O Último Olimpiano

O Último Olimpiano Rick Riordan




Resenhas - O Último Olimpiano


593 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Jow 23/11/2010

Um desfecho hercúleo, para uma série de Heróis.
Um velho sábio disse uma vez: "É de nossa responsabilidade o que fazemos com o nosso tempo, aquilo que escolhemos para nossa vida. É importantíssimo definir prioridades, nomear o que é nosso e trazê-los para perto. Pois quando esquecemos algo vital, estamos dando ao tempo e ao destino, a oportunidade que eles precisam para se rebelar contra nós."

E assim chegou o momento de decidir entre o que era certo e o que era fácil! Chegou o momento em que a Grande Profecia foi totalmente revelada, o momento on qual acreditar foi preciso, ter confiança foi vital, e se prender a alguma lembrança feliz foi fundamental.

Em minha primeira resenha sobre a saga, escrevi: "Só resta esperar que o Cronus torne Percy aquilo que ele nasceu para ser: Guerreiro, Herói... Lenda!" E assim aconteceu! Mas, não pelo simples fato de que deveria acontecer. E sim, graças a grande evolução do personagem Percy Jackson que entendeu as suas fraquesas, que nos momentos difíceis soube lembrar dos amigos, soube se prender ao amor, um garoto com a sabedoria de um ancião que possui uma hermenêutica fantástica na hora de ponderar palavras, além de todas as outras qualidades necessárias para ser chamado de herói.

Percy se tornou um heroi no exato momento em que não pensou com tal, quando fez diferente dos outros heróis, quando transformou o desejo pessoal em um sentimento coletivo, quando realizou tarefas hercúleas sem pensar em glórias, no momento em que ligou o seu dentino ao de Annabeth, quando cumpriu a sua promessa e não recebeu uma glória individual, mas a transformou em uma bandeira dos excluídos, e principalmente quando utilizou a sua sabedoria para incendiar o coração de deuses e meio-sangues com o único sentimento embalado num jarro de medo: A Esperança.

Logicamente, não se pode esquecer de Annabeth, que mais uma vez foi de suma importancia na vida de Percy. Impossível não comentar o crescimento intelectual Grover, a fantástica Rachel com suas visões, Nico di Angelo e sua preseverança, Thália e sua liderança, Clarisse e sua fúria, e Luke... Que encontrou numa antiga promessa algo que traz o sustento emocional de cada criatura: A Familia!

O Ultimo Olimpiano encerra de forma épica uma das melhores séries já escritas, que ensinou mitologia grega de uma forma divertida, que tem luz própria e não precisa ser comparada a nenhuma outra do gênero da fantasia, e que com certeza deixará muita saudade em todos que leram, principalmente nesse futuro historiador que por aqui encerra.
Alan Ventura 23/11/2010minha estante
Genial,encerrou a resenha sobre a saga com a mesma maestria que começou!


Saulo 23/11/2010minha estante
E vc encerrou de forma fantástica suas resenhas a respeito da série... só senti falta de uma resenha sobre a maldição do titã...

PS: vc é meu idolo =D


Luh Costa 23/11/2010minha estante
Vc tem o dom cara!Resenha muito bem escrita.
Não vejo a hora de ler toda a série. Realmente é um modo divertido de aprender Mitologia!
Falta a resenha do livro Maldição de Titã hein?
Isso é o que da escrever resenhas super bem, as pessoas ficam cobrando!hauhaua


Natália 08/12/2010minha estante
Nossa, que resenha fantástica! E olha que eu nem li o livro ainda... Tô perto, tô lendo 'A Batalha do Labirinto'. E me deu mais vontade ainda de ler esse desfecho... Parabéns, resenha incrível mesmo!


Caroline 15/04/2011minha estante
Espetacular! Arrepiei-me no final. Resenha muito bem escrita, adorei.


Victor 19/08/2011minha estante
Adorei a resenha tbm... E olha que não li o livro ainda²
To na "Maldição do Titã" super ansioso para saber o final *---*


afterthefields 19/02/2012minha estante
Caramba, Resenha INCRÍVEL! Acho que é um dos melhores livros por causo do quanto Percy cresceu e do quanto os outros personagens são de vital importância! Foi um desfecho maravilhoso!


Sara 21/02/2012minha estante
Não podia ter descrito o livro de forma melhor! Ótima resenha, assino embaixo. :)


thaís 16/08/2012minha estante
Adorei sua resenha, acabei de ler o terceiro e fiquei muito curiosa para saber o final.


Mila 21/02/2013minha estante
Nossa, cheguei a ficar arrepiada com essa resenha.. Parabéns, muito boa mesmo!


Bia 11/05/2013minha estante
Resenha totalmente verdadeira! Percy se tornou um héroi "completo" na hora que recusou um presente individualista, mesmo sendo o mais desejado presente de todos os tempos, e escolheu o bem para todos, o que acabou melhorando a vida de muitos meio-sangues.


Fabiano Maximo 03/06/2013minha estante
não li ainda mas gostei muito da resenha parabéns
concordo com tudo!


Emi 04/09/2013minha estante
Cheguei até me arrepiar com sua resenha e minha vontade de ler só aumentou, belas palavras!


Augusto 08/09/2013minha estante
Gostei muito da resenha e comecei a ler o livro hoje! Incrível como no primeiro capítulo já encontramos ação! Ansioso por terminar a história.


Tamiris 23/11/2013minha estante
Explicastes de forma espetacular o melhor livro da saga. Parabéns.


Mirella 21/11/2014minha estante
Arrepiei-me! Melhor resenha sobre livros que já li! Parabéns!


Breno.Henryke 25/08/2016minha estante
Perfeito,Muito boa sua resenha,não li o livro,mas me deixou muito curioso !




Mateus 18/08/2010

E então, é o fim...
Quando O Ladrão de Raios foi lançado no Brasil e o vi pela primeira vez, me fascinei na primeira olhada. A capa era incrível, a sinopse era incrível, o livro todo parecia ser incrível. Mal sabia eu que ele se tornaria o melhor livro que leria em toda a minha vida. Muitos podem me achar um idiota por achar isso, pois minha vida mal começou. Mas Percy Jackson é único, e nada se iguala a ele. Bendito foi o dia em que o comprei, vou me felicitar pelo resto da vida por ter feito isso.

Acompanhar a série Percy Jackson foi uma acontecimento sem palavras. É impossível descrever. Esperei ansiosamente o lançamento de cada livro, cada livrinho tão querido que irei me lembrar pelo resto da vida. Quando chegavam, era aquela festa, até pulava de alegria. Simplesmente ganhava meu dia quando tocava nas páginas dos livros. As horas que passei com eles foram as melhores em toda a minha vida, e as que com certeza mais aproveitei. Percy Jackson e os Olimpianos é e sempre será a melhor e maior série de todos os tempos. Não importam as dezenas de outras séries que irão surgir no futuro, Percy Jackson sempre terá um lugar guardado em mim.

O Último Olimpiano é, com certeza, o livro com mais ação e aventura de toda a série. Batalhas e guerras são constantes, o tempo todo a tensão é crescente e os personagens correm perigo em quase todas as páginas. Meu coração subiu a boca praticamente em todo o livro, e me senti ao lado de Percy, Annabeth, Grover, Clarisse, Quíron e todos os outros heróis na arena de batalha. Foi maravilhoso.

A história se passa em Manhattan. O titã Tifão se libertou de sua prisão eterna e está destruindo tudo por onde passa. Os deuses, sem outra alternativa, vão tentar acabar com esse poderoso personagem que parece ser quase indestrutível. Porém o Olimpo fica vazio e sem ninguém, e tudo parece se mostrar apenas uma armadilha para tornar o lugar indefeso e Cronos derrubá-lo. E com o Olimpo indefeso, quem irá batalhar para defendê-lo? O Acampamento Meio-Sangue e seus semideuses. Percy e todos os seus amigos irão batalhas até o fim, seja até a vitória ou até a derrota.

O que Rick Riordan fez foi sensacional. Conseguiu, diferentemente de várias outras séries que já li, terminar a série de um jeito brilhante. Todas as perguntas foram respondidas, todos os personagens, bons ou maus, tiveram um final digno. Tudo foi narrado na maior perfeição, não tenho nada para reclamar. Sempre acho erros na maior parte de livros finais, mas nesse, estou sem palavras.

Um ponto diferente neste livro é que os deuses menores ganham um destaque maior. Com a ausência dos grandes deuses, esses se tornaram os únicos prontos a ajudar. A deusa do lar, Héstia, tem um grande papel. Perséfone, esposa de Hades, também tem a honra de entrar na guerra. Uma grande deusa, que finalmente aparece, é Deméter. Outros persoangens mitológicos, como Prometeu, o Porco Voador, deuses dos rios, e até um objeto famoso, a caixa de Pandora, entram também no livro. Cada um tem seu papel, por menor que seja. Todos juntos fazem do livro essa grande obra prima que é.

Quando acabei a última página e fechei o livro, me deu aquele aperto no coração. Nunca mais irei ler novos livros da série Percy Jackson, um dos maiores heróis de todos os tempos... mas irei sempre reler, isso podem ter certeza. A questão é: será que algum dia irei ler uma série tão sensacional assim? A resposta é que não sei. Mas não vou ficar triste. Estou feliz por ter lido tudo, e passado por experiências maravilhosas ao ler. Me senti realizado. O consolo de nós, fãs, é que Rick Riordan escreverá outros livros. Vamos torcer para que sejam tão bons quanto esses. Esperamos que sim.

Mas uma coisa é certa: Percy Jackson é eterno *-*
Frannie Black 24/11/2010minha estante
Adorei a resenha!!!


Mari 20/12/2011minha estante
Nossaa ! Nunca pensei que fosse encontrar alguém que sentiu a mesma coisa que eu quando li o Último Olimpiano. Eu não canso de reler esse livro e todos os outros da série. Com certeza é a minha série favorita, e de todos os livros que já li, Percy Jackson é o meu personagem favorito, que com certeza eu vou sempre me lembrar ! Adorei a sua resenha =D


Mateus 29/12/2011minha estante
Obrigado, Mari! Percy Jackson e os Olimpianos também é minha série preferida, e não tinha como escrever uma resenha diferente. A série pode até ter terminado, mas ela estará sempre em nossa lembrança! E claro, podemos nos contentar com os Heróis do Olimpo (:


Luan 30/04/2012minha estante
Percy Jackson e os Olimpianos também é minha série FAVORITA!!
Amei sua resenha!
Percy Jackson é eterno *-* [2]
Percy e sua turma sempre estarão em nossos corações!


derson 26/07/2012minha estante
voce escreveu de uma forma genial, parabéns!!!!!!!


Ruth Aparecida 03/09/2012minha estante
Resenha maravilhosa *-*


Mila 21/02/2013minha estante
Muito boa essa resenha, parabéns! :)


Ellis 23/11/2013minha estante
Ainda bem que tem a continuação da saga Os Herois Do Olimpo




CaioMeloW 16/02/2010

O melhor livro da série²
PS1: Sim, eu vou comprar o livro quando ele for lançado no Brasil xP
PS2: Resenha livre de revelações sobre o enredo (ou seja, se você ainda não leu o livro, pode ler a resenha sem medo)

Um monte de séries têm um ótimo desempenho durante o lançamento de seus livros, mas aí chega o último livro... e as séries se revelam uma grande porcaria (vide Crepúsculo)... Essa situação passa longe d'O Último Olimpiano, volume final da série "Percy Jackson e os Olimpianos".

O livro já começa em ritmo quente no primeiro capítulo - não posso falar muito... duas linhas a mais e já seria uma revelação FORTE sobre o livro - e vai aumentando mais e mais, fazendo você quase explodir emoção a cada página virada (ou "scrollada", já que eu li no computador xP).

Várias revelações são mostradas ao decorrer do livro e, aos poucos, todos os fatores da série vão se encaixando com perfeição. Se você acha que vai se decepcionar lendo O Último Olimpiano, pode tirar seu cavalinho da chuva, pois você vai passar loonge da decepção inexistente.

Depois de livros maravilhosos, infelizmente, acaba aqui a série Percy Jackson e os Olimpianos... Porém, Rick Riordan está escrevendo uma nova série baseada no Acampamento Meio-Sangue... Então, nem tudo acabou!
Guilherme 20/06/2010minha estante
Ainda não li "O Último Olimpiano", mas sem dúvida nenhuma depois de ler a sua resenha, fiquei com mais vontade ainda de ler.
Fiquei feliz em saber que o final não é decepcionante (como o de Crepúsculo) e que o Rick Riordan está escrevendo mais um livro sobre o Acampamento Meio-Sangue... e sei que ainda nesse ano chega no Brasil uma nova série dele baseada na Mitologia Egípcia... então ainda bem, teremos bons livros do Rick Riordan por mais tempo.
Ótima resenha.


Bartolotto. 12/09/2010minha estante
Muuito bom, nossa, amei sua resenha, sempre fico com medo de ler as resenhas e ler algo revelador, mas cara, muito obrigada!! hasuhausa
ótima mesmo sua resenha!




Lu 01/02/2011


Terminei de ler "O Último Olimpiano" sentindo aquela mistura de tristeza e felicidade que acompanha o leitor ao chegar ao final de uma série muito querida. Tudo parece ter clima de despedida. E me partia o coração ter que me despedir de Percy e cia, ainda mais quando eu me despedi de uma outra personagem favorita, Lisbeth Salander, no começo de janeiro.

O quinto e último livro narrado pela perspectiva do protagonista, o simpático Percy, segue o ótimo padrão dos livros anteriores: narrativa bem humorada, criativa e cheia de detalhes. Personagens carismáticos e uma boa história. Tudo bem, acho que o Riordan pecou um pouco no quesito história. Senti uma vibração meio "Harry Potter" na profecia.

Entretanto, o autor conseguiu, mais uma vez, desviar as atenções das semelhanças no enredo ao imprimir personalidade própria à sua história. Uma das coisas que eu mais gostei foi a maneira como ele aborda o tema da negligência e o abandono dos filhos pelos pais deuses. E até que ponto isso influi nas escolhas da criança ao crescer. É claro que Percy Jackson é uma série que se propõe a entreter. Mas nem por isso, a história deixa de fazer pensar.

Então, mesmo com essa semelhança, acho que o saldo não apenas do livro como da série como um todo, é mais do que positivo. É uma série para ler e reler muitas vezes.

Totalmente recomendado!

Léia Viana 02/02/2011minha estante
Já li muitas resenhas interessantes a respeito deste personagem: Percy.
É triste se despedir de personagens, principalmente quando se acompanha as histórias desde o início. Eu lhe compreendo.



Evelyn Ruani 03/02/2011minha estante
Puxa Lu!
Vc escreve ótimas resenhas e sempre fico com vontade de ler os livros que vc recomenda! Esse é um deles, esse ano ainda leio a coleção!
Bjãooo


Fe Sartori 03/02/2011minha estante
Lú,
Também acho que mesmo com a semelhança é super recomendado a leitura, afinal nós leitores só temos que ganhar com isso né! Uma vez que ambas as séries são ótimas.


Stephanie 12/07/2013minha estante
Eu tbm senti um "Harry Potter" no ultimo livro, principalmente pq tem uma hora que ele fala "fui criado pra morrer"....algo do tipo.




W Nascimento 13/08/2010

Um final fraco e decepcionante.
Confesso que fiquei muito decepcionado com esse final. O livro de Rick Riordan começou bem mediano, com uma narrativa muito acelerada e um pouco superficial, mas que por se tratar de um livro voltado ao público infantil, foi perdoado. O final de o Ladrão de raios me instigou a ler os outros, e eu notei com felicidade que o autor ia se desenvolvendo ao longo de seu trabalho.
Mar de Monstros foi muito agradável e a Maldição do Titã foi seu ponto auge, porém, depois disso, foi queda livre. A Batalha no Labirinto perdeu qualidade e o Último dos Olimpianos fechou o ciclo muito mal.
E os motivos disso se devem, a meu ver, por um final muito mal amarrado e com uma conclusão um tanto estranha. O livro conseguiu surpreender, sem dúvidas, mas não pelo mérito do autor em criar um bom suspense digno de autores como J. K. Rowling, mas sim por colocar algo meio nada haver.
O livro também desperdiça muitos personagens que se mostram completamente inúteis par a trama. Até mesmo Anabeth e Nico di Angelo perdem sua importância e os holofotes ficam quase que totalmente sobre Percy. Tá certo que ele é o principal, mas só ouvir falar dele é um pouco chato.
Enfim, essas foram minhas considerações.

Willian Nascimento
Autor de “O Véu”
pordetrasdoveu.blogspot.com
Kennedy 25/12/2010minha estante
Concordo em alguns pontos, mas não entendo o motivo de uma nota tão baixa. Escolher o melhor livro para essa série é difícil, mas, como esse é o final, o que tem mais emoção e cenas de ação, acho esse o melhor, apesar de algumas coisas serem resolvidas muito depressa.


W Nascimento 30/12/2010minha estante
Não sei cara. A grande verdade é que eu não gostei tanto assim da série, embora seja um bom passatempo. Mas o que mais me revoltou mesmo é que eu li todos os cinco livros para chegar a esse final. Logo, a decepção é muito maior. Se fosse uma história de um volume apenas, o final não decepcionaria tanto, pois eu teria investido menos tempo e paciência. Contudo, foram 5 volumes, e passar por tudo isso para ter um final corrido desses, é frustante. Por isso a nota tão baixa.


Léo 25/01/2011minha estante
Ótima resenha, como sempre!Você escreve supeeeer bem!Concordo sobre a narrativa meio que superficial, mas combina com a história, que as páginas passam ser nem ser vistas!!Igual ao o Véu!


Sara 21/02/2012minha estante
Discordo. A Batalha do Labirinto é o meu favorito, não acho que houve queda. O final da série foi muito bem elaborado, as atenções puderam ter estado voltadas ao Percy - e, afinal, deveriam estar pois tratava-se do seu destino ao completar dezesseis anos - mas acabou que o mérito não foi só dele, aliás, foi muito menos dele do que eu esperava que fosse. E foi a primeira história que eu li onde o herói tornou-se herói não por fazer o que todos esperavam mas, por dar a outrem a chance de fazê-lo.


Mello 08/03/2013minha estante
Eu também discordo. O Último Olimpiano foi, na minha opinião um dos melhores livros da série.
Não acho que o final foi estranho. Ao contrário, achei o final ótimo. Deixa você pronto para um final e de repente um outro final, mais surpreendente, acontece. Eu também não acho que os holofotes ficaram somente para Percy. Todos tem um papel importante e no final ele nem era o herói da profecia.




Analu. 19/03/2010

Esse com toda certeza é o MELHOR da série, e olha que todos os outros são tão viciantes quanto, mais esse vence , é emoção do começo ao fim , e ainda to meia com a cabeça no livro, as cenas passando por mim e a vontade de ler tudo de novo .-. Bom começando, pela Thalia, gostei dela ter aparecido ela é uma pessoa legal .-. não gostava mto dela no no 3ª livro por causa do jeito dela querer comandar tudo, querer escolher pelo Percy, mais ela é irada \O/ Q adorei as caçadoras sob o comando dela. varios personagens foram mudando meu conceito no decorrer dos livros, uma é a Clarisse, mesmo ela sendo um pouquinho egoista, eu amo demais, ela é incrivel e muito corajosa, as cenas dela no fim foram incriveis. Até o Sr. D . me impressionou, igual ao 4ª adoro essa implicação que ele tem com o Percy, .-. Q eu amo demais o BlackJack *-* , eu ri muito com todas as cenas dele, o Tyson *---* poxa ele é tão fofo, eu amo ele é um dos meus preferidos junto com o Grover que sempre me faz rir, os dois são o exemplo de um coração bom . Agora os principais, nunca um personagem me encantou tanto quando o Percy , ele é TUDO *-*. não é só a coragem, é o coração dele, os sentimentos, as atitudes, ele é incrivel. E a Annabeth é a melhor, os dois são tão bonitinhos juntos, esse com certeza foi o melhor, dei pulinhos na cena do fim *-------* s2. e até o Hades me surpreendeu D: eu nunca gostei mto das atitudes dele, mais ele se superou, o Nico fez um otimo trabalho .-. as cenas deles principalmente as do nico são sinistras cara G.G /tenso . mais são emocionantes *-* eu amo o nico s2. E o Luke, bom esse livro me fez ver um outro lado do Luke, da pra entender o porque de tudo isso que ele se tornou, e foi incrivel toda historia, os deuses Poseidon é o melhor, adorei a Hestia me encantei com ela, todos os deuses são legais até o Ares, se olhar por um ponto .-. Q os outros personagens, mostrou mais sobre eles adorei , e a Rachel eu sempre gostei dela , e AMEI o fim que o Rick deu pra ela no livro .-. poxa o Rick é MUITO bom, como ele pode criar uma historia tão perfeita? .-. agora bate a depressão, que acabaram-se as aventuras, do Percy com seus amigos G_G tudo bem que o Rick deixou meio subentendido que pode ter continuações .-. tomara, porque sentirei saudades de todos, estarão sempre no fundo do meu coração *-*
comentários(0)comente

Bianca Boonen 03/04/2010minha estante
pra gostar de um livro não precisa idolatrar todos os personagens ¬¬ mas, sim, o Rick é MUITO bom ;)




Doug Tods 15/01/2011

Percy Jackson dessa vez enfrentará um perigo de grandes proporções


O ultimo livro da serie Percy Jackson e Os Olimpianos já começa com a mais merecida ação, o estilo eletrizante de Rick Riordan ganha mais voltagem com a aproximação da guerra final. A profecia que agora está prestes a se completar é a “grande profecia”, e ela não soa muito bem aos ouvidos de Percy.

Cronos, o poderoso Titã está recrutando forças para invadir Mahatan, e para marchar rumo à destruição do Olimpo. Percy não tem chance alguma de deter-lo, a não ser que siga as suicidas instruções de Nico.
Desta vez nosso protagonista não estará lutando para salvar apenas o Acampamento Meio-Sangue, ou Nova Yorque e o Monte Olimpo, desta vez ele terá que se empenhar ao máximo, pois toda civilização ocidental corre o risco de ruir.

Segredos esperados serão revelados. O que levou Luke a se bandear para o mal? Qual é o mistério do passado de Nico? Vocês precisam ler este livro o quanto antes para obter a resposta de perguntas como essas!

O impressionante deste livro é que ele excede todas as expectativas! Tudo o que se deveria ter no ultimo livro da saga, graças a Rick está nas paginas de O Último Olimpiano. Percy realiza seu desejo de visitar o palácio subaquático do pai, Poseidon; Retorna ao reino submerso de Hades; Sobe aos domínios de Zeus; Passa um considerado tempo no acampamento meio-sangue; Viaja para resolver alguns assuntos pendentes; E é nas ruas de Nova Yorque em a guerra acontece.

Zeus, Hera, Atena, Artemis, Apolo, Dionísio, Hefesto, Afrodite, Ares e Hermes estarão lutando contra Tifão, uma ameaça que chega a ser superior a Cronos; Poseidon está enfrentando mal bocados em seu reino marinho, enfrentando uma guerra contra o Titã correspondente a mesma área que a sua; Hades neste livro estará um tanto obcecado como no filme O Ladrão de Raios, estará pouco se lixando para a ruína do Olimpo, por tal motivo se distanciará de tudo em seu palácio no mundo inferior, mantendo Perséfone e Demeter consigo; Desta forma restará apenas aos meio-sangues a tarefa de proteger o Olimpo das futuras investidas de Cronos e seus seguidores. Novos traidores surgirão, enquanto alguns antigos antes do fim se arrependerão. O chalé de Ares se recusa a entrar na guerra, o que torna tudo mais difícil.

No geral o Último Olimpiano acaba sendo a junção dos quatro anteriores livros, onde quase todos os personagens da trama lutarão na batalha final, optando pelo lado do bem ou do mal. Isso acaba tornando o livro em o melhor da saga, ma não no meu predileto.
Tenho um carinho especial pel’O Mar de Monstros, e particularmente amei o labirinto de Dédalo em A Batalha do Labirinto. O livro 2 e o 4 acabam sendo meus prediletos, por me proporcionar uma alegria intima; O livro 5(este) e o 1 (O Ladrão de Raios) também são esplêndidos, e por tal motivo não fica muito atrás dos outros dois em meu conceito; O livro 3 (A Maldição do Titã) me decepcionou em alguns pontos, e acaba ficando em uma escala de apreço inferior aos outros da saga, mas ainda sim está na lista dos melhores livros que eu já li em minha vida.

Quero deixar claro que considero Riordan o escritor do século. Estou disposto a ler, e inclusive comprar cada livro que ele lançar. Estou ansioso pela nova trama que envolverá o acampamento meio sangue, li os dois primeiros capítulos na internet, e quase enfartei de expectativas. Logo estarei procurando ler A Pirâmide Vermelha e O Labirinto dos Ossos. Se por acaso me perguntarem quem é o meu autor predileto, sem sombra de duvidas RR será a resposta!

Prometi uma breve comparação da saga de Percy Jackson à de Harry Potter, portanto logo vou dizendo: Prefiro o meio-sangue a o menino-bruxo! Percy pensa e age tão puramente, que chega a ser como um melhor amigo para qualquer um de nós, enquanto Harry age de forma irritante por muitas das vezes; Entre Annabeth e Hermione, fico com Hermione, ela é muito mais cativante do que a meio-sangue, enquanto Hermione é a CDF do mundo bruxo, fiel e prestativa, Annabeth apesar de sábia se desgastou bastante em relação a Luke. Rony! Rony! E Rony! Sem sombra de duvidas o prefiro do que a Grover, ambos são personagens engraçados e sem noção, mas Grover caba se ridicularizado por vezes; Draco começou inritante, e apesar de tudo cheguei a crer que ele teria um fução primordial na trama de Rowling, que fosse para o mal ou para o bem, mas foi reduzido a um palerma nos últimos livros da série bruxa, o que acaba me fazendo preferir Luke; Entre os vilões fico com Lord Voldemort, ele tem classe e audácia, Cronos apesar de ser engenhoso não me agradou tanto; Entre a matriz mística de Harry e A mitológica de Percy, fico com a de Percy, asseguro, mitologia grega é tudo! Porem, acho que estudar em Hogwearts seria a realização do meu espírito, seria muito mais gratificante do que treinar no acampamento esperando pelo reconhecimento de deus. Mas pra deixar de tanto blábláblá desnecessário vou dizer logo de uma vez: Prefiro a saga de Percy Jackson! Pronto, falei.
Para os que dizem que Rick fez uma clonagem modificada do trabalho de J.k., só tenho a dizer que ele foi brilhante, pois conseguiu superá-la.

Só quero ressaltar uma ultima coisa a respeito de O Último Olimpiano: DEMETER É UM MÁXIMO! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
comentários(0)comente



Juliana Costa 07/09/2010

AAAAAAAAAAAAAAAAAAH, POR QUE ACABOU?
Cara, eu sei que sou suspeita pra falar, já que sou fã da série e tudo, mas só o que eu posso dizer desse livro é que foi - na falta de uma palavra melhor - perfeito. Simples assim. O Rick Riordan (TIO RICK \Õ/) é um ótimo autor, o jeito com que ele apresenta os fatos nos momentos certos e como ele mistura com a mitologia original é uma coisa que impressiona. Vamos combinar que, se você disser que não se apaixonou pelo Percy, que não prendeu a respiração com os momentos eletrizantes (que te fazem ter vontade de gritar loucamente), que não suspirou com o romance e que, principalmente, não vai sentir falta da série, você está mentindo. Tipo, fui só eu que chorei quando o livro acabou? Não só "O Último Olimpiano" é perfeito, mas sim a série 'Percy Jackson & Os Olimpianos' toda. Com certeza é minha série preferida. E, tio Rick, não deixa a gente morrendo de ansiedade não! Escreve logo outro livro! :'D
comentários(0)comente



yehuds 10/06/2011

O Último Olimpiano (Percy Jackson e os Olimpianos #5)
Decepção. É a palavra que define esse livro.

A série, que alcançou seu ápice em "A Maldição do Titã" ("A Batalha do Labirinto" também um enorme valor), apresentou um desempenho um tanto estranho. É uma série desigual. Possui seus pontos fortes, mas muitos pontos ruins (uns tão ruins que passam do ponto de WHT?). O final de "Mar de Monstros" foi fantástico, fiquei sem fôlego, mas no terceiro volume não me apresentou a personagem Thalia, muito pelo contrário, me apresentou a facilidade narrativa Thalia. Muitos personagens parecem ter sido criados por que a narrativa precisava das habilidades deles naqueles momentos. Thalia e Rachel são os maiores exemplos disso. No entanto, personagens realmente legais também aparecem. Zoë e Nico são bons exemplos.

O que mais me irritou, sem sombra de dúvidas, foi o desvirtuamento da mitologia grega. Hades levando uma surra de um semideus. Cronos não pulverizando Percy (fazia o lance do tempo e pronto, já era). Apolo, também conhecido como deus das artes (além de deus dos arqueiros, da medicina, dos oráculos... Menino-faz-tudo), não conseguir fazer haicais e poesias decentes. CÉRBERO, ênfase em CÉRBERO, querer brincar com uma bolinha? Deméter parecer uma tia velha com uma só palavra na cabeça, no caso, "Cereais!". São tantos que não dá para citar todos.

~ SPOILER ON ~

Os furos não são somente na mitologia. "O Último Olimpiano" tem furos na própria história. Não falo de pontas soltas, mesmo por que, apesar de amarradas de forma porca, todas elas estão conectadas. Falo de coisas sem noção mesmo. Silena, apesar de gostar dela, é a traidora, não importa como morreu. Desde quando a morte apaga o que a pessoa fez em vida? Ela se arrependeu? Sim. Mas isso não vai devolver os semideuses que foram mortos por causa das informações passadas a Cronos.

Pelo mesmo motivo, o arrependimento, Luke foi tratado como herói. Ele fez todas as escolhas erradas e teve o plantou. O milagroso, súbito e inexplicável arrombo de humanidade não tem lógica. Foi abrupto e nem um pouco gradual. Forçado.

Forçado, aliás, define bem esse livro. As cenas de luta e ação não tem qualquer emoção e todo acaba fácil demais, outra vez a falta de sentimento de perigo é um dos principais defeitos da série. Tifão, o inimigo fodão dos deuses, que apanhou durante todo o livro e continuou desfilando pelos EUA, foi derrotado por uma hordinha de guerreiros cansados de Poseidon. Muito WTF? essa passagem. Ridícula define. Outra passagem ridícula é Thalia ser privada da "batalha final" por que ficou sob um monte de pedra no formato de Hera. Ela não mereceu isso, principalmente depois de ter sido usada por Rick Riordan da maneira que foi.

~ SPOILER OFF ~

Nico, Annabeth e Grover desapareceram nesse livro, não em presença, mas em participação, parece que só estavam lá para lutar. Perderam vida, e toda ela foi para Percy, o não-herói da história que consegue tudo de maneira fácil e simples.

Em uma alusão simples a própria história, posso dizer que o defeito mortal de Percy Jackson e Os Olimpianos é a falta de emoção e coerência. Sem isso, não passou de uma série passatempo.

PS: Héstia é a deusa mais deslocada da história. Só serviu para fazer Perseu ter visões e se tocar de algumas outras coisas... Ah, para título do livro também. Apesar disso, gostei bastante dela.

PS2: Tomara que Os Heróis do Olimpo não tenha o mesmo defeito de Percy Jackson. Nem As Crônicas dos Kane. Mesmo sabendo que todos possuem a mesma vibe e que será quase impossível que sejam diferentes, a esperança ainda não saiu do vaso. –Q
comentários(0)comente



Olive 20/02/2010

o pior.
a serie inteira Percy é o cara,pra chegar no final e ser só isso?um pouco mais do que nada? o final foi decepcionante.Morguei totalmente a serie.
comentários(0)comente

spessoto 13/03/2010minha estante
Concordo, não teve nada inédito. Algumas cenas dos outros livros são mais agitadas do que "a grande batalha". Bah.




Arthur 04/11/2011

Um final à altura da série
Chegamos ao fim. Acho que nunca estive tão ansioso para um fim de série como agora. Arrisco-me a dizer que nem Harry Potter and the Deathly Hallows conseguiu criar tanta expectativa em mim quanto The Last Olympian (eu me decepcionei bastante com Deathly Hallows. É um ótimo livro, mas, para um final de série, deixou a desejar. Não consigo engolir aquele "19 anos depois". Mas essa é outra história).

Os meios-sangues passaram o ano inteiro preparando-se para a batalha contra os Titãs, e sabem que as chances de vitória são pequenas. O exército de Cronos está mais poderoso que nunca, e cada novo deus ou semideus que se une à causa confere mais força ao vingativo titã. Enquanto os olimpianos se ocupam de conter a fúria do monstro Tifão, Cronos avança em direção à cidade de Nova York, onde o Monte Olimpo está precariamente vigiado. Agora, apenas Percy Jackson e seu exército de heróis podem deter o Senhor do Tempo. Nesse quinto e último livro da série, o combate se acirra e o mundo que conhecemos está prestes a ser destruído. O destino da civilização está nas mãos do semideus anunciado na antiga profecia, e Percy está perto de completar dezesseis anos – a dúvida é: o herói será ou não capaz de tomar a decisão correta?

Do início ao fim do livro, não há tempo para respirar, é uma guerra a cada capítulo. Para quem reclama de finais tediosos e monótonos, não vai se decepcionar com o livro. Não tem como não se comover com a morte de personagens até então secundários na série. Ou não ficar com a mente a mil imaginando, por exemplo, a cena em que os semideuses, do topo do Monte Olimpo, observam Nova York ser silenciada por Morfeu, ser posta num sono sem fim, como diz a Grande Profecia.

Uma das cenas que mais me fizeram rever os meus conceitos sobre titãs e deuses é a em que o titã Prometeu mostra a Percy Jackson o passado de Luke, o meio-sangue cujo corpo é hospedado por Cronos. Assim como Percy, você se pergunta: até onde os deuses são melhores que os titãs? E, de verdade, você não sabe de que lado ficar.

Rick Riordan retorna no mesmo estilo dos quatro livros anteriores. Revelações, mistérios, reviravoltas, mais mistérios... The Last Olympian é um dos poucos finais de série que conseguiram me fazer errar nas apostas.

Percy Jackson & the Olympians tem um final à altura da série. Que venha agora The Heroes of Olympus!
comentários(0)comente



Frannie Black 16/06/2010

♥ Empolgante! ♥
Ahhhhh... Apaixonei-me por esta saga. É simplesmente fabulosa!

Minha história de amor com o semideus Perseu Jackson, mais conhecido como Percy, teve início quando minha amiga skoober, Michelly, fez-me a recomendação (Valeu Mi! *-*).

As obras de Rick Riordan têm uma singela e habilidosa narrativa, entrelaçada com diversão bem elaborada e agradável, desenvolvendo-se em meio a várias mudanças de cenários e personagens, mantendo o leitor preso página após pagina. E ao término de cada volume, somos instigados a logo ler o posterior.

Sem mencionar que é excelente para relembrar os deuses e seres da Grécia antiga.

Os personagens são únicos e encantadores: Percy Jackson (com certeza, neh!); a guerreira filha de Atena, Annabeth; o sátiro Grover; o centauro Quiron; a caçadora filha de Zeus, Thalia; o ciclope Tyson, meio-irmão de Percy; o deus do mar Poseidon, pai de Percy e o pégaso Blackjack.

P.S.: Percy e Annabeth são tão fofos juntos! ♥
Michelly 20/06/2010minha estante
ahhhh! Tô dando pulinhos \o/ de nada Sandrynha, estamos ai pra isso =D , fico feliz de saber q gostou também desses livros que são minha paixão ?


Ale 04/08/2010minha estante
Adoro essa saga tbm, Rick Riordan conseguiu uma sequencia muito boa dos livros da série!




Rafael Palone 12/01/2011

Como toda a saga, o último livro da saga 'Percy Jackson & Os Olimpianos' não poderia ser deixado para trás. O livro é muito bom, à cada página dá, cada vez mais, aquele desespero que faz a gente quase devorar o livro de tanta curiosidade! É envolvente, divertido, mas não é um dos melhores da saga.

À começar com o fato de que Percy decidiu amadurecer neste livro de uma vez ao invés de ir amadurecendo aos poucos durante a saga. Percy está bem "metido" neste livro e isso não me agradou muito. Outra coisa que não me agradou, foi o fato do título 'O Último Olimpiano' ser mais para causar suspense, pois a "história" que se passa ao redor do último olimpiano é bem secundária, que nem faz tanta diferença no decorrer do livro.

Apesar desses pequenos detalhes citados acima, o livro é muito bom mesmo. Gostei muito como Rick Riordan foi relembrando os personagens dos outros quatro livros. E também gostei dele ter reforçado aquele trio Grover-Annabeth-Percy que estava um tanto distante nos últimos livros, mas que foi tão unido no primeiro livro. Adorei o Nico, ele está muito mais legal nesse livro. Adorei a Thalia, com seu jeito punk-de-viver-a-vida. Adorei o Ethan Nakamura (apesar dele ter dado muitos motivos para ser odiado durante o livro). Enfim, adorei demais esse livro!

Durante a vida, a gente vai adquirindo certeza, e uma das certezas que eu adquiri na minha vida é: Rick Riordan é um BAITA escritor! Criou uma saga envolvente, digna de elogios e que, com certeza, vai ficar na memória.
comentários(0)comente



Ler, viver, ama 28/12/2012

Doloroso de ler.
Último livro da série “Percy Jackson & os Olimpianos” e eu estou completamente sem palavras. De início, a capa do livro é perfeita com o Percy montando em seu pégaso Blackjack e segurando sua espada Anaklusmus. Então você passa a ler a história e se surpreende com a praticidade que o Rick Riordan usou para escrever. Nesse livro você vê absolutamente todos os seres mitológicos já citados nos volumes anteriores.

Percy tem que se preparar, eles já sabe todos os versos da Grande Profecia e Cronos caminha diretamente para o Olimpo no corpo de Luke. Agora, é o nosso querido semideus que controla seu próprio exército, posicionando-o para proteger a ilha de Manhattan e o Empire State Building. O Senhor do Tempo tem muitos truques, atacando com um plano que envolvem monstros há muito tempo adormecidos depois de terem sido trancafiados pelos deuses. Rachel Elizabeth Dare também aparece para informar Percy sobre algo que ela vira e achara que seria de suma importância ele saber.

Não há como me estender no que ocorre no livro, senão acabarei dando algum spoiler. Mas é cheio de reviravoltas e finalmente se consegue compreender as palavras do Oráculo.

No fim, o que causa o desfecho da história são as relações de carinho, amizade, perseverança, esperança, coragem, medo e amor. Sem preconceitos, todo mundo ajudando a todo mundo. E se você não ler essa série, está perdendo uma grande história que envolve não só um herói, mas sim uma legião deles.
comentários(0)comente



ThiHenrique 08/04/2010

Perfeito
Sério, um dos melhores livros que lí, me deixou louco, do começo ao fim ação e emoção. Coisas inusitadas e coisas loucas que se encaixam tão perfeitamente.... Sinceramente Rick se supera e muito nesse livro.

Faço minhas as palavras de um amigo que fez outra resenha, dá vontade de começar a ler novamente.

Muiiitas lutas, Percy insano com a invunerabilidade, Cada casa mostra o seu valor, Clarisse Thalia e Anabeth indescritiveis. Nico dá um SHOW literalmente.

Sério, não tenho palavras. Ótimo.
comentários(0)comente



593 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |