Seduzida Por Um Highlander

Seduzida Por Um Highlander Maya Banks




Resenhas - Seduzida Por Um Highlander


69 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5


Leitora_coraçãodefogo 06/10/2020

Alaric e Keeley ?!!!
Bom, não é atoa que estou atraída e seduzida pelos Highlanders kkkk, essa leitura foi maravilhosa, um livro que me emocionou de uma forma que não esperava. Confesso que quando começei a ler não estava com tantas expectativas, mais me conquistou total, gostei bastante.

"Ele a abraçou com tanto cuidado e ficou parado, absorvendo a alegria de tê-la viva, pertencendo a ele, de ser capaz de dizer ao mundo que a amava."
Gabi 06/10/2020minha estante
Eu amo esses romances de época da Maya Banks.


Leitora_coraçãodefogo 06/10/2020minha estante
Estou completamente envolvida e apaixonada na escrita dela ??




spoiler visualizar
comentários(0)comente



Leituras da Daly 19/06/2020

Que livro é esse...
Gente, serio o primeiro foi lindinho demais... esse segundo quase morri de amor ? agora bora finalizar a trilogia... partiu #apaixonadapelohighlander
comentários(0)comente



Mari 11/07/2020

Delicinha
Vou ser sincera, romance gostosinho, cheio das safadezas do jeito que eu gosto. Amei o Alaric, achei Keeley uma mocinha pra frente, que se permite viver, super me identifiquei com ela. Mas gente, para que tanta febre? Esse livro se superou no quesito doença. Sempre alguém tem que estar morrendo, no primeiro livro da série já teve doenças, esse também, acaba se tornando eventos repetitivos. A autora podia ter pensado em outros contratempos para os personagens. Mas mesmo com toda a falta de criatividade da autora gostei muito do livro, o romance foi muito gostosinho.
comentários(0)comente



Ana Basileu 17/08/2020

O início foi bom, no meio ficou meio arrastado e o final foi arrebatador.

Confesso que em certos momentos eu não supriras a Keeley, embora compreendesse os motivos de ela ser como era.

Esse com certeza foi um livro que me fez chorar muito. Incrível é linda essa história de Alaric e Keeley. Ah ?
comentários(0)comente



Gabi 14/03/2020

eu amei!!!!!
Quando comecei a ler esse livro não estava com muitas expectativas, porém com o decorrer do livro fui me apaixonando cada vez mais com s história. Favoritado!!
comentários(0)comente



Emilly.LetAcia 25/07/2020

Não foi o melhor romance que já li da autora. Mas, sem dúvidas, é um livro incrível.
O romance me pareceu forçado em alguns momentos. No começo, eles mal se conheciam e já tinha esse sentimento louco entre eles, sentimento esse que pode ser descrito como simples desejo. O desejo um pelo outro eu entendo completamente, mas me pareceu que a autora quis mostrar que aquilo já era amor e isso não me convenceu. Fora que eu estava louca para saber o que ia acontecer e os dois só queriam saber de "fazer amor" a cada segundo. Pulei a maioria dessas partes pois já não aguentava mais.
Fora isso, o livro é extremamente aconchegante. A gente vê nossos queridos Ewan e Mairin se amando cada vez mas. Vemos nossa protagonista atual sendo cercada de amor e carinho de amigos e família, que ela nunca acreditou que poderia ter. É aconchegante demais todo esse clima de família que é apresentado. Eu amo esses personagens demais!
comentários(0)comente



Isabelly 13/07/2020

Intenso!!!
Do início ao fim a intensidade esteve presente. Nas primeiras páginas o carinho a dedicação e o amor nascendo, o romance proibido que tinha um prazo para terminar, e como foi angustiante ver esses amantes todo dia se despedindo, e no fim o drama, confesso que caiu algumas lágrimas, ea cada página torcendo para que todas as adversidades fossem superadas. Só posso dizer que amei demais.
Vinland_ 13/07/2020minha estante
Nossa que bosta hahahahaha

?Seduzido por um Highlander? hahahahahaha

O criador de Highlander deve estar se revirando no túmulo.




Regiane.Braga 01/04/2020

Mocinha sofredora..
Nossa como essa mocinha sofreu.. o Alaric é um fofo mais lá pelas tantas do livro já estava morrendo de raiva dele, a autora quase me mata, chorei.. mais no fim tudo acaba bem!
comentários(0)comente



odiava_ler 04/09/2020

Meu anjo, meu guerreiro!
AHHHHHHHHHHHHH eu choro todo livro da Maya, manoo o que essa moça faz comigo não é normal! Esse é o livro mais sensual que li dela até hj, mas tb é o livro de muitos sacrifícios e amores de todas as formas. Estou indo ler o último dessa trilogia e já prevejo meu choro de saudades de todos esse personagens incríveis! ?? Nota 5 e recomendado!
comentários(0)comente



Christmas 27/07/2020

Meio repetitivo
O primeiro livro é muito melhor, embora o segundo tenha cenas bem mais intensas de romance, em minha opinião a autora peca um pouco ao gastar muitas páginas tratando de doenças e ferimentos do casal da trama e usa esse recurso algumas vezes o que acaba por torná-lo um pouco repetitivo, mas ainda assim... é um bom livro
comentários(0)comente



Natalia 08/07/2020

"Seduzida por um Highlander" Que livro maravilhoso!
O segundo livro dessa trilogia da Maya, afff quanta ação e emoção tem na história viu! E ficava uma torcida enorme pra que tudo desse certo... Nossa! Muitas reviravoltas... Essa autora parece que gosta de surpreender o leitor. Da vontade de viajar para as terras dos irmãos McCabe mesmo... Apaixonante, esse segundo volume é melhor que o primeiro, agora vou ler o último e viajar no tempo. ?
comentários(0)comente



Vânia 27/10/2017

Irmãos McCabe #2
Ewan McCabe iria forjar a aliança de seu clã casando-se com a filha do Laird McDonald, Rionna.
Mas no meio do acordo eis que surge a filha desaparecida do antigo rei, Mairin.
Depois de muita confusão e aventura, Ewan e Mairin se casam.

Acontece que as terras pertencentes ao dote de Mairin ficavam exatamente entre as terras dos McCabe e McDonald, e para evitar que elas fossem roubadas, os dois clãs deveriam se unir. Isso sem contar que com essa união, o número de guerreiros aliados subiria. Para não haver problemas, Alaric, irmão de Ewan, se oferece para se casar com Rionna.

Quando Alaric estava a caminho das terras McDonald, ele e seus homens sofrem um ataque. Estando em desvantagem numérica, o melhor era que fugissem. Ele faz o mesmo, mas antes, ele fica gravemente ferido.
Seu cavalo o leva para longe, mas com aquele tipo de ferimento, ele não conseguiu chegar às suas terras, e desmaia, caindo do animal.

Alaric é encontrado por Keeley McDonald.

Ela era uma renegada, oficialmente, pelo clã.
A antiga senhora do castelo, esposa de Gregor McDonald, acusou Keeley de tentar seduzir seu marido. Keeley na época tinha livre acesso ao castelo por ser muito amiga de Rionna.
Ninguém entrou em sua defesa e ela foi expulsa.
Só que Keeley era conhecida por seu dom com as ervas e, escondidos, muitos moradores do clã iam procurá-la para curar-lhes as mazelas e deixavam algumas moedas como forma de pagamento. Era com esse dinheiro que ela conseguia se sustentar comprando o que dava.

Keeley ajudou aquele guerreiro levando-o para seu chalé e cuidando dele por vários dias, praticamente sem dormir. Quando ela finalmente dorme exausta, é acordada sendo levantada por um homem enorme e desconhecido.
Os McCabe haviam conseguido chegar até ela graças ao cavalo bem treinado de Alaric.

Quando Ewan vê que seu irmão tinha sido cuidado por ela, e que ninguém sentiria falta dela no clã, ele decide levá-la para seu próprio clã, já que o curador/herborista havia morrido há poucas semanas e o parto de Mairin se aproximava, e Ewan estava muito nervoso quanto a isso.

Alaric viajou de volta para casa inconsciente.
Ao chegar em terras McCabe, teve de ser aberto, drenado e costurado de novo. Mais uma vez Keeley cuidou dele exaustivamente. E agora, ele tinha delírios, chamando por seu anjo.

Quando ele acorda dias depois, e aos poucos vai se recordando do que houve, contando aos irmãos o ataque que sofreu, Alaric resolve aproveitar o pouco tempo que tinha para ficar com Keeley. Ele ainda manteria a sua palavra de se casar com Rionna.

Com o passar dos dias, Keeley cresce em respeito dentro do clã. Mairin, principalmente, entra em sua defesa, e todos veem que Alaric está apaixonado por ela.

Gregor McDonald, por sua vez, quer forçar que o casamento aconteça o mais rápido possível e escreve a Ewan oferecendo ir ao clã McCabe, logo após o parto de Mairin, para que a cerimônia ocorresse lá.

Os McCabe, interessados em saber o que aconteceu com a vida pregressa de Keeley, descobrem a real face do homem com quem iriam fechar uma aliança. Gregor era o culpado pelo que aconteceu a ela, não só forçando-a a se deitar com ele, mas também por deixar com que sua esposa acusasse injustamente uma jovem sozinha. Todos ficam enojados, mas como quebrar a palavra quanto ao casamento?

A hora do parto se aproximava, assim como o casamento. Os ataques ao clã McCabe não paravam. Os inimigos sabendo da proximidade do casamento, e de uma aliança forte, queriam impedir isso. Os irmãos McCabe decidem que não podem postergar mais o ataque ao inimigo Cameron. Saem atrás de mercenários para ajudá-los.

Com a chegada da comitiva McDonald, o clima fica ainda pior porque agora muitos sabiam do caráter de Gregor.
Rionna estava mortificada porque ela havia sido comunicada da morte da amiga, mas quando elas têm uma conversa definitiva, segredos são revelados.

Alaric e Keeley viveram felizes, ainda que sob ataque, como amantes nos dias precedentes à cerimônia, mas o dia chegara. Os McCabe não quebrariam sua palavra. Alaric não deixaria seu irmão Ewan passar vergonha...e um banho de sangue acaba por acontecer...

O segundo livro da série (e lamento dizer, apesar de se tratar de outro casal, mas todo o enredo está ligado à história do livro #1. Portanto, para melhor entendimento, aconselho a ler o #1 primeiro), traz ainda mais aventuras ao clã McCabe.

A guerra que Cameron exerce sobre o clã no afã de conseguir as terras de Mairin não para. Ele está disposto a tudo. Ainda que seja um covarde em dar a cara à tapa, ele se cerca de asseclas que fazem seu trabalho sujo.

Há vários ataques contra o clã e, agora, o alvo não era mais Mairin, que por conta da gravidez era sempre muito bem vigiada, mas sim Alaric, porque com sua morte, o casamento seria postergado e, com isso, não haveria aliança alguma.

Keeley mostrou-se um achado poderoso para o clã. Embora ela não possuísse riqueza como Mairin, mas seu conhecimento com ervas logo tornou-se precioso a eles. Ela tornou-se querida. Ela teve de volta uma família e passou a usar com orgulho o tartan do clã McCabe.

E havia o romance, secreto-nada-secreto, entre ela e Alaric. O tempo que eles tinham era pouco. Keeley tinha um pouco de peso na consciência porque um dia Rionna havia sido sua melhor amiga e agora, lá estava ela roubando o pretendido da outra. Mas quem poderia pôr ordem no coração?
Além disso, após o casamento, Alaric iria embora para o outro clã porque seria o Laird de lá após a morte de Gregor.

E este homem era o pior dos pesadelos de Keeley.
Por causa dele, ela havia sido renegada pelo clã. Ele a atacou e ela levou toda a culpa e vergonha. E com a presença dele para o casamento, o confronto seria inevitável.

Com o ato de Cameron no dia do casamento, talvez a aliança entre McCabe e McDonald tome um novo rumo e uma grande mudança paira no horizonte das terras Highlands.

Achei este livro melhor do que o primeiro. A história mais intrincada e o resultado final, um tanto satisfatório.
Sem cliffhanger quanto ao casal, mas com forte gancho para o livro #3.
5 estrelas
comentários(0)comente



Aisha Andris @AishandoBooks 21/06/2020

Melhor leitura do ano... Ah, Alaric!
Ah, gente, que delícia encontrar um livro que tem os ingredientes que me conquistaram na série “Montgomery e Armstrong” e tornaram a Maya Banks a minha autora de romance de época favorita. Sabe quando você termina o livro com a sensação de que já fez a melhor leitura do ano? Foi o que senti aqui.
O Alaric é de longe meu mocinho favorito da trilogia. Que guerreiro sedutor, apaixonado e perfeito! Sério, terminei a leitura completamente louca por ele. Não vou superar esse homem tão cedo. E a Keeley também é uma mocinha maravilhosa, tão forte e, ao mesmo tempo, doce e sensível (apesar do temperamento terrível, em alguns momentos). Dá um aperto no peito imaginá-la tão novinha sendo injustamente expulsa do clã, graças à luxúria de um homem sem escrúpulos. Mas, ainda assim, ela não perdeu a empatia e continuou a ajudar os necessitados com suas habilidades de cura.
Este foi um casal que me encantou desde o comecinho. Sofri muito com o amor impossível dos dois, devido ao noivado do Alaric com a Rionna (em “Atraída por um Highlander”, descobrimos que o laird do clã vizinho queria uma aliança com os McCabe a fim de enfrentar seu inimigo em comum, e a melhor forma de fazer isso é por meio do casamento, portanto, como Ewan já tinha se casado, Alaric tomou seu lugar), mesmo sabendo que tudo daria certo no final.
E eu fiquei chocada com o quanto este livro é hot. Sério, muito, muito quente! Tem uma ceninha que, vou falar pra vocês, não dá pra ler em público, não. Preparem-se, o Alaric e a Keeley demoram a se render à paixão, mas depois, é fogo no parquinho. Não dá pra lembrar o Alaric sem sentir um friozinho na barriga…
Falando um pouco sobre a história, nossos mocinhos se encontram quando Alaric sofre uma emboscada a caminho do clã McDonald, onde deveria encontrar sua noiva. Seu cavalo o deixa, inconsciente e gravemente ferido, à porta da cabana de Keeley, que decide cuidar dele. Mesmo fora de si, sem conseguir diferenciar bem o que é real do que é delírio, Alaric se mostra o homem mais sensual do mundo, decidido a reivindicar o “anjo” que salvou sua vida. Não vou falar o que acontece a partir daí, mas leiam, tenho certeza de que se encantarão com este casal, sofrendo junto deles e vibrando quando finalmente encontram um final feliz nos braços um do outro.

site: https://aishando.home.blog/
comentários(0)comente



AnnaBel 06/09/2020

Surpreendentemente fofo...
Esse é o terceiro livro da Maya Banks que leio, e que confesso que me apaixono ainda mais por sua escrita, a qual é extremamente fluida.

Esse é o segundo volume de uma trilogia, e até o momento conseguiu ser melhor que o primeiro, e sendo bem sincera, o que mais me irritou nesse volume foi o personagem masculino do primeiro volume (o qual é irmão mais velho do protagonista deste livro).

Ao contrário dos outros livros da autora, achei o começo desse um pouco mais lento, mas depois que a história pegou no tranco tudo ficou maravilhoso.

O casal tem química, há momentos fofos e outros mais hot, achei bem equilibrado. Os personagens secundários também são ótimos.

Gostei bastante do romance neste livro e o quão bonito é, e o recomendo.
comentários(0)comente



69 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5