O Jardim das Rosas Submersas

O Jardim das Rosas Submersas Susy Ramone




Resenhas - O Jardim das Rosas Submersas


3 encontrados | exibindo 1 a 3


ClauClau 29/04/2017

O Jardim das Rosas Submersas
Essa é uma coletânea dos 54 contos da Susy que (já aviso, terror) ela plantou, enxertou e cultivou, e decidiu reuni-los em um livro para apresentar ao leitor o que ela produziu nos últimos anos. Não são contos românticos. Eles apresentam esferas de personagens estranhos para certos olhos, mas bem normais para aqueles que costumam passear em jardins pantanosos que abrigam em suas entranhas pontos com areia movediça, rodeada de lugares obscuros que só os amantes do terror são capazes de entender e identificar.

Estejam convidados a caminhar por um jardim recheado de flores ocres, vermelhas e pretas de cabos longos com espinhos tortuosos, que ao invés de exalar um perfume doce e delicado irá impregna-lo com um odor não tão agradável de sentir dessas flores que estavam adormecidas e esquecidas. Por esse caminho você irá encontrar vampiros, lobisomens, bruxas, fantasmas e todos outros seres aterrorizadores e sobrenaturais.

Para ver a resenha na integrar é só clicar no blog

site: https://www.euleiosimedai.com.br/single-post/2017/04/25/Resenha-O-Jardim-das-Rosas-Submersas-Autora-Susy-Ramone-Editora-Coer%C3%AAncia
comentários(0)comente



Simone 15/07/2017

Uma compilação aterrorizante!
Quem bem me conhece sabe que não sou muito fã de coletâneas/antologias, mesmo porque gosto de me envolver com o que estou lendo, o que se torna mais difícil tratando-se de contos. No entanto, com este livro, a autora conseguiu o inimaginável: estou ansiando por um livro de cada conto — rs. E isso já era de se esperar, pois sendo a Susy Ramone a autora, eu leio até mesmo a sua lista de compras. o/

O Jardim das Rosas Submersas é uma viagem obscura, onde o leitor ficará de frente com bruxas, lobos, anjos, demônios, vampiros, fantasmas, criaturas fantásticas, e, principalmente, versões — digamos assim — Dark de histórias infantis e cantigas de rodas. Além disso, há algo que chamou bastante minha atenção: alguns contos foram inspirados em canções e histórias já existentes, onde a autora originou de forma peculiar, isto é, do jeitinho aterrorizante que só ela sabe fazer. Eu, particularmente, me envolvi com todo conteúdo: é claro que alguns contos gostei mais, outros menos. Porém, incontestavelmente, AMEI TUDO QUE LI!!! 💘💘💘

P.S: Confira a resenha completa no link abaixo.

site: https://simonepesci.blogspot.com.br/2017/07/falando-em-o-jardim-das-rosas-submersas.html
comentários(0)comente



Aninha | @pactoliterario 18/05/2019

O Jardim das Rosas Submersas nos apresenta mais de 50 contos de terror, horror e suspense.

Susy Ramone com sua narrativa única e peculiar nos leva por incríveis histórias fazendo-nos sentir mistos sentimentos, indo de pena até o medo.

Irei citar alguns dos contos que gostei e não gostei.

Lollipop nos apresenta à Norman um homem que tem um eterno desejo de ser uma mulher, mas não realiza esse sonho, contudo, ele tem uma inveja extrema de sua vizinha Tereza, além de ser muito bonita, tem o corpo que Norman deseja. Após invadir a casa da mulher e descobrir um segredo dela, ele tentará uma aproximação, só que ele não espera que coisas ruins poderão acontecer.

Não gostei muito desse conto, achei a história bem cansativa e o final não me agradou muito, confesso que esperava algo a mais tanto dos personagens, quanto da história.

O Maníaco do Bilhete foi um dos contos que mais me deixou surpresa e me agradou. Conta a história de Marcos que começa a receber bilhetes estranhos e chega até a pensar que é um de seus sócios brincando com ele. Mas quando essa brincadeira começa a ficar mais séria e envolve sua mãe e namorada, ele vê que aquilo não é uma brincadeira.

O final desse conto é surpreendente, a autora te leva a acreditar em uma coisa e no final é outra completamente diferente. Um dos meus contos favoritos dentre todos os outros!

Confusão Mental apesar de ser um conto curto, eu gostei bastante dele. Conta à história de uma senhora que além de fazer doações gênerosas em dinheiro para um hospital, também é voluntária lá e ajuda todos os pacientes do hospital.

Assim como o conto anterior, este tem um final super surpreendente, me deixou com uma ponta de pena dessa senhora, sério!

O conto Black Rose tem um nome bonito, porém a história não me agradou e eu não entendi o final. Fala de uma mulher que se chama Cristina, que há alguns anos se mudou para um lugar maravilhoso após perder seu gatinho. Contudo, um quadro com uma rosa negra lhe chama a atenção, já que aquela rosa parece ter vida. O problema é que os amigos dela começam a morrer, e cada vez que um amigo morre, a rosa vai perdendo uma pétala e murchando.

A edição deste livro está maravilhosa, a capa é linda, a diagramação é impecável, as páginas amareladas e as letras grandes.

Susy tem um jeito único de escrever e faz os leitores viajarem pelas páginas de seu livro. Com certeza irei querer outros livros da autora em minha estante.

Esse livro é uma ótima dica para quem gosta de um bom livro de contos do gênero terror, garanto que vocês irão se apaixonar e querer muito mais!

Resenha postada originalmente no blog Pacto Literário.

www.pactoliterario.blogspot.com.br
www.instagram.com.br/pactoliterario
comentários(0)comente



3 encontrados | exibindo 1 a 3