A Distância Que Nos Separa

A Distância Que Nos Separa Kasie West




Resenhas - A Distância que nos Separa


73 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5


Angell 17/02/2019

Mais clichê? Difícil!
O acaso fez com que Caymen e Xander de conhecessem, e claro, como um romance clichê, eles reconhecem suas afinidades e se aproximam cada vez mais...
Skye é uma amiga leal que, independente de qualquer circunstância, lá está ela, ao lado de Caymem e lendo as entrelinhas...
Aos poucos Caymem vai entendendo os caminhos que tem percorrido e se fortalece para seguir seu futuro.. Claro! Ao lado de Xander!
Por que nota 4? Porque é uma história que ainda tem espaço pra mais.. Muito mais!
Merecia, no mínimo, uma continuação!
comentários(0)comente



Fabiana.Alcantara 09/02/2019

De que distância a autora se refere?
Não sei qual é o título original mas esse não tem nada a ver com o romance.

O livro é gostosinho de ler... achei meio teen demais. Mas quando você está com uma ressaca literária daquelas ou empacada em outro livro (que é exatamente o meu caso) o livro se torna uma leitura bem leve e te desliga um pouco.

Maior defeito desse livro foi o final.
Puxa vida viu!

Fiquei tipo: como assim? É assim mesmo que vai acabar?
Final mal planejado, fraco, um monte de situações mal resolvidas.

Mas dá pra engolir!
Pelo menos pra passar o tempo dá!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Talita 03/10/2018

Seria realmente uma questão de distância ?
"Estou olhando para a gola da camiseta dele.
- Caymen ?
- Hum?
- Você parece com medo. Isso te assusta ?
-Muito
-Porquê ?
- Porque eu não trouxe bala de hortelã
-Agora a resposta verdadeira...
- Porque eu tenho medo do jogo acabar depois que você conseguir o que quer"

O livro tinha tudo para ser bom, porque não se esforçou um pouquinho mais ?? :(

Caymen trabalha ajudando sua mãe na loja de bonecas (Dollys and more), ela não quer viver ali para sempre, mas também não quer magoar a sua mãe, então ela finge que gosta do lugar onde trabalha e vive sua vida no tédio. Até que um dia aparece um cara lindo, cheiroso, muito bem arrumado e rico, para ela esse ultimo quesito é um problema (sua mãe não teve um histórico muito bom com pessoas ricas), mas ele parece ser diferente, engraçado e entende o nível de "sarcasmo" dela, então os dois viram amigos improváveis.
Só que como já foi dito anteriormente por a mãe não aceitar ela decide guardar segredo, até porque é um pedacinho dela que ama os momentos com ele, isso e também o fato de que sua mãe está guardando algum segredo que pode colocar em risco o destino da pequena loja.
Agora falando dos pontos negativos posso citar o que mais me chateou:
-O fato de que Caymen é medrosa demais e nem um pouco sarcástica
- Xander é perfeito demais e ao mesmo tempo sentimental demais
- Caymen duvida a toda hora e isso torna a história um pouco tediosa
- Além do fato de que na maioria do tempo não teve muito romance e no final parece que teve
Ou seja, o livro não me chamou a atenção, gostei do outro livro dela "Namorado de Aluguel", mas nesse creio que não atingiu o objetivo
comentários(0)comente



Iara.Antunes 11/09/2018

A distância que nos separa traz a história de Caymen que trabalha na loja de bonecas da sua mãe e Xander que é rico e irá assumir a empresa do pai.

O livro se inicia quando Xander vai na loja de Caymen, mas já te cara ela não gosta dele pelo simples motivo de ser rico e esnobe. Entendemos ao longo do livro que ela trás essa pré conceito devido a sua mãe e a experiência dela com o pai de Caymen. Onde envolveu dinheiro e abandono. Mas o jeito diferente de Xander acaba fazendo ela rever suas percepções será que ele irá ser igual ao outros ricos jogar com ela e brincar com seu coração? Mesmo ela fazendo de tudo para afastar ele e usando o seu sarcasmo de ser a sua forma de se proteger.

Do outro lado Xander se encanta por estar com ela devido sua personalidade forte e desafiadora que simplesmente trata ele pela pessoa que é e não pelo status que ele carrega e consegue deixar ele feliz e relaxado da pressão dos pais para continuar o legado da sua família nos negócios.

Este livro acaba se tornando mais denso a sua mensagem por tratar de julgamentos por cicatrizes e passado doloroso,por medo de lutar pelos seus sonhos, problemas familiares relacionado a pressão profissional, classe social e o relacionamento. Acompanhamos a luta de sentimentos e conceitos dos dois protagonistas que passam ao logo do livro sobre este valores que eles conhecem, mas o amor pode fazer a gente enxergar de forma diferente e nem sempre os rótulos definem que somos.

Mathias.Weirich 11/09/2018minha estante
Quero muito ler este livro! Preciso!




Babi @conflito_literario 30/08/2018

Caymen foi criada por sua mãe e esta sempre lhe ensinou que os ricos não são confiáveis, eles são bons apenas em partir corações e gastar com futilidades. Já conformada com seu futuro não muito promissor na loja de bonecas de porcelanas da mãe, Caymen não espera que algo surpreendente bom acontecerá para si.

Até que num dia, trabalhando na loja, um cliente que de longe mostra o quão rico é, Caymen se sente atraída, pois apesar de toda postura de ricaço, ele a trata de forma muito atenciosa. Mas todos os instintos de Caymen berra para que ela se mantenha longe de Xander, afinal, com toda riqueza que ele possui, só irá brincar com os sentimentos dela.

Ao mesmo tempo em que conhece Xander, Caymen também conhece Mason, um integrante de banda de rock pra lá de fofo e cativante. Apesar de Mason aparentar combinar mais com ela, já que ambos tem o estilo de vida mais parecidos, é por Xander que o coração de Caymen palpita mais mas será que valerá a pena arriscar num romance com o garoto podre de rico no qual sua mãe sempre a alertou para se manter longe?

Esse livro apesar de ser bem fininho, é extremamente bom! Ele é lindo do inicio ao fim. O romance começa de forma despretensiosa e é cheio de momentos fofos. Gostei de tudo na historia, o drama familiar de Caymen, o amadurecimento de seus pensamentos e toda a trama envolta do romance. É tudo muito cativante! Todo leitor que gosta de um bom romance daqueles levinhos e simples mas com muito enredo envolvente deveria ler esse livro.

Obs: gostei mais desse que o outro da autora (“namorado de aluguel”), nesse a protagonista me cativou mais e o mocinho super me encantou.

site: https://www.instagram.com/p/BmO-d0yHz0F/?hl=pt-br&taken-by=conflito_literario
comentários(0)comente



Kelly 01/08/2018

? {#ResenhaEuLiteralizei} A Distância Que Nos Separa | Kasie West | Verus Editora | Nota: 4?

?Caymen Meyers aprendeu desde cedo a não confiar nos ricos. E, depois de anos observando-os, ela tem certeza de que eles são bons em apenas uma coisa: gastar dinheiro em inutilidades.

?Quando Xander Spence entra na loja, basta um único olhar para Caymen perceber que ele tem muita grana. Apesar dele ser um fofo, Caymen é esperta e sabe que o interesse de Xander não vai durar..

"De algum jeito, o garoto conseguiu sair da caixa cheia de pessoas que eu já havia etiquetado como 'inacessíveis' com uma caneta permanente e se diferenciou.."

? Totalmente encantada por esse romance super cute e engraçado ? eu já tinha lido 'Namorado de aluguel' e estou cada vez mais apaixonada pela escrita da Kasie.

? Adorei os personagens, o Xander é um amorzinho e ao mesmo tempo tem uma presença forte; a Caymen é autêntica, adorei principalmente seu sarcasmo, que mocinha ícone.

? Terminei a leitura querendo mais.. sabe quando você gosta tanto de uma história e não quer que ela acabe ou fica sempre querendo mais? Pois bem, é assim que eu estou!

? E vocês já leram algum livro da Kasie West? Gostaram ou tem vontade de ler? Me conta! ?
comentários(0)comente



Jenny 17/07/2018

Caymen e Alex??????????
Um dos romances mais fofos que li em 2018 com toda a certeza???
comentários(0)comente



Aline Miguel Books 28/06/2018

Descobrindo o amor e a vida...
Terminei de ler A DISTÂNCIA QUE NOS SEPARA da Kasie West.

Sabe aquela leitura fofa, leve, que flui e que te deixa bem? Então é essa leitura.

A autora nos presenteia com uma leitura fácil, bem estruturada e gostosa de ser feita.

Caymen é uma jovem bonita, de personalidade forte, boa aluna, que trabalha com a mãe na loja de bonecas de porcelana, que vive uma vida simples e sem luxo. Caymen nunca teve dinheiro para comprar o que quisesse, e sempre soube que os ricos não valem a pena.

Xander é um jovem bonito, de personalidade, bom aluno, que trabalha nos negócios da família, que deseja não fazer parte desse mundo, mas sabe que é bom no que faz. Xander sempre teve tudo o que quis, sempre teve dinheiro sobrando, mas nunca se importou com isso.

Ele é o cara que jamais entraria na loja de bonecas, mas não é isso que acontece?! Xander e Caymen se conhecem, uma amizade acontece, um sentimento nasce e na medida que tudo vai avançando, ideais, pre conceitos vão se quebrando. Descobertas vão acontece do e um mundo de possibilidades também.

Eu amei acompanhar a história deles sendo construídas, amei ver as barreiras individuais serem quebradas e amei principalmente ver que o amor transforma. Amor. Ah! O amor...

Se eu indico esse leitura?
Indico sim.

Uma leitura leve, gostosa, com situações do dia a dia e dramas comuns da vida.
Uma leitura para quando você busca distração. Não é uma leitura hot e nem sensual. E sim um romance com pitadas de comedia e drama... Tudo em doses perfeitas.
Débora 27/08/2018minha estante
Quero tanto esse livro!




nathy 29/05/2018

Um bom "feijão com arroz"...
Caymen vive com sua mãe e trabalha na pequena loja da família - uma loja de bonecas de porcelana. Apesar de jovem e de não gostar da atmosfera da loja, ela sabe que é de onde vem o seu sustento e por isso sua vida gira em torno da mesma. Assim, Caymen não sai muito, não tem grandes encontros, ajusta suas poucas saídas para um horário que não prejudique o funcionamento da loja e, apesar de tudo ainda vive em meio a grandes dificuldades já que o orçamento da loja não vai bem e as contas estão no vermelho. Enquanto isso, Xander é um jovem que se sente pressionado a seguir os rumos que a sua família impõe e, mesmo não sabendo se quer seguir com a carreira e de ter uma relação não muito boa com o pai, acaba seguindo o que o destino lhe proporciona.

Num belo dia, Xander vai a loja de Cayman pegar uma boneca que sua avó lhe encomendou e acaba conhecendo a garota de grande "sarcasmo". E apesar de aparentarem serem totalmente diferentes - ele todo arrumado com suas roupas chiques e ela com suas roupas de brechós - acaba surgindo um amizade inesperada entre eles, oriundas de seus desejos e anseios do que vai acontecer no futuro.

A Distância que nos separa da Kasie West, publicado no país pela Verus Editora, é um romance leve, simples e agradável. Com uma história de adolescentes, para adolescentes que estão naquela fase onde tudo é mais questionamentos do que respostas. "O que fazer nesse início da fase adulta?" É o que une os protagonistas desta trama.

O maior acerto da autora foi definitivamente empregar um humor ácido na protagonista. As tiradas sarcásticas de Caymen estão presentes desde às primeiras páginas e são simplesmente um deleite para o leitor que busca acima de tudo, um bom entretenimento. Xander consegue ser um bom contra ponto a essa personalidade tão marcante da personagem, no entanto, isso dá ares de co-protagonista ao personagem e não o de um papel principal.

A narrativa da Kasie continua sendo um dos grandes destaques. Sempre com uma naturalidade que lhe é característica, a autora soube se sair, mais um vez, com um trabalho fluido e consistente - apesar de como história, preferir o livro Namorados de Aluguel.

VEJA RESENHA COMPLETA NO BLOG

site: http://ventoliterario.blogspot.com.br/2018/05/o-vento-me-disse-66-distancia-que-nos.html
comentários(0)comente



De Olivato - @olivatobooks 26/05/2018

OBRIGADO KASIE
Este livro nos conta a história da Caymen Meyers que é uma adolescente que mora junto com a mãe no apartamento em cima da loja de bonecas de porcelana da família. Desde cedo, Caymen aprendeu a não confiar nos ricos – seu pai sumiu no instante que sua mãe disse que estava grávida e os pais dele tentaram comprar o silêncio da jovem garota. E os pais da sua mãe, simplesmente a deserdaram quando souberam dessa gravidez.

Levando uma vida sem muitos luxos e sem nunca gastar com coisas desnecessárias, nossa protagonista nunca pensou que pudesse se sentir atraída por um cara que representava tudo o que ela não gostava e foi exatamente isso que aconteceu quando Xander Spence entra na loja.

Xander é o típico garoto rico que a mãe de Caymen disse para ela ficar longe, só que ele parece ser muito mais do que um garoto rico e uma amizade acaba surgindo entre os dois adolescentes, unidos pela incerteza do que fazer no futuro.

No decorrer do livro, acabamos conhecendo um cantor chamado Mason, ele é como Caymen e também leva uma vida sem luxos ou futilidades, alguém que combina mais com ela do que o próprio Xander.

Várias dúvidas surgem durante a história, entre elas: Decepcionar sua mãe ao deixar o sentimento por Xander continuar florescendo ou apenas seguir a vida acreditando no que foi ensinada? Seria o dinheiro uma peça tão importante assim no caráter de uma pessoa? A mãe dela anda afastada e a loja está com problemas financeiros, como lidar com tudo isso que anda acontecendo? O seu futuro pode ser definido pelo seu passado?

Kasie West conseguiu me conquistar em mais um livro, eu comecei a devorar ele assim que terminei o primeiro capítulo. É uma história envolvente, divertida e emocionante. Gostei muito desse romance, acabei desejando que tivesse mais e mais páginas.

No Skoob, dei 4,5 e favoritei. Recomendo para todos que buscam um romance divertido e gostoso de ler, quando você reparar, acabou e está desejando mais.

site: https://www.instagram.com/p/Bi1u-a_n8ng/?taken-by=olivatobooks
comentários(0)comente



Carol 25/05/2018

Kasie West sempre me conquista
“Quase esqueci quanto uma pessoa pode ficar insegura com esse seu olhar.”

Caymen Meyers odeia a loja de bonecas de porcelana da mãe, mas sabe que esse é seu único futuro, ainda mais quando vê que os negócios estão indo de mal a pior.
Em mais um dia de seu tedioso trabalho, ela conhece Xander Spence, um rapaz que só de olhar já fica nítido que é uma pessoa rica. Ele é lindo e parece estar encantado por ela, mas a garota aprendeu com a mãe a nunca confiar em pessoas com dinheiro, então o que será que ele viu nela? Será que ele esconde algo de Caymen? Porque por mais que tente, e muito, não consegue tirar o garoto rico e com uma vida completamente diferente da sua da cabeça?

“A distância que nos separa” é um romance jovem adulto repleto de clichês, mas aquele tipo de clichê que a gente ama. Com uma história leve e envolvente, capaz de te prender ao livro e de arrancar diversos suspiros ao decorrer da leitura.
Adorei os personagens criados por Kasie West, desde os principais aos personagens secundários, adorei os diálogos francos e sarcásticos, mas o que mais adorei na história foi a inteligência do plot twist que a autora criou, não foi uma super reviravolta capaz de derrubar o queixo dos leitores, mas uma reviravolta condizente e esclarecedora à história.
Recomendo esse livro para quem quer uma leitura rápida, sair de uma ressaca literária ou se apaixonar pela simplicidade dessa obra.

site: www.nossaressacaliteraria.com.br
comentários(0)comente



Rafa 21/05/2018

Dolls and more
Este Yong Adult nos trás a história de Caymen, uma adolescente de 17 anos extremamente sarcástica, que vive com a mãe, tem poucos colegas e passa a maior parte do seu tempo na loja de bonecas da família (ela e a mãe).

Seguindo a mesma linha de escrita e narrativa, Kasie West conta uma história simples de uma garota que julgava muito pela aparência dos outros e que estava convencida de seu destino em meio as bonecas horripilantes da lojinha, e logo vai se apaixonar por alguém de quem sempre fugiu.

A história em si não tem grandes reviravoltas ou aquela sensação de fofurisse, tão comum em YA, pelo contrário sinto que a autora se esforça monumentalmente para odiarmos suas protagonistas. Não tem como você se simpatizar com elas. Foi assim em Namorado de Aluguel também. São garotas extremamentes superficiais, preconceituosas que somente pelo amor vão mudar.

Já em contrapartida, os mocinhos são mocinhos mesmo. Fofos, meigos e maduros ao ponto de despertarem essas protagonistas que deixam a gente de saco cheio.

Aqui Caymen ficará balançada pelo certo ou errado, ou para mim, aquilo que lhe convém mesmo. Mason é direto, charmoso e vocalista de uma banda, prato de cheio para as meninas. Já Xander é pé no chão, fofo ao quadrado, lindo e futuro dono de um rede de hotéis.

Diferenças sociais hoje em dia são para os fracos, quando se tem amor de verdade a gente não julga pelo que tem no bolso e também não fica pensando nisso. Ta aí o exemplo da Meghan Markle e do príncipe Harry, né?!

Mas tirando toda essa parte da dúvida, o que mais me chocou foi ver uma mãe colocar expectativas na filha para algo que ela não estava destinada a fazer o resto de sua vida, não querer progredir e ainda mais grave, criar alguém baseado nos próprios preceitos e não deixá-la ter seu livro-arbitro. Afffff

O sacarmo de Caymen por vez beram a maldade, que ao me ver magoavam as pessoas que estavam ali por ela.

O final parece os últimos minutos de uma maratona, correria que só kkkk. Para quem curte YA assim então vale a pena.
comentários(0)comente



Simone.Lopes 24/04/2018

Apenas ok
É uma história bem fraca, infelizmente. O drama não prende. O romance é fofinho, daqueles bem adolescentes mesmo e só...
comentários(0)comente



Rai 07/04/2018

Distante!!
O livro não me prendeu muito, o começo da história é bem cantinho!!! Fica bom no final e é quando acaba o livro hahahaha Fico revoltada com esses nomes estranhos que os autores gostam de colocar hahahahha
comentários(0)comente



73 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5