Paper Girls (Volume 1)

Paper Girls (Volume 1) Brian K. Vaughan




Resenhas - Paper Girls 1


40 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3


Brunna Brasil 26/08/2020

Já quero todas!
Achei essa HQ bem instigante, acabou num piscar de olhos! Já coloquei as próximas na minha meta de leitura.
comentários(0)comente



Alícia 28/09/2021

olha essa arte, mano do céu
confesso que abri sem muito esperar, pois só vi que a hq estava barata no kindle e resolvi experimentar. mas, nossa, assim que abri, me impressionei com as ilustrações, os tons de magenta e azul e adorei essas garotas jornaleiras. achei esse primeiro volume bem introdutório, mas gostei bastante.
comentários(0)comente



gabiereiss 01/09/2020

Sobrenatural, Cultura Pop e Protagonismo Feminino
Demorei tanto para começar a ler, que fiquei com receio de ter idealizado a história na minha cabeça. Mas não, essa história cumpre tudo que promete e até um pouquinho mais.

Com diversas referências de cultura pop dos anos 80, Paper Girls traz o protagonismo feminino para uma época em que essa visibilidade não eram muito apreciada, ainda mais no formato de HQ.

Mac, Tiff, Kj e Erin, são entregadoras de jornal e acabam se juntando em uma noite de Halloween para se protegerem dos malucos fantasiados que ainda estão pelas ruas.

É ai que a história começa a se desenrolar, entre um encontro com pessoas esquisitas falando uma língua desconhecida, e uma máquina de aparência alienígena, as meninas tentam sobreviver a noite mais louca de suas vidas.

É importante ter em mente que esse volume é apenas de apresentação e ambientação. Muitas perguntas rondam a mente, mesmo depois que ler a última página. No entanto a leitura é muito gostosa, e a arte é perfeita.

Aconselho a quem quiser ler, a comprar vários volumes de uma vez, ou então vai ficar com gostinho de quero mais.
Pipoca Nerd 01/09/2020minha estante
Eu adorei a capa! Parece ser incrível.




Paulo 23/09/2020


Paper Girls é uma HQ para fãs de Stranger Things, Garotos Perdidos, Conta Comigo, Os Goonies... Ou seja: um grupo de amigos que se juntam pra enfrentar seres sobrenaturais, com a mesma pegada das obras dos anos 80, e que nos trazem diversas lembranças da infância, e principalmente de antigas amizades. Porém, Paper Girls é protagonizado por um grupo de garotas, o que traz outros pontos de vista pra esse tipo de história. Ah, e antes que digam que o quadrinho surfa na onda criada pela série da Netflix, Paper Girls foi lançado em 2015, muito antes do seriado.

Enfim, Paper Girls é isso: uma história sobre quatro meninas investigando um dos acontecimentos mais importantes de todos os tempos, em uma alucinante aventura com diversos mistérios sobrenaturais (ainda que o apelo seja mais sci-fy e menos terror e sobrenatural, como Stranger Things). Sem dúvidas é um sci-fi instigante, simples e gostoso de ler, que prende desde a primeira página, nos deixando muito curiosos pelo desfecho.

Neste primeiro volume temos basicamente a apresentação das quatro meninas e a primeira aparição da dita ameaça, com a introdução de vários mistérios e dos futuros elementos que estão por vir, que serão desenvolvidos em futuras edições.

Por ser um Young Adult, a história também busca retratar algumas dúvidas e medos típicos da adolescência. Porém, Vaughan também trabalha vários temas dentro da trama principal, como questões sociais, familiares, preconceitos, sexualidade, principalmente através da representatividade feminina nos quadrinhos, que estabelece inúmeras críticas sociais que são expostas de forma natural durante os capítulos. E talvez, Vaughan use desta história para trazer algumas discussões muito interessantes, de pano de fundo, pois tudo parece fazer parte de um contexto ainda maior, por conta da grande guerra entre os “velhotes” e os “adolescentes”. Primeiros empregos, últimos dias da infância, moralidade, identidade e conflitos de geração.

No fim, Paper Girls é uma aventura criativa com um toque de nostalgia, mas que vai além, trazendo novos elementos. São muitas perguntas, muitos elementos, e ficamos com muitas coisas a serem respondidas. Terminei a HQ sem saber o rumo que a história iria tomar. No fim, o enigma de tudo é o que de fato de faz seguir em frente. Recomendadíssimo! Tem muito potencial.
comentários(0)comente



milena. 25/11/2020

perfeito, ilustrações maravilhosas? acabou num piscar de olhos, li em no máximo 2h ?
duda 27/11/2020minha estante
nossa to doidaa pra ler essa hq, parece ser boa dmss




Lynchthedreamer 30/05/2020

Preciso do volume 2 urgentemente!
Esse final me deixou com uma pulga atrás da orelha. Preciso da continuação! Eu adorei as personagens principais e a dinâmica dessa hq. Os traços é cores são incríveis!
comentários(0)comente



Bea 24/11/2020

A história não me prendeu totalmente, mas gostei mesmo assim. É uma HQ curtinha e divertida.
comentários(0)comente



Hanns 04/08/2020

Stranger Things???
O tema apesar de velho é bem teen e traz personagens muito bem destacadas, a Hq é bem bonita e dá vontade de continuar lendo as outras edições.
comentários(0)comente



Tamirez | @resenhandosonhos 10/01/2019

Paper Girls - Brian K. Vaughan, Cliff Chiang & Matt Wilson
Paper Girls foi a minha primeira leitura de 2019 e queria dizer pra vocês que eu não poderia ter começado melhor! Eu sou uma leitora de quadrinhos ainda engatinhando, pois fazem apenas uns dois ou três anos que tenho investido tempo nessas leituras e, se tem algo que ainda é uma dificuldade pra mim, mesmo curtindo as histórias, é me conectar com os personagens.

Porém, aqui, foi uma simetria muito bem feita e tanto as nossas quatro garotas, como o plot do quadrinho são muito legais. E, assim, mesmo que você tenha lido a pequena sinopse, te garanto que a trama vai tomar rumos bem diferentes e loucos e isso é uma das coisas mais legais, porque somos surpreendidos com uma narrativa que vai além do simples e que, mesmo sem explicar tudo tim tim por tim tim nesse primeiro volume, convence muito bem o leitor.

Além disso, finalizamos o volume 1 com um cliff hanger ótimo, que me deixou muito empolgada para dar continuidade para a história. O único problema sobre isso é que não temos todos os volumes publicados no Brasil ainda, mas há uma expectativa, já que o terceiro volume deve sair agora no começo do ano.

Acho que o que me pegou aqui foi que por um longo tempo eu fiquei esperando uma explicação que se encaixasse no nosso mundo e fugisse do sobrenatural ou ficção científica, e quando recebemos algumas respostas sobre o que é que está assombrando a cidade e nossas protagonistas, percebemos o quanto a trama pode evoluir e nos levar a lugares muito diferentes.

Tem algo super legal sobre essa história também: vários temas são trabalhados dentro da trama principal, como questões sociais, familiares, preconceitos, sexualidade. E é bacana o quanto isso não é exposto apenas como um contraste entre o pensamento adulto e o adolescente, mas entre a mesma faixa etária também.

E acredito eu, essa seja apenas a ponta do iceberg, já que tivemos apenas um gostinho de quem são nossas personagens e de como são suas vidas. Imagino que conforme formos descobrindo mais sobre elas e a história andar mais, saberemos mais sobre o que assombra cada uma delas e essas questões podem ser ainda mais exploradas!

O trabalho de cor de Matt Wilson é belíssimo e temos um mix de tonalidades quentes e frias, mas que vibram para o leitor, trazendo esse pegada mais jovem, sem nos fazer esquecer que estamos nos anos 80. Época essa, aliás, que inspira uma série de histórias com jovens enfrentando aventuras e confrontado coisas inexplicáveis. Portanto, para que gosta do estilo “Stranger Things”, pode encontrar aqui uma boa pedida, desde que não vá achando que vai encontrar uma história semelhantes, pois está bem longe disso.

Acho que o único defeito desse quadrinho é que ele acaba muito rápido e ficamos com muitas coisas a serem respondidas, mesmo que com o suficiente para criar várias teorias sobre o que está acontecendo. Certamente será uma história que vou correr atrás dos volumes seguintes para seguir acompanhando!

site: http://resenhandosonhos.com/paper-girls-brian-k-vaughan-cliff-chiang-matt-wilson-vol-1/
Alexandre 11/01/2019minha estante
Leia Retalhos, vc vai gostar.




MelQuezado 20/04/2020

Muito massa.
Achei super massa a arte e história. Meninas super descoladas e muito girl power!!
comentários(0)comente



fernanda antonella 12/05/2020

tenho que reclamar
infelizmente esse livro acaba, e dói chegar na última página e não ter o volume 2 pertinho pra ler
comentários(0)comente



Renan Feitoza 09/07/2021

Instigante
Esse primeiro volume de Paper Girls me deixou totalmente preso no início até o fim. Já quero os próximos volumes pra ver como vai ser o desensrolar da história
comentários(0)comente



Marieliton M. B. 09/04/2017

A nostalgia ataca novamente
Em plena madrugada após do Dia das Bruxas, quatro garotas saem pra de madrugada de suas casas para entregar jornais. Até aí nada estranho. Mas basta esbarrarem com seres falando um idioma estranho que a vida delas receberá uma avalanche de mistérios sobrenaturais.

Paper Girls é uma série bastante premiada lá fora, e é escrita por Brian K. Voughan e desenhada por Cliff Chiang. E logo de cara já vou avisando, se não for fã dos filmes adolescentes dos anos 80, por exemplo, Os Goonies, Garotos Pedidos, etc, acho difícil que vá agradar a leitura. Como cresci amando esse tipo de filme, tudo o que referência a eles eu acabo gostando (oi Stranger Things). E esse fator “nostalgia” senti que é importante ter pra curtir a leitura desse quadrinho.

Sobre a história não dá pra falar muito além de que me deixou com mais pulga atrás da orelha do quê qualquer outra coisa. Se a intenção, ao final desse quadrinho, era deixar o leitor curioso pra saber pra onde diabos essa estória vai parar, devo dar os parabéns pra o roteirista, pois ele conseguiu com sucesso. Você chega na última página e fica tipo: como assim que acabou aqui?

Pra uma primeira edição, apesar de encontrar alguns erros nos balões de fala, Paper Girls me deixou bem interessado em acompanhar a história. E espero que ela mantenha com qualidade e com bastantes referências nostálgicas também. Heheh
comentários(0)comente



My 05/11/2020

Simplesmente incrível.
Essa HQ é simplesmente sensacional. Com protagonismo feminino, amizade, mistério e seres alienígenas. Vou devorar todos os volumes logo logo.
comentários(0)comente



Lucas Canabarro 04/02/2018

As comparações com Stranger Things são válidas: ambas as histórias tem personagens carismáticos (e falo com tranquilidade que as meninas de Paper Girls são melhores que o grupo de ST) e uma trama que sai do simplismo do cotidiano para algo grandioso e conspiratório.
Só que acho que as comparações terminam por aí; a trama de Vaughan é muito bem trabalhada, indo numa crescente de mistérios que fazem você querer saber o que está acontecendo. Diferente da série da Netflix, Paper Girls não deixa o leitor ter um minuto de calma, sempre nos apresentando algo novo e nos mantendo atentos a trama. Vale muito a leitura, e estou louco para ler as sequências.
Patricia 05/02/2018minha estante
Li e concordo contigo, ótima HQ


Itana 03/05/2018minha estante
Também concordo!




40 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR