Intertemporal

Intertemporal F. P. Trotta




Resenhas - Intertemporal


1 encontrados | exibindo 1 a 1


Cleson 29/03/2018

Uma ópera espacial com uma pitada de terror alien
Intertemporal é uma Space Opera/Sci Fi/Terror que é o terceiro volume da saga Intergaláctica. É uma trama bem louca que, assim como os volumes anteriores, foge bastante dos clichês sobre o tema. Aliás, repito a pergunta que fiz na resenha anterior, que tema é esse? Não é uma saga de Sci Fi simples, nela encontramos viagens intergalácticas, interdimensionais e agora também encontramos viagens intertemporais! Neste terceiro volume, ele se aprofunda mais em discussões filosóficas e existenciais já presentes no Interdimensional.

No início da história, novamente no estilo Trotta de ser, o autor nos leva a conhecer novos personagens, fazendo até com que esqueçamos a história inicial… e de repente nos joga novamente dentro do caleidoscópio, retomando a sua incrível trama. A princípio demorou a cair a minha ficha com a história, não conseguia enxergar a ligação com o volume anterior, mas depois ficou (quase!) claro.

A história começa com uma equipe de cientistas descobrindo algo fantástico, depois dá um salto no tempo e encontramos com uma família fazendo um passeio e dando de cara com um fenômeno estranho que faz com que uma das integrantes dessa família acabe se juntando àqueles cientistas de 40 anos atrás, iniciando uma jornada espacial insana. Após essa história inicial, retomamos de onde parou a trama principal, e nos vemos diante de Amanda e seus colegas sob efeito de uma neurotoxina, que faz com que eles vivam em um mundo ideal, como em outro tempo e realidade, uma outra vida.

É um livro muito interessante, onde através de um turbilhão de acontecimentos, o Trotta nos joga novamente dentro de uma viagem muito louca e insana. A narrativa é fluida, rápida e simples, apesar de ser uma história bem complexa. Seguindo a mesma linha dos outros volumes, este tem uma pegada bem Space Opera mesmo, ainda com suas referências e questões filosóficas do ser humano.

Com relação ao design gráfico da obra, a capa é muito bonita e segue a mesma ideia das anteriores, mas a diagramação me deixou meio incomodado, foge bastante dos padrões. Mas esse incômodo é provável que não aconteça com os leitores comuns, é que sou chato mesmo, sendo da área editorial percebo mais facilmente esses detalhes. Já a revisão, também reparei algumas falhas, provenientes provavelmente do fato do autor escrever em inglês e depois traduzir pra nossa língua-pátria. Pois bem, sendo um livro independente, é compreensível e até esperado esses tipos de “experiências”.

Então, se você é fã de uma boa trama de ficção científica, de uma ópera espacial com uma pitada de terror alien, cheio de referências a grandes obras do universo Sci-fi, a série Intergaláctica continua sendo uma excelente leitura.

site: http://oliterario.com.br/resenha-intertemporal-de-f-p-trotta/
comentários(0)comente



1 encontrados | exibindo 1 a 1