Matéria Escura

Matéria Escura Blake Crouch




Resenhas - Matéria escura


124 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Camille.Pezzino 16/02/2018

ÀS VERSÕES QUE PODERÍAMOS SER
Como você define as escolhas que toma durante o decorrer da sua vida? Há escolhas que, definitivamente, parecem-lhe tão marcantes que não podem mais ser desfeitas; há outras, no entanto, que soam ínfimas em uma imensidão tão profunda quanto o céu estrelado e que, no fundo, mostram-se nada, mas ainda possuem a capacidade de ser tudo.

Alguma vez, na vida, você já se perguntou o que ocorreria se você tivesse tomado outro caminho até o shopping? Resolvesse ir à festa com seus amigos ao invés de ficar lendo um livro em casa? Essas pequenas decisões podem não parecer tão significantes à primeira vista, porém, podem ser tudo.

Jason Dessen, o protagonista do livro Matéria Escura, consegue compreender a fundo como essa ideia funciona e, ao seu lado, vamos desbravar o que a física desencadeia quando falamos sobre multiversos.

A explicação no livro é baseada em uma teoria que eu gosto de chamar "Teoria do Gato Zumbi", embora esse seja o nome que eu dei para ela na época em que a conheci, quando uma amiga e meu irmão tentavam me explicar a ideia dela após terem uma aula sobre no mestrado. Ela me parece cada vez mais viral na literatura, utilizada até mesmo nos quadrinhos da DC Comics.

RESTO DA RESENHA NO SITE: https://www.caneta-tinteiro.com/l/resenha-25-as-versoes-que-poderiamos-ser/

site: https://www.caneta-tinteiro.com/l/resenha-25-as-versoes-que-poderiamos-ser/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Gisele @abducaoliteraria 12/02/2018

"A coisa mais bela que podemos experimentar é o mistério”". - Einstein.
QUE TIRO FOI ESSE?
Juro que tentei iniciar essa resenha de várias formas, mas essa é a primeira frase que me vem à mente quando penso nesse livro, acreditem se quiser. Um dos porquês de gostar tanto de livros de sci-fi, é a infinita possibilidade que este gênero nos apresenta. De futuro, de tecnologia, de humanidade, de vida.

Matéria Escura foi a primeira surpresa do ano. Um livro que, apesar de estar interessada nele já algum tempo, não sabia bem o que esperar.

"Aqui neste momento, feliz e ligeiramente embriagado na minha cozinha, nem imagino que hoje à noite tudo isso acabará. Será o fim de tudo que conheço, tudo que amo".

Jason Dessen é um físico nuclear de muito potencial, que tem ao seu lado uma família amorosa, trabalha como professor numa universidade pequena e leva uma boa vida. Mas como qualquer outra pessoa, também tem suas frustrações. Num dia comum, ele está voltando para casa quando é interceptado por um homem mascarado, que o obriga a fazer uma série de coisas estranhas. O desconhecido acaba por levá-lo a uma usina abandonada e injeta nele uma droga misteriosa que o apaga em poucos instantes.

Quando acorda, Jason está num lugar completamente diferente, cercado por estranhos, mas que aparentemente o conhecem há bastante tempo. Eles conhecem Jason Dessen, o gênio, físico brilhante e premiado que leva uma vida completamente diferente do Jason professor, marido e pai. É aí que as coisas perdem o sentido e a vida dele vira de cabeça para baixo.

A escrita de Blake Crouch é extremamente fluida e envolvente. Você se prende ao personagem principal logo nas primeiras páginas e segue se importando com ele até o final do livro, compreendendo suas motivações e torcendo para tudo dar certo.

A história aborda uma das teorias da física quântica que eu mais gosto, por isso quando comecei a entender sobre o que se tratava, a empolgação veio de imediato. Como um bom thriller psicológico, o autor narra uma história recheada de tensão e mistério, com inúmeros momentos de clímax.

"E se as pessoas soubessem o que eu sei?"

Até um pouco mais da metade do livro, eu estava bastante envolvida com a história e os personagens, mas não esperava nada do que estava por vir. Em determinado momento existe uma reviravolta que eu simplesmente fechei o livro e encarei o teto. WHAAAT? Como aquilo poderia estar acontecendo? Senti minha cabeça explodir. Não pela história apresentar um plot inimaginável, mas a magnitude que ela alcança me deixou bastante surpresa, diante de um problema complexo, que precisaria de uma resolução ainda mais difícil.

Daí em diante, a história segue com uma série de acontecimentos e surpresas que danificaram meu cérebro. Então eu temi, porque das duas uma, ou o autor iria resolver o problema alcançando um desfecho com maestria, ou ele acabaria por dar um tiro no pé.

Apesar de uma coisinha aqui e outra ali não terem me agradado no livro como um todo, o final foi incrível e satisfatório, uma saída infalível para fechar o livro com chave de ouro.

Além da narrativa, que é um fator extremamente positivo do livro, Black Crouch esclarece os elementos científicos de forma simples e com bastante clareza, o que faz com que você não se sinta perdido durante as explicações.

"Até tudo desabar, não fazemos ideia do que realmente temos, de como tudo se encaixa de maneira tão precária e perfeita".

Em outras palavras, Matéria Escura pode ser descrito como alucinante, intenso e desesperador. Tudo isso com uma narrativa que te absorve, prende e não te deixa se afastar do livro até acabar. Estou até agora impactada pelos acontecimentos, sem conseguir tirar a história da cabeça. Fora que consegui enxergar claramente ela sendo adaptada para o cinema, o que na minha opinião, não irá demorar.

Vale destacar também que o livro é lindíssimo, com capa dura e uma edição super caprichada. Você que gosta de livros de ficção científica, tenho certeza que gostará desse livro. Mas, se você não é muito próximo do gênero, acredito que seja uma boa forma de começar. Super recomendo!

site: https://abducaoliteraria.wordpress.com
comentários(0)comente



etsilvio 06/02/2018

Vários universos!!!
Um dos livros com desenrolar mais tensos que já li. Realmente a possibilidade de existir um multiverso como descrito no livro, com várias versões de você, é algo perturbador!
comentários(0)comente



Biel 06/02/2018

O que você faria de diferente se pudesse mudar tudo?
Essa pergunta é a mais pertinente no livro todo. Eu amo filmes, séries e livros com essa temática de ?what if...??, sou fascinado real.
Já conheço o trabalho do Blake na trilogia Pines (que eu amo!) e vim com muita sede pra Matéria Escura, dado o talento do mesmo.
Tenho a dizer que adorei esse livro de paixão, PORÉM, ele não é sem erros. Algumas coisas foram levemente óbvias e malucas. O livro, às vezes, pareceu um roteiro de filme de ação pronto (aliás parece que terá filme mesmo!). Mas ele é divertido e empolgante. Uma estória de amor eletrizante com um final muito interessante.
comentários(0)comente



Barbosagisele 04/02/2018

Maravilhoso
Incialmente devo destacar que livros de ficção científica não são a minha temática preferida.
Decidi lê-lo por conta do desafio skoob 2018 lá do facebook... Este foi o livro mais indicado pelos participantes!

Ao ler o resumo, pensei que seria uma leitura um pouco chata, com muitos termos técnicos, mas é bem o oposto disso!

Li em menos de 24h! Foi um livro que não dava pra parar de ler! Agora que acabei a leitura não paro de pensar no assunto rs

Bom livro e tenho certeza de que fará sucesso na adaptação para cinema!
comentários(0)comente



Sérgio 04/02/2018

Ficção Científica estilo Dan Brown
Fiquei um pouco desapontado ao ler o primeiro capítulo do livro: tudo é muito óbvio (graças também ao texto na contracapa você já entende o que está acontecendo logo de cara), e por isso o drama existencial de Jason Dessen não convence: sua confusão não soa legítima pois sabemos exatamente o que aconteceu. Caso o primeiro capítulo não existisse e fossemos conduzidos pela história compartilhando sua confusão e questionamentos, e vislumbrando o mesmo que ele, na mesma situação, a experiência imersiva na história teria sido muito maior. Como lidar com a descoberta da sala de chat, sem sabermos exatamente se aquilo que está sendo vivido é real? Como saber que você é quem acredita ser? Algo como Philip K. Dick faria, questionando a identidade e a consciência do protagonista. O autor perdeu uma boa oportunidade aí.
À parte isso, o livro é escrito de forma simples, direta, sem grande prodígios estilísticos, mas consegue te prender, e a reviravolta no terço final torna tudo um pouco mais interessante. Um livro divertido, que aparentemente vai virar filme, e que é uma boa leitura se você quer algo leve e descompromissado. Longe de ser genial, está mais para um Dan Brown da ficção científica.
comentários(0)comente



Acervo do Leitor 02/02/2018

Matéria Escura – Blake Crouch | Resenha | Acervo do Leitor
O que é a realidade? O que podemos ver, tocar e sentir? Ou o que habita em nossos corações também? Ou ela é indefinível devido aos limites de nossa mente? E se houvessem inúmeras realidades sobrepostas no universo? Se pudéssemos alcança-las, faríamos? Se houvessem várias vidas suas ocorrendo em paralelo? Você gostaria de saber como teria sua vida se tivesse se casado com aquela namorada que você dispensou? Tivesse aceito aquela proposta de emprego ou enfim, tivesse trilhado outro caminho na vida? Jason Dessen desejava conhecer tais realidades alternativas, e por não saber que era impossível foi lá e fez.

“A maioria dos astrofísicos acredita que a força que mantém as estrelas e as galáxias unidas, aquilo que faz todo o universo funcionar, vem de uma substância teórica que não se pode medir nem observar diretamente. O que eles chamam de Matéria Escura. E essa matéria compõem a maior parte do Universo conhecido.”

O protagonista da história é Jason Dessen, um físico brilhante que optou por abrir mão de seu promissor futuro acadêmico para se dedicar a família quando soube que sua esposa Daniela estava grávida. Lecionando em uma universidade, agora a vida de Jason gira em torno de sua família…e ele adora, mas sempre se questionou como teria sido sua vida se tivesse optado por suas pesquisas. No dia em que vai visitar seu amigo de faculdade, que está celebrando um grande prêmio acadêmico em um bar com os alunos, ele é sequestrado por um desconhecido mascarado que conhece intimamente sua vida e o deixa inconsciente após aplicar uma misteriosa substância em seu sangue. Horas depois ele acorda em outra realidade espaço temporal.

“É estranho ter um filho adolescente. Uma coisa é criar um menininho, e outra, completamente diferente, é uma pessoa quase adulta esperar que você a ensine a viver. Sinto que tenho pouco a oferecer. Sei que alguns pais enxergam o mundo com mais clareza e confiança, que sabem exatamente o que dizer aos filhos, mas não sou um deles. Quanto mais envelheço, menos entendo as coisas.”

O antagonista da história é Jason Dessen, um físico brilhante que optou por abrir mão da mulher que amava e seu futuro como pai de família para se dedicar a sua pesquisa brilhante no campo da física. Ele acredita que pode construir uma “máquina” capaz de abrir as portas para outras dimensões, outros universos alternativos, e para isso conta com um financiamento monstruoso e seu desejo incansável, mas sempre se questionou como teria sua vida se tivesse optado pela vida em família. O mundo desses dois Jasons irá colidir. Duas realidades serão sobrepostas, onde só há espaço para um Jason existir. Quem sobreviverá? E o que está em jogo pode ser mais do que sangue, pode ser o destino do peso de nossas escolhas.

“Acho que, assim como você, como eu, como todo mundo ela tinha arrependimentos. Acho que às vezes acordava no meio da noite se perguntando se o caminho que seguiu foi o certo. Com medo que não tivesse sido. Perguntando a si mesmo como teria sido sua vida se tivesse ficado ao meu lado.”

SENTENÇA

Matéria Escura é mais uma daquelas obras com uma excelente premissa que não deu certo. Em sua trama, o autor fundiu realidades diferentes em um mesmo espaço tempo, assim como tentou fazer com os temas e diferentes gêneros literários abordados, mas não funcionou. Uma parte drama existencial (pouco aprofundando), um pouco thriller policial e suspense com ficção científica que infelizmente deu uma péssima fusão. O primeiro terço do livro, até pela habilidade da escrita do autor, te prende bastante e é muito promissor, mas conforme a trama vai se revelando o livro fica extremamente repetitivo. As explicações “técnicas” no que tange a parte científica da obra também não são explicadas direito, são apenas jogadas para dar suporte ao suspense. Alem de conter alguns “furos” na história, esta ainda tem um péssimo final. A mistura de coisas deliciosas por vezes pode gerar um péssimo sabor. O mais sensato seria o autor ter encontrado a “matéria escura” que ele cita em sua obra, ter entrado em uma realidade alternativa, encontrado seu “eu” escritor deste livro, na época em que foi escrito, e ter mudado o mesmo por completo. Infelizmente como o escritor Blake Crouch não possui a inteligência de seu personagem “Jason Dessen”, isso não é possível, então teremos que nos contentar com o que está nestas páginas mesmo.

site: http://acervodoleitor.com.br/resenha-48-materia-escura-blake-crouch/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Alex Calixto 02/02/2018minha estante
Fiquei com vontade de ler.


Angel 02/02/2018minha estante
Leia... é muito bom, recomendo muito.


Alex Calixto 02/02/2018minha estante
Já coloquei na minha lista.




Thiago Calado 02/02/2018

Leia o livro.
O livro coloca em reflexão a discussão sobre o quanto estamos dispostos a aceitar nossa realidade, e as escolhas que temos que fazer. Em suma, sobre o peso das nossas escolhas diante a nossa existência, e são essas escolhas que definem a existência capaz de criar valor diante da possibilidade de podermos viver numa outra escolha. Parece confuso, leia o livro você vai entender.
comentários(0)comente



Letícia| @sereia_literaria 02/02/2018

Matéria escura
?Jason é o protagonista desse livro, um professor parte frustrado por não ter um emprego melhor, parte feliz por poder passar muito tempo com sua família que o mesmo tanto ama.
Em um dia comum, o professor é convidado para uma comemoração de seu amigo, que recebeu um grande prêmio muito desejado por Jason antes de sua mulher ter engravidado e sua vida ter mudado completamente. Mas, quando o protagonista está voltando para casa, ele é sequestrado e drogado por uma pessoa misteriosa e que não fazemos idéia de quem possa ser. Após um tempo desacordado, Jason acorda em um laboratório estranho rodeado por pessoas que comemoram a sua volta. ?
?
Minha sincera opinião sobre o livro:
Matéria escura provavelmente será minha grande decepção do ano.
Para começar, o livro é muito previsível. Logo na página dez eu já tinha idéia do que iria acontecer, e para o meu azar eu não estava errada, ou seja, não me surpreendi com praticamente nada durante a leitura. O enredo em si aponta desde o início vários indícios do que irá acontecer, por isso não foi difícill prever o desfecho da estória..
?
?
Outro ponto negativo na minha opinião foi a escrita. No início o autor me prendeu muito, mas em seguida ele me desapontou. Muita frase dramática, capítulos finalizados com frases exageradas e poéticas que ao meu ver, não fizeram sentido algum a história.
?
É indiscutível o fato de Matéria escura ser sim um livro interessante e digno de troca de opiniões e conversas sobre, afinal, o autor abordou um tema realmente muito bom, mas que na minha opinião não foi bem desenvolvido.
A impressão que tive foi que esse livro era na verdade um roteiro de um filme cujo já estamos acostumados a ver nas telinhas.
Recomendo sim esse livro para vocês leitores, pois muita gente ama! Mas peço que não crie expectativas pois você pode ou não ser surpreendido. (Avaliação final: 2/5)
comentários(0)comente



Maycon Soares 30/01/2018

De tirar o folego!!!
O livro é muito bom, não dá vontade de parar de ler...

Os personagens são bem construídos, os diálogos são curtos e ágeis. Tem um mistério no ar.. e quando o autor começa a esclarece-lo não me decepcionei.

Depois disso perde um pouco o ritmo, mas o desfecho da história é de tirar o folego.

Pelos comentários, muita gente não gostou do final, particularmente eu gostei.. Não fiquei decepcionado e provavelmente vou ficar um bom tempo com estes personagens na cabeça.

Agora é esperar o filme!!!!!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



May 28/01/2018

Se eu entendi alguma coisa? Não
Irei começar essa resenha de um jeito muito maduro e sério.

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA QUE HINO DE LIVRO!!!!!

E se você tivesse escolhido um caminho diferente para a sua vida? E se...

Jason Dessen está feliz com a vida que tem, gosta da sua casa, ama a sua esposa e sei filho, gosta do seu emprego de professor universitário... Mas tudo isso muda depois dele ser sequestrado e largado em um armazém abandonado, ao acordar Jason descobre que a sua mulher não é sua mulher, seu filho não existe, sua casa está diferente e ele é um gênio da física quântica.

Agora Jason precisa descobrir o que aconteceu com ele, sua antiga vida foi apenas um sonho, o que tem de errado com essa história?

Matéria escura perece todo o reconhecimento possível e imaginável.

Não vou falar muito do enredo do livro porque sinceramente acho que estragaria toda a experiência com a história. Mas o livro é simplesmente maravilhoso.

Vou confessar, fiquei um pouco confusa durante quase todo o livro ?? a cada hora eu tinha uma teoria diferente do que estava acontecendo, e o porque disso esta acontecendo. E posso garantir que 99% do que eu achava certo estava errado.
O livro é frenético, ele possui capítulos curtos e diálogos rápidos, o que deixa a leitura ágil, você lê ele bem rápido e nem percebe o tempo passando.

Um coisa que eu não gostei muito é que alguns personagens não foram muito bem aproveitados, eles poderiam ter acrescentado muito mais a história.

Nós últimos capítulos do livro já não tava entendo mais nada mas tenho que admitir que estava sendo incrível, foi a minha primeira experiência com Ficção cientifica e preciso dizer que amei.
comentários(0)comente



Rayane.Paula 24/01/2018

?Para todos aqueles que já se perguntaram como teria sido sua vida se tivessem pegado a outra estrada?
Uma viagem alucinante pelo Multiverso ... um livro que não dá vontade de largar até chegar a última página... e, confesso... me fez viajar pra caramba nessa teoria mirabolante!!! Vale muito a pena!
comentários(0)comente



124 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |