Children of Vice

Children of Vice J.J. McAvoy




Resenhas - Children of Vice


7 encontrados | exibindo 1 a 7


spoiler visualizar
Suh 29/12/2017minha estante
Nossa, achei bastante interessante essa sua teoria, você acha mesmo que ela é possível?


Maria 29/12/2017minha estante
Suh, acho que sim. Os três filhos da Mel e do Liam são preparados para assumir a família, então tudo é possível. Já estou ansiosa para os três últimos livros, o da Dona, Wyatt e novamente Ethan kkkkk Acontece umas coisinhas com ele, nesse livro da Dona.


Suh 29/12/2017minha estante
Faz sentido, só uma pergunta é que eu fiquei na dúvida, o Ethan terá outro livro?


Maria 01/01/2018minha estante
Sim. Um quarto livro depois do livro do Wyatt.


Ludmila.Rocha 08/01/2018minha estante
Onde você fica sabendo as informações dos próximos livros?




hannah 22/05/2017

QUE LIVRÃO DA P****
(Antes de tudo quero pontuar que CHILDREN OF VICE conta a estória dos filhos de Liam Callahan e Melody Giovanni da série RUTHLESS PEOPLE, mas que pode ser lido separadamente que não vai afetar em nada, pois é autônomo.)

Agora sim, PUTA MERDA QUE LIVRO FOI ESSE??? J. J. MCAVOY SÓ SE SUPERA SÉRIO (menos com childstar, continuo fingindo que aquela série não existe)...

Eu como uma super fã da série Ruthless People (inclusive até hoje sofro lembrando do final de "A Bloody Kingdom") mas enfim, confesso que fiquei com medo quando a J. J. anunciou essa nova série autônoma das crianças Callahan (que de crianças eles não tem mais nada), onde pela sinopse que foi apresentada nos deparamos com Ethan, filho mais velho de Liam e Melody, que depois da morte de seus pais passa a ser o novo Ceann na Coinarte da parte irlandesa e Capo pela parte italiana da máfia, e todos que leram RP sabem que para ele tornar-se o chefe precisa estar casado e é aí que entra a mais nova queridinha, Ivy O'Davoren (não vou falar muito dela aqui, pois acabaria dando algum spoiler).

A trama se desenvolve principalmente em torno do casal Ethan e Ivy, mas além disso J. J. nos presenteou com pontos de vista durante a leitura de outras pessoas da família Callahan, (mesma temática que vimos em RP) incluindo os gêmeos Dona e Wyatt, e posso dizer que esses pontos de vista fazem muita diferença e colaboram para um final daqueles, onde eu realmente dei aquele BERRO!!!

Um começo de série maravilhoso, onda a leitura flui do começo ao fim e nos proporciona momentos divertidos com o raciocínio rápido de Ivy, muitos momentos de luxúria (é de família) com Ethan e sua esposa, muito sangue derramado e claro aqueles momentos agonizantes que só a imaginação da J. J. consegue criar pra acabar de vez com o nosso psicológico... e não poderia faltar aqueles momentos nostálgicos da série anterior (tu vai chorar assim como eu chorei, garanto).

Children of Vice veio pra mostrar como as crianças Callahan cresceram e que eles estão mais que dispostos a dar continuidade ao legado de seus pais, porém Liam e Melody conseguiram conciliar e comandar juntos, será que seus filhos conseguem fazer o mesmo? Fica aí a dúvida...

E LIVRO 2 JÁ PODE SAIR DA JAULA
Suh 15/06/2017minha estante
Pelo amor de Deus, onde foi que você encontrou esse livro? Tem disponível pra baixar?


hannah 18/06/2017minha estante
tem no minhateca e no issuu


Suh 18/06/2017minha estante
Obgggg




Fabiana.Martino 21/04/2019

É impossível ler essa série sem comparar com a primeira, dos pais dele. Esperava mais ação, mais mafiosos, mais tretas. Porém, foi bem suave. Acho que ninguém vai superar a Bloody Melody e o Ian Chapeleiro Maluco.
comentários(0)comente



ana 19/06/2017

Primeiro: que doideira de livro!!
Segundo: que maravilha de livro!!

J. J. McAvoy se supera em cada obra publicada, sério. Essa série é sobre os filhos do casal mais incrível e poderoso de todas as histórias sobre máfia que já li: Liam e Melody Callahan. É focado em Ethan, mas aparecem seus irmãos e o resto da família também. Como os livros antecedentes, este é cheio de ação e surpresas. Ethan é tão inteligente e poderoso quanto seus pais, seus irmãos são incríveis também.
Ivy é o tipo de mulher que foi feita para a famosa família, pois é durona, resistente, não aceita desrespeito e não leva desaforo para casa.
Como os livros anteriores, esse não deixa nada a desejar. É muito bom, a escrita é clara e enquanto não terminar o livro, não conseguimos fazer outra coisa. Super indico a leitura, até para quem não leu a série principal - Ruthless People (inclusive, quem não leu, leia!! hahah).
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Shêll 14/02/2019

Que venham mais!
Se você chegou até aqui SEM LER a série anterior: RUTHLESS PEOPLE, talvez esteja tento uma crise ou algo do tipo após ler Children of Vice.
O que você não sabe é que mesmo depois de tanta loucura que esse livro apresenta e seu final BOMBÁSTICO, a história do Ethan é até agora a mais "tranquila" da família Callahan... (rsrsrsr) - rindo de nervoso aqui -

Gostei muito, não nego, corri para ler os próximos. (Pois, sim. Escrevo esta resenha após ler todos o outros livros disponíveis até o momento. Minha curiosidade não me deixou parar para escrever no momento que terminei a leitura).

Assim sendo, vos deixo a pergunta que não quer calar:

Será que o Rei vai perder seu trono?

Bom, eu já sei a resposta e vocês?

Que venha a história da Donatella!!!
comentários(0)comente



Fernanda 05/06/2017

"La famiglia viene prima di tutto." (A família vem primeiro que tudo.)
Essa autora fez de novo! Ela conseguiu escrever outro livro maravilhoso, que faz nosso raciocínio parecer apenas muito lerdo. Eu ainda estou em estado de choque. Tudo o que eu achava que esse livro fosse ser, não passava de ilusão.
Eu queria muito saber dizer o que eu acabei de ler, mas apenas não consigo. Só digo que se você gostou de Ruthless People, você precisa ler esse livro. Vá sem medo porque essa autora vai pegar todas as suas expectativas, esmagá-las e enfiá-las sua goela abaixo. Ela não está brincando.
Não sei se o "cliff hanger" mais "plot twist" no final do livro é apenas mais uma brincadeira sádica; ou se ela vai nos fazer realmente escolher lados que não deveriam ter que ser escolhidos.
Eu só sei que estou mais que curiosa. E indico muito esse livro. Porque ele foi muito mais do que eu esperava, apesar de não ser sobre "Bloody Melody" e "The Mad Hatter". Mas isso não deveria me surpreender, certo? Afinal é a JJ McAvoy. Se a mente dessa mulher conseguiu criar Melody e Liam,com certeza é capaz de criar a história mais incrível para os filhos deles.

Uns pequenos GRANDES conselhos:
Se você não leu Ruthless People, sugiro que leia antes de pensar em ler esse livro.
Se você não gosta da mafia, personagens cruéis, sem limites e psicopatas: esse livro não é para você.
Se você não gosta de violência: esse livro não é para você.
Se você não gosta de xingamentos e falta de moral: esse livro não é para você.
Se você não gosta de livros com cenas eróticas: esse livro não é para você.

Se você gosta de histórias sobre a máfia, realistas e que mostram o lado feio da coisa e das pessoa ou gosta de torcer para os vilões: esse livro é para você. Mas ainda acho que é melhor começar pela série Ruthless People.
E se você tiver a mente tão louca por romance e histórias da máfia como a minha, provavelmente vai se ficar louco por essa série. Ela é insana e lhe transforma em insano também.

"Family is family, and it is not determined by marriage certificates, divorce papers, and adoption documents. Families are made in the heart. The only time family becomes null is when those ties in the heart are cut. If you cut those ties, those people are not your family. And if you hate those ties, those people will still be your family because whatever you hate will always be with you." -C. Joy Bell
(Família é família, e ela não é determinada por certidões de casamento, documentos de divórcio, e documentos de adoção. Famílias são formadas no coração. O único momento em que a família se torna nula é quando os laços no coração são cortados. Se você cortar esses laços, aquelas pessoas não são a sua família. E se você odiar esses laços, aquelas pessoas ainda são a sua família porque qualquer coisa que você odeie estará sempre com você.)

"When a monster stop behaving like a monster, did it stop being a monster? Did it become something else?"
(Quando um monstro para de se comportar como um monstro, ele deixa de se um monstro? E se torna outra coisa?)

"Act crazy. Act as if you aren't capable of thinking logically. Insanity is your friend. Fight. This is how you survived. That's how all the holes stayed closed. How you don't break."
(Aja loucamente. Aja como se você não fosse capaz de raciocinar logicamente. Insanidade é a sua amiga. Lute. Foi assim que você sobreviveu. Foi assim que todos os buracos permaneceram fechados. Como você não quebrou.)

"My pop always said poverty fucks with you... makes you think you can do things you really can't and start selling your soul for things that are priceless."
(Meu pai sempre disse que a pobreza f*de com você... Faz você pensar que pode fazer coisas que você realmente não pode e começa a vender sua alma para coisas sem valor.)
comentários(0)comente



7 encontrados | exibindo 1 a 7