Rio dos Ventos

Rio dos Ventos Fabiano Alexandria




Resenhas - Rio dos Ventos


18 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Joyce pedagoga literaria 08/06/2017

RIO DOS VENTOS
A leitura já no início do livro, nos leva aos últimos momentos de vida de Frei Antônio, pois o mesmo descobriu que, havia muito mais além da lenda, de que havia um túnel por baixo da capela do Convento de Santo Antônio.
Sua curiosidade por saber o que mais havia nesse local, levou à sua morte, mais como já sabia que iria morrer, tratou de esconder um objeto em sua boca que serviria de pista para as investigações, além disso conseguiu escrever iniciais no barco em que foi encontrado morto.
Após sua descoberta do corpo do Frei Antônio à beira de um rio, começa as ações de Bernado Souza, um agente policial que logo se encarrega de investigar o caso, com sua amiga Vanessa Torres, uma policial esforçada de 26 anos , que começou sua carreira aos 22 . Logo a notícia da tragédia envolvendo um suposto religioso se espalhou pelos noticiários, o que não tardou para que Frei Telmo e Bispo Dom Ângelo ficasse sabendo do ocorrido.

A trama começa em torno do primeiro objeto que foi encontrado na boca do Frei. O que seria?
Por que ele colocou o objeto ali? Teria mais algum objeto. Os dois policiais vão à procura de mais pistas para que possam chegar onde querem.

Nisso Vanessa está na delegacia e recebe um telefonema que era para ser para Bernado, um homem que diz ser companheiro de quarto do Frei , revela que encontrou algo e que sabe algumas coisas que possam ajudar na investigação do caso , logo marcam um encontro no Mercado de Artesanato.
Chegando lá, o que era para ser algo bom para a investigação , se tornou também em uma tragédia, pois o homem ao ir ao banheiro depois de uma longa conversa, foi assassinado, abrindo assim , mais uma peça do quebra cabeça e deixando mais um rastro de sangue a ser investigado.

" De repente veio em sua mente; o que ela mesmo faria se soubeste que esse seria o último dia em que veria o sol nascer?Despedir-se-ia dos amigos? Rezaria? Passaria o dia com as pessoas que acha mais importante na face da terra? Ou simplesmente esperaria chegara hora?"...
E assim continua a caçada por um mundo de segredos, mistérios e muito suspense, três assassinatos até encontrarem os suspeitos do caso e desvendar todo o mistério daquele túnel. Será que era só a lenda do túnel? O que havia lá de tão valioso e que custou a vida de várias pessoas?
Embarque nessa aventura e tente desvendar como um detetive o que há por tás de tanta morte.

Bem, isso que passei foi só o inicio da história, um breve relato (muito superficial), pois não quero dar spoiler, o livro é bem amplo, rico e eletrizante. O autor consegue envolver o leitor de tal forma , que sentimos o desespero real dos personagens. Ele soube dosar ação, suspense, uma pitada de romance entre Bernard e Vanessa e uma bela aula de História nunca vista antes.

" A luz que vem do seu quarto contrasta com a do corredor, que está apagada, isto permite a ele ver a silhueta de seu corpo, deixando-o meio desconcertado, mas com certeza está sendo a melhor coisa que aconteceu neste tumultuado dia."

É uma obra de ficção , onde o autor se mostrou preocupado em nos levar a um cenário e fatos históricos reais, com uma narração tão rica e inteligente em detalhes que nos vemos nos próprios cenários , nos sentimos na Paraíba em meios aos monumentos históricos e pontos turísticos da cidade como o famoso Bolero de Ravel , iniciado pontualmente às 17 horas e sendo considerado um dos mais belos entardeceres do Nordeste. Eu já tinha visto pela televisão, mas um dia irei presenciar pessoalmente essa maravilha.
Por ser rico em conhecimentos arquitetônicos, artísticos, culturais, geográficos e históricos , é um livro que eu super indico aos pedagogos para inovarem suas aulas , e digamos que será uma relíquia para os moradores da Paraíba e região por se tratar de fatos tão importantes da cidade.

É um livro fabuloso, recomendo este livro a todos aqueles que gostam de aventuras, suspense, uma dose de romance e que querem sentir seu coração acelerado com a angústia dos personagens. E para aqueles que desejam conhecer um pouco da igreja católica, e que assim como eu não conhecem nada. É uma bela aula de história e um verdadeiro caça ao tesouro. Amei a leitura. O final foi surpreendente.
comentários(0)comente



Luciana Souto de Oliveira 09/06/2017

Excelente!!!
Sempre gostei de ler, mas nunca tive a oportunidade de mergulhar numa história em que a cidade onde nasci, cresci e adoro viver fosse o palco principal de toda a narrativa. Amei!!

A história diz respeito a uma lenda que sempre se ouviu, na cidade de João Pessoa/PB, sobre a existência de um túnel abaixo da Igreja São Francisco, que fora construído, supostamente, para fuga, na época das invasões holandesas a essa cidade.

Frei Antônio, frade franciscano, muito curioso, tanto fez que descobriu a existência desse túnel e passou a frequentá-lo, na calada da noite, para ver se encontrava algo de valor ou se descobria o porquê de tanto mistério acerca daquele local.

Numa de suas investidas no túnel, avistou o Guardião do Convento dos franciscanos, Frei Castro, andar apressadamente e deixar cair um determinado objeto de grande valor, uma das preciosidades encontradas no referido túnel.

A história começa com a morte de Frei Antônio, tendo sido o corpo encontrado em uma embarcação, no Rio Sanhauá, o principal rio da capital paraibana, em circunstâncias bem suspeitas.

Frei Ângelo, melhor amigo e confidente de Frei Antônio, faz uma ligação para a polícia, a fim de contar tudo o que sabe sobre a morte do seu amigo e marca um encontro com a policial Vanessa, ajudante de Bernard, a quem conta tudo o que sabe.
Ângelo não sabia, no entanto, que havia alguém escutando sua conversa com a policial, muito menos que este alguém estava envolvido na morte de Frei Antônio.

Outras mortes ocorrem na história, todas as pessoas que sabiam da existência das relíquias encontradas no túnel da Igreja São Francisco correm perigo e Bernard, juntamente com Vanessa, precisam descobrir o porquê das mortes e quem é o assassino.

Frei Antônio, antes de morrer, deixa pistas, na certeza que estava correndo perigo de vida, já que sabia demais, o que ajuda a polícia a montar o quebra- cabeça. O final foi surpreendente.

Um livro policial, que nos enriquece historicamente, não deixa perguntas sem respostas e, ainda, aguça a vontade do leitor em conhecer os pontos turísticos de João Pessoa, onde está situado o ponto mais oriental das Américas e tem um bonito rio que corta a cidade, o Rio dos Ventos.

Adorei este livro. Super recomendo!!!
comentários(0)comente



Blog De Bem Com a Leitura 12/07/2017

"Então, quase como num reflexo, coloca o objeto dentro de sua boca, tendo o cuidado para não engolir ou engasgar. Com o cabo do remo que havia no barco, passa a friccionar na lateral, como se quisesse escrever ou desenhar algo, mas, antes que terminasse, cai inconsciente."

A trama começa com uma narração angustiante sobre os últimos momentos de vida do frei Antônio. Ele descobriu algo importante e isso colocou a sua vida em risco. Existe uma lenda acerca de um túnel no Convento Santo Antônio, a descoberta do frei está relacionada à lenda e ele foi pego enquanto explorava a área.

Após uma luta com a pessoa que o encontrou - e que tentou matá-lo - ele conseguiu fugir, ferido, casando e carregando um segredo consigo.

O frei percebe que não conseguirá ir muito longe e que morrerá em poucos minutos, então, esconde um valioso objeto em sua boca e tenta escrever uma mensagem em um barco que usou para escapar. No entanto, a mensagem não chegou a ser completada, pois o frei morreu antes de terminá-la.

A partir daí, começa uma investigação policial. Os investigadores Bernard e Vanessa são os responsáveis por identificar os sinais deixados pelo frei e tentar entender o que aconteceu. A cada passo, novas pistas são encontradas e as coisas vão se encaixando.

Um novo assassinato acontece e ele traz ainda mais questionamentos, mas, ao mesmo tempo, mostra uma direção para as investigações. O cerco vai estreitando e todas as suspeitas levam para apenas um caminho... alguém acima de qualquer suspeita.

Resenha completa lá no blog > http://vocedebemcomaleitura.blogspot.com.br/2017/07/resenha-rio-dos-ventos.html

site: www.vocedebemcomaleitura.blogspot.com.br
comentários(0)comente



Alyssa @culpadoslivros 26/07/2017

Rio dos Ventos é o livro de estreia de Fabiano Alexandria e, como apoiadora da literatura nacional, fiquei muito contente quando o próprio autor me enviou este exemplar.

No centro da trama temos os frades do Convento de Santo Antônio, localizado na cidade de João Pessoa, estado da Paraíba. Frei Antônio descobre a existência de um túnel que passa por baixo do monastério, cuja entrada está escondida no piso da capela. Movido por uma grande curiosidade investigativa, ele resolve visitar o túnel e acaba sendo assassinado. Um misterioso segredo que envolve pessoas poderosas, não pode ser revelado! Desta forma, mesmo sem querer, as descobertas de Frei Antônio colocam também a vida do seu pupilo, Frei Ângelo, e outras pessoas em risco.

Os policiais Bernard e Vanessa, ao conduzirem as investigações, percorrem vários pontos da cidade; assim, o leitor tem a oportunidade de conhecer um pouco mais desta antiga e bela capital. O autor também teve o cuidado de contar alguns fatos históricos, o que enriquece ainda mais esta leitura.

Este é o primeiro livro policial totalmente ambientado no Brasil que eu tenho a oportunidade de ler e, posso garantir, adorei a experiência. Vamos acompanhando todas as etapas da investigação e, contando com a inteligência e sagacidade do detetive Bernard, torcemos o tempo todo para que a sucessão de crimes que se iniciou com o assassinato do Frei Antônio, não fique sem solução.

Rio dos Ventos é um livro de fácil leitura, recomendado para jovens e adultos. Li suas 220 páginas em apenas um dia. Aproveito para comentar que a edição está caprichada: a capa é linda, atrativa, combina muito bem com o enredo e o papel amarelado facilita a leitura.

Um suspense policial criativo e bem desenvolvido, que vai despertar ainda mais seu gosto pela literatura nacional!

site: http://www.instagram.com/culpadoslivros/
comentários(0)comente



Morgana Brunner 17/08/2017

Rio dos Ventos - Fabiano Alexandria
Oiii gente tudo bem?
Hoje é dia de trazer a resenha do livro que recebi em parceria com a Editora Autografia, logo quando me propuseram a oportunidade de ler, não pensei duas vezes e tive que aceitar de tanta vontade que a obra me trouxe, por ser um suspense e ter a igreja envolvida, com freis.



Tudo começa quando um frei é encontrado morto, não aquela ironia de destino que deve ser encontrado, mas sim por coincidência. Um menino que estava a pescar no rio, ao içar sua linha acabou enroscando em algo, e para não perder seu anzol pensou que a alternativa seria puxar e ao realizar tal ato, encontrou um corpo.

"O frade tinha em constante conflito com um dos pecados capitais, "a gula", mas viver como um religioso em qualquer que seja a ordem não é fácil: deixar a família e estar sempre à frente das tentações e fraquezas humanas." Pág. 34

Sua mãe não dera atenção, porque qualquer coisa o menino sempre queria chamar, ao deparar-se com o corpo, resolveu que seria o momento de pedir ajuda a policiais, pois não tinha culpa de nada, apenas a má sorte de estar perto de onde moravam. Bernard fora colocado no caso para investigar a morte, saber de porque o corpo estar ali e quais as circunstâncias que levaram ao assassinato.



Vanessa estava começando nesse ramo de investigação e estava precisando de alguém, Bernard, o homem aceitou-a e colocou-a junto do caso, seria um novo caso a ser desvendado que poderia mudar a todos, pois ao certo ninguém sabe porque um frei estava morto e qual seria o motivo, afinal sempre são os bonzinhos e amáveis por todos.

"De repente veio em sua mente: o que ela mesma faria se soubesse que este seria o último dia em que veria o sol nascer? Despedir-se dos amigos? Rezaria? Passaria o dia com as pessoas que acha mais importante na face da Terra? Ou simplesmente esperaria chegar a hora?" Pág. 86
Ao deparar-se com o estado em que o corpo estava, Bernard encontra algo em sua boca, um certo símbolo. Desse modo, entra em uma busca incessante para saber o motivo e quais as situações que todos se encontravam. Fica perplexo por saber o mundo e as pessoas que estão a sua volta que possa encontrar, sem esquecer do seu braço direito que está sempre a acompanhar nessa jornada, Vanessa.

"Interessante como as pessoas não mudam." Pág. 122

Teriam que enfrentar qualquer tipo de gente, ir contra a igreja que todos sempre frequentavam e ver se teriam mesmo caráter de realizar tais atos, afinal seria um pecador. Um livro cheio de suspense, aqueles de tirar o fôlego e levar qualquer leitor a leitura, para saber quem é o culpado, afinal é sempre quem menos esperamos.



Foi a minha primeira experiência com algum livro de suspense da Editora Autografia e fiquei bem contente pelo resultado, conseguiu me deixar animada e o livro não enrola perante a quantidade de detalhes que a cada cena possui. O autor soube usar certas palavras e até medir seu lado detalhista para não irritar ou fazer com que a leitura se torne chata.

O que desperta nossa atenção é a quantidade de fatos e lugares que o autor nos revela durante a leitura, no qual existem na sua cidade e podem ser visitados e apreciados, para quem é de João Pessoa é uma boa pedida de turismo e leitura.

Não percebi nenhum erro de ortografia, o que despertou meu espanto foi ver que os capítulos eram pequenos, de certo modo isso facilitou a leitura, porque assim podia ler rapidinho e não me comprometer em deixar o capítulo pela metade. Foi uma leitura prazerosa que recomendo a quem gosta de um bom suspense e um desfecho relevador.

site: https://segredosliterarios-oficial.blogspot.com.br/2017/07/rio-dos-ventos-fabiano-alexandria.html
comentários(0)comente



Marriete 13/11/2017

Rio dos Ventos ? Resenha Autor: Fabiano Alexandria Editora: Autografia ISBN: 9788551801321 Pág: 206
Frei Antônio vivia no Convento de São Francisco; a construção era parte integrante de um complexo arquitetônico e religioso muito importante para a sociedade paraibana. Desde muito jovem, ouvia histórias que diziam existir uma passagem secreta abaixo do complexo, além de outros tesouros e segredos.

 

Quando foi morar no convento, Frei Antônio fez várias pesquisas e investigações que provaram que a lenda era na verdade muito verdadeira. Mas ele mexeu num vespeiro: alguns queriam manter a verdade em segredo e Frei Antônio sabia demais! Os fatos e as relíquias não poderiam vir a público. Ao perceber que corria risco de morte, ele tenta fugir e se proteger, tudo em vão... ele é atingido e precisa urgentemente passar adiante tudo que descobriu. Esses delinquentes devem ser punidos, a sociedade da Paraíba não pode ser saqueada sem tentar resistir.

 

O investigador Bernard encontra o corpo de um homem morto com vestes clericais dentro de um barco com estranhas inscrições. Ao observar com mais atenção, descobre uma pista no interior da boca do cadáver e esse é o ponto de partida para investigar o crime. Junto com sua parceira Vanessa, eles correm contra o tempo para descobrir o assassino e seus motivos por trás do rastro de morte que aterra a cidade de Cabedelo. É uma corrida emocionante, com peças e pistas que deixam a narrativa cada vez mais excitante.

 

Rio Dos Ventos é um livro de aventura e suspense, com conteúdo histórico e geográfico fortíssimo, o que faz com que o leitor se sinta parte integrante do enredo. É um livro fantástico, li em um dia e ao seu final me vi querendo um pouco mais. Fabiano, seria muito impróprio pedir um segundo livro?

 

Leitura mais que recomendada!

 

#RioDosVentos#FabianoAlexandria#Resenha#MarryAquinnah#AutorNacional#LiteraturaNacional#LiteraturaBrasileira#Suspense#Mistério#Aventura#AmoLer#Instabooks
comentários(0)comente



Lari @larireads 27/11/2017

Me surpreendi bastante com o tamanho do conteúdo que este livro apresenta. Tem todo o enredo fictício que te prende e um mistério que mesmo você já sabendo quem é o autor do crime desde o começo, ainda fica surpreso e ansioso por mais.

Além dessa parte fictícia tem a parte real, toda a história sobre a cidade onde o livro se passa e detalhes incríveis que me deixaram muito curiosa e satisfeita com a leitura.

A narrativa do Fabiano é muito boa, bem leve, engatei rápido na leitura e os capítulos passaram voando, tanto que resolvi deixar ele um pouco de lado nos últimos capítulos porque não queria terminar de ler.

O livro todo é ótimo, a diagramação é linda, os personagens são envolventes e eu estou louca pela continuação, a trama me pegou muito e foi uma das minhas melhores leituras de 2017.
comentários(0)comente



Fábbio - @omeninoquele 06/12/2017

Suspense Nacional ótimo!!
Frei Antônio descobre um segredo no convento franciscano onde mora que põe sua vida e de outras pessoas em risco. O frei então, numa tentativa de folga acaba morto e os policiais ao encontrá-lo descobrem dentro de sua boca um crucifixo de brilhantes e a partir daí o mistério dessa morte passa a ser um desafio para o cotidiano daqueles policiais.

Os policiais Bernard e Vanessa pegam o caso e começam a investigação sem muitas pistas no começo, mas chegam no convento onde o frei morava afim de pegar depoimento de outras pessoas que lá moravam e acabam chegando no frei Ângelo que dividia o quarto com o frei que foi morto.

Ele encontra Vanessa fora dali para conversarem sobre o frei Antônio e no depoimento ele confessa que o amigo de quarto havia deixado uma carta e que estava diferente nos dias que antecederam sua morte. E ainda diz que o crucifixo que estava com o amigo, foi achado num túnel embaixo do convento, que foi por onde o frei escapou, túnel esse que faz parte de uma lenda da igreja de São Francisco.

Muitos mistérios rondam a morte de frei Antônio, e logo após o depoimento de frei Ângelo ele acaba sendo assassinado no banheiro aumentando ainda mais o mistério daquele caso. E muitos mais morreriam, para esconder a ambição de uma pessoa.

Cabe a Bernard e a Vanessa a destreza com o caso e as provas que surgiriam e inteligência para ligar os fatos para descobrir quem está por trás de tudo.

É um romance policial bastante metrificado, tudo o que acontece tem uma explicação. Esse é o primeiro livro do autor que escreve e constrói uma trama envolvente e misteriosa que prende o leitor a cada página.

A história tem como plano de fundo, João Pessoa e a medida que lemos temos a oportunidade de conhecer a cultura e o estado da Paraíba.

Recomendo muito este suspense por se tratar de uma leitura rápida e fácil, por envolver religião e por se passar em uma cidade brasileira, além de que é um ótimo livro pra que está querendo se arriscar nesse gênero literário e não sabe por onde começar.

site: https://www.instagram.com/p/BcX_EC3FDg8/?taken-by=omeninoquele
comentários(0)comente



Vivi 22/01/2018

Otimo
O primeiro que leio inteirinho pelo celular ( ok me rendi, confesso ). Comecei achando que não ia rolar aquela química e ... me enganei.
Mal começa e ja de uma forma eletrizante me desespero por frei Antonio 😓.
No enredo há uma lenda sobre um túnel no Convento Santo Antonio e uma descoberta referente a essa lendo tanto o frei como outras pessoas perderam suas vidas.
Mas é a partir dessa primeira morte que começa toda uma investigação policial.
Ja sabemos desde o começo quem é o vilão. Mas o que não era de se esperar é o quanto o livro é esclarecedor sobre os aspectos históricos de João Pessoa, Paraíba e o mais brilhante e inteligente ainda é a forma contada sobre a invasão dos holandeses e todos os tesouros históricos fatos católicos e enfim todos os termos culturais e históricos. E simmm rola romance. Gostei muito do livro e o final dele tb foi 🔝🔝
Fabiano.Alexandria 02/02/2018minha estante
Que ótimo que tenha enfrentado e conseguido ler o livro. Feliz aqui... grande abraço




Kelly Midori @kemiroxtvliterario 24/01/2018

Resenha: Rio dos ventos
Olá pinguins literários!
O livro é sobre um caso de assassinato, um corpo foi encontrado com um cruxifixo na boca então os detetives Bernard e Vanessa tem objetivo de resolver este mistério. O livro tem muitos detalhes e sendo um romance policial é envolvente que se dá vontade de ler até acabar. Ele tem muito contexto histórico e informações que dá para aprender muito sobre Paraíba e sobre história em si. O livro é incrível você entra nele e quer saber se eles conseguem solucionar o caso. O livro é de ótima qualidade e espero ler mais livros do autor. E li ele na maratona Literária de Verão do geek freak chamada Jornada MLV.Quando se lê este livro parece que você entre dentro da história gostei mesmo deste livro.
E você ficou curioso?Quer saber quem matou o frade?E por que?Quer saber se eles solucionaram o caso?E conhecer mais sobre!
Leia. Descubra. Eu recomendo.

instagram literário : @kemiroxtvliterario

site: http://kemiroxtv.blogspot.com.br/2018/01/resenha-rio-dos-ventos.html
comentários(0)comente



Carol - @ressacaliteraria_ 09/04/2020

Resenha
"Rio dos Ventos" começa com uma narração angustiante sobre os últimos momentos de vida do Frei Antônio e a partir daí, uma caça ao tesouro começa com uma investigação policial guiada pelos policiais Bernard e Vanessa seguindo pistas de sangue encontradas pelo caminho.

"Os Reis Magos adoravam Cristo e o proclamam com presentes místicos que simbolizam a realeza através do ouro, da divindade através do incenso, e por fim de que havia assumido a condição de mortal, com a mirra."

Um mistério envolvente e instigante é construído incrivelmente bem neste livro e de forma leve e fluída. Enigmas precisam ser desvendados e a história da cidade revisada para que esse crime possa ser solucionado e o assassino detido, com isso somos imersos de cabeça na trama.

"Existia até um ditado, fulano perdeu as tribeiras, que se repete até os dias atuais e que tem uma de suas versões de origem nestes significados."

Alguns momentos foram previsíveis mas no geral foi o livro foi bem desenvolvido. Os personagens foram bem construídos, a trama foi bem guiada, possui muita ação e suspense, e ainda nos dá realmente a sensação de sermos os personagens. Além de tudo, um romance também é citado e o final foi surpreendente, explicando exatamente o título do livro.

"Desde os primórdios, o motivo que move o mundo é exatamente aquilo que leva as pessoas a pensarem no dinheiro, no poder, no sexo, na fé ou na ambição. É a sensação que o ser humano tem de estar saciado que move o mundo - é o desejo."

O autor possui uma narração rica em detalhes onde podemos nos ver nos cenários descritos sem dificuldade. A diagramação ficou simples mas confortável para a leitura com letras de um bom tamanho, páginas amarelas e uma capa que diz muito sobre o livro.

"...seja lá de quem for e por mais profundo que fossem os relacionamentos, ambição sempre será capaz de as destruir."

site: http://www.ressacaliteraria.com.br/2018/05/resenha-rio-dos-ventos-fabiano.html
comentários(0)comente



Bárbara 16/08/2019

Um excelente nacional
Gosta de livros que misturam ficção com realidade? Informações históricas e locais verdadeiros? Então você vai se apaixonar por esta obra!
.
Nas águas de Cabedelo, na Paraíba, o garoto Carlinhos fica apavorado quando se depara, junto a sua linha de pesca, dentro de um barco, com o corpo de um homem. O astuto detetive Bernard é chamado para desvendar esse mistério.
.
O caso é intrigante. O falecido é um senhor balzaquiano, vestido com roupas franciscanas, com um ferimento profundo nas costas e uma peculiaridade: há um artefato religioso antigo dentro de sua boca. Além disso, ele deixou uma mensagem enigmática talhada na madeira do barco.
.
Logo, o detetive é cercado por dúvidas. Quem é aquele homem? Alguém o perseguia? Teria ele escondido aquele objeto na própria boca? E aquela inscrição, o que significa?
.
Para resolver o caso, ele contará com a ajuda de sua parceira na polícia, Vanessa Torres. Mais acostumada ao servico administrativo, ela fica intrigada, e vê na ocorrência do provável assassinato de um religioso a oportunidade de mostrar seu valor em um trabalho de campo e resolver um caso de repercussão.
.
Juntos, eles dão início a uma investigação perigosa, que pode ser até fatal.
.
Segue-se, então uma trilha de mortes e intrigas pelo caminho, e uma pergunta paira no ar: quantas vidas valem o preço de esconder um segredo tão antigo?
.
Uma trama perigosa e alucinante, repleta de tensão sexual ente os protagonistas e recheada de curiosidades históricas bem interessantes, e que retrata os pontos geográficos e turísticos de João Pessoa e Recife. E, quando você pensa que acabou... O final é surpreendente! Um thirller policial de tirar o fôlego! Fabiano, muito obrigada por me proporcionar uma grata surpresa!

site: http://www.instagram.com/leiturasdebarbara
comentários(0)comente



@obibliomaniaco 10/12/2017

Excelente com um mistério que te prende.
Frei Antônio é um frade que descobre um segredo que coloca sua vida e a de outras pessoas em risco. Mas ele precisa expor isso pra todos antes que seja tarde demais.

Não aguentando o peso desse segredo dividi com seu pupilo Frei Ângelo e deixa um aviso, se acontecer algo com ele, Ângelo poderia contar tudo.

Pessoas que sabem sobre o segredo começam morrer, o assassino fará de tudo, mas o segredo não pode ser revelado.

Bernard e Vanessa são investidores, vão perscrutar atrás de pistas para desvendar essas mortes. As mortes têm ligações estranhas, muito mistério, terão que percorrer vários pontos históricos e turísticos da cidade e juntar esse quebra-cabeça.

Que segredo é esse? Por que estão matando os frades? Só lendo esse suspense policial para descobrir.

Opinião

Escrita leve e fácil de entendimento, capítulos pequenos que você não consegue parar de ler.

Personagens excelentes, mas o destaque foi Bernard, amei ele, achei que Vanessa ficou em segundo plano. O bromance que gira ao redor ficou ótimo.

A trama é excelente, tanto que quase não largo o livro, bem envolvente e cheia de mistério. O mais interessante foi que mesmo no meio do livro você já conhecendo o assassino isso não tirou a adrenalina do livro, mesmo assim a curiosidade só aumentava para saber como ia terminar.

E o ponto alto foi sem dúvida o conhecimento histórico que esse livro trás. Que por sinal a parte histórica é toda verdadeira. Se passa no Nordeste, João Pessoa, Paraíba, cita Recife. Conta sobre as invasões Holandesas - eu já ouvi falar mas não conhecia muito - e aqui você tem uma aula de história magnífica.

Se todo livro de história fosse nessa vibe confesso que aprenderia muito melhor. Kkkkkkkk

Livro bem planejado, você ver que o autor pesquisou sobre a parte histórica, fez um trabalho excelente juntando suspense policial, uma ordem religiosa - que ele abordou isso muito bem - e a parte histórica.

Mostra que a ambição não escapa de NINGUÉM. E que os ambiciosos são capazes de fazer de tudo pra ter o que deseja, sem pensar nas consequências.

Fiz a leitura junto com Fábio @omeninoquele passa lá e confere também.
comentários(0)comente



Leitora Apaixonada 27/12/2017

.
O livro tem um enredo rico de conhecimento histórico e bem criativo.
Começa com um assassinato com um homem com roupas de frade, sem identificação, com um crucifixo e quatro letras " F L O R ".
Os investigadores Bernad e Vanessa irão ter que resolver tal caso que envolve uma lenda da região e uma grande riqueza, e todos que tenham conhecimento disso, acaba sendo assassinado.
.
Durante a leitura, conhecemos bastante sobre a história de João Pessoa, me vi retornando para minhas aulas de história, mas bem mais envolvente!
.
Desde o começo do livro sabemos quem está por trás dessa série de assassinatos, mas como as coisas foram resolvidas e descoberta fez a história ficar muito envolvente! E com um final surpreendente! (Acho que merece continuação!)
E o livro foi capaz de mostrar até onde os humanos vão pela cobiça, deixando até de lado o que tanto crêem! .
Fazia muito tempo que não li um livro nesse gênero, que até me deu vontade de ler mais! Adoro ficar curiosa! .
Parabéns Fabiano! O livro é incrível e me cativou muito! Sua escrita e a forma que desenvolveu tudo contribuiu para ficar viciada na história kkk! ?
comentários(0)comente



Kênia Cândido 20/06/2020

Muito Bom.
Rio dos Ventos conseguiu surpreender do início ao fim e não imaginava que a história criaria uma expectativa tão boa ao ponto de tirar o fôlego durante a leitura. A história começa com os últimos momentos de vida do Frei Antônio, se esforçando ao máximo enquanto tentava caminhar pelo túnel que terminava no entorno do Lago São Francisco. Com a morte de Frei Antônio de forma misteriosa, seu corpo foi encontrado por um garoto de oito anos chamado Carlinhos. Com o coração a mil e as pernas trêmulas, o garoto correu até o pai, que rapidamente chamou os bombeiros e a polícia para tirar o corpo que estava dentro de um barco em circunstâncias bem suspeitas.

À medida que os bombeiros faziam seu trabalho, o detetive Bernard de Souza recolhia evidências e tirava algumas fotos com o celular para levar até o departamento de polícia e iniciar as investigações juntamente com a investigadora Vanessa Torres. Enquanto Bernard conversava com o legista, Vanessa recebeu um telefonema do Frei Ângelo, melhor amigo e confidente de Frei Antônio. Na ligação, Ângelo informou para a detetive que precisava contar tudo sobre a morte do seu amigo e marcou um encontro num lugar público. No momento que conversava e contava todas as informações para Vanessa, o Frei Ângelo não imaginava que havia alguém espionando sua conversa e sua vida estava correndo perigo, pois esse individuo que observava de longe também estava envolvido na morte de Frei Antônio.

O autor Fabiano Alexandria abordou aspectos históricos da região de João Pessoa, em Paraíba, que proporcionou uma cultura histórica enriquecedora e ao mesmo tempo esclarecedora para quem não conhece o local onde a trama se passa. Eu adorei como o enredo foi abordado. A escrita do autor é bastante fluída e por isso, a leitura ficou bem instigante. Cada página que eu lia, um novo desafio era apresentado. A curiosidade aumentava e foi difícil fazer pausas durante a leitura. Quando eu precisava fazer uma pausa para praticar algumas tarefas rotineiras, a trama permanecia na mente porque as informações que se desenrolava nas investigações, despertava interesse para desvendar o mistério e quando chegou no desfecho da trama, as consequências foram excepcionais e terminou de forma fantástica.

Os personagens são construídos com clareza e tiveram ótimos desenvolvimentos. Bernard e Vanessa tiveram que lidar com outras mortes de pessoas que eram ligadas com o mistério da morte do Frei Antônio. Suas ações e investigações foram aprofundadas com perfeição, mostrando cada detalhe importante para trama. A edição é simples, a diagramação está impecável as folhas amareladas do papel pólen e a capa corresponde absolutamente com a história. Finalizo minha opinião recomendando a leitura deste livro nacional para todos os leitores que apreciam suspense com um enredo recheado de enigmas e muito mistério, pois vai encontrar uma história bem escrita, repleta de riquezas históricas e conteúdo de ótima qualidade.


site: https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/2019/09/resenha-rio-dos-ventos-fabiano.html
comentários(0)comente



18 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2