O que é o ecossocialismo?

O que é o ecossocialismo? Michael Löwy




Resenhas - O que é o ecossocialismo?


14 encontrados | exibindo 1 a 14


Esther Zambotti 28/06/2020

Obra básica para conhecimentos gerais sobre o ecossocialismo e seus precursores com diversas referências às teses complementares. Nesta edição, há três textos ao final que complementam a leitura: o Manifesto Ecossocialista Internacional, a Rede Brasil de Ecossocialistas e a Declaração Ecossocialista de Belém.
comentários(0)comente



Emi 04/02/2021

Conheci e comecei a ler em um grupo de estudos, mas terminei o livro antes das discussões e depois vou retomar..
Gostei muito do livro, ele é de fácil compreensão e a abordagem do tema é ótima e direta. Tema essencial
comentários(0)comente



Bell.Boni 05/01/2021

Indispensável
O livro traz artigos do autor sobre a necessidade urgente de uma nova organização social que supera o atual capitalismo. Baseia-se em dados ecológicos, políticos, sociais e econômicos para mostrar essa urgência e propõe alternativas sustentáveis ao mundo. Um livro a ser lido e relido. Indispensável!
comentários(0)comente



Rafa 26/07/2021

Uma ótima porta de entrada ao ecossocialismo. Mesmo assim, ele é superficial demais no que se refere aos problemas ecológicos atuais, por vezes fazendo várias repetições do mesmo sem acrescentar nada, o que me incomodou um pouco.
comentários(0)comente



Pegê 11/08/2020

Uma nova forma de viver em sociedade é possível
Obra essencial para quem quer entender o movimento que maximiza as palavras de Marx, onde o "ser" deve ser mais importante que o "ter". Ecossocialismo se mostra uma alternativa de sociedade cada vez mais necessária para nos autopreservarmos como espécie e para recuperarmos o meio-ambiente tão devastado pela infinita ganância do capital. Enfim, uma obra que abre nossa perspectiva para ir além do sistema vigente e nos reconectarmos com o que de fato é fundamental na vida.
comentários(0)comente



Lukita 19/04/2021

Leitura feijão com arroz sobre o tema. Uma introdução ao pensamento ecossocialista, achei que faltou abordar algumas pautas relevantes ao movimento - como veganismo - mas num geral, é uma leitura super recomendada pra quem se interessa no tema.
comentários(0)comente



rafius 23/10/2021

Neste livro, Michael Löwy se propõe a apresentar a corrente ideológica que une o ?verde? ao ?vermelho?: o ecossocialismo. É resgatada a memória do grande ex-ativista ambiental brasileiro, Chico Mendes, mostrando sua trajetória de luta ambiental e socialista, além de exaltar a produção agroecológica, agricultores familiares e a necessidade de uma reforma agrária.
Este livro propõe autocrítica dentro das esquerdas, mostrando que o marxismo clássico falha ao não aprofundar sua concepção crítica tradicional de ?forças produtivas? e sua ideologia do progresso linear. A questão ecológica é, por fim, um grande desafio para uma renovação do pensamento marxista.
Além de apresentar alguns textos de Marx e Engels sobre o meio ambiente natural, Löwy apresenta questões de fetichismo de mercado, o ?progresso? produtivista - alertando para uma mudança qualitativa ao invés de quantitativa - e apresenta o modelo alternativo social e ecológico que é o ecossocialismo: ?O ecossocialismo implica uma radicalização da ruptura com a civilização material capitalista. Nesta perspectiva, o projeto socialista visa não apenas uma nova sociedade e um novo modo de produção, mas também um novo modelo de civilização?.
Se você enxerga pautas ecológicas como algo necessário a ser discutido e levado a sério, enxerga que deve haver uma mudança radical no nosso modo de produção e aparelho de Estado, Michael Löwy te apresenta uma alternativa e uma forma de superar a crise que estamos vivendo; e caso você não enxergue nada disso, Löwy te apresentará pontos discutíveis no sistema que vivemos e reforça a necessidade de uma mudança radical, pois esse livro é, afinal, um manifesto ecossocialista.
comentários(0)comente



Leo 02/05/2022

Ecossocialismo ou Barbárie !
Michael Löwy nos traz em sua obra quase o que Marx e Engels trazem em "O manifesto do partido comunista", as bases teóricas para se pensar uma ruptura NECESSÁRIA com o capitalismo. Porém, não se enganem, Löwy não traz as concepções teóricas clássicas do socialismo de Engels ou de Marx. É proposto aqui uma nova forma de se (re)organizar a vida em sociedade.
O Ecossocialismo não deve ser entendido como nada menos do que uma nova frente ou posição teórico/revolucionária que entende a crise ecológica e a crise social como dois sintomas de uma mesma doença: o da acumulação infinita em nome do lucro, característica basilar e principal do paradigma econômico chamado capitalismo. Sendo assim, é resgatado no socialismo clássico de Marx e Engels as bases para a crítica social e da economia política, ao mesmo em que é retomado na ecologia os conhecimentos necessários para que seja possível a compreensão do meio ambiente trópico. Se constrói assim, quase um socialismo verde, que se propõe a fazer uma crítica radical ao capitalismo e que deseja seu fim em nome não só da natureza trópica como também antrópica, pois fica compreendido que ambas as destruições e opressão são resultados das operações de um mesmo sistema.
Não se pode confundir ecossocialismo com um socialismo “enfeitado”. Sem querer dar “spoilers” aqueles que se aventurarão sob as breves páginas desse curioso “manifesto”, o ecossocialismo se difere, dentre outras formas ao socialismo, ao passo que deseja o fim dos meios de produção e consumo como estes estão postos, enquanto o socialismo deseja a socialização dos meios de produção, tomado seu poder pela classe trabalhadora. Para os adeptos ao ecossocialismo não basta tomar o poder é necessário que toda a estrutura seja transformada e substituída por outra, com base na sustentabilidade social e ecológica com foco em valores qualitativos e não quantitativos. Em uma sociedade do “ser” e não do “ter”.
Em poucas palavras essa nova (porém já velha) frente teórica pressupõe uma transformação não apenas econômica, mas social, e global, completa. A partir das representações do que é produzido, consumido, até mesmo das relações como estão postas. Recomendo a leitura para que possamos imaginar outros horizontes utópicos e começarmos a construí-los o mais breve possível, pois se não houver ecossocialismo haverá barbárie.
comentários(0)comente



erfo-99378 17/11/2019

utópico, mas importante
tem uma linguagem de fácil compreensão e assimilação, porém fala pouco na perspectiva de América latina; quando o faz é mera comparação com is países "mais desenvolvidos". contudo, permite uma boa familiarização com as raízes do movimento ecosocialista, seus valores éticos e seus ideais, bem com o seu lado utópico também.
comentários(0)comente



Mari Guerra 15/11/2021

Esse é um livrinho bem curto, dá até pra ler num dia só. É introdutório ao Ecossocialismo e, apesar se ser pequeno, contêm bastante informações. É uma leitura fácil.
Löwy aborda um pouco da trajetória de Chico Mendes (que foi de esquerda E ecologista) e também faz um leitura dos textos de Marx e Engels sobre Ecossocialismo, mas não se limita a isso.
comentários(0)comente



katarine 24/05/2021

o livro dispensa a parte mais fundamental na construção da luta pela revolução: o presente e os desafios instalados nele.

me pareceu muito vago, feito a profecia de algo distante...
caso o Löwy tivesse proximidade com marxisismo-leninismo esses problemas da sua obra teriam sido sanados...
comentários(0)comente



karouismo 22/09/2021

Análise
Se o problema é sistêmico, a solução deve ser antissistêmica. Simplesmente perfeito! Uma bela pequena análise de como funciona o ecossocialismo, muito didático.
comentários(0)comente



Gusma 29/09/2021

"O ecossocialismo será universal e internacional, ou n será"
Embora seja pequeno, esse livro é daquelas leituras mais lentas pra quem tem interesse de estudo. É muito didático e bem exemplificado. A editora também ta de parabéns por esse edição; diagramação e textos adicionais tudo de bom! Perfeito pra quem tá começando e perfeito pra sentir raiva do sistema capitalista/imperialista ?.

"As crises do nosso tempo podem e devem ser vistas como oportunidades revolucionárias."
comentários(0)comente



Karol 28/04/2022

Ecossocialismo ou morte
Este é um livro introdutório, mas que vai fundo em algumas questões que começam a te fazer refletir sobre a importância de um sistema ecossocialista para um futuro próspero para o meio ambiente e para nós. Nao vejo a hora do capitalismo se tornar obsoleto! Vamos a luta!
comentários(0)comente



14 encontrados | exibindo 1 a 14


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR