Reencontrando o Passado

Reencontrando o Passado Bibi Santos




Resenhas - Reencontrando o Passado


6 encontrados | exibindo 1 a 6


Paula Faria @blogliteralmenterosa 08/06/2017

Um lindo livro!!
Emely sofreu um doloroso trauma no passado, humilhada e maltratada pela mãe pelo seu peso, ainda sofreu um golpe no seu ego, causado pelo seu grande amor de infância Rafael, que a deixou devastada. Mas o amor do seu pai junto com a ajuda e apoio da sua melhor amiga, Duda, foram alicerce pra ela superar o que passou, até que seu pior pesadelo volta, em forma de homem lindo, sexy e totalmente decidido a ter seu perdão, mas será que Emely pode confiar novamente em Rafael? Será que seu coração aguenta passar por isso e resistir a atração que sente por ele?
Quero dizer que Emely é uma mulher extraordinária, muito espirituosa, engraçada, enfim maravilhosa na minha opinião, mas que sofreu muito, só sendo boa como ela pra aguentar tanta humilhação desde cedo. Ter seu coração praticamente pisoteado em praça publica deve ser doloroso demais, mas ela apesar da dor se manteve forte, foi resiliente, enfim sou fã dela. Rafael cometeu inúmeros erros no passado e acabou quase destruindo muitas vidas, mas ele volta disposto a lutar por Emely mas ela não vai se render fácil e ele vai ralar e muito na mão dela!! Rafael mereceu cada lágrima que derramou, porque nenhuma se compara ao que Emely sentiu. Mesmo assim ela ainda ajuda quem precisa sem pestanejar e quando ela pensou que podia ficar em paz, outras traições são descobertas, Esse romance aborda temas como preconceitos, gordofobia e nos inspira a sermos fortes, lutarmos pelos nossos destinos e não deixarmos de acreditar no amor. Personagens bem construídos, diálogos extremamente envolventes e engraçados, Emely é engraçada, ousada e sem papas na língua o que nos rende boas risadas, romances surgindo por todos os lados, o que eu adoro, ver o amor surgir de onde achamos improvável é algo gostoso de ver, nos faz crer que a felicidade existe e está nos esperando, porque qual o sentido da vida se não amarmos ao menos uma vez!
Um romance encantador, com a escrita fluída e envolvente, recheado de dramas, paixões ardentes e quentes, segredos dolorosos, desejos quase inconfessáveis, numa deliciosa trama, eu li o livro todo em menos de 24 horas, cada capitulo me prendendo mais e mais. Parabéns a autora por mais uma linda obra, adorei o livro!!!
comentários(0)comente



Paloma Casali 17/07/2017

Blog Ilusões Noturnas'
O livro me surpreendeu a cada página que eu passava no meu tablet. Com personagens muito bem construídos e uma história que tem como base Emely e Rafael, ao mesmo tempo traz diversas tramas que se cruzam, o livro é um guia de lições. É narrado em primeira pessoa, basicamente por Emely, mas tem passagens narradas por outros personagens; a escrita é leve, agradável e cativante.


"- Eu sei que estavam falando de mim, eu ouvi da porta. O refrigerante eu comprei com meu dinheiro. Feio não é ser gorda, mas sim ser velha e fofoqueira." - P. 24



Emely sempre foi gordinha e sempre sofreu com brincadeiras de mau gosto (bullying), comentários ofensivos (que vinham de todas as partes, principalmente de quem deveria vir só amor - sua mãe) e fofocas, mas nem diante de tudo isso ela perdeu sua essência - um coração bondoso, simpatia, uma delicadeza genuína e pureza. Tudo que ela passou, apesar de ter ferido, a tornou mais forte. Sobretudo, ela tem uma personalidade maravilhosa, engraçada, leve, corajosa.


"- Aceita elefante aqui na aula?
Quase tive um treco do coração. A antiga Emely teria corrido e chorado a noite toda, mas essa Emely não deixaria barato de forma nenhuma. Com um soco certeira de esquerda atingi seu nariz. Minha mão doeu pra caramba, mas não dei o gostinho de demonstrar.
- Se aceita antas, por que não aceitaria baleia? Idiota." - P. 28


[Nessa hora eu super vibrei - aliás eu parecia uma louca lendo o livro - batia palmas, xingava, vibrava - parecia que estava assistindo um jogo.]


"-Murilo, vamos ser sinceros, você quer sexo e eu quero sexo, não entendo o problema. - Parecia um namorado ciumento que já estava me dando nos nervos." - P. 50


Ela é apaixonada desde sempre por Rafael, mas ele desde sempre a pirraçava e envergonhava; até que determinado dia ele atinge o ápice da maldade e faz Emely passar pela maior humilhação da vida dela e as consequências a perseguem durante anos. A sociedade a culpa pelo que ocorreu; ela precisou de terapia e muito apoio e amor do seu pai e da sua melhor amiga Duda para superar e seguir em frente; mas mesmo levandoc sua vida, ela nunca conseguiu entender o motivo de Rafael ter feito isso e perdoá-lo.


"... - Sempre há uma segunda chance, sempre terá vida lá fora, só precisamos nos livrar das dores do passado, é essa carga que trava nossa vida.", July - P. 155


Eis que 8 anos depois Rafael volta a morar na cidade e determinado a conquistar tanto o perdão, quanto o coração de Emely. Confesso que nesse momento pensei: quem bate sempre esquece, né? Mas com o decorrer da leitura percebi que a história ia muito além disso... Rafael tinha uma alma quebrada, passou por diversos problemas, perdeu coisas importantes e é a prova viva de que as pessoas mudam (sim, podem dizer o que quiserem, eu quero ele pra mim).

----> Leia a resenha na íntegra no Blog!

site: https://ilusoesnoturnas.blogspot.com.br/2017/07/resenha-reencontrando-o-passado-bibi.html#more
comentários(0)comente



CATATAU 23/02/2018

O PASSADO ASSOMBRA, MAS NÃO MORDE... SÓ DEIXAMOS ESQUECIDO EM ALGUM LUGAR
A vida de Emely não foi nada fácil, mas ela conseguiu como pode tocar a vida adiante...
Deixando passado de lado, o que não foi nada fácil...
Conseguiu sua independência financeira sendo dona de uma floricultura na cidade de São Conrado...
Sua família se resume em Ricardo seu pai, sua melhor amiga Duda (irmã de Rafael) e a mãe deles que ela considera com sua...
Com a volta de Rafael sua antiga paixão não vai ser fácil de encarar a vida sem se lembra de seu passado desastroso...
Uma leitura bem envolvente do início ao fim, apesar de tudo, não tem como não rir desta personagem hilariante, simples cheia de amor no coração e sempre ajudando o próximo...
Uma história cheia de superação, amor, rancor com muito ódio e muitos perdões para ser
usado com passar do tempo...
Só lendo para conhecer esta divina e maravilhosa história...
Amei...
Maravilhei...
Mergulhei no mundo de Emily e fiquei triste quando a história acabou, pois era linda...
Parabéns Bibi... pela obra linda e divina.
Bibi 01/03/2018minha estante
obrigada coração, fico muito feliz que tenha curtido


CATATAU 28/03/2018minha estante
AMEIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII... Parabéns pelo livro maravilhso




Leninha Sempre Romântica 04/06/2018

Para começo de conversa, preciso salientar os pontos fortes da leitura de Reencontrando o passado, temos aqui um romance gracinha, no estilo romance de banca, com vários detalhes que o tornam uma leitura muito aquém do que se espera:
1º - Nossa protagonista é uma gatinha plus size;
2º - Temos cenas bem quentes;
3º - Diferentemente dos romances de banca, aqui os assuntos são tratados com mais profundidade;
4º - Nossa autora tem muita experiência quando o assunto é romance de banca e com ela aprendi: quando se quer mais de um livro, a gente o escreve. #prontofalei

É isso que temos aqui, um romance simples, entre uma garota que não se encaixa nos estereótipos da sociedade e o médico mais gato e desejado de uma cidade. Mas não pense que é só isso que rege esse livro, essa é uma história, acima de tudo, sobre superação.

Emely é uma garota que sempre foi maltratada em sua cidade pelo simples fato de ser gordinha, desde a infância ela sofre com apelidos, chacotas dos amigos e conhecidos, e o que é pior, do garoto pelo qual sente uma enorme atração: Rafael.
Uma atitude inconsequente por parte de Rafael detona uma crise existencial em nossos protagonistas e atinge a todos, mudando o futuro e a vida de cada um.
Emely passou pela pior situação que uma jovem apaixonada poderia passar, chegou a precisar de ajuda e demorou a colocar sua vida no rumo outra vez. Rafael teve que ir embora da cidade e Duda, irmã de Rafael, nunca se perdoou pelo acontecido, e todos vivem tentando afastar as sombras do passado de suas vidas.

Porém eis que Rafael retorna e coloca tudo em xeque, agora é a hora de colocar os pingos nos “is” e tentar ajeitar tudo que se estragou no passado. Mas nenhum de nossos amigos estão preparados para quantas emoções irão ter que viver para tentar colocar suas vidas nos eixos.

Nesse ínterim aparecem outros personagens que vão se encaixando na trama e dando mais sabor ao enredo. Conhecemos a doce July, uma adolescente que entra na vida de Emely grávida e precisando de ajuda, e ela é como um bálsamo para todos, com suas palavras singelas e regadas de um conhecimento bem aquém de sua idade, ela passa por toda a narrativa como um anjo que veio para aplacar as dores e dissabores de todos.

Murilo e Kátia são dois personagens que vieram dar aquela forma dramática ao enredo; ele, o delegado da cidade, tem um passado obscuro e sua ex-namorada Kátia traz a personificação do mal. Só lendo para entender onde eles dois se encaixam, e nossa Bibi Santos os brindou com personalidades bem plausíveis.

Rodrigo, pai de Emely, vem para completar esse enredo com sua experiência e paixão. E nos brinda com momentos de sabedoria e inocência tão fofos que foi difícil não amá-lo.

Surpreendi-me muito com a leitura, já que o foco da narrativa não gira apenas em volta do relacionamento entre Emely e Rafael, a história traz as visões dos outros personagens o que deixa a leitura bem dinâmica e interessante. Prepare-se para ter grandes lições de vida.

Acho que já falei demais, vale a pena pegar o livro, sentar num sofá confortável e dar asas à imaginação, ops, não precisa dar tanta asa assim não, nossa autora já conseguiu trazer uma história completa e deliciosa, digna de nota, basta relaxar e ler.
Recomendo a leitura para ontem!


site: http://www.sempreromantica.com.br/2018/06/reencontrando-o-passado-bibi-santos.html
Bibi 04/06/2018minha estante
Resenha linda




6 encontrados | exibindo 1 a 6