Solteira Até Sábado

Solteira Até Sábado Catherine Bybee




Resenhas - Solteira Até Sábado


42 encontrados | exibindo 16 a 31
1 | 2 | 3


Amanda.Laurenço 06/03/2020

O casal mais "complicado" de toda a série, sem dúvida.
comentários(0)comente



Rose 02/04/2019

Karen Jones e o astro de Hollywood Michael Wolfe tinham um casamento de fachada que estava acordado para terminar dentro de 1 ano. Um casamento que serviu muito bem aos propósitos de ambos. O melhor de tudo é que dentro deste relacionamento eles desenvolveram uma forte e sincera amizade.
Agora, faltando pouco tempo para o fim do casamento, tudo estava sob controle. A farsa de um casamento feliz era aceito por todos, e ambos passavam tranquilamente a imagem de um casal feliz e apaixonado.
Mas esta mentira está prestes a cair por terra, quando Zach Gardner, irmão de Mike, aparece em uma festa do jovem e badalado casal.
A mando da família, que não estava aceitando o afastamento de Mike, e muito menos o fato dele ter se casado e nem a esposa apresentado ainda, Zach vai a procura do irmão, não só para conhecer a esposa, como também para intimar o casal a ir até a pequena cidade de Hilton, onde a família morava.
Sem ter como dizer não, o casal parte rumo ao que será seu teste fogo, convencer a família de Mike de que o casamento era real.
Isso não seria tão difícil se uma atração entre Zach e Karen não tivesse nascido. Agora como contornar esta situação? Fora que o tão guardado segredo de Mike parece não ser tão secreto assim, pelo menos para algumas pessoas.
Precisando manter tudo em segredo, principalmente da mídia que adora um escândalo, ambos tentam resolver uma situação um tanto indigesta. Mas tudo complica mesmo quando Karen tenta ajudar uma adolescente em perigo e se vê presa, e pior, tendo toda a mídia em cima dela.
Agora como resolver este problema que ganhou proporções Hollywoodianas sem que o verdadeiro segredo seja revelado e ela ainda possa ajudar Becky e Nolan e não abrir mão do homem de sua vida?
A cada livro lido desta série tenho gostado cada vez mais. Não são enredos complexos, com reviravoltas alucinantes, mas são gostosos de ler, e os personagens acabam conquistando. São ótimos para quem deseja uma leitura leve e despreocupada, mas com qualidade.

site: http://fabricadosconvites.blogspot.com
comentários(0)comente



Nice Silva 23/02/2019

Coração Gigante de Karen
Amei o livro a historia de superação da mocinha na sua vida pessoal e como ela fez da sua tragedia pessoal algo que pudesse ajudar e proteger outras pessoas mesmo que tivesse que se sacrificar, mas como não poderia deixar de acontecer ela também conhece o amor e se entrega a ele sem se importar com que as pessoas irão falar.
comentários(0)comente



Silvana - Blog Prefácio 04/02/2019

Karen Jones e Michael Wolf estão dando uma festa para comemorar o aniversário de um ano de casamento. E daqui a seis meses eles darão outra festa, mas dessa vez é para comemorar o divorcio. Mas isso já estava planejado desde quando eles se casaram. O casamento aconteceu através da Alliance, a agencia de casamentos onde Karen trabalha. A Alliance foi criada por Samantha Harrison para unir casais que querem ou precisam se casar por um motivo ou outro que não seja o amor e a agencia faz esse trabalho de encontrar exatamente o que o cliente está procurando, sem surpresas depois do papel assinado. Mediante uma soma de dinheiro para a agencia e para a outra parte é claro.

Michael é um astro de Hollywood que precisava urgente de uma esposa para abafar as fofocas de que ele seria gay por não ter um par fixo, o que ele é na verdade, mas que ele tem que manter em segredo. Primeiro por causa de sua família que é extremamente conservadora e que vivem em uma cidadezinha bem pacata, que se soubessem que Michael é gay seria um escândalo sem tamanho. E segundo por causa dos seus futuros trabalhos e contratos, porque apesar dele trabalhar em um meio que existem muitos gays assumidos, as pessoas na verdade não querem saber que na verdade o protagonista masculino do filme que eles amam, não sente atração por mulheres.

E Karen foi a escolha perfeita para se casar com Michael, já que ela também não queria um casamento no momento, mas estava precisando do dinheiro. Assim surgiu esse casamento com prazo de validade. E até o momento eles tem conseguido enrolar a família de Michael, porque ele não quer apresentar alguém para a família e logo depois dizer que se divorciou. Mas para surpresa dos dois, Zach irmão mais velho de Michael, aparece de surpresa na festa. Ele veio para conhecer Karen e saber o porque de Michael estar escondendo a esposa da família. Então o casal decide viajar até Hilton para acalmar a família de Michael. O problema é que o que a atração que Karen nunca sentiu por Michael, ela está sentindo por seu irmão.

Esse é o quarto livro da série Noivas da Semana. As histórias dos sete livros são independentes, com começo meio e fim, mas os personagens vem aparecendo desde o primeiro livro, então é interessante que seja lido na ordem de publicação, até mesmo para não pegar spoilers das histórias anteriores. A história da Karen e do Michael mesmo, começou no livro anterior e teve sua finalização aqui. Como disse nas resenhas dos outros livros, eu comprei essa série pela capa e acabei encontrando uma história gostosa de acompanhar e que mesmo sendo apenas mais uma história, que não vai te marcar nem nada, dentro da proposta da autora, ela vem se saindo muito bem e até agora tem me surpreendido por não ficar repetindo o mesmo enredo nos sete livros, como eu e muita gente achou que seria.

Por ter sido lançado logo após a finalização da série A Garota do Calendário, muita gente achou que a proposta seria parecida, mas como disse nas resenhas anteriores, os livros não tem nada a ver. Se for para comparar, prefiro a comparação com aqueles antigos romances de banca que todo mundo lia, se você é mais novo, sua mãe deve ter lido, que a gente pegava o livro sabendo como começava, como seria o desenrolar da história e como ia terminar. E até agora esse foi o livro que mais se aproximou disso. Mas se você assim como eu não liga para isso e quer um romance para suspirar e torcer, mesmo já sabendo que o casal vai ficar junto no final, esse livro é para você.

No segundo e no terceiro livro principalmente, a autora puxou mais para o lado policial, mas nesse ela voltou para o romance, ainda que quase no fim do livro tem algumas cenas de ação, o livro é praticamente aquele romance água com açúcar que amamos ler. A Karen é uma personagem que tira de letra a fama e o dinheiro do Michael, mas não sabe lidar muito bem com seus sentimentos por Zack. Mesmo sabendo que não está fazendo nada de errado, ela fica se sentindo culpada por estar atraída pelo irmão do seu marido. Zack é um mocinho feito para se apaixonar, ele é o bom moço que está sempre presente para ajudar no que for preciso. Me apaixonei e torci por eles.

Mas senti falta da interação entre os protagonistas dos livros anteriores, já que aqui em boa parte da história eles não estão presentes. Mas quando necessário eles aparecem e roubam a cena. Já amo todos os personagens da série hehe. Só tenho uma ressalva, não gostei do final do Michael. Mas enfim, é um bom livro, não é o melhor da série na minha opinião, mas é muito bom. Quanto a capa, azul é uma das minhas cores favoritas, mas esse vestido eu não gostei. A parte de cima é linda, mas essa saia é horrorosa. Tinha uma capa de botijão aqui em casa igualzinha hehe.


site: http://blogprefacio.blogspot.com/2019/01/resenha-solteira-ate-sabado-catherine.html
comentários(0)comente



Cah 10/08/2018

RESENHA: Solteira Até Sábado (Catherine Bybee)
Olar pessoinhas, tudo beleza com vocês?
Hoje a resenha é sobre o quarto volume da série "Noivas da Semana" da autora Catherine Bybee, estou falando de "Solteira Até Sábado".

Aqui nós vamos conhecer a Karen, amiga das nossas protagonistas anteriores e também vamos conhecer Zach, irmão mais velho do marido de conveniência de Karen.
Logo no inicio sabemos que Karen está casada com Michael, um ator super famoso de Hollywood mas que é gay e ainda não está preparado para se assumir para todos e principalmente, para a família.
Assim que Karen e Zach se conhecem faíscas voam por todos os lados e a atração é instantânea. Porém, Karen sabe que não pode contar a verdade para ele porque o segredo que guarda não é apenas dela e Zach sabe que não pode de jeito nenhum sentir atração pela esposa de seu irmão mais novo.
Michael e Karen decidem então voltar a cidade natal do ator para que ela finalmente seja apresentada para a família dele depois de um ano inteiro de casados, claro que Karen terá de esconder o segredo dos familiares bisbilhoteiros e ainda terá que controlar a atração que sente por Zach.

O quarto volume da série foi realmente um livro muito gostoso de ser lido, está entre os meus favoritos dos quatro volumes. Karen é uma protagonista forte e com atitude, Zach é um personagem apaixonante e super dedicado em relação a tudo que acredita e Michael é um dos personagens mais engraçados que já encontrei em um livro. Sem contar com os personagens secundários que são sem sombra de dúvidas incríveis.
A leitura é super fluída e muito rápido de ler, deixando o leitor emergir na leitura com muita facilidade. A história em si e as reviravoltas são coisas que deixam o leitor curioso em relação ao que irá acontecer nos próximos capítulos e nos próximos livros da série!

Karen também esconde um segredo de sua infância que nos deixa super ansiosos para descobrir o que é, apesar de eu achar que a autora poderia ter abordado mais sobre o assunto, foi algo que eu gostei muito de ler.
No meio da história também somos pegos de surpresas por um plot twist que nos deixa de boca aperta, e a autora finaliza todos os assuntos abordados no livro com muita maestria.
Levou uma classificação de 4.0 estrelas no Skoob e super recomendo tanto esse livro como a série completa.

Me conta aí se você já leu esse livro e o que achou ou me conta se quer ler e quais são as suas expectativas em relação a obra.
Beijos da Cah ♥

site: http://garotabibliotecaria.blogspot.com/2018/08/resenha-18-solteira-ate-sabado.html
comentários(0)comente



Andrea 02/09/2018

Não sei bem definir os sentimentos em relação a esse livro.... como vimos nos anteriores Karen é uma mulher de fibra, preocupada mais com os outros que com ela mesma, merecia uma estória mais leve, mas....
Michael faz um contrato de um ano com Karen para esconder sua opção sexual, na festa de um ano do casamento deles o irmão mais velho aparece e há uma atração entre ele e Karen, o casal para continuar mantendo a farsa viaja para a cidade natal de Mike, como vemos boa parte do livro tem o foco em nele(um cara egocêntrico e egoista) e não no casal em si.... lá Karen conhece Becky, uma menina de 17 anos que vive uma situação de agressão, novamente o foco sai do casal e se volta todo para Becky e Nolan e somente no final, bem no final o livro se volta para o casal. É um livro fácil de ler, mas deixa a desejar, Karen merecia bem mais. Esperando que o próximo seja melhor.
comentários(0)comente



Diandra Lara @bibliotecadadi 09/05/2020

Foi uma boa leitura.Gostei do desenvolvimento da história e principalmente de Michael, mas faltou algo a mais para me conquistar. Mesmo assim recomendo!
comentários(0)comente



Vanessa França 29/09/2017

Em Solteira até sábado (Quarto livro das noivas da semana) de Catherine Bybee, Karen Jones sabia no que estava entrando quando concordou em se casar com o ator Michael Wolfe: eles permanecerão casados ​​por um ano ou mais para tirar a imprensa da trilha de suas verdadeiras preferências pessoais e depois se divorciarão amigavelmente. Como o que acontece em Hollywood.

Catherine Bybee continua nos presenteando com personagens da vida que são lançados em situações extremas apenas para encontrar o amor de suas vidas em meio ao caos. Nessa história, não só temos um triângulo amoroso entre Michael, Karen e Zach, mas temos um casamento de conveniência com Michael e Karen. O som é complicado? Graças a Deus, não é muito complicado de entender o enredo, mas certamente há muitas emoções complexas rodando em torno de nossos personagens.

Karen desfruta de um casamento de conveniência, enquanto o relacionamento não é preenchido com muita animosidade. E fico feliz em dizer que o casamento de Michael e Karen foi construído em uma amizade rápida mas forte. Eles entraram na situação sabendo que havia um limite de tempo em quanto tempo eles se casariam. Eu pensei que eles eram tão fofos e engraçados juntos, tentando se animar em suas vidas diárias e eles pareciam realmente se importar um com o outro. O trabalho de Karen com adolescentes em risco é bastante admirável depois do que ela suportou como uma adolescente e foi bom ter algo tão realista incluído em uma história girando em torno de seu estilo de vida de Hollywood.

A introdução do irmão de Michael, Zach, foi o catalisador da mudança naquilo que foi uma coexistência extraordinariamente pacífica para Karen e até mesmo nesse ponto. Sentiu-se claro no primeiro encontro de Zach e Karen que eles não poderiam negar a química intensa entre eles. Eu podia entender como eles anseiam que a situação poderia ser diferente para que eles pudessem agir com seus desejos sem machucar Michael (e sua carreira). Como eu disse antes, essa era uma situação extrema, dado que Michael é um herói de ação superstar, mas achei que as emoções subjacentes e seus problemas ainda eram muito confiáveis.
comentários(0)comente



Luiza Helena (@balaiodebabados) 26/04/2018

Originalmente postada em https://balaiodebabados.blogspot.com.br/
Nunca pensei que iria me viciar tanto quanto estou com a série Noivas da Semana. Em Solteira Até Sábado, temos a história do casal Karen e Zach.

A história de Karen começou a ser introduzida em Noiva Até Sexta e eu já gostei de cara da personagem. Se tem uma palavra que pode definir Karen, essa palavra é altruísmo. Ao longo do livro vamos saber de alguns detalhes bem ruins da vida dela, o que poderia tê-la levado para outro caminho, mas ela decidiu tirar disso uma lição e sempre ajudar a quem já passou parecido.

Além de altruísta, Karen é uma moça alto astral, divertida e bem observadora. Quando ela se vê atraída pelo irmão do seu “marido”, ela sabe que não pode ceder a tentação. Não por si, mas pelo motivo de Zach não saber que seu casamento é de fachada.

Zach foi um mocinho que me conquistou pelo seu charme, o que é algo que exala das páginas. Ele é um cara de sacrifícios, principalmente em nome da família. Então imagina só como fica a cabeça do cara quando ele começa a ter pensamentos bem +18 com a mulher do seu irmão? Pelo bem de sua família e o amor e respeito que tem por Michael, ele tenta se afastar, mas sabe né… o destino não colabora muito.

Uma característica que adorei no casal é o senso de lealdade de ambos. Durante o tempo de casados, Michael e Karen se tornaram grandes amigos e a mulher é bastante leal a ele, não tomando nenhuma atitude em relação a Zach antes de ambos colocarem as cartas na mesa. O mesmo caso é com Zach. Apesar de não saber sobre esse lance de casamento de mentirinha, o senso de lealdade com Michael faz com que Zach se mantenha afastado de Karen, mesmo quando ela conta sobre um possível próximo divórcio… Porém, quando Karen mais precisa, ele está ali a apoiando, deixando um pouco seus sentimentos de lado.

De primeira eu achei que iria me incomodar com o lance entre Zach e Karen. Não que ela estivesse traindo Michael, mas Zach estava no escuro sobre essa situação toda. Foi bem legal como a autora trabalhou tudo isso, sem ficar algo forçado ou que incomodasse pessoas, assim como eu, que não curtem esse lance de traição.

A química entre Zach e Karen é bem visível e as interações entre os dois são maravilhosas. Porém, vou destacar a amizade entre Karen e Michael. Michael sabe do sacrifício que Karen está fazendo ao ficar do seu lado como esposa, mesmo encontrando uma grande amiga e uma pessoa para desabafar sobre sua situação. Em certo momento, ele pisa na bola legal, sabe disso e corre atrás para reverter. Queria muito um livro onde ele tivesse o seu final feliz.

O clã Gardner também merece destaque. Apesar de demorar a aprender o nome de todo mundo (sou bem lesada nesse aspecto), vemos como a família ama Michael e se ressente um pouco sobre o fato dele ter escondido o casamento. OK que o papai Gardner não foi muito do meu agrado no começo, mas ele conseguiu me conquistar também.

Vou parar de subestimar Catherine no quesito plot twist. Quando eu penso que ela não pode mais fazer algo do tipo, ela vai lá e faz. OK que todos são bem no estilo novela mexicana do SBT, mas eu super me diverto porque 1- foi algo que eu imaginei que poderia acontecer e 2- a sequência desse acontecimento foi um tanto engraçada, mas bem escrita e desenvolvida.

Assim como nos livros anteriores, a história do casal do próximo livro foi introduzida. Gostei muito da interação de Judy (irmã de Zach e Michael) e Rick (amigo de Neil) e pela sinopse de Conquistada Até Terça, com certeza ele não vai me decepcionar.


Leia mais resenhas em https://balaiodebabados.blogspot.com.br/

site: https://balaiodebabados.blogspot.com.br/2018/04/resenha-274-solteira-ate-sabado.html
comentários(0)comente



Lane @juntodoslivros 09/01/2018

Vamos casar???
Quem leu o livro anterior teve um vislumbre e sabe que Karen, nossa atual protagonista, casou com Michael pela agência de casamento Alliance que pertence à suas amigas. Michael é ator e gay. Ele decide arranjar uma noiva de mentira para não ter que dar explicações do por que não se relacionava com as mulheres com quem aparecia diante das câmeras. Com isso Michael e Karen tinham estipulado no contrato de que ficariam casados por um pouco mais que um ano e depois cada um seguiria seu rumo.

Os dois se tornaram bastante amigos durante o ano de casamento e estão com planos para a festa de divórcio em alguns meses, quando uma visita inesperada bate em sua porta: Zach, o irmão de Michael. E ele veio intimar que os dois devem visitar a família para que todos possam conhecer Karen. Agora os dois devem passar algumas semanas com a família de Michael e fingir que são casados de verdade.
O que ninguém contava era atração que Zach iria despertar em Karen e vice-versa. Karen sabe que é impossível ficar com ele por conta de sua situação de esposa de mentirinha, além de Zach achar que está traindo seu irmão querendo ficar com a esposa dele. O que resultará disso tudo?

A edição segue o padrão das capas anteriores, com uma noiva na capa, mesmo que algumas nem combinem com as protagonistas. As folhas são amareladas e um ótimo espaçamento entre as letras. A narração está em terceira pessoa e com foco em Karen e Zach.

Em Solteira Até Sábado, temos a história da humanitária Karen. Foi justamente para montar o seu próprio abrigo para adolescentes que Karen aceitou casar com Michael. Como dinheiro que ganharia, ela pretendia fazer um centro juvenil. Ela não suporta ver uma criança sendo renegada sem tentar ajudá-la e é o tipo de mulher que ajuda sempre os necessitados sem medir as consequências. E algumas delas pode metê-la em encrencas grandes. Fiquei muito apaixonada por esse jeito dela e até agora ele foi minha mocinha preferida.

Já sobre Zach Gardner não sei muito o que falar. Acho que ele ficou um tanto apagado por conta da relação de Karen com Michael. Confesso que achei a participação desse mocinho um tanto apagada. O foco ficou muito mais nas ações de Karen, mas pode ter me passado essa impressão por eu ter curtido muito o jeito de nossa altruísta. No entanto, próximo ás cenas finais Zach teve mais atitude e ficou mais firme na história.

Fico tão feliz que a série Noivas da Semana só melhora a cada livro!!! Cada livro passa por uma evolução e é lindo acompanhar os casais antigos e os novos se formarem. Adoro essa interação! Romances clichês e fofos é com a Catherine Bybee mesmo! Solteira Até Sábado é o quarto livro e temos mais três. Já estou ficando com saudades. Quero mais livros!!!

site: http://www.lagarota.com.br/2018/01/livro-solteira-ate-sexta-catherine-bybee.html
comentários(0)comente



Bruna 19/12/2017

Dessa vez temos uma pausa nos tiros, porrada e bomba, ou quase isso rs
O quarto livro da série noivas da semana, toma um rumo e uma ambientação diferente de todos os demais, que envoveram muito mistério policial e criminal aos romances.
⠀⠀ ⠀⠀ ⠀
⠀⠀ ⠀⠀ ⠀
Já nesse livro o que prevalece é o drama familiar e amoroso de Michael e Karen
Nosso casal (fake) já conhecido do livro anterior,agora já estão a uma ano casados e faixada de felizes para sempre parece intacta, até que o irmão dele aparecer e provoca uma rachadura.
⠀⠀ ⠀⠀ ⠀
⠀⠀ ⠀⠀ ⠀
Karen e Zach tem uma quimica imediata. Mas tudo piora quando o casal resolve visitar a grande, barulhenta e amorosa familia de Michael, numa cidadezinha em que todos cuidam da vida um do outro.
⠀⠀ ⠀⠀ ⠀
Conviver lado a lado com o cunhado gostoso em um casamento frustrado, não vai ser nada fácil, principalmente quando os segredos de Michael parecem não ser tão secretos e alguns começam a suspeitar.
⠀⠀ ⠀⠀ ⠀
⠀⠀ ⠀⠀ ⠀
Além do drama principal, a trama conta contou com uma dose extra de drama e conflituos, mas desnecessária diga-se de passagem. Eu gostei do livro e da ambientação longe de armas, tiros e etc. E já vislumbro o que o próximo casal será Judy a irmã de e o melhor amigo de Neil.
⠀⠀ ⠀⠀ ⠀
⠀⠀ ⠀⠀ ⠀
Acho que nesse caso vai ser tiro, porrada e bomba como diz nossa filosofia contemporânea Popozuda, Waleska hauahua.
Estou amando essa série! Ótima pedida para um leitura rápida, divertida e leve!

site: https://www.instagram.com/naoemprestolivros/
comentários(0)comente



Nessa 08/11/2017

Linda história, cada livro maravilhoso.
comentários(0)comente



Adrya Ribeiro 08/11/2017

Que série deliciosa!!!!! A cada livro, a escrita, as estórias, os casais vão melhorando. A cada nova estória, estou sendo surpreendida o qual melhor ela está ficando. Não sou muito fã desse negócio de se apaixonar pelo cunhado, e tal, mas a Catherine sou conduzir e não ficou perdida no caminho.
Gostei desde quando ela apareceu nas outras estórias, e vê-la ganhando o seu final feliz foi ótimo. Em um primeiro momento, pensei que ela fosse apenas interesseira, acomodada, mas saber das motivações dela mudou minha visão. O Zach é uma delicinha, não foi um canalha e soube apoiar quando foi preciso.
Enfim, adorei a estória, adorei rever os amigos, que diga-se de passagem estão prontos para tudo.
Quero muito ver como vai desenrolar essa estória da Judy...
comentários(0)comente



Renata 26/10/2017

Amanda cada vez mais essa série
A história de Karen, protagonista deste livro, começou a ser contada no livro anterior, em que ela se casou com o queridinho de Hollywood, Michael, e foi contado os motivos bem pessoais pra ele querer um casamento já com prazo de validade estabelecido, além disso, Karen e Michael se tornam bons amigos com a convivência.

O plano de Karen e Michael vai bem até o momento em que recebem a visita do irmão mais velho dele, Zack. Karen encontra um outro problema além de esconder o casamento de fachada: a atração que sente por seu cunhado, e ele também parece sentir o mesmo que ela. Querem um pouco mais de confusão? Depois de um ano mantendo Karen longe de sua família, Michael e ela viajarão para a pequena cidade natal dele.
Karen foi uma personagem que desde o início deu pistas de ter sofrido algo doloroso, e o que realmente aconteceu é revelado neste livro. A personagem é daquelas bem heroínas mesmo, pois ela trabalha em uma fundação ajudando jovens a fugirem da marginalidade.

Zack foi um protagonista perfeitamente construído. Um homem de princípios e que respeita a família, mas que se vê totalmente confuso ao ver lhe despertar sentimentos pela esposa do irmão.
A família de Michael e Zack é grande e barulhenta, mas se amam bastante. Deu pra sentir todo o drama de Michael por vir de uma cidade pequena e com um pai tão sério e muitas vezes grosseiro.
O que achei legal foi que a autora mudou totalmente o cenário da história, dando mais espaço aos personagens secundários e histórias paralelas. Os protagonistas dos livros anteriores fazem participação aqui, além de irmos conhecendo o casal do próximo livro.

A narrativa assim como nos demais livros da série é em terceira pessoa, mas a autora não deixa espaço para dúvidas ao dar uma boa visão de todos os acontecimentos.

Contando a história de um amor proibido prestes a incendiar a qualquer momento, a autora nos traz um romance encantador, além de trazer valores como a família. Acho que este foi o livro que mais me prendeu, embora tenha gostado dos livros anteriores, este com certeza foi o melhor na minha opinião.

site: onheça o blog: http://wp.me/p38u52-69I
comentários(0)comente



Ana 17/10/2017

Sempre tem aquele na série que não atinge as expectativas...
Vou começar a resenha com uma notícia não muito agradável: Diferente dos seus anteriores, Solteira até Sábado não me agradou.

Em suas 280 páginas, o livro só veio ficar interessante lá pela página 180. Foi a história de Nolan e Becky que conquistou minha atenção, sendo eles também os responsáveis por salvar o livro. Sem esses dois creio que minha nota teria sido ainda menor.

O negócio é que a autora me fez querer acreditar em um romance surgido do nada. Os personagens mal tiveram uma aproximação e já queria que eu acreditasse em amor eterno? HELL NO! Já disse e repito: romance, para mim, tem que ser bem trabalhado ou, no mínimo, convincente. E Karen e Zach não foram nenhum dos dois.

Creio que por ter trabalhado demais em volta de Michael, a autora acabou deixando o romance de lado. Mas nem mesmo esse personagem me ganhou - e olha que ele tinha tudo pra isso.
Por ser gay e ter um receio enorme em se assumir, a minha empatia para com o personagem acabava quando ele abria a boca. Em diversos momentos, Michael se mostrava um babaca e até agora tô tentando entender o porquê de o idolatrarem tanto.

Com tudo indicando que a série só tinha a melhorar, Solteira até Sábado foi a minha (espero que única) decepção com a série. No entanto, a aparição dos próximos protagonistas me deixaram bem curiosa para o que vem por aí. Embora esse não tenha me agradado, não tenho intenção algum de parar com a série.
Lili 23/11/2017minha estante
Esse é minha próxima leitura,a minha decepão foi com o terceiro que livro chatoooo!!!ZZZZZZZZZZZZZ


Lili 27/11/2017minha estante
Esse é muito chato,a série ladeira abaixo,casais forçadíssimos e esse mal teve romance,nem a cena de sexo foi boa ZZZZZZZZZZZZZZZZZZ




42 encontrados | exibindo 16 a 31
1 | 2 | 3