Animais Fantásticos & Onde Habitam

Animais Fantásticos & Onde Habitam J.K. Rowling




Resenhas - Animais Fantásticos & Onde Habitam


195 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Mateus 19/02/2011

Apenas os livros da série Harry Potter não foram o bastante para o contentamento do imenso mar de fãs que acabou surgindo em todo o mundo. J. K. Rowling precisou lançar, entre um livro e outro, livros extras da série para suprir a necessidade dos fãs de informações e novidades sobre o mundo mágico de Harry Potter. E ela não poderia suprir melhor essa necessidade com outro livro a não ser Animais Fantásticos e Onde Habitam.

Primeiramente, J. K. não assina o livro com seu nome, e sim, como Newt Scamander, um grande conhecedor de animais fantásticos e mágicos. Só isso já garante pontos ao livro. Para completar, em várias páginas encontramos comentários e desenhos de Harry (a quem pertence o livro), Rony e Hermione, que garantem grandes e boas gargalhadas. Além disso, temos um ótimo prefácio de Alvo Dumbledore e, claro, um desfile de criatura curiosas e realmente fantásticas que irão satisfazer a sede por novidades de qualquer fã.

Acredito que J. K. Rowling foi a primeira autora a escrever um livro extra de uma série. Um bom exemplo de como faturar uma graninha a mais, além de prolongar ainda mais uma série. Não digo isso com ar de crítica. Estou falando de forma elogiosa, J. K. foi muito esperta! Depois dela, vários outros autores resolveram escrever livros extras também (não tão bons quanto este, é claro). Mas mesmo assim, acredito que a ideia inicial partiu dela.

Muitos podem dizer que Animais Fantásticos e Onde Habitam é um livro inútil e se não tivesse sido escrito não faria diferença nenhuma. Mas eu discordo. É extremamente interessante e divertido. Claro que não é como os outros livros da série, mas onde é que você irá ficar sabendo dos Quintípedes, animais perigosíssimos encontrado em uma ilha na Escócia, dos Farosutis, estranhas cobras de três cabeças, e de diversas outros animais fantásticos? Pois entre nesse livro e aumente ainda mais seu conhecimento sobre o mundo bruxo, você não irá se arrepender.
Marina 02/12/2012minha estante
eu achei o livro interessante demais, Rowling realmente é uma autora muito criativa... Acho que muita gente não entendeu ainda q esse livro é um extra, e uma copia de um livro de Hogwarts, e não uma ''continuação'' da historia, por isso que muitos nao gostaram.


Miranda 22/04/2013minha estante
Você não pode esquecer que o dinheiro arrecadado vai para uma instituição e não para ela.




Lucas Geraldo 08/10/2010

a sei la, ele é engraçado nas partes em que tem comentários do Rony, mas não é um livro para ler como se fosse um livro, entendeu? HAHAHA. Eu acho que é mais pra quem é fã mesmo guardar (tipo eu) e quando der saudade dos personagens ou dos animais ou algo da história, ler e se lembrar dessa brilhante história!
Wellington 29/01/2011minha estante
Ele é legal pra se conhecer um pouco mais dos animais da série, mas é um pouco maçante... ele cansa muito, não é uma história envolvente... ele é realmente como um livro de escola...




Thay Gomez Pilha Flutuante 19/12/2010

FANTÁSTICO ATÉ NO TÍTULO!
"Draco dormiens nunquam titillandus"

Mais um dos maravilhosos livros extras que JK lançou, só que sob o pseudônimo de Newton Scamander, que na história de Harry Potter, era autor de um dos livros de sua lista escolar – leitura obrigatória para a aula de Trato das Criaturas Mágicas e também como guia caseiro de proteção, nas residências bruxas.

Creio que falo por todos os fãs quando digo... eu quero todos os livros daquela lista!! Adoraria ler Uma História da Magia, de Bathilda Bagshot e Mil Ervas e Fungos Mágicos. São livros de títulos criativos, curiosos e sarcásticos, que sempre nos passam mensagens. Seria, no mínimo, o máximo! Mas JK, ao que parece, não lançará mais livros de Hogwarts. La tortura.

Esta é a 52ª edição da Editora Obscurus Books de Animais Fantásticos & Onde Habitam, a obra-prima dos estudos de Scamander, e apresenta as 75 espécies mágicas que ele pesquisou. Conta com um prefácio pitoresco de Dumbledore, rabiscos do trio protagonista (porque é uma duplicata do livro de Harry Potter), notas de rodapé bem espirituosas e humor a cada página – toques que compõem uma leitura deliciosa e que te fará sorrir até se estiver de mau humor.

Traz um breve histórico da vida de Scamander e das viagens de pesquisa que deram base ao livro; tenta diferenciar seres de animais mágicos (se ele solucionou esta dúvida, você só saberá se ler); fala do furdunço que foi o Conselho de Bruxos, quando da proposição deste problema, já que a diferença entre trasgos e centauros é gritante e sapateante; mostra os subterfúgios que os trouxas usam para fingir que não existe um mundo fantástico ali ao lado.

"O frei não quis acreditar que eu encontrara um furão falante e até me perguntou se eu andara bebendo o vinho de nabos do Irmão Bonifácio." (Irmão Benedito, monge franciscano de Worcestershire)

Durante a leitura, percebemos algo que sempre admirei na professora JK: a grande bagagem que ela possui sobre antigas lendas e como ela utiliza essas lendas para criar novas, sempre relacionadas a fatos históricos reais, numa trama bem amarrada e divertida.

"A maior alga do mundo continua a escapar à captura no lago Ness e parece ter desenvolvido uma verdadeira sede de publicidade."

Ela mostra um mundo onde há confederações internacionais de bruxos, um Ministério da Magia, regulamentos e estatutos de datas incrivelmente antigas... Um mundo que é completamente regido por leis mágicas, inclusive de ocultamento, proteção e controle de criaturas fantásticas, escrevendo de um jeito que nos faz crer que não vemos as criaturas e bruxos PORQUE NÃO QUEREMOS OU NÃO PRESTAMOS ATENÇÃO.

"A compreensão insuficiente é muitas vezes mais perigosa do que a ignorância."

Eu compraria uma nova edição com gravuras de cada um dos animais descritos!

Minhas espécies favoritas são: Gira-gira, Tronquilho, Dragão Olho-de-Opala, Fiuum, Hipogrifo, Dedo-Duro, amasso, mortalha-viva, briba, pelúcio, nundu, fênix, pufoso, salamandra, unicórnio, lobisomem, cavalo alado, yeti

"De todos os animais mágicos, pode-se dizer que as fadas têm recebido a melhor cobertura da imprensa trouxa."

A Comic Relief, que angaria todos os fundos da venda deste livro, reverte o apurado a projetos que ajudam populações pobres e crianças do mundo inteiro através de organizações como a SAVE THE CHILDREN e OXFAM. Então, se adquirir um volume, pode dizer que, mesmo anonimamente, você já ajudou alguém nesta vida, e melhor: ajudou sorrindo!!! E isto contará muito.


PALAVRAS NOVAS

Algaravia = linguagem pouco compreensível
Incautos = imprudente
Maçaroca = espiga de milho ou fio que o fuso enrolou em si
Rotundo = redondo
Rutilante = brilhante
Marina 02/12/2012minha estante
a melhor resenha!!


Thay Gomez Pilha Flutuante 03/12/2012minha estante
Obrigada, Marina!
Espero que possa ler o livro. É lindo! ^^


Isaías 01/07/2013minha estante
"...escrevendo de um jeito que nos faz crer que não vemos as criaturas e bruxos PORQUE NÃO QUEREMOS OU NÃO PRESTAMOS ATENÇÃO." Adorei essa citação, e concordo plenamente com vc...


Thay Gomez Pilha Flutuante 02/07/2013minha estante
Obrigada, Isaías! Esta foi uma das resenhas mais gostosas de escrever, amo reler o livro e sempre dou muita risada. Ótimo presente para todas as idades. Abraços!


Carol 18/12/2016minha estante
Ameeeeeeei!! Quem me dera uma prof assim aushausha




Queria Estar Lendo 13/10/2015

Resenha: Animais Fantásticos & Onde Habitam
Eu amo Harry Potter desde que me entendo por gente. Já li os livros mais de três vezes cada, e os filmes perdi a conta, mas nunca tive a oportunidade de ler os livretinhos sobre o universo da magia criado pela J.K. Rowling até agora - com exceção de Beedle, o Bardo, porque esse tá na lista do 'lido mais três vezes'. Eis, então, a resenha de Animais Fantásticos e Onde Habitam.

Com suas 63 páginas contando um pouquinho sobre os animais mágicos do mundo dos bruxos da Rowling, este livro foi uma leitura bastante agradável e nostálgica, porque eu nunca vou parar de sentir saudade de Harry Potter.

Sempre vou me surpreender com a riqueza nos detalhes que a J.K. Rowling colocou quando criou o seu universo fantástico, e sempre vou ficar fascinada pela paixão dela ao escrever sobre ele. Mesmo neste breve relato, J.K. nos presenteia com descrições sucintas e rápidas sobre as criaturas conhecidas e absolutamente desconhecidas, misturando lendas e mitos de todo o mundo para dar mais vida ao universo dos bruxos.

Newt, personagem que escreveu este livro, é o protagonista a nos apresentar todos os frutos de uma vida de pesquisas. Ele viajou pelo mundo todo, investigou cavernas e lagos e territórios desconhecidos, tudo para apresentar aos bruxos e bruxas conhecimento sobre novas criaturas mágicas. As que já existem, claro, porque uma lei foi criada como proibição para criação de novos monstros - vai saber o que os bruxos malucos têm em mente, né?

O livro é bem curtinho, li em uma hora, e tem alguns comentários rápidos nos levando de volta à narrativa de Harry Potter - com o Harry e o Rony sendo os responsáveis pelos comentários, inclusive. De centauros a dragões e sereianos, Animais Fantásticos e Onde Habitam é uma ótima leitura para matar a saudade dos livros da Jo - e também para se preparar, porque a adaptação do livro chega aos cinemas no ano que vem!
comentários(0)comente



João Ferreira 20/12/2013

Resenha: Animais Fantásticos e Onde Habitam [A Inacreditável imaginação de J. K. Rowling]
Mais um livro da incansável e inesgotável fonte de imaginação que é Rowling, Animais Fantásticos e Onde Habitam foi escrito no formato de um livro didático, um livro pertencente a Hogwarts, usado pelos alunos na escola bruxa. Claro que depois de uma coleção tão perfeita como foi Harry Potter, J. K. Rowling teria que escrever livros extras para sanar a curiosidade dos fãs, ampliando o
conhecimento e só aumentando o amor pela série e pela autora.

O livro começa com um prefácio muito bom do próprio Dumbledore, que dá uma sugestiva e animada concepção ao citar “Draco dormiens nunquam titillandus” (Nunca desperte um dragão adormecido), fazendo com que essa expressão coloque um pontinho de dúvida nas nossas mentes trouxas sobre a real existência de um mundo bruxo paralelo ao nosso e funcionando diante de nossos olhos mesmo que jamais percebamos.

Depois da introdução e da apresentação do nível de periculosidade que cada animal pode ser classificado (de X a XXXXX), uma lista de 75 belas, curiosas, perigosas e eternamente mágicas nos é apresentada, com um textinho breve sobre características, locais onde vivem, história, e outras curiosidades que valem muito ao verdadeiro fã de HP.

A capa desenhada para representar um livro antigo e desgastado, o nome do autor como Newt Scamander, os rabiscos que “ferem” as páginas do livro feitos por Harry e seus amigos, tudo isso causa uma dimensão de charme e credibilidade, mostrando que a imaginação de Rowling não tem limites, que o mundo apresentado na heptologia Potter ainda não foi mostrado totalmente e que a admiração por essa autora que doa dinheiro de sua fortuna a pessoas menos favorecidas financeiramente nunca acabará.
comentários(0)comente



Giolie 17/06/2010

Engraçadinho
Não posso dizer que é um bom livro pois não acrescenta nada de útil. E também não posso dizer que é bonito pois nem história ele tem. Apenas trata-se de um livro "didático" de Hogwarts, contendo informações sobre todos os animais mágicos do mundo de Harry Potter.
É legal de ler pois traz anotações, desenhos e pequenas convervas de Harry e seu amigo Rony, e muitas vezes acaba sendo bem engraçado, rendendo muitas risadas.

Se você nunca nem leu Harry Potter, melhor nem tentar entender este.
comentários(0)comente



Mandy Porto 23/04/2010

Muito Bom *-*
Parece que estamos estudando para uma prova de Hogwarts. hahaha É muio legal saber essas coisinhas. E é bom ver o que o Harry, Ron e a Mione escrevem quando estavam em aula.


BLOG: http://www.mylittleworldofbooks.blogspot.com/
comentários(0)comente



Pablo 23/05/2011

Não é tão bom quanto "Quadribol através dos séculos", mas ainda assim é bem divetido!

É um livro perfeito pra mostrar como a J.K. Rowling tem uma criatividade absurda!
São centenas de animais com informações super detalhadas.

As partes mais legais são aquelas em que se faz uma relação com o mundo dos trouxas, como o monstro do lago Ness etc.

Quem é fã de HP vai curtir!

comentários(0)comente



Mari M. 28/09/2011

Definitivamente, acho que vocês, trouxas, tem imensa sorte de poder carregar um exemplar deste livro. São reveladas nele, diversas criaturas interessantes e curiosas, das quais eu tive o prazer de conhecer mais por esse livro.

Comecemos, então, dando o exemplo de Aragogue. todos que já leram os livros/viram os filmes o conhecem. Ele é uma Acromântula. Isso aí. E o Cinzal ? Você conhece o Cinzal ? Que tal, então, um Farosutil ? Sinceramente, eu adoro Farosutis e teria um com imenso prazer. Que criatura curiosa! Se, ao menos, tivesse acesso à galeões, ou sicles, quem sabe. Ou ao Beco Diagonal...

Isso não vem ao caso. Errol ter esquecido de minha carta foi um erro e estou até agora abismada com o fato de ninguém tê-la trago.

Eu me contentaria em ter um Pufoso também. Uma criatura aparentemente adorável, se queres saber. Mas, comer suas melecas enquanto dorme.. Urgh. Eu o trancaria numa gaiola todo o dia à noite. Onde já se viu. Um bichinho de estimação pomposo e peludo, que se deixa ser empurrado ou batido para todo o lugar, leal e companheiro... Comer melecas ?

Acho que só aí já dou à vocês, meros trouxas(oh,e, bruxos que estão por aí, não em refito à vocês, mas, se quiserem lê-lo, acho que será agradável), uma ideia do que é esse livro. Divertidos os comentários de Ron e Harry, e, na introdução no início do livro... É bem legal, não deixem de lê-la. Explica como eles classificaram os seres, porque os classificaram assim.

Abaixo, deixo um pouco de meu querido Farosutil para terem uma noção do que ele é. não que eu seja alguma Bruxa Das Trevas, masa acharia tão legal poder ter um, e tentar impedir suas cabeças de brigarem... Claro, um Pufoso seria perfeito, se ele não comesse melecas... Acho que teria os dois, sabem ? mas toda a noite trancaria o Pufoso em uma gaiolinha...

Mais em : http://livros-devorados.blogspot.com
comentários(0)comente



Nah 19/02/2011

Animais Fantásticos & Onde Habitam
Sob o codinome de Newt Scamander, J.K. Rowling faz uma descrição completa de muitos animais que aparecem na série Harry Potter, e também os que não aparecem.
Há muitas curiosidades sobre diversos animais, além de ser rápido e divertido para ler. Uma prova de J.K Rowling pode escrever muito diferente do que todos estão acostumados a ler.
comentários(0)comente



Cris 25/06/2011

Complemento para a série Harry Potter
Útil para quem curte a série Harry Potter e quer entender um pouco mais.
comentários(0)comente



Lodir 17/08/2009

Para entender o mundo de Harry
A autora criou esse livro para fazer doações, mas deu um presente aos fãs de Harry Potter por dar um livro onde eles possam de fato entender o mundo que ela criou para a história. O livro trás animais que aparecem na hisptória, e outros que nem aparecem, e que ela os criou para mostrar como esse mundo é completo. As anotações ao longo do livro de Harry, Roni e Hermione são muito divertidas!
comentários(0)comente



Kleber Rafael 07/03/2017

Animais fantásticos e onde habitam é um guia, pra ser mais exato é um glossário com descrição dos animais que fazem parte da saga Harry Potter. Da trilogia dos livros da biblioteca de Hogwarts, achei esse um pouco cansativo. O livro é propriedade de Harry Potter e a as anotações dele do Rony e da Hermione são hilárias, o que deu um brilho especial ao livro e foi uma jogada genial da JK Rowling. É um livro bem pequenino, um pouco mais de 60 páginas, para se ler em uma sentada e matar a saudade do mundo HP.
comentários(0)comente



Bianca 14/02/2014

Um pouco mais de Harry Potter
Em “Animais fantásticos e onde habitam” a autora J.K Rowling “interpreta” um autor chamado Newt Scamander, onde o mesmo escreveu o livro há muitos anos, para a biblioteca de magia e bruxaria de Howgarts, onde os alunos (Harry, Rony etc) tinham que ter esse livro na sua grade escolar.

O livro é dividido em partes. Primeiro: sobre o autor Newt Scamander, onde é falado sobre sua história e como começou a gostar de animais fabulosos. Em segundo, temos o prefácio de ninguém menos que o nosso querido Alvo Dumbledore, onde ele fala um pouco sobre o livro. Sucedendo, temos a introdução do autor (o que é mizoloogia, animais ocultos etc), classificação do ministério da magia e por último (e mais legal) um glossário dos animais fantásticos.

O mais interessante, é que tudo isso é super-resumido em 63 páginas. O que não torna o livro cansativo e sim muito divertido.

Além de tudo isso, uma das coisas mais legais do livro, são os comentários e desenhos feitos por Rony e Harry ao meio das páginas. Dei boas gargalhadas com o que eles escreveram.
A editora Rocco caprichou bastante nesse quesito, e também não deixou escapar uma diagramação ótima e uma capa linda.

Para quem gosta de Harry Potter, assim como eu, irá adorar esse “livrinho”, que nos deixa cada vez mais próximos do fantástico mundo que a J.K Rowling criou.
comentários(0)comente



Lidiane 20/09/2016

É um manual.
O livro se trata de um manual sobre os animais fantásticos, não achei nada de espetacular no livro, na verdade eu só li por que será lançado um filme com esse titulo, mas eu esperava mais.
comentários(0)comente



195 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |