Queens of Geek

Queens of Geek Jen Wilde




Resenhas - Queens of Geek


2 encontrados | exibindo 1 a 2


Georgia.Soares 01/09/2017

Awesome Book!
4.5 Stars!!

If you are a fangirl this book was made for you. Like literally.

It really shows the struggles of being a fangirl means like the insecurities that every person has it when they want to meet their "idol" or are in a social environment that they're not used to.

OWN VOICE for
- BI REP
- ASPIE REP
- ANXIETY REP

And so much more.
It was such a positive book! With a geek spicy on that it make me enjoy so much more. I feel very light right now after finishing this book!

So give it a try! It's really worth it
comentários(0)comente



Laris @larisreads 03/06/2018

Feito por uma fã, sobre fãs e para os fãs
Em Queens of Geek conhecemos Charlie, Taylor e Jamie, três amigos que estão indo pela primeira vez para a SupaCon, a maior convenção de cultura pop do mundo.

Charlie é uma vlogger que estrelou um filme de grande sucesso e está ansiosa para divulga-lo na SupaCon. O único problema é que Reese, seu ex-namorado que atuou no filme com ela, também estará lá.

Charlie se recusa a deixar esse pequeno detalhe estragar seu fim de semana perfeito, mas o que fazer quando sua vida amorosa aparentemente não está mais em suas mãos? Enquanto Charlie tem que lidar com a mídia inconveniente e fãs torcendo para que ela volte com Reese, Taylor está lidando com uma grande batalha em sua mente. O SupaCon é um deleite e também um desafio para ela, pois Taylor prefere não se expor às grandes multidões ou tomar decisões que a tirem de sua zona de conforto. Mas ela está decidida a conhecer sua autora preferida nessa convenção, nem que para isso ela tenha que enfrentar todas as suas inseguranças e medos.

"If you judge me based on the way I'm shaped, then you miss out on how awesome I am. And I am awesome."

Eu amei tudo a respeito desse livro: a forte representatividade LGBT+, a conscientização de diferentes etnias, a abordagem de gordofobia, o romance que não parece forçado, a saúde mental como um dos principais temas, toda a questão sobre sexismo, privacidade, padrões de beleza, autoestima e, claro, as referências de fandoms! Sim, em menos de 300 páginas, a autora conseguiu falar sobre tudo isso sem perder a leveza e o humor, fazendo desse livro um dos meus favoritos no ano passado.

"You can't pick and choose whose equality you support. That's not equality."


Charlie, Taylor e Jamie são personagens muito fáceis de se identificar e eu amei muito isso. Assim como muitos de nós, eles usam o mundo fictício para aliviar o peso da realidade, fazendo de Queens of Geek uma verdadeira homenagem a todos nós que passamos boa parte do nosso tempo em lugares fictícios.

Agora vou deixar aqui dedicatória desse livro para vocês verem quão maravilhoso ele é:
"TO THE WEIRDOS, THE GEEKS, AND THE FANDOM QUEENS. TO THE OUTCASTS, THE MISFITS, AND EVERYTHING IN BETWEEN. THE DAYS OF PLAYING THE SIDEKICK ARE OVER. YOU ARE THE SUPERHEROES NOW. YOU ARE MY PEOPLE, AND THIS IS FOR YOU."
Um hino é um hino, né não?
comentários(0)comente



2 encontrados | exibindo 1 a 2