O Doce Sabor da Justiça

O Doce Sabor da Justiça Paula Toyneti Benalia




Resenhas - O Doce Sabor Da Justiça


10 encontrados | exibindo 1 a 10


Michele 07/09/2019

Tóxico e machista
Após um mês oculpada, eu consegui terminar este livro. Na mesma temática de romance clichê do primeiro, este livro me deu uma mistura de sentimentos ruins: nojo, raiva, estresse;
Primeiro que a relação dos dois são muito tóxicas (O cara sequestra ela, amarra ela, bate no médico e faz o maior barraco sem necessidade).
Segundo a Clarice é mimada, ridícula, escrota e acha que o mundo só gira em torno dela (se fosse na vida real, ela já tinha levado muita porra da dos outros a muito tempo)
Terceiro a futilidade dos dois.... sei que pessoas gastam dinheiro mesmo quando são ricas, mas eles faziam algumas coisas que não era normal e que isso nunca iria acontecer;

A narrativa muito fraca e tudo se resolvia muito fácil sem muito detalhes e o mais importante é o como esse livro é machista! Pqp o cara transar com todo mundo era pegador, agora as mulheres que saiam com ele eram vagabundas e piranhas (a maioria era tudo mulher bem resolvida de vida que queria um companheiro e o cara tratava elas como lixo), além do livro colocar mulher contra mulher.

Eu terminei este livro totalmente revoltada e querendo socar os dois personagens... me arrependi amargamente
comentários(0)comente



Alediane 23/08/2019

Sem conteúdo nenhum
Não gostei ....não tem uma boa história..achei uma história muito infantil..sem conteúdo algum ..uma enrolação.
comentários(0)comente



Sergia.Souza 29/07/2019

Eu adorei o livro, achei divertidissimo, muito legal, a história do casal e super engraçada, bolei de rir muitoooo
comentários(0)comente



Angelica.Leandro 30/01/2019

Que livro divertido
Mike e Clarice são como combustível e fogo brigam como cão e gato nunca ri tanto como eu com esse livro muito boa a história do começo ao fim
comentários(0)comente



Dreh 31/03/2018

Mike Heltimen é conhecido como um dos melhores advogados de SP, não consegue levar nada a sério, exceto o trabalho, em que defende grandes causa sociais sempre sabendo que irá vencer.

Clarice Mariah é acostumada a comprar tudo o que deseja, especialmente bolsas. Exatamente por isso, não consegue ter um relacionamento duradouro. Mas tudo perde sentido, quando ela perde os pais em um acidente de carro, e se vê a frente de um grande império para comandar. O tio dela entra com um pedido na justiça para interditá-la, alegando que Clarice não tem condições de tomar conta dos bens da família sozinha.

O único problema é que o advogado contratado pelo tio é justamente Mike. Ele e Clarice já haviam se conhecido numa situação não muito boa, e com essa acusação, os dois vão se aproximar ainda mais. Em meio ao ódio e as ofensas, nasce uma paixão incontrolável. Será que Mike novamente deixará o trabalho em primeiro plano? Clarice vai continuar com obsessão por bolsas sem se importar com seus sentimentos?

Por Mike ser amigo de Joe Hesgher, e Clarice amiga da Julie, os personagens do primeiro livro ainda aparecerão em um segundo plano nessa história e podemos saber um pouco mais da vida deles. Esse foi o livro em que mais ri, porque realmente não tem como não achar o Mike engraçado. E um pouco exagerado (e ainda não é suficiente para definir Mike Heltimen).

Gostaram da resenha? Interajam comigo nos comentários, para que eu possa saber se vocês estão curtindo o que escrevo aqui 😉
comentários(0)comente



Bi Faria 16/08/2017

Capa perfeita! E que leitura divertida, eu ri demais, e torci demais para o casal. Favorito de 2017!
Mike e Clarice se odeiam desde o primeiro momento, tanto que Mike já recebeu um soco de Clarice quando se conheceram. Os dois juntos são como uma bomba relógio. Mas têm que conviver pois são padrinhos das meninas de Julie e Joe. Como sempre arrumam confusão nas festas das crianças, Julie os proíbem de ir no aniversário de 1ano das meninas... Os dois ficam desolados, então Clarice resolve bolar um plano com Mike, os dois fingirem que estão juntos, que não brigam mais, para irem ao aniversário... Eles começam a executar o plano, mas Mike, o que pega todas, nunca se imaginou apaixonado pela pessoa que mais odeia. E Clarice está passando pela pior fase da sua vida, tem medo de se entregar e não conseguir juntar os cacos quando Mike a dispensar, por ser só mais uma em sua cama.
O que vai acontecer com esses dois? Se matam? Se amam? "Dizem que brincar com fogo é perigoso. E quando esse fogo aquece aquilo que está congelado pela perda? Não sei a resposta. Só sei que o desejo e espero que as cicatrizes não sejam tão cruéis, porque ele vai me machucar. Na verdade, ele vai me massacrar!"
comentários(0)comente



Railana.FranAa 02/06/2017

Aquele livro que você respeita:D
Livro maravilhoso. Onde conta a história do casal Mike e Clarice. Um romance, um suspense , sensual e divertido. Onde o amor, supera o ódio.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Ariane 29/05/2017

RESENHA
Eu sou apaixonada pelo primeiro livro, e com o segundo não foi diferente, desde que li O doce sabor da vingança, fiquei esperando ansiosamente pelo lançamento de O doce sabor da justiça. A autora, escreve muito bem, suas histórias são envolventes, divertidas, e você quer devorar cada página.

A Paula se superou em O doce sabor da justiça, o livro está maravilhoso, ainda mais divertido. Mike, o personagem principal, além de lindo, perfeito e engraçado, como já tínhamos visto no primeiro livro, pois ele é o melhor amigo de Joe, também é muito romântico e exagerado.

Mike é advogado, sua empresa é super reconhecida, todos os casos que ele pega, ganha. Muito rico e muito mulherengo, é cheio de regras em relação as mulheres que sai com ele: jamais se apaixonar, nunca casar, não dormir nunca com uma mulher, em hipótese alguma sair com a mesma mulher a segunda vez, entre outras. Até Clarice entrar em sua vida, e quebrar todas essas regras.

"Eu diria que tudo ia bem, perfeitamente bem, na verdade. Eu diria até que não tinha problemas. A minha vida era uma farra, sem hora nem dia para acabar. Até que uma mulher entrou e começou a quebrar todas as regras."

Clarice, também, já conhecemos no primeiro livro, é melhor amiga de Julie, mulher de Joe. Fútil, ama comprar bolsas, mas com um coração enorme. Ela odeia Mike com todas as forças, e ele a ela. O que ambos não sabiam é que esse ódio, significava que estavam escondendo deles mesmos a atração que sentiam.



"Dizem que brincar com fogo é perigoso. E quando esse fogo aquece aquilo que está congelado pela perda? Não sei a resposta. Só sei que o desejo e espero que as cicatrizes não sejam tão cruéis, porque ele vai me machucar. Na verdade ele vai me massacrar!"

Desde de que se conheceram Clarice e Mike, só brigam, toda vez que estão no mesmo lugar, arrumam confusão. E por causa de suas loucuras, foram proibidos de irem ao aniversário das afilhadas deles, a única possibilidade seria se estivessem namorando. Impossível.

Resenha: O doce sabor da Justiça - Paula Toyneti Benalia
Não para esses dois, que mesmo se odiando, resolveram fingir que estão juntos, só para poderem ir à festa, afinal, amam demais aquelas meninas.

Só que esse fingimento, acabou despertando outros sentimentos em ambos, e eles se apaixonaram. Mas o relacionamento não será fácil, e vem muita confusão, lágrimas, brigas e loucuras por ai.

"Ficamos em silêncio por alguns minutos, nossos olhos conectados, tão próximos que nossas respirações se confundem. Só que não vou deixar ele me beijar de novo. Não vou ser fraca. Ele está brincando comigo."

Mike precisa aceitar um caso de um amigo de seu pai, ele não quer, pois tem muitas coisa para fazer, e já não está mais dando conta, porém seu pai insiste, em nome dessa amizade.

Clarice, acabou de perder os pais em um acidente, ela está desolada, nunca precisou se preocupar com nada, porém agora precisa fazer de tudo para cuidar da empresa que eles deixaram, e que o tio, quer, de qualquer maneira, tirar a administração das suas mãos.

"Eu nunca amei uma mulher e agora entendo o meu receio. Eu não estava preparado para amar, muito menos para perder.

O que eles não sabiam é que estavam no mesmo processo judicial, porém de lados opostos, e que isso os afetariam.

Resenha: O doce sabor da Justiça - Paula Toyneti Benalia

"- Eu não te odeio. Impossível odiar você, Clarisse - digo, passando o dedo em seus olhos para tentar conter uma lágrima que escorre por suas bochechas rosadas. - Você provoca um monte de sentimentos em mim que não sei compreender e nem explicar, só sei que não é ódio."

O que gosto mais nos livros desta série, é que são tão envolventes, que você entra na história e só sai dela quando lê a última página, sem querer parar. Eu me divirto muito, me emociono, e me apaixono, rs.

O livro é escrito em primeira pessoa, porém alterna entre a versão de Mike e de Clarisse, e eu adoro isso, por poder conhecer os dois lados. Nem preciso dizer que super indico essa leitura não é rs.

site: http://www.livrosdanane.com/2017/05/resenha-o-doce-sabor-da-justica-paula.html
comentários(0)comente



Jaqueline.Andrade 28/05/2017

Surpreendente
Leitura de tirar o fôlego, a cada página uma reação diferente, de risos à lágrimas, amei do começo ao fim, muito fácil de ler e empolgante, indico a todos que queiram rir, chorar e se emocionar, com certeza esse livro é para reler muitas vezes e ser guardado com muito amor.
comentários(0)comente



10 encontrados | exibindo 1 a 10