Mists of The Serengeti

Mists of The Serengeti Leylah Attar




Resenhas - Mists of The Serengeti


12 encontrados | exibindo 1 a 12


Silvia 08/11/2017

O amor pode curar
Livro doce e encantador. Apesar de se basear em perdas e em uma tragédia, o livro só tem mensagens positivas para nos passar.
A história nos envolve completamente, deixando-nos ansiosos em saber o seu desenrolar.
Gostei muito dos personagens, mas o Jack realmente roubou a cena.
E outra coisa que achei muito bacana foi o cenário do livro, conhecer um pedacinho da África, valeu muito a pena.

(...) eu senti a sensação de perda que vem com o desaparecimento dos sorrisos, da vitalidade, das vozes, e calor, e escolhas. E ainda assim havia uma doçura de ter dividido e conhecido, de ter amado, mesmo que parecesse tão passageiro como o bater das asas de um pássaro.

(...) Perder alguém que você ama ajusta você à fragilidade da vida- de momentos e memórias e músicas. faz você querer abraçar todos os desejos bobos, não articulados que se arrastam no seu coração. Faz você querer se agarrar a notas não tocadas de sinfonias não tocadas.

"As pessoas vão amar você. As pessoas vão odiar você. E isso vai sempre ter mais a ver com elas do que com você."

"É assim que parece quando você anda por algum lugar entre a areia e a poeira das estrelas, e encontra um pedaço de si mesmo em mais alguém."

comentários(0)comente



Yasmin 20/09/2017

Maravilhoso e Tocante
Taleenoi olngisoilechashur (estamos todos conectamos)
Estou impressionada. Juro que não esperava uma história assim, tão tocante, mas com seus momentos cômicos; romântico e no meio de tudo isso trás uma realidade que até então eu não sabia a extensão, o problema que as crianças albinas enfrentam em partes da África.
Por fim, a escolha da frase não foi ao acaso, ela é parte intrínseca do livro. Leiam que vcs entenderam.
comentários(0)comente



Niedja Cristina 08/09/2017

Favorito ❤️
O que dizer de um livro que tem citações tão intensas que te tiram o fôlego e que conseguem despertar todas as emoções possíveis que um drama romântico bem escrito pode permitir. Suspiros e palpitações, descobertas emocionantes, enfim, me senti super imersa na história durante toda a leitura e parecia viver cada segundo da construção do amor de Jack e Ro, das perdas e vitórias de cada um.
O humor também esteve presente em alguns momentos, e bem representados nas pessoas de Goma e Bahati. Esses dois me arrancaram boas risadas.
Esse é o tipo de livro que te acompanha na vida e sempre será lembrado e indicado.
“Eu Poderia beijar seus lábios toda manhã e ainda assim não saber todos os sabores de sua alma.”
“Adeus, Lily. Cada vez que o sol brilhar através da chuva, eu vou procurar por você. Vou procurar você no arco-íris, e eu vou me lembrar de um homem que detém todo o céu em seus olhos.”
Recomendo * * * * * ❤️

site: https://www.facebook.com/indicacoesliterarias/
comentários(0)comente



Gi 28/08/2017

Rondel e Jack
Que livro lindo, emocionante, triste, apaixonante.....
No começo achei que ficaria arrasada com esse livro, mas os ensinamentos dele vão alem.
Jack vive em Tanzânia na africa, Pai separado, que passa as ferias com a filha. Numa apresentação da filha num shopping da cidade, algo inesperado acontece e muda a vida de Jack completamente.
Rondel acaba de comprar sua primeira casa, recebe a ligação de sua irmã, mas a recusa. logo em seguida descobre que um shopping da Tanzânia onde sua irmã "Mo" estava, sofreu um ataque terrorista.
Rondel com peso na consciência decide finalizar o "serviço" de Mo na Africa, Levar crianças albinas para um orfanato que cuide deles, pois Infelizmente os albinos são brutalmente assassinados , pois são considera-se que os albinos possuem propriedades mágicas.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Luciana 07/08/2017

Uma vez na África, eu beijei um rei...
Uma viagem a África...


Mais um vez a Leyla Attar me levou a uma viagem que será impossível esquecer, o Jack me conquistou logo no prólogo pelo amor que devota a filha( e eu como não tive isso acho belíssimo) e então temos a Rodel a não sei quantos km de distância mas suas vidas serão totalmente impactadas pela ações de pessoas sem coração. O que não imaginei seria que além de presenciar o luto, raiva, arrependimento eu iria conhecer as belezas da África e saber que a missão da Ro e Jack para salvar as crianças é tão real e me sentir lá sentindo todos os medos que eles tiveram para salvar essas crianças que são caçadas como animais.
Amei cada página e ter o Bahati e a Goma foi um ar fresco pra amenizar o ambiente mas o que mais me emocionou foi o epílogo e nossa como chorei prq no final percebi que a avô do Bahati estar certissima.

Taleenoi olngisoilechashur.
Estamos todos conectados.
Fran 07/08/2017minha estante
nossa, fiquei bem curiosa com esse livro! mas não se se meu inglês é bom o suficiente pra ler!




Jeh 05/08/2017


“Taleenoi olngisoilechashur. Estamos todos conectados.”
Mists of the Serengeti é sem dúvidas o livro mais perfeito que eu já li na vida, e de coração espero repetir essas palavras milhões de vezes no futuro. Eu tentei ao máximo ler bem devagar, indo contra ao meu vício de devorar um livro em vinte quatro horas.
Espero reler um dia!
Jefi 05/08/2017minha estante
Tô louca pra ler !!!!! Tem final feliz ??? Muita gente falando que chorou horrores...


Daisy 05/08/2017minha estante
E aquele epílogo hein?? Destruidor


Jeh 05/08/2017minha estante
Muito Daisy, eu nem sei o que ler agora hehehe


Daisy 05/08/2017minha estante
Mulher, lê um bem divertido. Ajuda bastante.


Jeh 08/08/2017minha estante
Jefi leia!!! Esse livro é mágico daqueles que tem o poder de mudar nossas vidas sem nem mesmo ser a intenção. O final é perfeito, lindo e único! Leia e me conta o que achou hehehe =) ps. to aceitando indicações hehehe




Daisy 04/08/2017

Impactante!!!
Duas vidas unidas pela dor.

Nossa que lindo magnífico.

Nada do que eu escreva, chegará perto do quão magnífico este livro é.


LEIAMMMM.


SUPER indico.
Joyce Oliveira 05/08/2017minha estante
O que achou do epílogo? Esmagador né?


Daisy 05/08/2017minha estante
Destruidor. Meu coração foi reduzido ao tamanho de uma ervilha, vixi, chorei demais.
Lindo e triste, muito triste.


Joyce Oliveira 05/08/2017minha estante
Eu soluçava qndo acabei kkk


Daisy 05/08/2017minha estante
Tenso mesmo. Mas valeu cada linha lida. Será inesquecível


Joyce Oliveira 05/08/2017minha estante
Sim *-*




Vi 03/08/2017

SINOPSE
Uma vez na África, eu beijei um rei...

"E assim, em um velho celeiro vermelho no sopé do monte Kilimanjaro, eu descobri a magia evasiva que eu nunca vi entre as páginas de grandes histórias de amor. Ele revoltou em volta de mim como uma borboleta recém-nascida e se instalou em um canto do meu coração. Aguardei minha respiração, com medo de exalar por medo que escorregasse, para nunca mais ser encontrado novamente."

Quando uma bomba explode em um shopping na África Oriental, suas réplicas enviam dois estranhos em um curso de colisão que nem se vê.

JACK WARDEN, um agricultor de café divorciado na Tanzânia, perde sua única filha. Um oceano longe, no campo inglês RODEL EMERSON perde sua única irmã.

Duas pessoas comuns, presas por uma tarde trágica, buscaram alcançar o extraordinário, pois fazem três paradas para resgatar três crianças nas vastas planícies do Serengeti - crianças valem mais mortas do que vivas.

Mas, mesmo que vençam as chances, outro desafio aparece no final da linha.
Eles podem sobreviver ainda outra perda - desta vez de um amor que é obrigado a escorregar de seus dedos, como as névoas que se dissipam à luz do sol?.

"Às vezes você se depara com uma história de arco-íris - uma que abrange seu coração. Você pode não ser capaz de entendê-la ou segurá-la, mas você nunca pode se arrepender com a cor e magia que trouxe ".


NOTA DO AUTOR
------------------

Uma mistura de romance e ficção feminina, Mists of the Serengeti é inspirado por eventos verdadeiros e contém desencadeantes emocionais, incluindo a morte de uma criança.
Não recomendado para leitores sensíveis.
comentários(0)comente



Joyce Oliveira 03/08/2017

Desidratei
Nunca tinha lido nada parecido.
E o epílogo acabou comigo :(
Daisy 03/08/2017minha estante
Aaah .. preciso muito. Vou procurar


Joyce Oliveira 04/08/2017minha estante
Não vai se arrepender :)




Monique 31/07/2017

Ahhhh esse livro...
Eu não sei nem como começar a falar sobre ele porque esse é um livro tão especial que eu não vou conseguir passar isso com minhas simples palavras.

"Perder alguém que você ama ajusta você à fragilidade da vida ? de momentos e memórias e música. Faz você querer abraçar todos os desejos bobos, não articulados que se arrastam no seu coração. Faz você querer se agarrar a notas não tocadas de sinfonias não tocadas. Talvez fosse por isso que Jack e eu nos apegamos àquele momento, os olhos travados, respirações suspensas, ouvindo algo que só nós podíamos ouvir, algo que vivia no espaço passageiro entre oi e tchau.

Após um ataque territorista em um shopping na Tanzânia, Jack e Rodel se conhecem, duas vidas interligadas por um evento trágico. Ele, um fazendeiro de café, perdeu sua filha no ataque. Ela, uma professora de Inglês que mora na Inglaterra, perdeu a irmã. Juntos, eles tem como objetivo ajudar e levar para um local seguro várias crianças albinas que sofrem na África. É aqui que a história realmente começa e ganha forma, pois é através das viagens que eles fazem que o relacionamento entre eles começa a ser construído, onde eles passam a se conhecer melhor, compartilhar as perdas que os fizeram se conhecer primeiramente, e o leitor vai acompanhando a química e a atração crescer entre os dois e como isso vai se tornando algo mais, tudo no tempo certo, sem ser forçado.

"Beijar Jack era como beijar um leão adormecido. Ele mal se movia, mas eu podia sentir a força crua atrás de sua restrição. E mais profundamente, escondia algo selvagem e perigoso, algo que poderia me destruir se fosse liberado."

Apesar de Mists of the Serengeti ter um pano de fundo devastador, é acima de tudo uma história de amor e foi uma história que me fez sorrir com tanta frequência enquanto eu lia e nem todas as vezes foi por causa do que estava acontecendo na trama, era mais pela forma linda que foi escrito e por me fazer lembrar constantemente meu amor pela leitura. É por livros assim, com imagens vivas e persongens tão reais que não me canso de ler. A escrita de Leylah Attar é de tirar o fôlego, é impressionante como ela conseguiu me fazer sentir cada momento, eu amei ver o continente através dos olhos de Rodel, suas experiências, o cenário maravilhoso e emocional, bem como toda a cultura desconhecida por mim e toda a beleza que há dentro desse livro me fez tão feliz, eu me sentia na Tanzânia toda vez que Rodel ou Jack falavam sobre os lugares por onde passavam. Foi uma experiências de leitura incrível, senti toda a história no meu coração! Todos os persongens foram construídos de forma tão verdadeira que o sentimento que eu tinha enquanto lia era que os conhecia, parecia que eles estavam conversando comigo quando narravam as cenas, ou falavam sobre o que estavam sentindo.

Eu marquei tantas passagens ao longo da leitura e em todas eu parava e refletia sobre aquilo, relia aquele trecho, respirava fundo, guardava no meu coração e voltava a leitura com um pouquinho dos persongens gravado em mim, e isso aconteceu tantas vezes que eu poderia fazer uma resenha inteira de motivos para ler esse livro apenas com quotes.

"Nós não entendemos sempre as coisas que fazemos. Nós só fazemos e esperamos nos sentir melhor."

Nada me preparou para o que eu iria encontrar nesse livro, principalmente no final. A história toda teve impacto no meu emocional de um jeito que me destruiu e depois me reconstruiu, e eu nem fazia ideia que a emoção crua iria transbordar quando eu lesse a última frase, eu fiquei alguns minutos só pensando e chorando, não deu pra controlar. E eu quero enfatizar que o final é devastadoramente lindo e tocante, e é por toda a beleza que há na última cena que é impossível não se emocionar. Eu vou lembrar pra sempre desse livro, sei que em algum momento vou lê-lo novamente pra viver e sentir toda a magia que ele tem, pois é um romance absolutamente maravilhoso e diferente de tudo que já li.

Mists of the Serengeti é uma experiência de leitura profundamente bela e incomparável que não posso recomendar o suficiente, mas por favor, me faça um favor e a si mesmo também e leia este livro, mergulhe nesta história imperdível.

Recomendo a todos de coração.

"Talvez a vida fosse isso. Sete bilhões de pessoas brincando de esconde-esconde, esperando encontrar alguém e ser encontrado. Mães, pais, amantes, amigos, brincando um jogo cósmico de descoberta? de si mesmo e dos outros? aparecendo e desaparecendo como estrelas girando no horizonte."
comentários(0)comente



Becky 31/05/2017

“Once in Africa, I kissed a king...’’
Aqui nos conhecemos a jornada de duas lindas almas que foram colocadas juntas por uma tragédia. Na África um ataque terrorista em um shopping, Jack e Rodel perdem pessoas que amam muito e isso muda tudo para eles. Jack perdeu sua filha Lily e Rodel sua irmã Mo.
Rodel vive na Inglaterra, mas vai para África trazer as coisas que restaram de sua irmã, no entanto lá descobre que a irmã estava fazendo um importante e perigoso trabalho, Mo estava cuidando de crianças albinas e levando elas para um lugar seguro. – Na África, crianças albinas sofrem muito preconceito por alguns africanos acreditarem em uma lenda onde diz que essas crianças são amaldiçoadas, então eles caçam, matam e vendem órgãos desse tipo de criança. - nossa mocinha então encontra em um caderno de sua irmã alguns nomes de crianças que estão agendadas para serem ‘’salvas’’ e resolve ajuda-las, só que ela não conhece nada sobre esse país e por isso precisa de ajuda, que é onde entra o Jack (suspiros), porém nosso protagonista está tão quebrado com sua dor e culpa que ele não quer ajudar ninguém e é quando Jack muda de decisão que a aventura começa.
Jack teve que lutar muito para não deixar a sua dor destruir tudo, para aceitar que algumas escolhas não são escolhas. Rodel teve que encontrar forças para ajudar ele e atravessar sua própria dor.
Mas se você imagina que esse livro é apenas sobre um romance, você está enganado. O problema na áfrica é real. E alguns personagens existem e ajudaram a autora escrever essa história.
Eu amei cada linha.
O que ficou marcado para mim aqui foi que em um segundo tudo pode mudar e que todas as ações estão conectadas. Eu amei esse livro de muitas formas, realmente viajei com os personagens e conheci muito sobre a cultura da África, o que me fez querer visitar esse país e tentar ajudar as crianças que vivem nessas condições.
Nunca vou esquecer que Lily está num lugar seguro agora.
O epílogo e uma espécie de presente. E eu chorei. Bem, chorei muitas outras partes desse nesse livro. É uma história importante e todos deveriam ler.
raissa.pinto.9 31/05/2017minha estante
Meu Deus! Parece ser maravilhoso! Quero muito!


Mii 04/07/2017minha estante
Quero leeeeer




12 encontrados | exibindo 1 a 12