A Bela e o Chefe

A Bela e o Chefe Ruby Lace




Resenhas - A Bela e o Chefe


70 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5


lleitoraescritora 10/07/2020

Um clássico é um clássico
Meu Deus, toda leitura que tem como base a Bela e a Fera me encanta e com essa não poderia ser diferente. Gente, o que é a Nora nessa história e o quão ela mostra sua delicadeza de rosa e sua força de espinho. Apaixonada por essa protagonista e por toda a trajetória dela. E o que é o Átila, minha gente. Esse homem entra na história e a temperatura já sobe kkkkk, mas o segredo dele é algo tão intrigante que te faz ficar hipnotizado pela história do começo ao fim. Enfim, se você ama a Bela e a Fera, vai com certeza amar A bela e o chefe.
comentários(0)comente



Janise Martins 26/03/2020

A Bela e o Chefe
Eu li algumas resenhas antes de escolher este livro e ele foi muito elogiado, o que me animou ainda mais. Só que pouco depois de iniciar a leitura eu fiquei surpresa e em dúvida: será que eu estava lendo o mesmo livro das tais resenhas? Pois foi uma decepção. Uma escrita imatura e pouco criativa. Os personagens são de conto de fada mesmo, não que sejam bons, é que é bem fantasioso mesmo.
O casal, Átila e Nora, não têm química alguma. A autora bem que tentou colocar uma atração a primeira vista, mas falhou. Os diálogos… bem, quem no Brasil fica falando palavrão em inglês? Que é o caso do nosso protagonista. Pior é a mocinha que fica resmungando toda hora: “pelos deuses!”. No Brasil? Não colou.
Átila é rico e de uma personalidade estranha e tem um segredo que vem atrapalhando sua vida. Nora é de personalidade fraca, só é bonitinha.
Por causa do tal segredo de Átila, além dele, Nora também sofrerá consequências. Um momento de tensão. Mas a forma como foi escrita eu não gostei. É, não gostei da escrita, aí fica difícil. Um livro que poderia ser escrito em 150 páginas, e olhe lá!
E foi isso aí!
Bjoo.



site: https://janiselendo.blogspot.com.br/2017/10/a-bela-e-o-chefe-ruby-lace.html
comentários(0)comente



Brenda Souza | @Baianaleitora 28/03/2020

Um conto de fadas na vida real!
"Às vezes a saudade é tanta que, mesmo estando perto da pessoa que amamos, sentimos a necessidade do contato físico para nos dizer que sim, realmente estávamos ali"

"Damn... se essa menina não era a minha perdição... era minha cura."

Nora Maia é uma mulher de 20 anos cheia de vida e de sonhos, mas que vê seu mundo desabar quando sua mãe, uma mulher forte que sempre trabalhou, desdobre estar com reumatismo, doença sem cura que causa muita dor em seu corpo.

Nora então toma para si a responsabilidade de prover o tratamento de sua mãe e o sustento do seu irmãozinho Nico, de 6 anos.

Sua mãe consegue para ela um emprego de governanta, em uma mansão que ficava numa ilha, Nora logo de cara percebe que seu chefe não é uma pessoa fácil, no seu percurso até a ilha descobriu que todos pelos arredores o chamavam de ‘’fera’’, mas logo ela descobriria que toda fera só se torna fera pelo seu passado.

Átila Douglaas e um homem cobiçado, rico, e portador de madeixas louras e longas que o fazem ter a aparência de um Deus grego, apreciador de bebidas e mulheres, herdeiro de uma rede de cervejaria, que é mundialmente conhecida pela qualidade das cervejas Douglaas.

Apesar do seu berço de ouro, Átila tem um passado sombrio, que o tornou uma pessoa fechada, que se achava incapaz de amar de novo.

Quando os dois se conhecem vemos de cara a química que eles possuem, Nora Maia e uma mulher muito diferente das que ele conheceu, o que o deixou desconcertado e morrendo de desejo por ela, apesar disso sabia o quão errado ele era para ela, tanto pelo seu passado, quanto pelo seu jeito mulherengo.


Nora Maia apesar das tentativas de Átila de se afastar dela, e de tentar não se apaixonar por ele, acaba falhando miseravelmente.

Quando um temporal deixa os dois ilhados e sozinhos na ilha, e inevitável que não se rendam a essa paixão avassaladora.

Nesse momento o meu primeiro pensamento foi que era isso, que o conto de fadas ia acabar como todos os outros, que a bela e o chefe ficavam juntos e felizes e fim.

Eu não poderia estar mais enganada com enredo dessa história, apesar da relação dos dois estar sendo bem construída, Átila ainda guardava segredos de Nora, tanto do seu passado quanto do seu presente, esse último quase o destruiu: a dependência química.

Nora o amava o suficiente para ficar ao lado dele quando resolveu começar o processo de desintoxicação, um processo doloroso, aqui que percebemos como a autora realmente pesquisou a fundo sobre esse problema, coisa que me agradou bastante.

Amar alguém o suficiente para ficar nos momentos ruins e algo a ser aplaudido, mas amar alguém o suficiente para ir embora na hora certa, mesmo que sua partida fosse ajudar quem você ama e que tudo que desejasse fosse ficar, e algo louvável, é amar verdadeiramente uma pessoa, desejar a felicidade e o bem-estar dela acima de tudo.

As sensações que essa história me trouxe foram maravilhosas, um conto de fadas da vida real, com personagens e problemas reais, o que tornou a história mais humana e com certeza aproximou mais os leitores da trama.

site: https://www.instagram.com/p/BzJr5UTD4Bm/
comentários(0)comente



NaymeDantas 17/06/2020

Amor
Devorei o livro e encantada fiquei com a história. Ensina que acima de tudo precisamos do amor próprio, se nos amamos, logo podemos amar sinceramente o outro e nos entregarmos por completo. Obrigada Ruby pela leitura incrível
comentários(0)comente



Lilyan Sotnas 26/10/2020

Uma história linda de amor, sofrimento e superação.
Antes de tudo, aviso que este é uma texto de amor pelo livro. Tudo o que eu disser aqui é na mais completa sinceridade. Sinto-me até levemente poética e nostálgica com o final desse livro. Uma leitura muito gostosa de se fazer. Sofri, ri demais, me apaixonei pelos os personagens... Foi um envolvimento completo.
O livro traz uma história tocante cheia de romance e aflição. Não consegui parar de ler enquanto não terminava. Acho que foi um drama que eu não esperava. Pensei que seria uma leitura mais leve, porém trouxe elementos que apertavam meu coração em sofrimento.
Uma história escrita com tanta maestria que parecia real. As cenas eram muito bem feita, com detalhes que complementam a história e davam a ela a vida. Sério, a autora pensou nos mínimos detalhes. Me aproximei tanto dos personagens que parecia que eu os conhecia, que realmente vivenciava suas vidas. UMA ESCRITA IMPRESSIONANTE MESMO! Só tenho elogios.
A escrita foi narrada pelos dois protagonistas, a Nora (bela) e o Átila (fera). E mais uma vez me surpreendo com a escrita. Pois, a autora não se perdeu no enredo e na mudança de personagens ao narrar os dois pontos de vista em primeira pessoa. Foi tudo feito em uma harmonia espantosa.
5 estrelas porque me envolvi na história, amei os personagens e a descrição de seus pensamentos (parecia que eu entrava na cabeça dura daqueles dois), amei conhecer esse livro de uma escritora nacional que nos mostra que nossa literatura é linda e prazerosa e que nós deveríamos dar mais importância e apreço por elas. Recomendo demais a leitura!
Ah, deixar aqui registrado que os protagonistas são amantes de literatura! Então vemos muitas menções de livros dentro do livro. Leiam! Simplesmente leiam essa história de amor e superação que nós deixa com o coração apertado de tanto amor que transborda em cada página escrita.
comentários(0)comente



Le Franzin|@sonhos_artisticos 07/10/2020

Interessante
Adorei o casal, eles tem uma boa quimica e gostei da ligacao com bela e a fera. A superaçao tbm é bem mais legal e menos problematica que em a bela e a fera.
O passado me entediou muito e isso fez perder uns pontinhos. Mas a história é otima.
comentários(0)comente



Maristtk 28/09/2020

Um homem delicioso de decifrar, uma mulher pura e forte!
Apaixonante!!!
Esse livro desperta vários sentimentos ao mesmo tempo, provando que o amor é capaz de curar tudo, quando verdadeiro!
comentários(0)comente



Pâm Possani 19/07/2020

Releitura gostosa de A Bela e a Fera
A Bela e o Chefe é uma releitura de A Bela e a Fera, e se você, assim como eu, é apaixonado pela história original, com toda a certeza vai encontrar um pouco dos elementos da história original aqui. Aqui vamos conhecer Nora, uma moça muito boa, gentil e educada, que precisa ir no lugar de sua mãe, trabalhar na limpeza da mansão Douglass - a mãe foi contratada, mas não está em condições de fazer o trabalho duro. O que ela não esperava encontrar, era um loiro cabeludo, lindo e muito mal humorado que logo de cara já diz coisas grosseiras. A verdade é que o herdeiro da cervejaria Douglass enfrenta um passado que o perturba todos os dias, e construir uma carranca é mais fácil do que enfrentar a realidade. Lembra um pouco o original?

Átila Douglass lembra muito a nossa querida Fera ao estilo Disney, mas mais humanizado. Ele tem seus próprios demônios que são um pouco diferentes e mais atuais/modernos do que a história que conhecemos e ao mesmo tempo conseguimos encontrar características que são "muito ele" e ficam escondidas - afinal, nem tudo é pra se deixar mostrar, não é verdade? Nora é a Bella que ama a família, se esforça por ela, mas devo dizer que ela é um pouco mais atrapalhada, o que é uma característica própria na história. O pai da Bella não está aqui e na verdade ela substitui a mãe; identifiquei a Madame Samovar aqui, mas não temos o Zip. Se temos frases que se assemelham à história? Temos! E gostei muito de encontrá-las aqui.

É uma leitura gostosa e bate até uma saudade de ver A Bela e a Fera de novo. "A Bela e o Chefe" é um romance da literatura nacional também pra você que gosta de reviver um conto de fadas e também de uma jogada gato e rato entre os personagens. E se você achar que tem elementos machistas, bom, o que posso dizer é que se você assistir A Bela e a Fera, vai perceber que a Fera sempre tenta se impor sobre a Bela, mas aos poucos ela vai tendo a sua voz que se torna muito mais alta e isso é muito interessante pois mostra o crescimento da relação durante a história.

E se o final é igual? Só lendo pra saber ;)

site: https://www.interruptedreamer.com/2020/09/resenha-bela-e-o-chefe-de-ruby-lace.html
comentários(0)comente



Deza 24/08/2020

Esperava mais...
Essa história tinha tudo para ser um daqueles clichês gostosos de se ler, porém a narrativa usada pela autora tornou a leitura um tanto quanto maçante. O fato dos personagens utilizarem de expressões como "pelos Deuses", "fuck", "damn" a todo momento em uma história que se passa aqui no Brasil acabou tirando um pouco a graça na leitura também, afinal, não são expressões que usamos no dia a dia em nosso país. Por vezes, senti que faltava um pouco de química entre Nora e Átila, como se a autora estivesse com dificuldades para desenvolver um sentimento entre ambos e construir um relacionamento.
Achei a história um pouco devagar, com muita enrolação em alguns momentos, o que é uma pena, porque o enredo tinha tudo para dar certo. No fundo, a história tenta passar uma lição de vida e superação muito bonita, faltou apenas uma construção melhor. Infelizmente, não me conquistou.
comentários(0)comente



Manu 16/09/2020

A bela e a fera ?
Teve um comentário que eu li que falou que esse livro retrata a bela e a fera, só que de uma maneira diferente, concordei plenamente.
É isso! É um clássico só que sem a fera (o animal em si) e sem objetos falantes kkkkk
Gente é um livro incrível simples assim, leiam o livro!!
Se eu ficar falando aqui não vai dar kkkk
comentários(0)comente



Aline 28/07/2020

Não me convenceu
O romance instantâneo do casal não me convenceu, não senti química entres os dois, tudo acontece rápido demais e a leitura é um pouco maçante. Achei que o vício do protagonista foi exposto de forma superficial. Enfim, apesar de ler tantas críticas positivas, estou decepcionada e não recomendaria esta leitura.
comentários(0)comente



Paty 07/04/2020

...
Tenho q admitir q não foi um dos livros q mais gostei.
Achei a história maçante, e mto repetitiva.
Teve alguns pontos altos, mas não é um livro q eu gostaria de ler novamente.
comentários(0)comente



Jhully Moura 31/03/2020

Amei!!!
comentários(0)comente



Nanda 29/08/2020

Li tantas resenhas elogiando o livro que devo ter começado a ler esperando A história. E acabei decepcionada. ?
comentários(0)comente



Anne (Jasmine) 13/07/2020

apaixonante e picante;
Apaixonada pelo conto A Bela e a Fera, meu gosto por essas adaptações se torna um pouco suspeita. Este livro traz uma proposta mais atual, com uma heroína tão linda quanto a flor rosa, mas com a força de seus espinhos, junto a um jovem empresário que infelizmente não superou seu passado e se fecha para o futuro. Apesar de clichê, falando desta forma, o enredo é realmente cativante e possui algumas cenas mais quentes, para quem gosta também de literatura erótica.
Um ponto que acho interessante é a história contar sobre as formas de lidar com as próprias dores, diretamente ou indiretamente. Admito que, apesar de Átila (o chefe/a fera) ser descrito como um deus grego e sua personalidade ser melhor explicada no decorrer do tempo, demorei muito para pegar empatia pelo personagem. No final, ele acabou tomando um espacinho e me fez desejar todo o sucesso ao casal.
Recomendo sim a leitura, ainda assim, é um livro para passar o tempo, como uma sessão da tarde.
comentários(0)comente



70 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5