30 e Poucos Anos e uma Máquina do Tempo

30 e Poucos Anos e uma Máquina do Tempo Mo Daviau




Resenhas - 30 e Poucos Anos e uma Máquina do Tempo


52 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


thaisquecida 16/06/2022

Apaixonante
No início do livro pensei que não ia gostar, pois pensei que seria só um monte de referências a bandas de rock antiga e no final eu não iria entender nada, mas acabou que a história era romance e drama e uma pitada de viagem no tempo.
A viagem no tempo nesse livro é mais como um recurso para o desenvolvimento dos personagens, em vez do mesmo de sempre de focar em explicar tudo e como ocorre (o que pra mim foi um ponto bastante positivo).
Os personagens são cativantes, o Karl (personagem principal) é um homem que ao longo do livro passa 100% a vibe da música right where you left me-taylor swift, e eu não sabia que precisava de um livro dessa vibe até ler e digo que foi uma experiência sensacional. E o que dizer sobre lena ( o interesse amoroso) uma personagem com muitos traumas e que nos trás tantos pensamentos. Além de ser um livro com representatividade, o que eu não esperava.
Achei o final lindo, e poderia dizer o porquê, mas não quero contar spoilers.
comentários(0)comente



Diane 25/04/2022

Uma verdadeira bagunça
Karl e Wayne são dois amigos de meia-idade apaixonados por música. Juntos, eles descobrem um meio de voltar no tempo para assistir a shows incríveis de bandas de vários períodos, e ainda ganhar dinheiro com esse negócio. Tudo vai bem, até que Wayne decide interferir no passado, para reescrever o destino de John Lennon. Só que a vida não acontece da maneira que a gente quer que aconteça, e algo dá errado nessa viagem. Cabe a Karl, tentar ajudar seu amigo a reencontrar o caminho de volta.

"Meu nome é Karl John Bender, e eu sou um viciado. Viciado na calma de conhecer o que meu futuro reserva."

Uma história sobre viagem no tempo, com humor ácido e uma pitadinha de drama, tem tudo para dar certo, mas esse acabou não funcionando para mim. O livro tem uma boa premissa mas acaba se tornando uma verdadeira bagunça. A autora tinha elementos para tornar a história bacana, mas a trama é confusa, os personagens não cativam e a leitura se torna arrastada e cansativa. A viagem no tempo para reviver momentos marcantes em shows de bandas, acaba se tornando uma viagem para reviver e tentar consertar traumas do passado, o que acaba se tornando positivo e que ainda prende na leitura, mas acabou não agradando no geral.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Beatriz 18/03/2022

Uma leitura bem diferente do que eu poderia imaginar, misturando amor, musica e a importância de sempre se ter um cientista por perto.
comentários(0)comente



Tathi (@Doidosporserieselivros) 18/03/2022

Olá queridos amigos leitores! A dica de leitura de hoje é um livro pelo qual estou apaixonada demais! Sabe aquele livro que literalmente fala com sua vida e suas vivências? Leitura obrigatória para quem gosta de Rock e já passou dos 30!

?? ? Letras de música me lembravam que eu talvez tivesse a sorte de me apaixonar novamente, um dia.?

Karl é um dono de bar que já passou dos 30 e amarga seu passado todos os dias, pois a época de ouro dos shows de sua banda e dos shows incríveis que vivenciou já passaram. Ele divide sua nostalgia e tristeza com Wayne, um cliente que se tornou um amigo e que realmente entende o buraco no peito de Karl.
Acidentalmente Karl descobre um modo de voltar no tempo, mas ao contrário do que a maioria das pessoas fariam ele decide comercializar isso.
Com apenas uma regra valendo : Só pode voltar no tempo para shows de rock.
Os clientes começam a pagar pequenas fortunas para voltar no tempo, uns desejando ver um show histórico da sua banda favorita, outros um show icônico, outros apenas pagam para voltar ao show de suas próprias bandas que marcaram apenas eles mesmos.
Mas é claro que Karl e Wayne não vão conseguir parar por aí, porque não salvar os Beatles? Porque não corrigir injustiças que ocorreram com nossas bandas do coração? E é aí que a confusão começa!

?? ? Se reajustar à realidade do presente dói demais; é uma dor embotada e vergonhosa que se prolonga.?

Que livro! Cada vez que o leitor pensa que entendeu o tema do livro a trama seguia para outro sentido.
E eu que sempre digo por aqui que tenho um desgosto por tramas com viagem no tempo me vi maravilhada, apaixonada e devorando a leitura.

Ouso aqui dizer que todos os leitores podem gostar dessa leitura, mas os que tiveram uma juventude em torno do rock vão se sentir literalmente dentro do livro, sentindo cada dúvida e desejo das vidas de Karl e Wayne.

A escrita é tão leve e gostosa, que Karl praticamente se torna nosso amigo enquanto conta a história mais louca de sua vida.

Esse foi com toda certeza a melhor leitura de 2022 até agora, por tudo que me fez refletir pensar e relembrar.

Esse é o único livro da autora disponível no Brasil, em formato físico e digital.
comentários(0)comente



Mirella | @readingmirella 31/01/2022

que desastre.
ele me pegou no começo, mas depois foi só ladeira abaixo, ruim, confuso, odiei como os corpos das mulheres, principalmente gordas eram tratados aqui. totalmente desastroso.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Erica 05/12/2021

Não esperava muito, mas me surpreendeu! Medo de 2029!
A única questão é que ele não tinha 30 e poucos... ?
mirella 05/12/2021minha estante
Mds q capa fofaa




Denise 07/08/2021

Uma aventura fantástica e divertida sobre viagem no tempo, que nos faz refletir sobre "como lembramos do passado" x "como aconteceu realmente". Uma história cheia de situações bizarras, shows de rock e claro, amor.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



tulioguilherme 04/07/2021

Começa envolvente, prende bem já no início, mas vai se desenvolvendo de maneira um pouco caótica. Personagens melancólicos, muitas histórias pelo meio, alguns detalhes pouco importantes minuciosamente narrados (deixando a leitura cansativa) e a trama inicial acaba se perdendo.
Apesar de um pouco bagunçado e cansativo, tem desfecho agradável. Não chega a ser um livro ruim.
comentários(0)comente



Maria Faria 18/06/2021

Uma máquina do tempo e uma salada de coisas
?30 e poucos anos e uma máquina do tempo? é uma história de amor, com muito indie rock, traumas do passado e um poder de retornar ou avançar no tempo.
Karl e Lena, o casal protagonista, afundados em assuntos mal resolvidos, estão diante de uma máquina do tempo, criada pelo amigo de Karl e esse fato vai alterar o passado e o futuro dos personagens diversas vezes.
A autora me fez acreditar ao iniciar o livro que eu leria uma homenagem ao rock, fiquei com a sensação de que não conseguiria aproveitar o livro integralmente, já que são muitas as músicas mencionadas. Entretanto, a partir da metade do livro, a história foca mais nos dramas de cada personagem. O excessivo uso da máquina do tempo para resolver os problemas pessoais e a grande quantidade de temas abordados deixaram a história confusa, sem foco específico. Terminei o livro com a sensação de que existem três livros em um só: sobre o rock na década de 1990, a interferência que traumas causam na vida das pessoas e o impacto de uma máquina do tempo.
Esta salada de temas formou um história atraente, mas o estilo de escrita da autora não é o que faz o leitor permanecer. ?30 e poucos anos...? possui diversas reviravoltas, o que nos faz continuar para saber o desfecho. É uma leitura que prende pelo suspense criado em torno do futuro dos personagens, mas o enredo decepciona várias vezes pela confusão criada pelo excesso de temas. E apresentando ainda uma opinião muito pessoal: não gostei do final, pois a autora utilizou um recurso de avanço no tempo que tornou tudo muito pouco aceitável, mesmo para os que possuem boa imaginação.
comentários(0)comente



Luh Rocha 01/06/2021

Mais uma leitura concluída
O livro começa falando de dois amigos que criaram uma máquina do tempo ou um buraco de minhoca, como descreve o livro, para irem a shows de rock antigos.
De início, o buraco de minhoca era somente com essa finalidade, porém, no decorrer do livro ele ganha outras finalidades, fazendo muitas coisas darem errado e outras darem certo.
Fiquei muito triste numa parte do livro que o Wayne toma uma decisão não muito boa na minha opinião, mas no final entendi qual foi o objetivo dele, descobri o que o fazia feliz.
Depois dessa decisão do Wayne, o livro gira em torno do relacionamento de Karl e Lena e de como ela utilizou o buraco de minhoca para mudar a própria história de vida.
No final tudo dá certo, mas tem horas que vc quer matar os personagens!
comentários(0)comente



Dry 30/05/2021

Não foi dos meus preferidos... Criei muita espectativa no tema e a trama não entregou
comentários(0)comente



Nat 28/04/2021

O que você faria se pudesse viajar no tempo?
Nada de máquinas do tempo cheias de botões ou coisas do tipo. Mas imagine que em um mero acidente doméstico vice descobrisse que poder viajar no tempo através de um buraco de minhocas? E não só você, mas qualquer pessoa? Mudar o passado? Ver o futuro?
Karl Bender encontrou essa possibilidade. E com a ajuda do seu amigo Wayne, agora poderiam controlar pra quando e onde ir nas viagens do tempo.
Com uma política de viajar no tempo apenas para assistir shows, Bender se vê em uma situação um tanto incomum quando algumas coisas saem do controle.
Passado e presente se encontram. O passado muda. E o futuro, como fica?
comentários(0)comente



52 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR