Oníria

Oníria Joana Santos Silva




Resenhas - Oníria


43 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Isabela | @whatimreadingbells 10/03/2018

Oníria é um livro de poemas escritos pela Joana Santos.
Os poemas foram escritos ao decorrer dos anos, em torno de 2000 até 2016. Com uma escrita profunda, Joana Santos nos conta sobre o amor, a amizade, família, Portugal, enfim, um pouco de sua vida é transformado em palavras.
-
"A vida é uma caixinha de belas surpresas
Não julgues o passado e suas tristezas
Tem na cabeça tudo o que um dia te fez feliz
Esquece o mal, pois podes ficar por um triz
O que te ensinou a vida Joana?..."
-
Apesar de a autora ser de Portugal, a leitura é fluída e não existe dificuldade na leitura, muito pelo contrário, enriquece o vocabulário.
comentários(0)comente



Thállyta 02/02/2018

Muito bom!
Oníria reune poesias que falam desde amizade a amor.
No fim de cada poesia há um ano, que creio ter sido o ano em que a poesia foi escrita. Pude perceber que são poesias escritas através dos acontecimentos da vida da autora, pois sentimos a realidade que há nas palavras. Como diz na sinopse, "São pedaços de uma vida, aconchegada entre o passado e o presente [...]".
Minhas poesias favoritas foram "Magia", "Amor Confuso", "Obsessão" e "Passado".
Não encontrei erros de revisão e recomendo a leitura, o livro é bem curtinho e dá pra ler em poucos minutos.

Quotes:
"Queres que eu seja tua amiga para todos os teus problemas
Mas enquanto te divertes eu apenas escrevo poemas
Porque tu só me queres quando não tens mais ninguém
Será que algum dia te vou deixar de amar e apaixonar-me por outro alguém?
[...]
A resposta é sim, e felicidades para ti também..."

"A vida é uma caixinha de belas surpresas
Não julgues o passado e suas tristezas"

"Eras o meu anjo, tu é que me protegias
Agora sinto-me sozinha, com as minhas fantasias"

"Não me arrependo de nada do que foi feito
Apenas tenho saudades de me encostar a teu peito"

"Só irás dar valor
Quando o sol desaparecer
Sei que nem tudo é calor
Mas depois vais perceber"

site: Resenha em: https://www.instagram.com/p/BesGQNEAh5K/
comentários(0)comente



Seiscentas 12/01/2018

Em parceria com a autora a quem começo por agradecer pelo contacto trago-vos a opinião sobre este livro de poemas.
Confesso que posso contar pelos dedos das mãos os poemas que tinha lido na vida, quase todos obrigatórios pela escola, mas quando a Joana entrou em contacto comigo e disse que era um livro de poemas eu fiquei muito feliz porque era uma maneira de "obrigar-me" a ler o género.

Uma das coisas que mais me agrada em poemas, e também é este o caso, é serem muito emotivos. São muitas vezes baseados em histórias pessoais e fazem com que o leitor se envolva e até se identifique em alguns.

Opinião completa aqui ?> http://600paginas.blogspot.pt/2018/01/opiniao-oniria-joana-santos-silva_10.html?m=1
comentários(0)comente



Cabine de Leitura 09/01/2018

Um livro para degustar e amar.
Como é um gênero que eu gosto muito, fica um tanto quanto repetitivo e até mesmo clichê resenhar livros poéticos, mas qual é a surpresa de você encontrar versos que sensibilizam e emocionam por se parecer tanto com você?!

Sempre menciono que para mim este é o tipo de livro para se ter na cabeceira, para degustar diariamente, assim como menciono que poesias são suspiros da alma. E não tem coisa melhor do que quando estes suspiros entra em conexão com outra alma disposta, acabamos nos encontrando em pequenas frases que lemos.

Oníria é um compilado de poemas que falam da magia de encarar a realidade, das dores da saudade, um passado que deixou marcas e que se manifesta em revolta no papel. Fala sobre a tentativa de Joaninha em tentar a vida em outro país, mas deixa transparecer o regozijo de estar de volta em casa.

As estrofes reunidas resultam em uma conjuntura magnifica, capaz de fazer com que a mente do leitor peregrine por lugares acolhedores devida a similaridade com momentos nosso. Apenas palavras reunidas, que se transformam em uma grande sequência de imagem na mente do leitor.

Não pense que poemas de Oníria falam apenas de amores, eles também fala dos dissabores da vida, dos encontros e desencontros, das idas e vindas, do passado, do presente e das esperanças do futuro.

Sem dúvida o poema que mais me identifiquei foi "Passado", em cada uma das linhas eu pude ver a minha juventude retratada em frases, que descrevem com perfeição momentos marcantes que eu não me arrependo de ter vivido.

Quisemos fazer tudo o que poderíamos fazer
Ultrapassar limites, para nós era um prazer
Achando que poderíamos controlar tudo
Eramos donos e senhores do nosso mundo.

São apenas 72 páginas, de português de Portugal, mas de muito fácil compreensão, com a fluidez tipica de poemas e com um título que para mim é um enigma.
Procurei o significado do título e li várias vezes o poema que leva o nome do livro. Oníria é algo relacionado a sonhos, dizendo que são pessoas capaz de de interpretar e manipular os sonhos de acordo com seus desejos. Acho plausível essa explicação e pressuponho que seja por aí mesmo, ainda mais levando em conta a arte de capa, que nesta linha de raciocínio faz todo sentido.

Apresentei essa parceria aqui a algum tempo atrás, mas só agora tive tempo de me regozijar com a leitura desse livro e confesso que suspirei a cada novo poema, assim como meditei em cima de alguns para entrar em conexão com o real significado daquelas palavras, o que me rendeu uma leitura prazerosa e marcante.

site: https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/2018/01/eu-li-oniria.html
comentários(0)comente



apropagandista 03/01/2018

Adorei
« RESENHA »
?
» Livro: ONÍRIA
» Por: JOANA SANTOS SILVA
» Editora: CHIADO
» Páginas: 72
?
» CAPA 5/5
Feita de forma encantadora e convidativa, a capa de ONÍRIA me conquistou por suas formas bem feitas, de ótima resolução, junto com a fonte simples e a cor clara que dá um ar suave, deixando assim, uma primeira impressão agradável sobre o livro. O apanhador de sonhos, os pássaros e as flores são detalhes excepcionais.
?
» HISTÓRIA 5/5
?
Um livro de poesias encantadoras. Eu sou meio suspeita para falar sobre poesias pois é um dos gêneros literários que mais gosto, entretanto quando se trata de uma poesia tão sincera e bem escrita, eu quero que todos a minha volta conheçam e leiam.
?
Não são poesias curtas como já compartilhei aqui no IG, são poesias mais longas, elaboradas, porém são escritas de uma forma maravilhosas, que te tocam, Joana te faz sentir o que ela sente pelas suas palavras escritas. Todos os poemas tem o ano que foram feitos, o que achei muito interessante. Percebo assim que é um sonho que estava guardado a um tempo, e que se tornou realidade por meio de uma obra que conquista corações.
?
Os poemas/poesias tratam de temas diversos, em diversas situações, os meus favoritos são Serra (PG 25) e Oníria (PG 59). Um trecho de Serra:
?
"Enrola tua alma em vida
Liberta memórias puras
Percorre aquelas ruas
Encontra-te já perdida."
?
Mesmo aqueles que não curtem muito o gênero, eu digo: Vale a pena. Às vezes é necessário mudar ou diferenciar para se encontrar. Não era muito fã, mas aos poucos fui me apaixonando. Recebi no livro uma dedicatória muito bonita, muito obrigado Jo ?.
?
Então sonhadores(as), vocês gostariam de ler?
?
#joanasantossilva #chiadoeditora #chiado #oniria #poesias #poemas #brasil #portugal #editorachiado
comentários(0)comente



Nadyne Garcia 02/01/2018

Livro maravilhoso.
Este livro trás poesias que a autora escreveu expressando suas inquietações durante a vida.

A leitura de uma forma simples e surpreendente, nos permite reflerir sobre diversas emoções que perturbam nossa paz.

Uma inquietação que me surgiu ao ler, foi sobre o significado da palavra Oníria, pois para mim era desconhecido.
..
✏ Onírico: adjetivo da língua portuguesa que faz referência aos sonhos, às fantasias e ao que não pertence ao chamado "mundo real". Apesar de se tornar óbvio, esta pesquisa pelo significado me fez compreender mais o sentido da obra.
.
📚✏Quotes:
..
"Um livro de uma passagem
Um capítulo de uma jornada
Tempo refletido em mensagem
Momentos expressos em alhada"- Trecho Poesia Capítulo.
.
"Tiro p bem do mal
Afundo toda a ferida
Escolho sempre o meu final".
-Trecho poesia Mar.
.
"Uma mão na consciência
Mãe onde está a nossa educação?
De sua persistência
Falhamos nós a razão". -Trecho poesia Ártemis.

Leiam este livro, é uma leitura maravilhosa que te faz ter momentos nostálgicos, momentos de reflexão.

Em vários momentos me enxerguei com alguns anos a menos, durante a adolescência, sonhando com diversas possibilidades para o meu futuro.
.

site: https://www.instagram.com/p/BddM6K6HTuh/?taken-by=meuslivrosmeusvicios
comentários(0)comente



LEL 20/12/2017

Oníria
"Oi, oi Leitores, tudo bom? Acho que minha frase mais dita no ig é: sim, sim, estou sumida. Depois dessa é: a faculdade consome minha vida, minha alma, minha essência.. ???. Enfim, vamos ao que interessa, estou atolada de provas e procurei uma leitura leve, algo mais pontual sabe? Que desse pra começar e terminar sem gastar muito do meu tempo. E parece uma coisa, Leitor, quando a gente menos espera, o livro te desconstrói. Minha leitura da vez foi: 'Onírica' da minha parceira Joana Santos Silva. Não consigo colocar em palavras, então vou usar o próprio livro para descrevê-lo.
* São pedaços de uma vida, aconchegada entre o passado e o presente, entre o sono e o sonho. Inquietações que nos apanham ainda de olhos cerrados, desligadas da realidade apenas na medida certa. Esta é uma obra de sobressaltos que podiam ser os nossos, povoada por desassossegas que são de todos. Feita de momentos que, ao romper da aurora, nos fazem seguir em frente.
Logo que comecei a ler, fiz uma brincadeira, fechei os olhos, respirei fundo e pedi ao universo (sim, sou boba, mas sou feliz ?) que me dissesse algo que me tocasse, que me enchesse, e fui atendida. Abri na página 45, "Amor", e quanto amor me tocou o coração. Querido Leitor, sugiro que faça o mesmo, é divertido e pode ser surpreendente, e se fizer, me conta aqui nos comentários a sua experiência."
comentários(0)comente



Quennick 09/12/2017

Uma excelente dica para quem curte belos poemas.
Este livro é uma coletânea de poemas criados pela autora em diversas pontos de sua vida. Aqui mas mergulhe anos não só no amor vivido pela autora mais sim também pela dor, a tristeza alegria e muitos outros sentimentos e emoções trasferidas ao papel pela autora.

É uma viagem entre os anos de 2001 até hoje com vários temas e abordagens que nos mostra a forma de escrita da autora, e acreditem mesmo sendo um livro de poemas é rico em detalhes.


A capa é bem bonita e além disso traz a ideia dos filtros dos sonhos, cultura indie e um poquinho de viagens pela imaginação.
comentários(0)comente



linhaliteraria 07/12/2017

Oniría
"Oníria"

É um livro lindo tanto por dentro como por fora.
Oníria é cheio de poemas e textos com momentos e sonhos dá vida dá autora.
Me encantei com cada texto, cheios de profundidade.
comentários(0)comente



Cecília @febredelivro 04/12/2017

Resenha: Oníria
Oii gente, hoje vim apresentar para vocês o livro Oníria, um livro muito bom e recheado de prosas poéticas ótimas, é um livro de poucas páginas que recomendo muito para todos que gostam do gênero e até mesmo aqueles que não gosta, convido todos vocês a provarem desse incrível livro!

O conteúdo do livro é muito interessante, com temas diferenciados, também do cotidianos. O trabalho com o livro foi impecável, não encontrei erros de revisão ou algo do tipo, foi trabalhado com muito cuidado, acredito eu.

Bem e Mal

Do tudo nascem dois irmãos
Que foram separados
Não puderam dar as mãos
Do nada são magoados

Um perdoa outro não
Para haver um equilíbrio
Ambos no nosso coração
Escolha de livre arbítrio

Longe mas unidos
Por um pai nosso Senhor
Por vezes são perdidos
Mas de base o amor

De escolhas são feitas
E com os seus ideais
Ambos são perfeitos
E de nada são iguais

Terra mãe chora
E castiga qualquer um
Bem não vás embora
Que o mal já é comum

Realmente é um livro bem curtinho que da sim para ler em pouco tempo, porém recomendo muito que não tenham pressa para desfrutar desse livro, o talento da autora Joana Santos Silva, e os cuidados com as palavras é impressionante.

A capa desse livro está literalmente muito linda, a Editora Chiado arrasa sempre, é uma edição simples que dá muita vontade de ter em mãos

Mas porque somos nós egoístas
Sem um pingo de consideração
Seremos sempre vigaristas
Condenada, esta nação

Umas prosas poéticas que me cativou do início ao fim, são poemas que não se encaixam em categoria específica. O livro Oníria é realmente escrito como se tivesse pegado pedaços da vida rsrs

A cada página somos direcionados a uma nova visão , somos fascinados a cada poesia e presentados com cada palavra.

Seja encantado você também! pela mágia das palavras

site: http://febredelivro.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



@sonhandoentreasestrelas 26/11/2017

Oníria-Um turbilhão de sensações
Mais do que poemas,muito mais do que palavras,este livro foi como viver fragmentos de vida de outra pessoa.Com poemas envolventes,vemos como é mudar para outro país,como é viver uma desilusão e como é sentir novos sentimentos. A autora nos consegue passar tudo que ela sente,eu nunca tive muito amor por poesia,mas a partir de livros como esse eu estou me apaixonando por esse mundo de sentimentos e sensações.E convido todos vocês a vim conhecer esse mundo de poesia que é "Oníria".
comentários(0)comente



livrosdavivi 25/11/2017

Sentimentos, pensamentos, acontecimentos,... poemas.
Oníria é um livro repleto de vários poemas, que têm como tema, acontecimentos e sentimentos aderidos ao longo do tempo. Cada poema tem sua complexidade, eu gosto bastante de todos! É um bom livro para ler um poema a cada dia, foi como eu fiz, todo dia eu lia um e gostei muito.
comentários(0)comente



Kalyne @oreinodaspaginas 07/11/2017

Quotes
“Afinal a salvação era apenas encarar a realidade
Que apenas doía à superfície, mas que era afundada na profundidade”
“A vida é uma caixinha de belas surpresas
Não julgues o passado e suas tristezas”
“Não quero coisas caras, até admiro uma flor a morrer
Até apenas uma folha
Algo feito a mão
Só queria que te dedicasses e usasses o coração”
“Porque lá no fundo sei que ela nunca vai desaparecer
Para toda a vida carrego este fardo, que me faz viver”
“Fica bem, minha estrela
Que um dia voltarei a vê-la”
“Mente baralhada
Confusa, dispersa em atmosfera
À escuta ainda trocada
Ainda vagueias, à espera”
“Leva espírito aventureiro
Carrega os raios às costas
Sobe pelas encostas
Heras serão teu costureiro”
“Foge, quero-te ver sorrir
Escolhe, segue, tens força suficiente
Já foste contornado, mas és tu quem controla a tua mente”
“Acorda, não sejas frágil
A vida não e fácil”
“Mas porque somos nós egoístas
Sem um pingo de consideração
Seremos sempre vigaristas
Condenada, esta nação”
“Por quem me denunciou
Ai, que o karma se vingou
Mas eu já perdoei
Mas eu só sei que nada sei”
“Não quero ser acordada
O que eu quero eu invento”
“Só irás dar valor
Quando o sol desaparecer
Sei que nem tudo é calor
Mas depois vais perceber”
“Libertas o interior
Podes ser o que quiseres
Da árvore até à flor
Da magia te refletes”
“Faz por ti, luta
Se não consegues, tenta
Deus não te passa multa
Se partires a ferramenta”
“Farei tudo para te recordar
Serei eu contigo ao lado
Sou oníria e te canto o fado
De que nunca me vais deixar”
“Terra mãe chora
E castiga qualquer um
Bem não vás embora
Que o mal já é comum”
“Nada se mudaria
Se o tempo permitisse
A caneta não se apagaria
Nem que a vida lhe mentisse”



site: http://oreinodaspaginas.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Bia 31/10/2017

Resenha - Oníria
Eu costumava ler poesias na escola porque era obrigado, mas nunca fui de ler poesias, não que eu não goste só não faz meu estilo. Conheço algumas poesias bem legais e agora tenho mais algumas para a lista. Esta será a resenha mais curta que já escrevi kkkk. A resenha desse livro esta bem atrasada, eu o li desde o dia em que ele chegou a minhas mãos, mas acabava esquecendo-me de postar a resenha de tantas resenhas que eu ainda tinha que postar que estavam na fila. Mas em fim, aqui está à resenha hehe.

As páginas são amareladas, a fonte e grande e têm trinta e dois poemas alguns escritos na época de 2000 outros mais atuais. A capa do livro é simplesmente linda, gostaria de ter um marcador dessa capa! É realmente encantadora.

Nessa coletânea de poemas lindos, Joana nos trás um pouco de seus sentimentos com relação a muitas coisas, como por exemplo, sua moradia de três anos na Escócia, seus amores, os pesadelos, as decepções/ilusões, e até mesmo a perda de alguém. O poema mais antigo desse livro é Ártemis que foi escrito em 2000, Joana começou a escrever aos doze anos e no livro trás os poemas que ela escreveu, também, com treze/catorze anos.
Meu preferido foi o poema Magia (o primeiro poema desse livro), achei super legal e li ele várias vezes. Outro que gostei bastante foi Pesadelo.
Um livro super curtinho e muito rápido de ler, você lê em menos de uma hora e se envolve nos poemas. Alguns eu me senti muito conectada. Muito obrigada Joana pelo livro maravilhoso e pela dedicatória fofa!
Eu nunca fiz uma resenha sobre poemas então não conheço muito o assunto já que não tenho costume de ler poemas, mas espero que essa resenha mostre o quanto gostei do livro, o quanto mergulhei totalmente nas palavras rimadas de Joana. São poemas lindos, de certa forma, e tristes.

Fiquei super feliz quando a autora entrou em contato comigo perguntando se eu gostaria de conhecer seu trabalho. Confesso que quando ela disse ser poemas eu fiquei meio em duvida, tem muito tempo que não leio um poema e não sabia se conseguiria escrever uma resenha sobre. Mas depois que o livro chegou e o li, fiquei realmente agradecida por ela ter me mandado seu trabalho.
Para quem gosta de poemas eu recomendo o livro.

site: http://biiabrito.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Felipemateus12 26/10/2017

Resenha - Oniria
Oniria é um livro de poemas da autora portuguesa Joana Santos Silva, que agrega dezenas de poemas com diversos temas.
Alguns dos poemas vem com uma linguagem romântica e as vezes com um sentido de amor incompreendido, ou ate mesmo platônico.
Logico que a visão poética da autora a todo momento retrata sua vida, ou seja, a cada poema a gente sente um pouco da autora, suas tristezas, dores, alegrias e amor.
O livro é super bem recomendado por mim, mesmo não sendo um critico do assunto, mas me envolvi bastante com cada verso que me faziam ter ótimas recordações.
A cada poema também conseguimos ver a evolução da autora, já que em cada poema, ela escreveu em uma data diferente, nos dando uma perspectiva de cada momento da sua vida, assim como nos dando uma ótima reflexão sobre a nossa própria vida.
comentários(0)comente



43 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3