Romance em San Marino: Livro I

Romance em San Marino: Livro I Lídia Rayanne




Resenhas - Romance em San Marino: Livro I


53 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4


Barbara 19/09/2020

Muito mais que um simples romance de época
O livro, ambientado em San Marino e durante o Império Napoleônico, nos traz a história de dois personagens principais, Marco Casali e Ângela Olivério, Marco faz parte de uma das famílias mais ricas e influentes de San Marino e Ângela é uma simples moça, filha de um guarda, mas muito inteligente e idealista.?
?
Marco é filho de um dos membros do Conselho Grande e Geral de San Marino (o parlamento do país), e um dia irá assumir o lugar de seu pai no Conselho, mas não se sente totalmente instruído para o cargo e resolve procurar um tutor para auxiliá-lo. Logo pensa na Senhorita Olivério, que conheceu devido uma situação curiosa. O resto da história, só lendo para saber ?.?
?
O livro é muito bom, conta com personagens carismáticos, bem desenvolvidos, com profundidade, o romance existente vai acontecendo aos poucos e ganhando o leitor enquanto ocorre, você realmente torce pelo casal. Além de romance, o livro também levanta debates políticos e sociais que ainda são relevantes hoje em dia. Também há intriga e jogos de poder, um prato cheio para o leitor.?
comentários(0)comente



Verônica Matioli 31/08/2020

Ângela nasceu em uma família simples, mas isso não a impediu de receber instrução de seu tio que era padre. Tornando-se assim uma mulher culta e também professora.
A vontade de Ângela de ensinar era tão grande, que ela lecionava as crianças samarinesas numa igreja cedida pelo seu tio.
Enquanto a maioria dos homens temem Ângela por seu temperamento considerado impróprio para a época, com esse mesmo temperamento ela acaba conquistando a afeição de homens muito influentes. Surpreendendo até mesmo seu pai que queria lhe arrumar um casamento, temendo que Ângela já estivesse passando da idade de se casar.
Ângela acaba interrompendo um protesto, e assim ela ganha a atenção e a admiração de Marco, um dos futuros conselheiros de San Marino.
Marco vê em Ângela a oportunidade de aprender mais sobre seu povo e Ângela recebe em troca a promessa de ser ouvida pelo Conselho, e quem sabe assim, conseguir melhores condições para ensinar seus alunos.
No decorrer das aulas a amizade entre Marco e Ângela cresce e eles acabam ficando encantados um pelo outro. Mas as coisas não são tão fáceis, Marco é comprometido e algumas pessoas não vão facilitar essa união.
Adorei saber mais sobre a República de San Marino, a terra a liberdade.
Ansiosa para ler a continuação. Estou na torcida por Ângela e Marco.
comentários(0)comente



Kassiane.Mendes 30/08/2020

Maravilhoso!
Meu primeiro romance de época não podia ser outro, se não dá minha autora nacional preferida ?? Lídia maravilhosa arrasou mais uma vez! Foi um soco no estômago ler como as mulheres eram tratadas antigamente e o final me deixou com gostinho de quero mais kkkk
Super recomendo!
comentários(0)comente



Cássia 16/08/2020

Existe um sentimento indescritível dentro de mim, toda vez que termino algum livro bom, e esse sentimento é maior ainda quando leio um livro de um escritor nacional. Não tem palavras que definam o orgulho que sinto de dizer:
- Temos ótimos escritores nacionais, escritores incríveis e que lutam todos os dias por um espaço não muito exigente, mas um pequeno espaço em nossos corações leitores.
Hoje terminei o livro Romance em San Marino da Lídia Rayane, e para conseguir demonstrar metade do meu sentimento por essa leitura tão rica e linda, vou dizer a vocês pelos menos 3 motivos do porque devem dar uma chance para essa história.

- Não é só pelo Romance, é pela riqueza de detalhes que existe em cada cantinho das páginas que li. E não falo de detalhes monótonos, daqueles que te faz ficar empacado na leitura e que não precisavam ser descritos. Estou falando do tipo de detalhe histórico sabe, daquele detalhe que se você pesquisar para entender mais sobre, ele está lá brilhante pra você.

- Da para sentir o cuidado que a autora teve ao criar a personagem principal, Ângela. Ela é inacreditável, forte, destemida, do tipo que não se deixa vencer por qualquer coisa, ela é inteligente, é mais do que beleza, ela tem aquele Q de mulher a frente da sua época sabe, ela quer espaço e luta para tê-lo.

- Cada personagem, e digo isso com ênfase, cada um - mesmo os códiovantes - tem seu espaço na história. Cada um tem a sua história, mesmo que pequena, mas que faz uma diferença enorme. E não é do tipo maçante e o tipo de história que você se pega envolvida e querendo saber mais e mais.

E se isso não for o suficiente para te fazer conhecer essa história, acrescento ainda mais 2 pontos, e esses é para aquelas fãs de carteirinha de um bom romance.

- Gente o que esse esse jeito único que eles se chamam carinhosamente pelo amor de Deus!! - Mio ragazzo - Aiiii o coração até derreter feito bala de açúcar. Não dá não kkkkk...

E por último. Eu não consegui ler a história sem comparar e claro imaginar San Marino com o lugar onde a Bella, do desenho A Bella e a Fera, vive. Não consigo evitar! ?
comentários(0)comente



Vanessa.Moura 08/08/2020

Romance em San Marino
Conheci esse livro através da autora Lídia Rayane.
Confesso que me surpreendi com a escrita, é um livro Incrível.
Apesar do romance ser o ponto principal da história ela também conta com plano de fundo político bem construido, aborda sobre temas familiares, fora o fato da nossa protagonista ser bem divertida.
A Lídia tem uma escrita fluida, os diálogos são divertidos.
Estou anciosa para ler o proximo.
comentários(0)comente



Bianca 08/08/2020

Superou as expectativas
Com certeza uma das melhores leituras do ano. Confesso que comecei sem muita expectativa, porém a história vai crescendo de uma forma muito positiva e envolvente.
O livro conta a história de Angela Olivério, uma jovem humilde e batalhadora que não tem medo de mostrar sua opinião. Por conta disso acaba atraindo a atenção de Marco Casali, um rapaz de família rica e importante. Porém a forma como os dois se aproximam e como cada momento é descrito, é realmente cativante. Além dos dois, é claro, muitos outros personagens interessantes fazem parte da história, e muitos mistérios vão surgindo. Não consegui largar antes de terminar, e agora não vejo a hora de ler o segundo volume.
comentários(0)comente



Lane 23/07/2020

Um livro super bem escrito, não poderia te espetado menos da autora. Amei os personagens dessa história.
comentários(0)comente



Giullia 09/07/2020

Romance em San Marino
Primeiramente, oq vou escrever aqui é meramente minha opinião, n necessariamente se aplica a todos, então se por acaso vc for contrário ao q digo por favor n me critique, apenas tente compreender q existem mais de uma versão para a mesma história.

Enfim... Romance em San Marino tem uma linguagem mais fluida, diálogos humorados e muita política.
Os livros q estou habituada a ler tratam o romance em primeiro plano, por isso creio q n me identifiquei tanto com esse livro que traz uma bagagem de conflitos além do próprio amor entre os personagens. Mas super indico para aqueles q n são restritos apenas a esse gênero literário (romance), pois além de aprender sobre costumes da época (século XIX), é também interessante a história de San Marino e a estrutura do governo.
comentários(0)comente



Bianca.Sanches 06/07/2020

Romance de época convencional? Não,obrigada.
Faz um tempo que leio romances de época e percebo que eles sempre seguem alguns padrões, alguns parâmetros preconcebidos que guiam a história até o seu final amoroso e, até certo ponto, clichê, com figuras masculinas dominantes e com forte senso de possessividade. Mas o que acontece quando a mocinha é de uma grande força e inteligência, que leva um cavalheiro a admitir sua inferioridade intelectual e pedir ajuda à mesma?
E é exatamente isto que temos em Romance em San Marino.
Personagens bem desenvolvidos, com um pano de fundo cultural e patriótico incrível, além de uma discussão sobre o papel da mulher na sociedade e o que significa a liberdade de um povo.
Um romance nacional que abre espaço para a imaginação de uma sociedade no início dos anos 1800, orgulhosa, e ao mesmo tempo, desigualitária, que luta por suas tradições e ainda assim anseia por novos ideais.
Uma narrativa 5 estrelas já finalizada com o desejo pela leitura da sua continuação.
comentários(0)comente



Debbie Safira @sapphiredebbie 01/07/2020

Resenha do livro: "Romance em San Marino". Autora parceira, Lídia Rayanne
"Ela era grata àquele homem que tinha lhe dado instrução e sempre acreditou em seus sonhos, mesmo quando todos diziam que era inútil para uma garota pobre aprender a ler ou escrever."

O livro "Romance em San Marino" é uma narrativa de romance de época incrível e completamente cativante. Em outras palavras, possui um enredo apaixonante e envolvente. Sem mencionar, a história da qual fala sobre liberdade em sua mais bela essência. E também, totalmente surpreendente. Em vista dos segredos e mistérios sutilmente incorporados durante a leitura pela autora, de modo inteligente. Ou seja, jogando indiretas, diretas, aos leitores e instigando ainda mais o interessante pela leitura deste livro.

Acredito que o fato da obra trazer uma história com personagens talentosamente construídos e bem desenvolvidos tanto em se tratando dos personagens principais quanto dos antagonistas ou secundários e suas ligações familiares ou do acaso. Pois, esses são capazes de proporcionar um certo encanto e tornam tudo ainda mais atrativo.

Além disso, a trama conta com um contexto histórico excelente e eficientemente pesquisado. O livro se passa na república de San Marino, uma das mais antigas do mundo e conhecida como a terra da liberdade. Pelo simples fato de ser uma das únicas república livres e independentes e sobrevivente ao Império francês do conquistador Napoleão Bonaparte. Por sua vez, essa nação se distingue entre tantos outros parlamentos, sustentando o Conselho Grande e Geral, que visa a divisão de poder e a não centralização do mesmo.

E o melhor de tudo ao meu ver, a obra não é focada apenas em romance, mas vai além disso ao abordar temas tais quais política e críticas sociais também. Portando, é repleto de riqueza cultural, história e ação também. Na minha opinião, o grande diferencial do livro se deve a história não ser um romance de época tradicional, ao contrário de outros do gênero. E ainda, dá abertura para debater problemáticas da sociedade da época e cujas quais são super atuais.

Curiosos? Veja mais lá no blog. Acesse o link no meu perfil.

site: https://amantedaartedaliteratura.blogspot.com/2020/06/resenha-do-livro-romance-em-san-marino.html
comentários(0)comente



Jaque 03/06/2020

Muito lindo e interessante....
E nesse incrível romance temos Marco Cassali e a jovem Ângela Olivério.
Marco vem de uma família importante em San Marino, filho único, direcionado para um casamento arranjado e destinado a herdar a cadeira do pai no conselho Grande e Geral.
Ângela Olivério é filha de um dos guardas da Rocca, vem de uma família simples e humilde, é inteligente e determinada, é professora em uma escola montada com meses de seus esforços.
Ele_ rico, protegido, mas sem conhecimento suficiente para alcançar seu objetivo.
Ela_ pobre, determinada e inteligente, expressa suas opiniões sem medo.
não poderiam ser mais direrentes.........maas, os diferentes se completam.
Bastou um encontro na praça da liberdade para dar inicio a história..
La naquela praça, Marco viu em Ângela um potencial e assim uma ótima mentora. Com a proposta de levar os projetos da garota ao conselho, Ângela aceita dar aulas sobre politica á Marco.
Mas Ângela não imaginava que seu coração a trairia desse jeito, se arrebatar logo por um rapaz destinado a outra.
Envolvidos nessa bolha de repreensões, sentimentos e confusão, não percebem quando a liberdade de San Marino se encontra ameaçada.
Adorei, me apaixonei pelo jovem casal, e o toque de mistério tornou tudo muito mais interessante.
comentários(0)comente



Pri | @pslovebooks 25/05/2020

Um romance de época nacional com uma escrita cativante e uma trama repleta de assuntos importantes abordados.
Primeiro livro da duologia San Marino, o livro traz uma abertura do que será apresentado na história com uma ótima desenvoltura, a escrita da Lídia é viciante e dinâmica, portanto além de ser um romance de época (gênero que eu amo) a história me envolveu e me conquistou.

Gostei muito da abordagem que a autora fez, sobre o papel das mulheres na época citada da história, como certos preceitos eram estabelecidos e elas simplesmente tinham que aceitar já que eram educadas dessa maneira.
Mas o ponto que mais amei nessa história foi ver uma protagonista independente e empoderada, que mesmo vivenciando essa situação, já que era cercada de pessoas que tinham esse pensamento, não se abateu em levar sua opinião adiante e em mostrar que as mulheres podem fazer história.

Marco apesar do esteriótipo preestabelecido, se mostrou diferentes dos homens da sociedade onde vivia, gostei muito do desenvolvimento notável desse personagem que foi me conquistando aos poucos, estou ansiosa para descobrir que mudanças serão reservadas para ele no segundo livro dessa duologia.

site: https://www.instagram.com/pslovebooks/
comentários(0)comente



Cy | @apenasleitores 05/05/2020

Amei
Ângela Olivério é uma mulher inteligente. Ela é professora das crianças perto de sua casa e lutou até conseguir um espaço para poder das suas aulas, e entende mto sobre política. Mas como toda moça no séc XIX ela precisa se casar. Mas um casamento não está nos seus planos e quem iria se casar com uma mulher que não se comporta como uma dama deveria se comportar?
.
Marco Casalli é filho de um Capitão-Regente, e será tbm seu sucessor na cadeira que seu pai senta hoje. Desejado por mtas mulheres além de ser mto bonito é tbm um ótimo partido. .
? Marco sonha em ser como o pai e sentar-se na cadeira do Conselho Grande e Geral. Mas durante uma reunião, ao dar sua opinião, e ser humilhado, Marco percebe que não conhece direito a política e a história de San Marino.
.
Um dia, o caminho de Ângela e Marco se cruzam. E Marco percebe que Ângela pode ser sua professora. Pode ensinar a ele tudo o que ela sabe sobre política, sobre San Marino. E em troca, Ângela conseguiria uma reunião com o Conselho Grande Geral, pra falar de suas ideias e opiniões.
Ângela fica animadíssima pq era tudo o que ela mais queria.
.
? Aos poucos, um sentimento vem surgindo entre os dois. Mas no meio disso tem a quase noiva de Marco, Alessa Vicinni.
.
Ainda tem a chegada de uma estrangeira mto suspeita que parece tá escondendo alguma coisa.
.
O livro é mto bom. Um Romance de Época simplesmente sensacional. Como sempre a escrita da Lídia é maravilhosa e me prendeu bastante. Virei noites lendo kkkk
.
Eu gostei de como a história foi evoluindo e o crescimento dos personagens. E já quero ler o próximo
comentários(0)comente



Michele @leituraempauta 05/04/2020

Lindo romance de época
Ângela Olivério é uma jovem professora que tem sonhos e ideais muito a frente de seu tempo. É muito inteligente e conhece como poucos a história de San Marino, e gostaria de participar mais da política em seu pequeno país.

Marco Casali é jovem e muito rico. Seu pai, o amargo Astor Casali, faz parte do Conselho de San Marino, e deseja que um dia seu filho assuma seu lugar em seus negócios e na política. Marco sonha com o dia em que poderá ficar noivo de Alessa Vicini, a jovem mais bela de San Marino, porém é muito imaturo e conhece pouco sobre seu país e seus problemas.

Após conhecer Ângela na praça repreendendo seu melhor amigo em público, o estourado Pietro Martelli, Marco se surpreende com seu jeito de agir e falar, e logo decide que Ângela é perfeita para ser sua tutora e lhe ensinar mais sobre seu país e como ser um líder.

Marco e Ângela começam suas aulas, e ambos vão apreendendo um com o outro, logo se tornam grandes amigos. Não demora muito para que essa amizade se transforme em um lindo romance, porém ambos terão que superar a diferença social e outras dificuldades juntos.

Romance em San Marino é um lindo romance de época que prende a atenção do leitor do início ao fim. Não só pelos mistérios envolvendo outros personagens da trama, como o misterioso Louis Beaumont, administrador dos negócios de Astor Casali, e quais são suas verdadeiras intenções, e também Madame Justine, uma francesa rica que se muda para o país, trazendo consigo muitos segredos.

Achei linda a relação da família de Ângela e a forma como se preocupam e procuram proteger uns aos outros. É lindo o amor de seus pais, Laura e Renato, mesmo com as dificuldades financeiras que enfrentam, e a relação de Ângela com seu irmão mais novo, Augusto, seu inseparável companheiro. Sua prima Nelita também é muito divertida.

Ângela é uma mulher forte e com grandes ideais, e quase sempre não é bem vista por isso, numa época em que as mulheres eram submissas e não tinham voz ativa na sociedade.


site: @leituraempauta
comentários(0)comente



Amanda.Cabrera 17/03/2020

Romance em San Marino
Esse livro tomou um rumo bem diferente do que eu imaginava, primeiro pensei que fosse ser um romance de época, aí sentia que seria como uma distopia e depois voltava a ser Romance. Nele temos dois personagens mais fortes, marcados, como a Ângela uma mulher bem independente para a época e inteligente. E Marco, o filho de um governante importante, bem inseguro e que aos poucos vai amadurecendo ao conhecer outros pontos de vista.

A única coisa que me incomoda são os capítulos grandes e por ser contado por mais de dois personagens. Mas isso é um sentimento de leitura pessoal meu.
comentários(0)comente



53 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4