeita de ler; eu nem sabia que a relação mal resolvida do Kiro e do Mase me incomodava, mas depois daquelas páginas, senti o coração quentinho com a certeza de que agora eles tinham se acertado.

Quando tudo parece que está se encaixando e ambos estão aprendendo a lidar com o ciúme, o passado reaparece, nos assusta e o dia é salvo pelo Capitão, e é ai que tudo faz ainda mais sentido. A receita de como mexer com nossos sentimentos, usando de muitas ações nas páginas, Abbi Glines tem e funciona muito bem, e depois de um drama necessário e outro nem tanto, chega a um final fofo e nos deixa, como sempre, muito ansiosos pelo próximo livro!

Ela sofreu tanto, mas ainda era linda por dentro. Ela era gentil. Ela era honesta. Mais importante, ela era minha.

A editora Arqueiro já anunciou que os últimos 2 livros que faltam para fechar a história de Rosemary Beach têm previsão de serem lançados ainda em 2017, e ao que tudo indica, em 2018 teremos mais uma novidade da Abbi vindo por aí, agora só nos resta aguardar!


site: http://www.everylittlebook.com.br/2017/02/resenha-ao-seu-encontro-abbi-glines.html
comentários(0)comente



Mais Clube 16/03/2017

Ao Seu Encontro
Na continuação do livro A Sua Espera, Reese está aproveitando e conhecendo sua nova família. Após descobrir que tem um pai, um irmão e uma avó ela embarca para Chicago para conhecer mais esses familiares. Mas a saudade de Mase, que teve que voltar para fazenda, a faz retornar mais cedo para casa.
O que ela não esperava era que Mase pudesse ter uma intimidade com outra pessoa, não querendo cometer os mesmos erros do passado ela decide tirar essa história a limpo e eis que conhece Aida, a prima dele. Só que o comportamento dela é estranho para ser somente uma prima e mesmo fazendo de tudo o possível para que Aida gostasse dela, Reese não consegue ganhar a amizade ou simpatia dela.
Indo morar na casa de Mase, Reese não tem nenhuma ocupação ou trabalho. Sentindo um ócio grande ela se surpreende com o forte desejo de trabalhar e quando surge a oportunidade de trabalhar num escritório, o que é um grande avanço devido a sua dislexia. Porém o trabalho trás novas dificuldades, como o fato de ter que estar sempre próximo de River Kipling (para aqueles que não lembram ele é o irmão da Blaire, que apareceu no segundo livro da série, mais conhecido pelo apelido de Capitão), o misterioso irmão da Blaire.
Mase finalmente está com sua Reese na fazenda e a felicidade não poderia ser maior. Ele não consegue entender o porquê de Aida está se sentindo tão possessiva em relação a ele, ela nunca foi desse tipo e as atitudes dela com a Reese vem extrapolando o limite de sua paciência. Um outro problema é o forte sentimento de posse que sempre sente, especialmente quando River está próximo, o ciúme que ele sente de Reese é muito grande e o medo de um dia perdê-la o faz ficar ainda mais possessivo.
Mesmo com tudo o que acontece no decorrer da história é inegável o enorme sentimento que um sente pelo outro, assim como a evolução e amadurecimento deles (Reese com seus problemas enormes do passado e a insegurança em relação a sua dislexia, e Mase com seus problemas familiares com Kiro). Mas quando o passado vem a tona e trás com ele traumas muito grande que pode ruir com tudo o que eles construíram.
Nesse livro nós vemos uma evolução em Reese e em Mase, no relacionamento deles assim como com os seus familiares. A descoberta da nova familia de Reese, o ressurgimento de River (eu nem lembrava da existência dele) e a volta de queridos personagens é maravilhoso e faz a história se tornar mais viciante. Como sempre há uma nova vaca no pedaço, e dessa vez o cargo fica para a prima de Mase (Aida) que sofre de uma paixonite crônica pelo primo. O toque de tensão veio com o retorno do grande pesadelo de Reese, trazendo uma grande ameaça ao relacionamento do casal. Fique um pouco confusa com a participação de River e do pai de Reese na história e o mistério que envolve esses dois… Bateu uma curiosidade para saber mais sobre a história deles.

A Abbi mais uma vez fez um maravilhoso trabalho com o livro, com um casal apaixonante (e problemático). Eu amei o Mase e adorei a força que a Reese ganhou no decorrer da história. Agora é esperar pelo próximo livro…



site: http://maisclube.com.br/2017/02/ao-seu-encontro-abbi-glines.html
comentários(0)comente



Julia G 10/03/2017

Ao seu encontro
O primeiro contato que tive com a escrita de Abbi Glines foi bastante recente, quando li À sua espera, livro da série Rosemary Beach que conta o romance entre Mase e Reese. O último capítulo daquele livro deixou um imenso ponto de interrogação e uma enorme curiosidade, e eu queria logo compreender melhor aquela novidade trazida tão no finzinho da história.

Infelizmente, nesse aspecto, Ao seu encontro, que é sequência daquele volume, deixou um pouco a desejar. Eu estava ansiosa para saber mais detalhes da família de Reese e da busca empreendida para encontrá-la e, em vez de aproveitar o gancho e criar uma boa trama em cima disso, a autora "pulou" essa parte, comentando alguns acontecimentos bem superficialmente, e passou para uma trama totalmente diferente. Uma pena, já que se tratava de um contexto que poderia ser explorado com mais detalhes.

Ainda assim, após essa pequena frustração inicial, a leitura logo engrenou e devorei o livro em poucas horas. Também pudera, Abbi Glines tem uma escrita fluida e dinâmica e os capítulos curtos, de três ou quatro páginas cada, contribuem para aquele típico "só mais um capítulo" eterno. A narração em primeira pessoa, intercalada entre os protagonistas da história, que já era adotada no primeiro livro, continuou agradando, já que permite compreender a sinceridade de ambos os personagens.

"- Saber que minha filha está com um homem que é capaz e vai protegê-la com a própria vida é reconfortante para mim. Ela ama você, e posso ver que você a ama. Mas quero que entenda que, se em algum momento você deixar de amá-la ou não puder protegê-la, deve trazê-la para mim. Está me entendendo?
Eu jamais iria desistir de Reese. Por motivo nenhum.
- Estou. Mas esse dia nunca vai chegar. Reese é minha vida. Ela é o meu futuro."

Como no livro anterior, a trama envolve e é gostoso acompanhar o desenvolvimento do casal, o amadurecimento de Reese e Mase diante das dificuldades que enfrentam. Claro que se trata de um romance de entretenimento e não há um grande aprofundamento nos aspectos psicológicos para além dos sentimentos dos dois, mas os temas sérios tratados no primeiro livro, como abusos físicos e psicológicos, bem como a dislexia, trazem reflexos para esse segundo livro e eu gostei do crescimento dos personagens diante de tudo isso.

As cenas íntimas entre os dois foram bastante reduzidas, o que eu gostei, já que tirou espaço para as firulas irritantes que estavam presentes na trama anterior. Mesmo assim, ainda teve algo que não me agradou em Mase: seu ciúme exagerado. Claro que ciúme é até normal em um relacionamento, mas ele estava quase no limite do possessivo. A única coisa boa a respeito disso foi que a autora criou um personagem que conseguia se controlar e não tentou manipular Reese, mas eu não consegui deixar de me irritar um pouquinho com ele.

De todo modo, um dos aspectos mais interessantes da série Rosemary Beach é a interligação entre as histórias. Os personagens secundários desse livro são protagonistas de outros e, para quem já os conhece das leituras anterior, deve ser ótimo poder revê-los. Para mim, que só li esses dois livros da série, esse entrelaçamento serve para me deixar curiosa pelas outras tramas e, neste livro, fiquei louca para conhecer o romance de Kiro e Emily e para saber um pouco mais sobre o Capitão, principalmente.

Apesar dos aspectos que não me agradaram tanto na obra, Ao seu encontro teve um final fofo e romântico e foi uma leitura deliciosa de se fazer.

site: http://conjuntodaobra.blogspot.com.br/2017/02/ao-seu-encontro-abbi-glines.html
comentários(0)comente



MILA 02/03/2017

Adorei!!
Tem alguns dias que fiz a resenha de À Sua Espera, o primeiro volume da duologia de Mase e Reese, livro que me provocou muitos sentimentos e até nostalgia, pelo fato de não ler os livros da autora tem um tempinho.

Em Ao Seu Encontro, Reese resolve finalmente ceder aos apelos de Mase e morar com ele no Texas e quem imagina que ela encontrará Cordelia e todo aquele Drama está enganado, o que foi uma grande surpresa, porque imaginei todo um enredo e foi totalmente contrário, a autora me surpreendeu completamente e isso é ótimo.



Reese saiu de Rosemary Beach e seguiu Mase até Texas, mas ela não quer apenas depender dele, ela almeja trabalhar, continuar seus estudos, ela quer conquistas em sua vida e é isso que ela faz, mesmo com Mase tendo receio e um pouco de ciúmes no processo, ele sabe que não pode proteger Reese o tempo todo.

Mase ao mesmo tempo que tenta lidar com uma "prima" com comportamentos estranhos, faz o possível e o impossível para deixar Reese o mais confortável, porém vários problemas surgem que parecem adiar a felicidade completa do casal.


“Antes de Reese, eu não sabia que o mundo podia ser cheio de sonhos. Que era possível acordar todo dia empolgado por respirar. Que um sorriso da pessoa amada pode fazer alguém se sentir uma criança de novo. O amor dela vale.. vale isso tudo. Viver com medo do amor não é viver.”


Em suma, é uma leitura rápida e envolvente, com personagens bem construídos e reais, dramas fortes e chocantes, a capa é linda, a diagramação caprichada, um livro gostoso de ler, eu Amei e não vejo a hora de ler o próximo livro da autora.

Resenha publicada no Blog Daily of books Mila

site: http://dailyofbooks.blogspot.com.br/2017/03/resenha-ao-seu-encontro.html
comentários(0)comente



estantedasuh 28/02/2017

Ao Seu Encontro - Blog Estante da Suh
Ao Seu Encontro é continuação do livro À Sua Espera onde conta a história do Mase e Reese. Eles conseguiram superar a questão da dislexia e Reese confia totalmente em Mase. Agora eles estão vivendo juntos, mas ainda precisão ajustar muitas coisas. Reese quer terminar os estudos e trabalhar, ela sabe que Mase pode dar de tudo a ela, mas não quer ficar em casa o dia todo sem fazer nada.

Mase continua completamente apaixonado por Reese, ele quer ter um futuro com ela e faz de tudo para vê-la feliz. Ele sabe que Reese superou muitos obstáculos na vida e que muita coisa ainda vem pela frente, só que o amor dele dá forças a ela e a protege do mundo.

Nesse livro vemos a construção de uma rotina entre o casal, agora eles moram juntos, dividem os seus planos e sonhos e um protege o outro. Mas nem tudo será fácil, pois pessoas vão tentar atrapalhar novamente a harmonia do casal.

Eu não me canso de falar como amo os livros da Abbi e como esse casal me conquistou desde o primeiro livro. A cumplicidade que eles têm é uma coisa linda. Eles têm o seu momento de insegurança, mas um confia no outro e mesmo algumas pessoas tentando atrapalhar a confiança permanece. Gosto disso no livro, pois não fica aquela coisa de você me traiu e eu vou embora, não! É uma história verdadeira e mostra realmente a força do amor.

Como sempre temos uma vilã na história. Não diria que Aida, a priminha postiça de Mase seria uma vilã, mas sim uma pedra no sapato. Aida acha que Mase é só dela e tenta disputar a atenção dele com a Reese, ela é chata e muito grosseira e vai tentar atrapalhar o casal, mas Reese é tão doce e incrível que vai colocar ela no chinelo e Mase vai abrir os olhos e tirar esse encosto da vida deles.

Outro personagem que me pareceu vilão, mas depois descobrimos alguns segredos sobre ele é o Capitão, irmão de Blaire. Ele aparece para atentar o juízo de Reese. Um cara lindo, mas bem grosseiro, que tenta colocar dúvidas na cabeça dela e ao mesmo tempo mostra-se interessado nela. Ao mesmo tempo em que senti raiva dele, fiquei meio confusa com suas ações e questionava qual seria a intenção dele com Reese, mas no final tudo é revelado e eu amei saber de todo o segredo.

A capa é linda e retrata o cenário que a história passa. Vemos uma Reese simples, indo ao encontro do seu grande amor. A diagramação é simples. As folhas são amareladas e a fonte é ótima para leitura. Os capítulos são narrados na visão do Mase e Reese. Não houve erro de ortografia. A editora Arqueiro simplesmente caprichou na edição.

Recomendo esse livro a todos que ama uma história que ganha seu coração logo de cara, que vai fazer você suspirar e ver a simplicidade de um amor verdadeiro e para a vida toda.

site: http://www.estantedasuh.com.br/2017/02/resenha-ao-seu-encontro-rosemary-beach.html
comentários(0)comente



Neyla 28/02/2017

Antes de começar a ler Ao Seu Encontro, me deparei com uma resenha nada agradável desse livro, escrito de uma forma tão cheia de revolta que fiquei um pouco "chocada". Apesar de, até hoje, nunca ter me decepcionado com um livro da Abbi, as críticas me deixaram apreensiva pelo teor das coisas que foram escritas. Não iria deixar de ler por conta disso, portanto me joguei na leitura e aproveitei cada pedacinho dessa história. E já vou avisando que essa resenha tem alguns pequenos spoillers do livro anterior, portanto se quiser pular o resumo e ir para a minha opinião, fique a vontade.
Ao Seu Encontro começa com o retorno de Reese à fazenda de Mase após uma temporada na casa do pai que conheceu recentemente. A vida dessa garota nunca foi fácil, mas mesmo com todos os abusos e problemas que enfrentou, ela conseguiu dar a volta por cima e provar pra si mesma que não era tudo aquilo que ouvia das pessoas. Claro que, boa parte do seu avanço não se deu sozinho e de uma hora para a outra. Ela contou com a ajuda de Mase, que sempre acreditou nela e a incentivou a ir além, e também com sua dedicação e vontade de ser mais. Desde que Mase entrou em sua vida, tudo ficou melhor. Apesar do jeitão possessivo, ele é um amor, super dedicado a Reese e a tudo que diz respeito a vida dela. Ele não a limita, respeita suas decisões e está sempre pronto para reforçar o quanto ela é importante em sua vida. Morar juntos é um passo decisivo para esse casal que quer apenas ser feliz e viver o amor em toda sua plenitude.
Mas se você acha que tudo serão flores na vida desse casal, ah minhas amigas, vocês estão bem enganados. Nesse novo livro nosso casal vai se deparar com novos problemas e um deles atende pelo nome de Aida, prima de Mase. Ela sempre foi apaixonada pelo nosso cowboy e a chegada de Reese não será aceita de bom grado pela moça, que faz de tudo para afastá-los e para colocá-la pra baixo.
Mas não pensem vocês que as dores de cabeça são algo que somente Reese precisa lidar. Mase também terá sua parcela de ciúmes quando Capitão, um cara misterioso e lindo, entra em cena e parece disposto a mostrar à Reese que Mase não é, nem de longe, o tipo de homem certo para ela. Será que o amor de ambos é tão forte que irá resistir a tudo isso?
Quando li À Sua Espera fiquei apaixonada pela história e, principalmente, por Mase. Achava que ele seria livro único e, apesar de ter ficado curiosa pela forma que ele terminou, não vi necessidade de um segundo livro. Meu medo era "a história não ter história" e ficar "tudo por aquilo mesmo". E inicialmente até achei que isso fosse acontecer já que as cenas mais hots estavam bem frequentes. Contudo, Abbi não decepcionou e quando as coisas começaram a acontecer foi pra deixar tudo ainda melhor!
A inserção dos novos personagens deu um up na trama e fez com que ela ganhasse um tom bem diferente do primeiro livro. Adia é uma criatura detestável. Mimada, ela sente um ciúme doentio por Mase e trata Reese com tamanha dissimulação que chega a ser irritante. Já Capitão é diferente. Apesar de estar sempre pronto para irritar alguém, ele conseguiu ganhar minha simpatia por conta de um pequeno detalhe lá para o meio do livro, quando ele apresenta a Reese um garotinho que também é disléxico e que supera seu problema a cada dia. Achei o gesto muito fofo e me fez ver algo nele além da suposta prepotência.
Personagens dos livros anteriores também estão presentes neste livro e foi maravilhoso reencontrá-los, principalmente Rush (por motivos óbvios de eu amo esse cara e se ele aparece já fico feliz). Outro ponto que me agradou muito foi acompanhar, mais uma vez, o drama que ronda Kiro Maning. Fiquei com o coração apertado demais e sinto que teremos notícias deles em breve.
Ao Seu Encontro foi uma leitura pra lá de agradável, que continuou romântica e que mostrou, mais uma vez, a força do amor desse casal. A trama é clichê? Sim, bastante. Mas é aquilo que eu sempre digo: por mais clichê que a trama seja, Abbi consegue ir além e encantar o leitor com sua escrita. A agilidade das cenas, os personagens tão cheios de singularidades e as histórias de amor e superação, são para mim o ponto chave desse livro. Assim como os demais livros da série, os capítulos desse volume também são intercalados entre os personagens, permitindo com isso que o leitor tenha acesso ao ponto de vista de ambos.
Estou muito curiosa para ler o próximo livro que será do Capitão. Abbi já deixou um pequeno gancho e acho que a história tem tudo para ser muito boa, ainda mais por ter um personagem tão misterioso. Estou em cólicas de ansiedade.
Mais um livro apaixonante de uma série que é encantadora demais. Se ainda não conhece, precisa mudar isso rápido. Recomendo demais!
comentários(0)comente



32 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3