Não Durma

Não Durma Michelle Harrison




Resenhas - Não Durma


37 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3


Biah Beccari 17/04/2017

Não Durma!
Sabe aquele livro que não é indicado ler de madrugada? É esse, e sabe o que eu fiz? Li de madrugada! Por ser um tema totalmente possível, causa um impacto maior do que o esperado, mesmo sendo ficção. Harrison nós deixa apreensivos do início ao fim, faz muito tempo que algum livro me deixava com essa sensação de pêlos dos braços arrepiados enquanto a leitura estava ocorrendo, e eu amo terror e sobrenatural. Bem mas também acordar um belo dia vendo espíritos e e se ver deitado na cama não deve ser fácil, mas o ato de tentar salvar as pessoas que você ama depender de você ajudar tais espíritos, e se sua vida depender disso. Leria novamente? Lógico, um livro maravilhoso que te prende do início ao fim, não quero me aprofundar mais no livro e soltar spoilers. Por isso só recomendo a todos que amam terror, esse livro é obrigatório e para uma sensação mais apurada leia de madrugada. Uma palavra que define bem este livro é: perturbador. Boa leitura e bons sonhos, a você que inicia essa leitura! P.s Quando os mortos não dormem, os vivos têm medo de adormecer, e eles nunca dormem, então NÃO DURMA!
Mari 15/05/2017minha estante
recomenda para pre-adolescente? 11 anos... oq acha?


Marí Amo 18/06/2017minha estante
undefined


Pati 21/04/2020minha estante
Eu tbm fiz a mesma coisa, li de madrugada, mas o livro é ótimo nao conseguia parar de ler, rsrs


Davidh 02/05/2020minha estante
Eu amei o seu comentário Biah, estria ansioso para ler. Gratidão


Mike.Forster 24/06/2020minha estante
Me animei com seu comentário e vou ler esse livro.


Biah Beccari 03/01/2021minha estante
Estou com vontade de reler já ?


Eduardo.Alves 06/02/2021minha estante
Não gostei. Contrição mal feita da trama, na minha opinião. Chato de ler. No fim já fui pulando as páginas, por ser arrastado e com muita encheção de linguiça.




keni :) 08/12/2020

Razoável...
As primeiras páginas nos deixam instigados a conhecer profundamente a história principal do protagonista (o que é bem desenvolvida logo no início do livro), mas depois de um tempo o livro nos leva para caminhos diferentes e sem sentidos, fugindo bastante da proposta inicial.
Pode-se dizer que, o que salva esta trama é com certeza a boa construção dos dois personagens principais, além de alguns (não todos) plots interessantes e um pouco inesperados.
comentários(0)comente



Anídria 20/04/2020

IMPRESSIONADA
Não estava esperando que este livro, principalmente por ser tão curto fosse se mostrar tão bom. Os personagens são interessantes, o enredo é muito bem construído, o romance é fofo e eu adorei toda essa coisa de fantasmas e relação sono/morte meio macabra. Descobri o grande plot antes de acontecer, então não posso dar 5 estrelas, mas tirando isso achei bem original para a temática e surpreendente, além de ter uma escrita gostosissima ?
comentários(0)comente



Gabriela 09/09/2020

Mais uma vez fui enganada pela sinopse. Porém não é um livro ruim, a gente tem umas boas doses de terror, para pessoas sensíveis é um terrorzão. Só gostaria que tivesse mais cenas do plot principal.

De uma pessoa que não se assusta facilmente: Não indico ler de noite.
comentários(0)comente



luarodrigues 17/07/2020

Ao contrário de muitos, esse livro já começa te deixando intrigada. Já nas primeiras páginas podemos ter um gosto do ritmo da história e do caminho que (pensamos) que irá seguir. A cada capítulo uma nova descoberta e a cada nova descoberta uma tensão! É como se estivéssemos ali, vivendo tudo junto de Elliot. É tudo muito angustiante, apreensivo... estimulante. A partir da metade do livro, simplesmente não consegui mais parar. Quando a gente acha que ?decifrou? um ponto, vemos que é por caminho.

Elliot me intrigou e me prendeu do início do início ao fim, em algum momento me encantei por ele, de forma que nem da pra perceber quando acontece. Ophelia me deixou de coração na mão e torcendo a todo segundo por ela, pra ela descobrir em algum momento tudo que tinha ocorrido (e sim, já me apaixonei pelos dois desde a primeira linha de diálogo deles). E o Hodge... meu Deus, o que falar de Hodge? Esse cara me deixou incomodada desde o princípio. Confesso que no início estava neutra em relação a ele, mas com o passar dos acontecimentos comecei a não gostar. O desfecho de todos aqueles acontecimentos me deixou completamente tensa e confesso que tive de parar um par de vezes pra dar uma respirada! Os últimos capítulos me deixaram completamente nervosa, pensando em mil alternativas pra um final não-tão-trágico mas aconteceu exatamente o contrário... e foi ótimo!

Harrison foi ótima ai escrever esse livro, consegue de envolver do início ao fim! Não tem como parar até chegar ao final! A temática é super interessante, o ambiente, os personagens, a profundidade... para todos que adoram o estilo, esse livro é mais que recomendado!
comentários(0)comente



Clarissa.Miguel 15/03/2021

Genteee...... não leia este livro durante a noite... parece real... os sentimentos.. o medo... o suspense.... livro q me fez arrepiar!!! O autor nos envolve de uma maneira profunda e realista!!! Super indico!
comentários(0)comente



Ge. Lamou 11/04/2020

Bom
O livro conseguiu me prender com admirável facilidade, em geral o livro é bom. Mas senti que, em algumas partes, o autor poderia ter descrito alguns fatos de maneira mais detalhada, o final poderia ter sido um pouco mais concreto e gostaria que o livro não tivesse um final tão comum. É um bom livro para tirar da ressaca e acho que é feito pessoas mais medrosas, pois realmente ele não um terror forte.
comentários(0)comente



Ana 28/03/2020

Não durma
Após um acidente onde tecnicamente ?morreu? por alguns segundos antes de ser ressuscitado pelos paramédicos, Elliot, um jovem de 17 anos, passa a ter graves distúrbios do sono.

??????????????????
Entre eles, a paralisia do sono. Os médicos dizem ser algo inofensivo, mas para Elliot é muito assustador: nesses momentos ele tem uma experiência extracorpórea, consegue ver seu corpo deitado enquanto é assombrado por espíritos de pessoas que ainda procuram soluções para problemas não resolvidos em vida.

??????????????????
Para ajudar a entender suas experiências, Elliot vai trabalhar em um Museu assombrado, onde são realizados tours para conhecer as histórias das mortes trágicas apresentadas. O que deveria ser uma ficção torna-se realidade para ele e Elliot acaba sabendo mais do que deveria sobre o local e seus habitantes.

??????????????????
O livro de Michele Harrison foi baseado em experiências verídicas de pessoas que passaram pela experiência de quase morte e na opinião profissional de especialistas sobre a paralisia do sono.

??????????????????
Claro que tem muita ficção, é essa a parte mais chata, mas o assunto paralisa do sono é algo que deixa em pânico hahahaha.

??????????????????
Enfim, é um livro curioso no mínimo.
comentários(0)comente



Renato 26/06/2017

Grata surpresa para 2017, muito bom!
Não me canso de agradecer ao “Skoob” por me possibilitar conhecer livros que não conheceria se não fosse por essa rede social. Ocasionalmente dou de cara com algumas surpresas literárias. Desta vez foi “Não Durma”, de Michelle Harrison.

E se quando você dormisse você fugisse do seu próprio corpo, pudesse acompanhar tudo que acontece ao redor dele e “dar uma volta” por aí? Legal, não é? E se você passasse a ver fantasmas que te amedrontam, por terem assuntos pendentes na terra, e se recusam a deixar este mundo? Difícil conseguir dormir assim. Essa é a premissa básica deste livro.

Assuntos fantasmagóricos e experiências extracorpóreas são temas que curto desde pequeno. É claro que hoje não sinto medo como antigamente, mas, para quem teme esses assuntos, Não Durma com certeza provocará um medo, principalmente antes de dormir. Ainda assim, o livro é mais voltado para o suspense psicológico, com pitadas de terror. Também, as semelhanças com situações reais, algumas cientificamente registradas e outras por questões culturais, deixam o clima da leitura mais amedrontante.

Michelle tem uma escrita incrível. Ela sabe deixar o leitor preso à história mesmo com situações aparentemente paralelas ao enredo principal. A obra não tem momento chato. Curtimos cada capítulo. A autora trabalha com arcos narrativos muito bem pensados e criativos. Sabe aqueles seriados com episódios independentes que se conectam nos últimos da temporada em um desfecho eletrizante? Acredito que isso descreve bem essa obra. Não consegui parar de ler nas últimas 100 páginas.

Apesar da escrita clara e objetiva, no final senti falta de um impacto maior em algumas revelações. Não chega a ser exatamente uma falha, foi tudo bem conectado. Só penso que como o desenvolvimento foi incrível, alguns desfechos podiam ter um grau maior de surpresa, uma reviravolta, já que o tema possibilita isso, mesmo que seja difícil fazer isso sem cair em clichês, e clichê é algo que dificilmente você vai ver neste livro. É questão de detalhe, vai variar de leitor para leitor, mas de qualquer forma estamos diante de um enredo original e marcante.

A obra pode ter tido pequenas falhas no final, que deixam a nota em 4,5/5, mas se tornou uma das minhas favoritas do ano. Excelente surpresa, curti demais! Recomendo.
Iza 26/06/2017minha estante
Eu terminei o livro agora, ia até escrever uma resenha, mas você foi mais rápido kkk Esse livro me deixou tensa, principalmente nas cenas da Tess (que me lembrou muito da Samara D:) a solução para os mistérios da história foram muito boas, eu não consegui desvendar antes, e olha que eu quase sempre descubro. Gostei!
P.S: E eu sonhei com essa bendita fantasma! kkkk


Larissa 12/08/2017minha estante
undefined


Renato 25/09/2017minha estante
Kkkk. Iza, realmente se a gente ler por muito tempo esse livro corre o risco de sonhar com os fantasmas, rsrsrs. Que bom que gostou também, este livro foi uma grata surpresa pra mim!




Iza 26/06/2017

Não consegui dormir mesmo D:
Resolvi escrever, pois é um livro que possui poucas resenhas.
Não durma tem uma história muito boa, talvez não tão boa para quem já está habituado com gênero terror/suspense, porém como eu não tenho o costume, funcionou bem comigo. Admito que o fato de eu ser medrosa ajudou também - eu consegui a proeza de sonhar com a bendita fantasma ~~ help me cobertor kk. Brincadeiras a parte, além dos mistérios que o livro aborda no decorrer dos capítulos, as histórias criadas sobre os espíritos, o romancezinho brotando ali, o que mais me deixou tensa foi essa peculiaridade do personagem, Elliott, de ter a capacidade de ver espíritos e sair do próprio corpo em um momento que deveria ser de descanso. A autora conseguiu transmitir o terror que esse garoto sentia quando se deparava com o sobrenatural, acredito também que a representação clichê da "Samara" - a mulher do cabelo escuro, cumprido e molhado cobrindo o rosto, pálida como a morte se arrastando pelo chão - não deixou a leitura menos assustadora. Somando isso tudo a fato de uma parte disso acontecer na sua própria casa? Joga fogo e corra para as colinas!
Eu gostei também das soluções que a autora encontrou para os mistérios apesar de sentir que faltou uma coisinha ou outra pra me deixar 100% satisfeita. Assim como da descrição dos lugares que ajudou a entrar no clima. Mas no geral foi okay. Pode pegar para ler sem medo.... Quer dizer, com medo! kkk
comentários(0)comente



Jéssica 11/01/2021

Não durma
Esse livro tem todos os requisitos pra me ganhar, experiências paranormais, mistério e de quebra um romance.
Simplesmente adorei, a escrita é muito envolvente e fluida, me prendeu bastante.
Não tive medo em nenhum momento porque não sou sensível mas tem algumas doses de terror.
Recomendo demais!
comentários(0)comente



Emília 22/06/2020

Achei um pouco superficial. Poderia ter explorado mais sobre as experiências sobrenaturais dele. Mas apesar de tudo,a leitura foi gostosa e fluida,cm uma narrativa agravel.
comentários(0)comente



Jaque - Achei o Livro 01/04/2018

Uma ótima surpresa!
Elliot é um jovem de 17 anos saudável e com uma rotina semelhante à qualquer outro de sua idade. Porém, após sofrer um acidente grave, ele viverá uma experiência terrível que vai mudar completamente sua vida.
O jovem vai desenvolver a paralisia do sono, um estado de semiconsciência em que preso no corpo, consegue ver espíritos à sua volta.
Devido à essa sensibilidade, ele é atormentado pela presença de uma jovem que se matou no apartamento onde ele vive com o pai e ela só aparece quando ele adormece.
Dividido entre o pânico e a vontade de saber mais sobre sua condição, ele consegue um emprego como guia num lugar mal assombrado. Mal sabe ele que isso irá desencadear uma séries de manifestações que colocarão sua vida em risco.

A narrativa é sob o ponto de vista do Elliot que vai contar detalhadamente sua rotina, suas descobertas, experiências e sua aproximação com a jovem Ophelia.
Eu adorei esse livro, é bem diferente do que estou acostumada a ler, geralmente prefiro assistir filmes desse gênero, mas a narrativa é contagiante e é praticamente impossível abandonar a leitura.
Os passeios pelo parque narrado em primeira pessoa, dão mais veracidade às cenas e deixa o leitor mais próximo das experiências vividas pelo personagem.
Elliot vai sofrer muito em silêncio, até por que vai ser muito difícil encontrar alguém que acredite nele.
A estória é um pouco assustadora, não considero um terror, mas prende sua atenção logo nas primeiras linhas pois a trama é muito envolvente. Elliot faz com que a gente sinta na pele o terror vivido por ele e acabe torcendo e ansiando por mais descobertas.

E o bacana dessa estória é que a autora se baseou em experiências reais vividas por um parente para criar a história do jovem Elliot. Claro que ela adaptou as situações para dar vida ao personagem, mas são eventos que acontecem de verdade.
Enfim, é uma leitura que recomendo demais para os amantes do gênero. Uma pena que não é tão divulgado assim.
Boa leitura!

site: http://acheiolivroperdiosono.blogspot.com.br/2018/04/nao-durma-michelle-harrison.html
comentários(0)comente



The Wallflower 03/05/2018

Como faço pra desapaixonar?
Olha, vou ser sincera: comprei o livro não esperando nada dele. Achei que seria só mais um romancinho de terror escrito por um escritor best-seller nem tão bom e que só era pra matar o tempo, mas eu levei um baita de um murro na cara .-. . Além de eu ter sido surpreendida ao máximo com a história envolvente, virei uma noite lendo esse livro e ele me assombra desde então. Nunca fui muito chegada a assuntos sobre experiência de quase-morte ou coisas do tipo (como espíritos e etc.), mas ele me chamou atenção, e eu não podia ter feito uma escolha melhor. Incrivelmente assustador (de um jeito que te deixa confortável por você não ser do mesmo jeito que o Elliot, por mais que eu ame) e apaixonante. Não consigo tirar ele da minha cabeça e essa história de corpo separado de alma está me deixando atordoada, a ponto de querer ler e reler livros sobre o assunto.
RECOMENDO!
comentários(0)comente



teia 05/01/2019

Livro para distrair
O livro é legalzinho. Para quem está acostumado com livros de horror pesadão, ele pode decepcionar pois não vai assustar. Para o pessoal que é mais medroso pode ser uma boa pedida, é um terror leve estilo sessão da tarde. A estória começa bem mas vira uma palhaçada lá para o meio. Livro para tirar ressaca, recheado de clichês e situações absurdas, mas nem por isso é ruim. Curti.
Gabs 15/11/2020minha estante
Não achei que assusta.. mas achei um livro bem escrito




37 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3