A Bela e o Chefe

A Bela e o Chefe Ruby Lace




Resenhas - A Bela e o Chefe


70 encontrados | exibindo 46 a 61
1 | 2 | 3 | 4 | 5


Garotas Devorando Livros 15/08/2018

[...]

Ruby Lace em seu livro de estreia aborda a temática sobre drogas e a batalha para sair do vício, e vemos aqui o cuidado com a pesquisa da autora sobre o tema e nos consegue inserir dentro dos anseios e dilemas do personagem, bem como ficamos nos perguntando como a Nora consegue lidar com tudo isso. Quer saber como vai prosseguir a história? Corre para ler.

[...]

CONFIRA A RESENHA COMPLETA NO BLOG!!!


site: http://www.garotasdevorandolivros.com/2018/04/resenha-bela-e-o-chefe-ruby-lace.html
comentários(0)comente



Mari 26/07/2018

Boa narrativa e amor clichê
Quem não gosta de romance clichê, eu gosto. Mas tenho que dizer que precisa de uma boa carga pra me fazer aceitar o amor dos casais principais. Em A Bela é o Chefe faltou um pouco.

O começo da história dos dois é otima, mas o amor repentino foi repentino e eu não senti tanto. Porém a história é boa, bem desenvolvida e é para passar a mensagem do poder do amor. O quando ele traz e pode curar.

Vale ler. E é nacional. Vamos prestigiar. Xd
comentários(0)comente



Andrea 23/06/2018

Já faz um tempo que li....mas é mais um "romance" surreal entre um milionário grosseiro e uma mocinha humilde e ingênua (em várias ocasiões aqui me pareceu infantil e abobada demais). O que me irrita em várias autoras é uma enrolação quase que no livro todo para correr no final atropelando tudo.
comentários(0)comente



Stephanie - Estante da Ste 01/06/2018

A bela e o chefe
Nora é uma jovem que se vê tendo que trabalhar como doméstica, longe de casa, para ajudar a família e com isso adiando seu sonho de estudar. Nora vai trabalhar na casa de Átila Douglass, um cara lindo e sedutor que é dono de uma cervejaria mundialmente famosa. Átila vive sozinho em uma mansão numa ilha do Rio de Janeiro, longe da família, vive para trabalhar e rodeado de mulheres de uma noite apenas. Átila guarda uma mágoa enorme no coração e isso o impede de se entregar ao amor novamente. Isso até Nora aparecer e virar sua vida de cabeça para baixo.
.

Que livro mais lindo e emocionante, fiquei simplesmente apaixonada pela história que a Ruby criou. Personagens cativantes e fortes, a trama traz algumas situações difíceis para eles enfrentarem, como aborto e dependência química. Não, não é só um livro de romance, tem muitas outras questões abordadas, mas é claro que o amor é super importante para quando estas questões são resolvidas. A escrita da autora é muito boa, leve e fluida, me prendeu do início ao fim. Adorei o fato dela tratar a dependência química tal como ela é, sem floreios ou falsas verdades, admiro os autores que tratam desses temas assim como eles são na realidade. Recomendo a leitura para todos e a capa, é o Átila né gente, não poderia ser mais linda rs

site: https://www.instagram.com/p/BjW9fFwBCuM/?hl=pt-br&taken-by=estantedaste
comentários(0)comente



Retipatia 07/05/2018

Uma Versão Repaginada de A Bela e a Fera
Nora é uma jovem que sempre batalhou por seus planos, estudou muito para conseguir ingressar na faculdade para cursar medicina e, agora, a vida lhe impõe mais um desafio. Sua mãe está com sérios problemas de saúde, o que a impede de trabalhar para manter a si e ao filho mais novo, Nico, então, Nora assume a responsabilidade, trancando a faculdade e indo trabalhar na mansão Douglass, como governanta.
O único detalhe é que ela não esperava encontrar lá um verdadeiro antro de libertinagem, com seu chefe de aparência sedutora sempre a chamar sua atenção com seu corpo escultural e comportamento ríspido. Apesar disso, o coração de Nora vai lhe mostrar que nada acontece por acaso e, assim como Átila, ela se vê cada dia mais e mais apaixonada, cada um revelando mais de si a cada momento que passam juntos, especialmente quando uma tempestade os faz ficarem ilhados por dias na mansão Douglass.
O que poderia ser um romance perfeito, capaz de unir dois corações despreparados, será colocado à prova quando Nora descobrir o segredo de Átila. Um segredo que pode afetar todas as vidas ao seu redor. Será o amor suficiente para lutar pelo homem que costumam chamar de Fera?
Ruby nos apresenta uma versão contemporânea de A Bela e a Fera, com direito a várias e várias referências ao adorado conto da Bela e a Fera e um roteiro que, apesar de seguir o estilo do conto original, se desdobra em um romance repleto de detalhes e com uma abordagem atual e importante.
A história segue a narrativa dupla dos dois personagens principais, Nora e Átila, intercalando a narrativa e voltando nas cenas, para mostrar o ponto de vista de cada um daquele momento vivido. Preciso confessar que isso me fez ter raiva por um tempo, já que eu lia uma cena e revia boa parte dela, logo em seguida, pelo ponto de vista do outro personagem, mas, a medida que a leitura continua, isso serve para entender melhor a motivação dos personagens e suas reações ao longo da trama, tanto quanto sobre seu passado.
Nora nos é apresentada da melhor forma possível, ela é uma pessoa amorosa, cheia de vida e disposta a batalhar por seus sonhos. E, mesmo que seja difícil ter que largar seu sonho por um tempo e todo o sofrimento que isso lhe causa, ela também está disposta a passar por qualquer dificuldade, quando se trata daqueles que ama, seja por sua mãe e seu irmão Nico ou até mesmo quando se trata do seu relacionamento recente e intenso com Átila. Uma versão digna de uma das princesas de contos de fadas mais amadas.
Já a nossa Fera sofre dos mesmos problemas que a besta a qual estamos acostumados a associar passa: mimado, temperamento ruim, grosseiro e não sabe lidar com seus sentimentos e passado. Mas, como não estamos falando de uma história fantástica, em que o príncipe é enfeitiçado para virar uma fera, temos a versão mais interessante disso, um homem belo (suspiros por esse Átila da capa, né?!), que esconde dentro de si a rudeza e aspereza do monstro. Seu passado lhe moldou assim e ele permitiu que todo o sofrimento fosse seu único sentimento motor.
O amor entre os protagonistas surge no sentimento amigável que se desenlaça aos poucos, com a convivência, e dá chama à paixão ardente, mas, na mesma intensidade que surge, é colocado à prova quando nossa bela Nora descobre o que Átila tanto deseja esconder. É o momento de saber que o amor só encontra força quando podemos contar com que está ao nosso lado.
Um dos pontos altos da história é a abordagem de um dos problemas do mundo atual, já que a Fera, em seu tormento, pelas perdas que teve no passado, acabou por levar-se ao vício por cocaína. É um verdadeiro maremoto que os personagens vão enfrentar, desde a aceitação até a decisão em passar pelo tratamento e período de desintoxicação. É uma realidade triste e difícil, e que é relatada de maneira importante e com o lembrete de que a vida de todos sempre será marcada pelos danos da droga, mas que, sem dúvida, seguir em frente com ferimentos cicatrizados é melhor forma de impedir que a vida seja perdida para o vício nas drogas.
A Bela e o Chefe é um romance que tem muito mais da realidade do mundo que de contos de fadas e, que, ainda assim, ou por isso mesmo, encanta o leitor!

site: https://wp.me/p7r1pU-1mT
comentários(0)comente



Celia 09/04/2018

A Bela e o Chefe
Essa capa nova ficou linda. Gostei bastante como foi desenvolvido o problema do Átila e como foi mostrado o seu passado, mas senti falta de química entre o Átila e a Nora. Achei muito instalove.
comentários(0)comente



Marcelly.Cordeiro 06/04/2018

A Bela e o Chefe
Adoro releituras de contos de fada, principalmente de forma contemporânea. A Bela e a Fera é meu preferido, por isso optei por essa leitura.
A autora tem uma escrita muito boa, cheia de referências deliciosas, uma escrita leve que flui rápido.
Sobre a história em si, é bem desenvolvida e diferente, não esperava a problemática trabalhada pela autora, e gostei bastante do tema em questão e principalmente da forma como foi desenvolvida. O que não me agradou muito, foi que eu não esperava tanto hot, achei que seria mais um romance fofo, outra coisa que tirou uns pontinhos, foi o fato de o livro ter cenas narradas pelo o ponto de vista de cada um dos protagonistas, trazendo os mesmos diálogos, apesar de adorar livros narrados pelos dois pontos de vista, prefiro quando a narrativa de um começa de onde o outro parou e não ter a mesma cena narrada duas vezes, achei isso um pouco cansativo.
O livro é bom, assim como a história.
comentários(0)comente



Tatiana.Morello 05/04/2018

Simplesmente maravilhoso!
Como me surpreendi com a autora Rubyo, devorei, a leitura me cativou desde a primeira página.
A mensagem que Ruby nos traz é linda e cativante, ela nos mostra através da história de Átila que o amor é paciente e que traumas do passado podem ser superados quando vc está disposto a deixar o outro entrar em sua vida, tbm nós ensina que podemos superar qualquer obstáculo que a vida nos impõe quando conseguimos ver amor próprio.
Super recomendo o livro, e me perguntou porque demorei tanto para ler. ?
comentários(0)comente



Silvia.Souza 10/01/2018

Gostei...
Tem certas histórias que me irritam muito... O primeiro dia de trabalho da criatura, ela tem inúmeros cômodos para limpar e resolve começar pelo quarto do patrão, cedinho? Sabendo que na noite anterior ele subiu com duas mulheres para o quarto? Me poupe não? Sem falar que esse livro tem aquele aspecto irritante de contar o mesmo fato pelos dois personagens... Isso fica muito enjoativo... Mas no decorrer a história melhora bastante e fica boa. Recomendo a leitura...
comentários(0)comente



Tatieli 27/11/2017

A Bela e o Chefe...
O primeiro trabalho de Nora Maia está longe de ser o dos seus sonhos, e ainda mais longe da área profissional a qual ela almeja seguir e lutou com unhas e dentes para ingressar na faculdade, a de medicina. Em vez disso, Nora sacrificou tudo para trabalhar como governanta de um dos homens mais ricos e cobiçados do país, Átila Douglass. Mas todo sacrifício é válido para ajudar àqueles a quem ama. Átila Douglass nasceu em berço de ouro, é um grande apreciador de bebidas e mulheres, vantagens de ser herdeiro de uma grande rede de cervejaria. Seu nome é mundialmente conhecido pela marca de qualidade Douglass. No entanto, por trás do sorriso galanteador e do bom status, se encontra um homem grosseiro e com um temperamento difícil de lidar. Ninguém foi capaz de suportar sua personalidade tempestuosa por muito tempo, com exceção dela. Isolados em uma ilha, segredos sombrios vêm à tona, assim como o sentimento avassalador entre os dois. Porém, diante de um momento difícil e perturbador, o maior sacrifício ainda será feito. Tudo, é claro, em nome do amor.
comentários(0)comente



Faby 02/11/2017

A Bela e o Chefe x A Bela e a Fera
“ (...) se essa menina não era a minha perdição... era a minha cura.”

A Bela e o Chefe é uma linda releitura do clássico a Bela e a Fera. Longe der ser um conto de fadas repleto de magia, a Bela e o Chefe é uma história real cheia de problemas, medos e angústias, lutas e acima de tudo, superação.

Nora Maia é uma bela jovem estudante de medicina que se vê obrigada a trancar o curso que ama para conseguir um bom emprego a fim de ajudar a sua mãe e irmão. É quando ela consegue o emprego na mansão do senhor Átilas Douglass.

Átila, também conhecido como Fera é um homem rico e bonito que por trás da sua grosseria esconde uma realidade dolorosa que o mantém preso ao passado de diversas formas.

Tudo começa a mudar quando ele conhece a sua mais nova funcionaria, a bela Nora. Incapaz de resistir a uma mulher bonita ele se vê obrigado a ser ainda mais rude e grosso com ela a fim de mantê-la afastada dele.

“Sabia que ela não merecia alguém como eu, parecia doce demais, inocente demais. E eu... eu era um animal pronto para devorá-la.”

Mas Nora não é uma mulher qualquer, ciente da importância de manter o seu emprego para poder pagar o tratamento médico da sua mãe, além de arcar com as despesas financeiras da casa e da alimentação, ela suporta todas as grosserias do chefe e tenta manter-se o mais distante possível dele, apesar de se sentir cada vez mais atraída pela fera e pelo homem por trás dela.

Átila também já não consegue disfarçar o quanto está louco por Nora, não apenas atraído por sua beleza, mas pela força e vivacidade que ela transmite. Depois de muito esforço eles desistem de lutar contra o que sentem e quando uma tempestade mantém eles presos e isolados os sentimentos vêm a tona e eles se entregam ao amor que sentem.

A história da Bela e o Chefe não é, porém, uma relação entre empregada e chefe, é a história de amor de uma jovem mulher apaixonada e um homem que se esconde atrás da sua fama de fera para não revelar o quão quebrado está por dentro.

Átila vê em Nora uma segunda chance para a sua vida, mas quando ela descobre que o seu segredo é o mesmo motivo pelo qual seu próprio pai destruiu a sua vida e a da sua família ela precisa descobrir se é forte o suficiente para lutar pelo amor da sua vida, mas ela sabe que a maior luta e entrega tem que vir de Átila, pois só ele é capaz de superar o desafio que vem enfrentado há sete anos. Ela sabe que ele precisa decidir lutar e vencer, mas não por ela e sim por si mesmo.

Mais uma luz brilha no fim do túnel quando uma agradável surpresa surge na vida de Nora e Átila, agora mais do que nunca, ele precisa lutar para sair do fundo do posso.

“Não soube quem se moveu primeiro, mas fomos atraídos um para o outro, meus braços enroscaram em seus cabelos e o trouxe para mim.”

Eu amo releituras e fiquei muito entusiasmada com a quantidade de avaliações positivas que li desse livro. A Bela e o Chefe é um releitura linda, um romance leve que deve ser lido sem muitas expectativas. Nesse conto de fadas moderno nos deparamos com uma realidade muito recorrente na nossa atualidade que destrói a vida das pessoas. Nele não nos deparamos com uma princesa esperando ser salva por um príncipe, mas uma mulher forte e decidida que luta bravamente por aqueles que ama, mesmo que tenha que colocar seus próprios sonhos em espera.

Não há um príncipe pronto para resgatar uma princesa, nem transformado em fera por uma magia antiga, há um homem destruído que se entrega a um vicio que o afasta da dor que o acompanha a tantos anos. Há um homem que acredita que precisa ser salvo, mas que aprenderá ao longo da sua própria história, que só ele pode salvar a si mesmo.

Recomendo essa leitura aos amantes de romance e releituras. Àqueles que gostam de uma linda história de amor, superação e entrega. A quem curte um bom romance bem escrito, mesmo que seja um tanto clichê, mas que trás muita lição, emoção e uma leitura muito agradável.

“ (...) depois de finalmente ter provado o seu sabor. Eu ansiava por mais, a todo instante. Ela se tornou meu melhor vício.”
Ruby.Lace 03/11/2017minha estante
Que resenha linda! Obrigada.


Faby 06/11/2017minha estante
Owmm eu que agradeço. Parabéns pelo livro. Sucesso para você!


Cecy 29/03/2018minha estante
Resenha lindíssima! Flutuei enquanto lia! Parabéns!


Faby 30/03/2018minha estante
Muito obrigada Cecy S2




Fher.Barbosa 25/09/2017

Uma releitura viciante ,real e apaixonante!!!
Não escondo de absolutamente ninguém que A Bela e a Fera é um dos meus contos de fadas favoritos da vida!! E quando eu leio releituras dessa historia que tanto amo rezo para não me decepcionar.
Então quando eu li A bela e o Chefe meu coração quase explodiu de tanta alegria!!!
Um livro que tem tudo,eu disse TUDO o que eu espero de um bom livro!!!
Pagina após pagina eu fui conquistada!!! Eu ri,eu fiquei tensa,curiosa,eu quis matar o Átila ,eu amei o Átila eu admirei a Nora por toda a sua força e altruísmo.
Personagens reais que vivem situações que nos passamos no dia dia !!! Ha muitas Noras por ai que precisam abrir mão dos sonhos para ajudar a família. Ha vários Átilas por ai também.Que tiveram seus corações destroçados e o que restou foi a escuridão,o vazio,o medo de fechar os olhos e reviver tudo novamente.
Chorei com as cenas finais!!!
Foi tão lindo o final que esse vai ficar marcado para sempre no meu coração.
Só não sei como nenhuma editora ainda não correu atras para publicar esse livro!!!
Vai para minha lista de melhores leituras de 2017 com toda a certeza.

comentários(0)comente



Tamara Dias 19/09/2017

Super fofo!
Livros super fofo, quando comecei a ler confesso que fiquei meio triste com a temática, mas o livro é envolvente e super meigo! Vale mto a pena a leitura recomendo demais... um dos "feras" mais parecido com a Fera mesmo... assustador e doce ao mesmo tempo! Leiam sim!! Autora sensacional!
comentários(0)comente



Babih (@nurseliteraria) 17/08/2017

Apaixonada pela história
Tenho a plena certeza que os autores combinam de fazerem os leitores chorar. Arquitetam tudo, só pode. Ainda devem soltar a gargalhada da Malévola enquanto escrevem, tenho certeza. Deixando de delongas, vamos ao que interessa. Hoje vim contar um pouco de A Bela e o Chefe para vocês.

Então, a história de hoje vai falar de Nora, uma personagem gente como a gente. Que corre para pegar a cadeira no metrô, chora lendo livros e obriga os amigos a lerem também. Mas que ao saber do estado de saúde de sua mãe, largar a faculdade de medicina para poder trabalhar em seu lugar e colocar comida em casa.

Ela consegue um emprego de doméstica na casa do empresário Atila Douglas. Até aí tudo bem, mas ao que tudo indica trabalhar para esse homem não será tarefa fácil devido ao seu temperamento explosivo. A coitada só não contava que o chefe dela fosse um “boy magia” lindo de morrer. E que o temperamento dele fosse sua última preocupação. A único problema é controlar a atração que surge entre eles. Kkkkk (tô rindo mais é de nervoso pela Nora). Força Nora!

Nora é aquele personagem que você quer tirar do livro só para ter ela como amiga. Decidida, amiga e companheira que qualquer ser humano pode querer. Você vai rir, chorar e sentir tudo o que ela sente, como não amar né?

Ah, o Atila! Rico, lindo e cheio de traumas. Já aviso que o Atila hora vai irritar você e na outra você vai estar querendo consolar ele. Um homem que deixou os fantasmas do passado o consumirem e a os poucos arruinarem sua vida. Mas que aos poucos vai aprender a enxergar que a males que vem para o bem.

Ruby só tem elogios a você. Seu livro e seus personagens conquistaram meu coração mole não teve jeito, não. Você criou pessoas do dia a dia em cada um deles, nos mostrou que podemos sim encontrar e teve os mesmos problemas que eles. E o fato de você ter dado uma solução viável e correta para os problemas do Atila e ter tratado o assunto das drogas como realmente se trata aqui fora, foi lindo! Amor ajuda, mas nem sempre concertar tudo. Mais uma vez, parabéns!

site: https://www.instagram.com/capadura_coracaomole/?hl=pt-br
comentários(0)comente



70 encontrados | exibindo 46 a 61
1 | 2 | 3 | 4 | 5