The Hate U Give

The Hate U Give Angie Thomas




Resenhas - The Hate U Give


71 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5


maria helena 02/10/2021

necessário
não tenho nem como descrever tudo que senti nessa leitura.
demorei mais do que gostaria pois o inglês é um pouco mais difícil, por causa das gírias e abreviações, por isso no início demorei p entender tudo. também por causa do assunto, que acho muito sensível e ainda mais por ser abordado por uma garota mais ou menos da minha idade. mas acho que ter demorado não foi algo ruim, pois acabei absorvendo as informações melhor e entendendo um pouco mais, por pensar muito no assunto.
é assustador saber que casos como o do khalil existem e não são poucos. eu sempre soube, claro, que acontece, mas entender tudo que tem por trás é sei lá, da um sentimento tão ruim e de tanta impotência.
é um livro extremamente necessário e deveria ser uma leitura obrigatória
comentários(0)comente



Ali 06/09/2021

It's not only a story
the hate u give is a book about Starr, but not only her story - the story of a black girl in a school full of rich white people - it's also a story about racism, police brutality, and some people's sad but true reality.
I don't really feel qualified to talk about how much of the racism discourse is correct, being a white person, but i will say that everyone should read this book, it's easy for us to think that only our struggles are real, just because we don't experience police brutality doesn't mean it's not a problem, and it doesn't mean that we should stay quiet and watch it happen.
Everyone should read this book because it's a chance to see the world through different lenses, and yes, while at times we get unconfortable we're supposed to, we can't ignore this issues just because it makes us feel bad, or even guilty.
the other aspects of the story are also interesting, from the small violences that Starr suffers on a daily bases to discussion about interracial couples and minorities sticking up togheter.
this truly is an amaizing book and learning experience.
comentários(0)comente



Emiliaarnhold 02/09/2021

So good and unfortunately so true.
Black people trying to do differently from other generations and trying to be understood by white people.

Everybody should read it sometime
comentários(0)comente



Vivs | vivsbookshelf 16/08/2021

Uma leitura necessária e uma das melhores deste ano!
Me envolvi demais com a história de Starr e sua família. O livro transmite os sentimentos da protagonista em primeira pessoa, conseguimos ver seu desenvolvimento, a raiva, o medo, a coragem, tudo que ela pensa e a importância da sua voz. Impossível não se revoltar durante a leitura.

A história tem referências incríveis e mostra a triste realidade de muitas famílias e comunidades negras. Além disso, mostra o quanto precisamos falar sobre este assunto e sermos fortes para dar voz a pautas certas. Recomendo demais esse livro!
comentários(0)comente



mareghfa 15/08/2021

It's dope to be black until it's hard to be black
eu fiquei do começo ao fim atônita com esse livro.

não tem muito o que explicar a não ser que é real. vai muito além de uma história fictícia, vai muito além de um personagem preto de um livro que foi morto por policiais injustamente. isso é a realidade que acontece todos os dias, e para pessoas que não passam por isso e usam o famoso ?eu não sou racista, mas?? eu aconselho que leiam e revejam todas as atitudes.

agora sobre a estrutura do livro, não poderia ser melhor. a construção dos personagens, a forma que foi dividido (de quantas semanas tinham passado desde a morte de khalil) os sentimentos totalmente claros da starr, essa necessidade que ela tinha de ser uma starr totalmente diferente na frente dos ?amigos? brancos e de classe alta. como ela agiu diante do racismo cometido a ela e à amiga dela.
sem contar a nota da autora que foi simplesmente maravilhosa.

tudo sobre o livro é positivo e deveria se tornar uma leitura obrigatória de tão necessária.
comentários(0)comente



let 31/07/2021

importantíssimo e um dos melhores que li no ano!
esse livro traz uma história que infelizmente retrata a realidade de muitas famílias e comunidades do mundo real. ele é tocante de muitas maneiras diferentes e se eu soubesse disso, teria lido bem antes.

os personagens são muito cativantes e me senti presa na história do começo a fim. a autora te faz sentir toda a angústia, o desespero e as inseguranças de Starr, e meu deus, que personagem incrível. também amei todas as referências do livro, e apesar de abordar um tema bem pesado, tem uma linguagem muito atual e por isso é tão fácil de trazer a história para a realidade. indico pra todo mundo, leitura excelente!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



JuSchwinn 22/07/2021

Um pouco mais superficial do que eu imaginava, provavelmente por ser direcionado para um público mais jovem, mas com uma mensagem e um tema extremamente atuais e necessários. Deveria ser leitura obrigatória nas escolas, pois traz discussões sobre racismo, violência policial, opressão branca e injustiça. Super recomendo.
comentários(0)comente



Dulce 20/07/2021

Eu adoro esse livro. Me apaguei ao Khalil em poucas páginas e vivi o luto junto com a Starr. É um livro muito real, com sentimentos e indignações reais.
O desenvolvimento da protagonista é perfeito. Os dois mundos, as personalidades, o jeito como ela é vista pelos outros, o medo, a coragem, o luto, a justiça, a importância de usar a sua voz.
Esse livro é importantíssimo e tem referências incríveis. Nunca vou esquecer sobre Thug Life.
A maneira como as relações são construídas, a criação que a Starr recebe (cheia de referências incríveis, resistência e orgulho de suas raízes), eu adorei.
É perfeito. Sempre que um jovem negro é vítima de "bala perdida" eu lembro do que a Starr fala: jovens negros inocentes são mortos todos os dias e viram hastag. Mas só isso. Só mais uma hastag. Poucas vezes há justiça. E mesmo que haja um julgamento e a pessoa seja condenada, as pessoas precisam entender que isso não vai trazer a vida de volta.
SÃO VIDAS, pessoas, CRIANÇAS que tinham um futuro inteiro pela frente. São pessoas que tinham família e amigos. Não deveria ser normal que jovens virassem hastag por conta de uma morte brutal, vocês entendem? Isso não deveria acontecer, eu não aguento mais essa desculpa de "bala perdida".
Aquela cena da Starr jogando a bomba é incrível, porque é esse o sentimento que eu tenho dentro de mim. Eu fico com raiva e triste e as pessoas falam que a gente deve sempre ser pacífico, o que piora tudo. Como eu vou fingir que tá tudo bem sendo que eu vejo noticias de jovens da minha idade sendo mortos na porta de casa?
Precisamos falar sobre isso e é por isso que livros como esse são importantes
Não são só números e estatísticas: são pessoas
Vidas negras IMPORTAM
comentários(0)comente



Natalia.Tavares 14/07/2021

Necessário
Posso dizer que sem sombra de dúvidas, esse é o tipo de livro que deveria ser obrigatório nas escolas, a leitura é forte, mas ao mesmo tempo é essencial!
comentários(0)comente



Carla.Ligia 13/07/2021

Surpreendente
Não tem como deixar de amar Starr e todos os seus problemas adolescentes. Não tem como não sentir compaixão por ela, pelo triste acontecimento que marca seus 16 anos. Mas ela é corajosa, é guerreira.
O livro surpreende pela emoção transmitida na narrativa em primeira pessoa. Geralmente não gosto de narrativas assim porque os pontos de vista passam a ser mesquinhos. Mas não Starr, que está num diálogo filosófico interno a todo o momento.
Amei o livro, a autora Angie é muito habilidosa em nos trazer para dentro da narrativa. Espero ler mais obras dela.
comentários(0)comente



Isa Sales 03/07/2021

leitura necessária
Que história incrível! Consegui gostar de todos os personagens e me envolver completamente em suas histórias. A autora narra de forma perfeita com fatos extremamente reais e atuais, apesar de não ser um livro tão novo. A perda do Khalil foi algo que machucou a Starr e todos os leitores desse livro, e a coragem da personagem e sua força me encantaram demais. A família dela se apoia completamente e é bonito de ver tudo o que eles aprendem e ensinam uns aos outros. É uma história tocante, sensível e forte ao mesmo tempo, é lindo de ver o apoio entre todos e a relação de starr com o seu namorado que, mesmo não sentindo tudo o que ela sente, a acompanha em todos os momentos e está ali pra ela. O protesto final é de arrepiar e a mensagem que a autora passa também. Recomendo pra todos!
Rafa.Meyer 03/07/2021minha estante
??




A.Jares 30/04/2021

Eu não tenho palavras para descrever esse livro, que história... Essa leitura deveria ser obrigatória, porque esses casos se repetem dia após dia.
comentários(0)comente



I. Cristhini 25/04/2021

Perfeito
Já posso dizer que é um dos favoritos do ano, mesmo ainda seja abril??? nem se eu escrevesse uma redação aqui, conseguiria dizer tudo que eu senti com essa leitura, chorei desesperadamente, gritei de tanto rir, me identifiquei, chorei um pouco mais, e principalmente, senti MUITA raiva, TODOS deveriam dar uma chance a essa leitura.
comentários(0)comente



ana 13/04/2021

esse livro é tudo para minha carreira, eu sou cadela demais
extremamente necessário
gio 13/04/2021minha estante
perfeito!!!!




71 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR