Exorcismo

Exorcismo Thomas B. Allen




Resenhas - Exorcismo


159 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Jorge 15/08/2020

" Livra-nos do mal, amém."
Que livro! Que história! Fantástico! Simplesmente tudo que eu esperava.
Com a promessa de narrar um exorcismo em detalhes, o livro cumpre com excelência o prometido, ao ponto de causar vários arrepios durante toda a narrativa.
No decorrer da narrativa podemos perceber como a pesquisa foi profunda e como autor tentou trazer o máximo de detalhes possível, e conseguiu.
Vale destacar como o autor descreveu bem todo o trabalho árduo que foi feito pelos padres durante todo o processo.
Enfim, a narrativa é fantástica e se vc está a procura de um livro para saber mais sobre exorcismo pode entrar de cabeça nesse, pois até as orações do ritual romano que foram feitas o autor traz.
Para conclui recomendo o livro, mas já deixando o alerta que é preciso ter estômago e principalmente está em um bom estado de espírito, pois a história é pesada.

Obs: Como a cereja no topo do bolo, o livro termina com o diário que foi feito por um dos padres durante todo o exorcismo.
Édison Eduarddo 15/08/2020minha estante
Pela sua resenha, a leitura deve ter sido excitante feito uma montanha-russa, apesar de eu não crer muito em espíritos que invadem o corpo de outra pessoa... Deu vontade de ler...


Mirella 15/08/2020minha estante
Já quero ler!!!


Eu, Juno 15/08/2020minha estante
Eu amei


Jorge 15/08/2020minha estante
Recomendadissimo! Só tem que se preparar, pq ele é pesado.
Só de lembrar de algumas partes da um arrepio kkk


Jorge 15/08/2020minha estante
Edilson até isso o autor traz no livro, explica em detalhes o que a possessão, obsessão e etc, além de todos os relatos do que aconteceu, a partir daí decidimos se o que foi feito era necessário ou não.


Dani 16/08/2020minha estante
Nossa Deus me defenda kkkkk tenho medo kkkk


Jorge 17/08/2020minha estante
Kkk Dani e eu que cheguei a sonhar com os acontecimentos do livro. Até hj estou me recuperando ???


Ludmila.Avelar 18/08/2020minha estante
Ótima sua resenha. Fiquei curiosa para ler.


Jorge 19/08/2020minha estante
Obrigado Ludmila. Eu recomendo que vc faça a leitura, vale a pena.




@Marlonbsan 08/09/2020

Exorcismo
Em 1949, algo estranho começa a rodear Robbie Mannheim após brincar com uma tábua ouija, presente de sua tia. Apenas durante a madrugada os fenômenos passam a acontecer e, com o aumento da frequência, padres são chamados para averiguar o caso. Com base nos diários do padre Bowdern, Thomas escreve seu livro.

O livro é narrado em terceira pessoa, de forma documental e relata os acontecimentos a partir dos diários de Bowdern e outras fontes ligadas ao caso. A linguagem é simples, mas a leitura não é fluída. O foco principal é desviado várias vezes para trazer informações da época ou sobre as pessoas envolvidas, além de contar com a escrita em latim e sua posterior tradução.

Inicialmente, a leitura pareceu instigante e até deu um arrepio na espinha de imaginar o que estava sendo narrado, mas tudo se perdeu ainda nas primeiras 40 páginas. Tudo é muito arrastado, o livro apresenta muitas informações que, para mim, não eram interessantes, eu não precisava saber de certos detalhes, nem da forma física de padres envolvidos ou que eles fumam cigarros. Sei que muitas dessas informações servem para dar contexto histórico, mas prefiro algo mais direto e objetivo.

O ritmo da leitura é muito prejudicado ao intercalar o que de fato é importante, que é o caso em si, com informações e contextos. Além de contar com muitas repetições de ideias ao relembrar o que já foi dito. O livro poderia ter sido resumido em 100 páginas facilmente e ter trazido, de forma mais concisa o que era relevante. O autor escreve no final “que tenta contar uma história da maneira mais direta e minuciosa possível”, para isso deveria seguir uma progressão mais gradual.

Com relação ao caso em si, o que era verdade nisso tudo? Temos os relatos de pessoas que viram a cena, mas as coisas que foram descritas, aconteceram assim mesmo? Fica complicado levar à sério o livro quando antes de várias frases é colocado “é provável que”, passa a vigorar os achismos em detrimento do factual. Não duvido que Robbie tenha sofrido algum tipo de trauma mental, mas afirmar que foi uma possessão? Não cabe a mim...

Foto e resenha no meu IG @marlonbsan
Rosy 08/09/2020minha estante
Eitaaaa!




Dan 28/10/2020

Realmente dá para se perceber o trabalho em que o autor teve para reunir os relatos sobre o garoto possuído e escrever sobre. O livro todo nós sentimos a tensão de cada exorcismo, no geral, é uma escrita bem detalhada que nos intriga a cada capítulo.
Becca Miller 28/10/2020minha estante
Eu achei cansativo de ler, mas é um excelente livro.


Dan 28/10/2020minha estante
Sobre isso, eu achei maçante em algumas partes, mas realmente é inegável o trabalho do autor para com o livro




Bart 30/09/2020

Exorcismo
*Thomas B. Allen*
.
Editora DarkSide Books
254 pág, 2016
.
Se você já assistiu ao filme "O Exorcista" ou teve a chance de se provar lendo o livro (sim, o livro realmente assusta, ele entrega o que promete!!), então sabe o quanto o negócio é bom, e mesmo sendo uma obra fictícia W. Peter Blatty - O Exorcista -, se baseou em um caso real, e a pedido da igreja (termos de sigilo, p/evitar uma correlação com a família real), o autor foi obrigado a mudar várias coisas, nome da cidade, sexo da criança... na realidade a vítima foi um menino de 13 anos, Robert Mannheim, 1949, o autor deste nosso livro teve acesso ao diário do padre que auxiliou no processo de exorcismo de Robert, o padre Bowdern.
.
Thomas B. Allen, é jornalista e escritor,  ele conta os detalhes (claro, depois de muito tempo ele conseguiu que a igreja católica liberasse p/que ele pudesse escrever a respeito do caso) de todo o processo, desde de como começou as manifestações até o fim de tudo... assusta viu!! Algumas coisas foram p/filme,  mas o caso em si, é muito macabro, a família de Robert era protestante e tudo começou com uma brincadeira no tabuleiro de Ouija (num brinca dessa p?wrra!!).
.
Eu acabei me acostumando a ler o livro de dia, kkkkkkkkkk ... nem sei como tô escrevendo isso agora!! O livro não decepciona... logo... lê aí, e me diz! ? Kkkkkkkkkk não é terror... É uma... comédia romântica, acredita em mim!!

Vou ler uns livros de super herói ou ficção, só porque eu quero mesmo!!
?? ? ?? não tem nada a ver com esse livro!!

?? ?? ?? ?? ?? ?? ??
.
NÃO ESQUEÇA DE LAVAR AS MÃOS!!
BrunoVilarim 30/09/2020minha estante
Se for mobi, me manda kkk, procurei e não achei.


Bart 01/10/2020minha estante
Mando sim!!
Sem stress!!
????




Dudu 04/08/2020

Aterrorizante! Sempre me deixou cheio de medo. Só o lia a noite, mas logo fechava o livro e ia dormir, ou ler outra coisa mais ligth. Arrepiante e tão assutador quanto o filme, ou pior.
comentários(0)comente



Tori 08/09/2020

Exorcismo
Eu achei esse livro muito,muito,muito cansativo mesmo.
Para mim as melhores partes foram o início,e o finalzinho. Porém, entendo que, Thomas B.Allen, o escreveu ?como um jornalista que tenta contar uma história da maneira mais minuciosa?.
Apesar disso, foi uma leitura que valeu a pena.Me trouxe muito conhecimento,supriu curiosidades, me fez refletir.
Quanto ao caso, creio que apenas as pessoas que vivenciaram tem propriedade para dizer oque houve, e com oque estavam lidando. Eu respeito isto imensamente.
Por algumas vezes penso ser possível a ideia de possessão do garoto Robbie, e por outras acredito que haveria uma explicação parapsicologica ou psiquiátrica.
O importante foi que a família não desistiu de tentar ajudar aquela pobre criança atormentada. Não simplesmente o abandonaram em um hospital psiquiátrico pelo resto da vida. Foram além! Quando a medicina convencional não supriu mais suas expectativas, por mais absurdo que fosse, buscaram ajuda em todos os âmbitos. Buscaram livrar o garoto do que o atormentava.
Seja possessão, neurose ou psicose, a sugestão foi a cura.
Ademais, assim como o autor que ao final do livro se declara agnóstico, ?acredito mesmo no bem e acredito mesmo no mal?.
Obs.(Para mim tiveram lacunas que não foram respondidas. Como a tábua Ouija, que em poucos momentos foi mencionada e explorada.Ora, este fora o objeto que serviu de ponto inicial para a narrativa dos fatos.)
comentários(0)comente



Nefelibata 30/06/2015

Um dossiê
Embora não se trate de uma historia de terror feita para assustar, a simplicidade com que são narrados os fatos causam espanto. Baseado em testemunhas oculares e diários de jesuítas, este é o relato do suposto caso real de exorcismo que inspirou o filme de William Peter Blatty, "O Exorcista". Leitura obrigatória a todos que se interessam pelo assunto.
Patrícia 18/03/2016minha estante
Quero ler!


Jossi 20/09/2019minha estante
Já estou com o livro para ler. Estou curiosa!




Eduarda 10/08/2020

Robbie, é um menino franzino de 14 anos e de poucos amigos, sua única diversão são os jogos de tabuleiro. Ribbie depende muito dos adultos para brincar e um desses adultos é a tia Harriet, uma mulher excêntrica e adepta ao espiritismo que apresenta para seu sobrinho o tabuleiro de Ouija.
O tabuleiro é formado pelas letras do alfabeto, números de 0 a 9 e as palavras sim e não, e é usado principalmente para entrar em contato com espíritos deslizando a planchette por ele. Robbie ficou encantado pelo tabuleito, usava-o todos os dias junto ou não de sua tia. Mas os eventos que se sucederam com o jovem foram aterrorizantes e marcaram a família Mannheim e os envolvidos para sempre. "Livrai-nos de todo mal, amém."
comentários(0)comente



Vitória Cantergi 18/06/2020

O livro em si é bem interessante. Contém inúmeros relatos sobre o verdadeiro caso do exorcismo, -que inspirou o livro escrito pelo autor William Peter Blatty e posteriormente ao filme- mas mantendo a verdadeira identidade do caso real, como o nome do menino que foi possuído, o lugar onde morou, etc.
comentários(0)comente



bluesargent 26/10/2020

Bem apurado porém extremamente cansativo
Não me agradou. Demorei MUITO pra terminar a leitura e só consegui essa proeza tendo que forçar muito. É um estudo muito bem apurado sobre o caso específico de exorcismo que inspirou o livro e o filme 'O Exorcista' mas a narrativa é extremamente lenta.

Senti que na busca de entregar um texto completo e abrangente sobre o assunto, o autor pecou no excesso de informações, e isso deixou minha leitura MUITO arrastada.

Uma coisa que achei desnecessária foi o aprofundamento em questões de fora, que não necessariamente faziam parte do caso em si. É bom pra contextualização mas o autor gastava bastante tempo (e páginas) com questões como a vida de determinado jesuíta que teve contato com o Robbie.

Me incomodou também uma certa repetição de trechos já abordados anteriormente. Por diversas vezes eu começava um novo capítulo pensando "ele já falou sobre isso", e realmente tinha falado, algumas páginas atrás.

Apesar da minha insatisfação com a leitura como um todo, o trabalho de apuração e neutralidade do autor que também é jornalista foi impecável. A adição do diário oficial do padre Bishop também é um ponto positivo.
comentários(0)comente



tracy 01/07/2020

Não sei o que dizer, apenas sentir! Que livro, meu Deus!!! Eu ainda estou me recuperando
Marcus Vinicius 01/07/2020minha estante
É forte?


tracy 01/07/2020minha estante
Ele tem partes bem explícitas do que acontecia com o menino


Marcus Vinicius 01/07/2020minha estante
Entendi.


Marcus Vinicius 01/07/2020minha estante
Tem que estar mentalmente bem pra ler.


tracy 01/07/2020minha estante
E recomendado kkkkk


Marcus Vinicius 01/07/2020minha estante
Kkkkk pela sua resenha dá pra perceber


tracy 01/07/2020minha estante
Eu sou péssima em resenhas, então sempre sou direta e reta kkkkkkkkkkkkkk


Marcus Vinicius 01/07/2020minha estante
Não achei ruim a resenha. É melhor assim, ser simples na opinião. Deu pra perceber que no mínimo o livro é bem impactante.


Marcus Vinicius 01/07/2020minha estante
Gosto de fazer resenhas curtas também. Não gosto de pensar muito no que escrever. Tento passar a ideia principal.


tracy 01/07/2020minha estante
Exato! As vezes eu me alongo e escrevo um tanto mais, mas no geral, é papi reto kkkkkkk eu nem usava esse recurso das resenhas, mas como pra cumprir desafio Skoob precisa delas, eu me esforço kkk


Marcus Vinicius 01/07/2020minha estante
Kkkkk não me a longo nas resenhas pois penso que ninguém vai ficar lendo um negócio gigante. É é mais fácil escrever pouco ?kkkkkkk


Marcus Vinicius 01/07/2020minha estante
Eu sou novo no skoob,nem sei usar tudo ainda.


tracy 01/07/2020minha estante
Eu uso faz uns anos kkkkk mas tem muita coisa que nunca explorei


Marcus Vinicius 01/07/2020minha estante
Kkkk vou parar agora senão vou me alongar e não vou deixar você ler hoje kkkkkkkkk




Wally 02/06/2020

O CASO REAL DO FAMOSO FILME DE 1973!
Famoso na década de 70 e referência no terror até os dias atuais, O Exorcista foi adaptado do livro homônimo de William P. Blatty, o qual baseou-se no caso real ocorrido nos Estados Unidos no fim da década de 40 relatado neste livro!
~
Como sempre gostou de jogos de tabuleiro, Robbie ganhou de sua tia espiritualista o famoso tabuleiro Ouija, o qual foi apontado como pivô de todo o caso. A partir de então, arranhões e pancadas começaram a ser ouvidos no piso e nas paredes, e objetos começaram a se mover sozinhos! Ninguém imaginava que era apenas o começo de algo assustador!
~
Em Exorcismo, acompanhamos toda a luta e angústias do menino Robbie e de sua família durante os seus quase quatro meses sofrendo de ataques que a medicina não pôde explicar e que a Igreja não conseguia caracterizar como sendo uma possessão. Tudo isto baseado em um diário escrito por um dos padres que participou do exorcismo do garoto!
~
Apesar de perturbador, o livro abrange várias curiosidades, desde a formação dos padres e a ordem de responsabilidade de cada membro dentro do clero, como também as manifestações de espíritos e os estágios até chegar na possessão em si! Além disso, desmistifica muita coisa que foi mostrada de forma exagerada no famoso filme e conta um pouco do surgimento do livro homônimo!
~
Exorcismo é uma ótima leitura para quem deseja conhecer um dos primeiros casos ?registrados? de exorcismo da Igreja Católica, mas que se torna um pouco cansativo em algumas partes! Apesar disso, não é uma leitura indicada para pessoas de pouca fé!

Até a próxima!
comentários(0)comente



Anthony 20/01/2021

Pretensioso
Promete muito, no entanto, se quer chega causar algum efeito que não seja tédio. Repetitivo, previsível e mal elaborado (não sei se pela tradução ou pelas mãos do autor). Tantos problemas na narrativa (concepção e execução) que gera mal estar. Uma decepção completa.
O livro, como objeto e bonito e bem feito. Embalem linda, conteúdo péssimo.
comentários(0)comente



Mila 14/10/2020

Bom, mas repetitivo
Foi legal conhecer a história (a real história) mais famosa de exorcismo, mas achei as informações repetitivas. Em diversos momentos o autor retomava pontos que já tinham sido muito comentados e explorados.

Pra quem tem interesse pelo assunto, é uma leitura agradável
comentários(0)comente



David 24/02/2017

Deus nos fortaleça para terminar essa leitura.
O livro não tem nada de terror, toda a parte boa se concentra na capa e no trabalho feito pela editora que foi impecável, mas o relato deixa a desejar.
Quando peguei o livro imaginei que seria algo totalmente diferente, mas em nenhum momento fiquei desmotivado para realizar a leitura, o tom é jornalístico, os fatos são narrados de forma imparcial, o problema são as constantes repetições seja das orações usadas, seja dos fatos, seja da ladainha falando jesuítas e coisas afins.
Temos o diário real usado por um dos padres que esteve presente no exorcismo e apenas ele já bastaria, mas o autor quis explicar novamente pela quarta, quinta, sexta vez como conseguiu o material, retomou a explicação depois que as páginas originais se encerram e faz novamente isso mais algumas vezes até finalmente sermos liberados desse pesadelo.
Uma leitura que eu soube mais sobre a vida do autor do que do possuído, onde estudou, seus problemas de crença, suas amizades, a pesquisa realmente deve ter dado trabalho, mas várias páginas de coisas desnecessárias poderiam ter sido retiradas e deixado o livro mais enxuto e interessante.
Um caso real que pode ou não ter sido uma prova da existência do mal, uma leitura que pode ser feita sem problemas por qualquer pessoa, as cenas "mais fortes" são as que envolvem cusparadas na cara das pessoas a longa distância e alguns leves palavrões, camas tremendo, objetos voando, o básico de sempre pode apostar que tem, não há nada de perturbador que deixará o leitor sem dormir, serviu para decorar praticamente o Ritual Romano usado para exorcismo em latim, apenas isso.
comentários(0)comente



159 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |